MONITORAMENTO PARA                                 RELACIONAMENTO                                     E CONTEÚDO:A COLABOR...
WHO I AMGerente de projetos em Business Inteligencena TP Social Media-   Fiat-   TV Globo-   Grupo Máquina – Máquina da No...
INTRO: MONITORAMENTO PARA CONTEÚDO ERELACIONAMENTO• Além de permitir investigações acerca da reputação social,  o monitora...
DIRETRIZES PRINCIPAIS-   Ouvir e arquivar o que diz seu público-alvo sobre o segmento    de atuação (marca e concorrência)...
DADOS SOBRE O COMPORTAMENTO DOSUSUÁRIOS, CLIENTES CONQUISTADOS OUPOTENCIAIS, DEVEM INFLUIR NO MODO COMO AMARCA SE COMUNICA...
UM PENSAMENTO…“(...)As empresas precisam terum propósito em comum com seusclientes, e promover conteúdo sobreele.(...)Nas ...
UM EXEMPLO DOS GRANDESA Skol, marca dona da fanpage brasileira que mais cresceudurante o mês de novembro (fonte: Socialbak...
UM BREVE ANÁLISE…Para entender um pouco mais sobre os resultados alcançadospela página oficial da Skol, no Facebook, foram...
Foram avaliadas no período, quantitivamente equalitativamente, três das mais evidentes métricas deinteração para a fanpage...
ENTRE 10 E 17 DENOVEMBROCom o total de 39 posts publicados pela página, a Skolcontabilizou:-   240.781 likes-   197.399 sh...
RESULTADOS DESTA AÇÃODE RELACIONAMENTOOs 09 posts da marca (23%) com conteúdo enviado pelopúblico geraram para marca, em 0...
E A AUDIÊNCIA, O QUE DISSE?Em análise qualitativa, houve avaliação de amostra contendo6.117 comentários registrados nos po...
Com a oportunidade de ver suas imagens e frasespublicadas na página da Skol, fãs também tem publicadomuitas postagens dent...
A ideia, que vem trazendo bonsresultados para a Skol, nosdemonstra que há grandealinhamento do propósito da marcacom a per...
MAS…Como o monitoramento pode me ajudar a entender melhor oque deseja meu público?!
PRESSUPOSTOS          APLICÁVEIS
IDENTIFICANDO FOCOSDE INTERESSE   Certamente, os assuntos mais recorrentes   nos comentários coletados no   monitoramento ...
“KEEP CALM AND…REPEAT?!”Quando um tema, ou tipo de interação sugerida (ex.: pedir resposta degame na área de comentários),...
DE OLHO NAASSIDUIDADE…Tão importante como a grande incidência de interações,detectada após as publicações de um determinad...
APRECIANDO O CONTEÚDO DAAUDIÊNCIASe o material coletado for positivo e interessante, será ótimo sevocê puder replicar e ap...
IMPORTANTE: antes de selecionar conteúdo para aprovação erepasse, se deve ter certeza de que o mesmo condiz com opropósito...
MONITORAMENTO EANÚNCIO COMBINAM?!O monitoramento também pode desempenhar importantepapel na definição dos posts que serão ...
OBS: Se a equipe responsável pelos anúncios acatar suasugestão, não se esqueça de demonstrar os resultados depois,comparan...
CHEGA MAIS, JOVEM!Se relacionamento com público jovem faz parte do seusobjetivos, saiba que os assuntos e jargões do momen...
BANCO DE DADOS COM INTERESSES DOSPRINCIPAIS COLABORADORESPasso-a-passo…
ETAPA 1:Na medida que forem identificados, na sua ferramenta demonitoramento Scup (ou a de sua preferência) os usuárioscon...
ETAPA 2:Passe a monitorar, coletar e arquivar dados publicados natimeline do colaborador-alvo marcado com a tag “Analisar ...
ETAPA 3: Após classificar todos os internautas relevantes com a tag“Analisar – Lote 1”, abra a aba RELACIONAMENTO (no caso...
ETAPA 4: Exporte as postagens daconta em .csv, para abrir no          Excel.Este procedimento deve seraplicado para cada u...
