Hca

447 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
447
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hca

  1. 1. 0 Técnico de Comunicação, Marketing, Relações Públicas e Publicidade – 2ºAno Arquitectura, Escultura e Pintura ARTE NEOCLÁSSICA Docente:Susana Rainha 15-11-2013 Disciplina:História Cultura das Artes Diana Gaspar
  2. 2. 2 Índice Introdução .............................................................. 3 Arte Neoclássica ...................................................... 4 Arquitectura Neoclássica ......................................... 5 Características gerais: ........................................... 6 Escultura Neoclássica.............................................. 8 