ETAPA 5Feita a exportação dos dados,  isole as menções em umacoluna e, depois, a copie parauma ferramenta de nuvem de     ...
ETAPA 6Examine cuidadosamente a timeline para confirmar suashipóteses.Caso as impressões estejam corretas, marcar alguma o...
ETAPA 7Com a aplicação deste procedimento com o maior númeropossível de colaboradores mais relevantes para sua marca oucam...
As chances de melhorar o relacionamento são muito maioresquando a gente sabe um pouco mais sobre o que o outro gosta =)
pablo@tpmidia.com.br
Foi muito BOM estar comvocês…Obrigado!
Metrics2012 | Monitoramento para relacionamento e conteúdo: a colaboração como elemento estratégico de promoção nas plataf...
Metrics2012 | Monitoramento para relacionamento e conteúdo: a colaboração como elemento estratégico de promoção nas plataf...
Metrics2012 | Monitoramento para relacionamento e conteúdo: a colaboração como elemento estratégico de promoção nas plataf...
Metrics2012 | Monitoramento para relacionamento e conteúdo: a colaboração como elemento estratégico de promoção nas plataf...
Metrics2012 | Monitoramento para relacionamento e conteúdo: a colaboração como elemento estratégico de promoção nas plataf...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Metrics2012 | Monitoramento para relacionamento e conteúdo: a colaboração como elemento estratégico de promoção nas plataformas sociais

1.049 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada por Pablo Sanchez no Metrics Summit 2012 realizado no dia 28/11/2012.

Publicada em: Educação

Metrics2012 | Monitoramento para relacionamento e conteúdo: a colaboração como elemento estratégico de promoção nas plataformas sociais

  1. 1. MONITORAMENTO PARA RELACIONAMENTO E CONTEÚDO:A COLABORAÇÃO COMO ELEMENTO ESTRATÉGICO DE PROMOÇÃO NASPLATAFORMAS SOCIAIS.
  2. 2. WHO I AMGerente de projetos em Business Inteligencena TP Social Media- Fiat- TV Globo- Grupo Máquina – Máquina da Notícia- Embratur
  3. 3. INTRO: MONITORAMENTO PARA CONTEÚDO ERELACIONAMENTO• Além de permitir investigações acerca da reputação social, o monitoramento também deve contribuir para viabilizar novas oportunidades para a marca, como ampliar a presença online e provocar aumento da aceitação pelo público final (integração).
  4. 4. DIRETRIZES PRINCIPAIS- Ouvir e arquivar o que diz seu público-alvo sobre o segmento de atuação (marca e concorrência).- A partir dos dados coletados e analisados, extrair subsídio estratégico para a organização (marca e agência) intervir na relação com o público final.
  5. 5. DADOS SOBRE O COMPORTAMENTO DOSUSUÁRIOS, CLIENTES CONQUISTADOS OUPOTENCIAIS, DEVEM INFLUIR NO MODO COMO AMARCA SE COMUNICA COM SUA AUDIÊNCIA?R: Se houver métricas ajustadas com osobjetivos da marca nas redes (customização),combinadas com amostras sólidas deresultados, sem dúvidas que sim.
  6. 6. UM PENSAMENTO…“(...)As empresas precisam terum propósito em comum com seusclientes, e promover conteúdo sobreele.(...)Nas redes sociais as marcas nãodevem vender, mas, ajudar aspessoas a comprarem.”Bruno Mello, editor executivo do portalMundo do Marketing
  7. 7. UM EXEMPLO DOS GRANDESA Skol, marca dona da fanpage brasileira que mais cresceudurante o mês de novembro (fonte: Socialbakers.com), vemcontabilizando alguns extraordinários sucessos de repercussão,em função da sua estratégia de relacionamento com o cliente.Uma das ações da marca consiste em selecionar fotografiaspublicadas pela audiência na página oficial e, depois divulgá-lasna timeline, em forma de peça publicitária.
  8. 8. UM BREVE ANÁLISE…Para entender um pouco mais sobre os resultados alcançadospela página oficial da Skol, no Facebook, foram coletadas eanalisadas as postagens publicadas na fanpage entre zero hora(0h) do dia 10 até o mesmo horário do dia 17 de novembro.A seguir, alguns números percebidos na análise.
  9. 9. Foram avaliadas no período, quantitivamente equalitativamente, três das mais evidentes métricas deinteração para a fanpage da marca:- Likes- Sharings- CommentsAlém disso, foram observadas, dentre o total, quantaspostagens utilizaram o recurso de replicação do materialenviado pela audiência, e qual foi a representatividade narepercussão.
  10. 10. ENTRE 10 E 17 DENOVEMBROCom o total de 39 posts publicados pela página, a Skolcontabilizou:- 240.781 likes- 197.399 sharings- 24.992 comments* Dentre total de publicações da Skol na timeline, em 09(aprox. 23%) foi aplicada a estratégia de engajamento queinclui a veiculação de imagens/frases criadas ou editadaspelo público.
  11. 11. RESULTADOS DESTA AÇÃODE RELACIONAMENTOOs 09 posts da marca (23%) com conteúdo enviado pelopúblico geraram para marca, em 07 dias:- 82.306 likes – ou 34.18% do total de curtir no período- 42.369 sharings – ou 21.46%- 10.022 comments – ou 40.10%Em dois dos três quesitos avaliados houve superaçãopercentual, em relação à fatia de posts com a ação derelacionamento.
  12. 12. E A AUDIÊNCIA, O QUE DISSE?Em análise qualitativa, houve avaliação de amostra contendo6.117 comentários registrados nos posts com o conteúdo dopúblico.Foi constatado que as peças estimularam 88.81% decomentários positivos envolvendo a cerveja ou a açãopromovida na fanpage – not bad, uhn? =$Em apenas 5.36% das opiniões foram identificados relatosnegativos – preferências por outras cervejas, desagrado à foto,críticas à qualidade do produto.
  13. 13. Com a oportunidade de ver suas imagens e frasespublicadas na página da Skol, fãs também tem publicadomuitas postagens dentro da fanpage oficial…
  14. 14. A ideia, que vem trazendo bonsresultados para a Skol, nosdemonstra que há grandealinhamento do propósito da marcacom a percepção do público…..E isso nos deve servir de inspiraçãopara o desenvolvimento eimplementação de alternativas parapromover relacionamento compúblico por meio do nosso conteúdo.=)
  15. 15. MAS…Como o monitoramento pode me ajudar a entender melhor oque deseja meu público?!
  16. 16. PRESSUPOSTOS APLICÁVEIS
  17. 17. IDENTIFICANDO FOCOSDE INTERESSE Certamente, os assuntos mais recorrentes nos comentários coletados no monitoramento apontam possíveis propensões e preferências da audiência. Estes indicativos podem ser também pontos de identificação da marca com o público. (Não fujam disso… Esse é o início do caminho de um relacionamento feliz entre marca e público-alvo! <3)
  18. 18. “KEEP CALM AND…REPEAT?!”Quando um tema, ou tipo de interação sugerida (ex.: pedir resposta degame na área de comentários), “deu certo” e trouxe repercussão positivaacima da média, é normal a inclinação de repetir algo parecido.Se confirmada a tendência, o conteúdo de sucesso tende a se destacarpor mais algum tempo.Pela repetição, podem ser provocadas mais aprovações e alcancesainda maiores, em virtude de fatores variáveis que determinam aabrangência de contas em uma rede – quantidade de usuários online,EdgeRank do Facebook, etc.No entanto, é dever do monitoramento relatar este “gargalo”, indicando aqueda de interesse e descrever a curva de interações, desde a primeirapúblicação.
  19. 19. DE OLHO NAASSIDUIDADE…Tão importante como a grande incidência de interações,detectada após as publicações de um determinado tema, ou tipode conteúdo, é a atenção sobre as oscilações, ao longo dotempo, na medida que são vistos no monitoramento a queda dereações.As baixas nas interações devem ser relatadas à equiperesponsável pelo conteúdo.É importante apontar alternativas que expliquem a queda derespostas sobre determinado tipo de conteúdo ou tema veiculado.
  20. 20. APRECIANDO O CONTEÚDO DAAUDIÊNCIASe o material coletado for positivo e interessante, será ótimo sevocê puder replicar e aprovar o conteúdo, com o discurso maisadequado para a ocasião.Os resultados podem ser surpreendentes! =)O relatório de monitoramento deve apontar estas oportunidades,sempre que identificadas.
  21. 21. IMPORTANTE: antes de selecionar conteúdo para aprovação erepasse, se deve ter certeza de que o mesmo condiz com opropósito da sua campanha ou presença nas redes sociais.Caso contrário, a marca pode passar impressão de que hárelação explícita de troca, o que tende a ser negativo.
  22. 22. MONITORAMENTO EANÚNCIO COMBINAM?!O monitoramento também pode desempenhar importantepapel na definição dos posts que serão alvo de anúncios noFacebook no modo “promoted posts”.Por ter acesso às repercussões orgânicas, a equipe podeindicar quais postagens tem mais chances de trazermelhores resultados para o anunciante.Para isso, antes, devem ser analisadas quantitivamente equalitativamente, privilegiando as reações positivas, asinterações geradas pelos conteúdos publicados que maiscondizem com o objetivo do anúncio.
  23. 23. OBS: Se a equipe responsável pelos anúncios acatar suasugestão, não se esqueça de demonstrar os resultados depois,comparando os desempenhos do que você indicou, em relaçãoaos posts não indicados pela equipe de monitoramento. =)
  24. 24. CHEGA MAIS, JOVEM!Se relacionamento com público jovem faz parte do seusobjetivos, saiba que os assuntos e jargões do momento sãopropícios a serem bem aceitos pela audiência.Então, é legal monitorar as expressões adotadas pelos jovens esugerir, nos relatórios, temas para criação de publicações paragerar interações justificando a grande incidência da “mania”.Sua equipe de conteúdo vai agradecer! =)Depois, é só comparar com a performance dos demais posts paraconferir se deu certo.
  25. 25. BANCO DE DADOS COM INTERESSES DOSPRINCIPAIS COLABORADORESPasso-a-passo…
  26. 26. ETAPA 1:Na medida que forem identificados, na sua ferramenta demonitoramento Scup (ou a de sua preferência) os usuáriosconsiderados como os mais relevantes para a marca, é sugeridoque estes ganhem uma tag “Analisar – Lote 1”.Isso significa que, mais tarde, eles vão ganhar maior atenção…
  27. 27. ETAPA 2:Passe a monitorar, coletar e arquivar dados publicados natimeline do colaborador-alvo marcado com a tag “Analisar –Lote 1”.
  28. 28. ETAPA 3: Após classificar todos os internautas relevantes com a tag“Analisar – Lote 1”, abra a aba RELACIONAMENTO (no caso doScup). Depois, filtre com a mesma tag para aparecer apenas osusuários marcados.
  29. 29. ETAPA 4: Exporte as postagens daconta em .csv, para abrir no Excel.Este procedimento deve seraplicado para cada usuário “tagueado” – um por vez.
  30. 30. ETAPA 5Feita a exportação dos dados, isole as menções em umacoluna e, depois, a copie parauma ferramenta de nuvem de palavras
  31. 31. ETAPA 6Examine cuidadosamente a timeline para confirmar suashipóteses.Caso as impressões estejam corretas, marcar alguma ocorrênciaaleatória postada pelo usuário (apenas para sinalizar) com tagsdos temas mais comentados por ele durante o período analisado.
  32. 32. ETAPA 7Com a aplicação deste procedimento com o maior númeropossível de colaboradores mais relevantes para sua marca oucampanha, você terá um banco de dados com informaçõesrecentes sobre os potenciais interesses da sua audiência ativa(produtora de conteúdo).Estas informações servirão como apoio estratégico para a equipede conteúdo da sua marca ou agência.
  33. 33. As chances de melhorar o relacionamento são muito maioresquando a gente sabe um pouco mais sobre o que o outro gosta =)
  34. 34. pablo@tpmidia.com.br
  35. 35. Foi muito BOM estar comvocês…Obrigado!

×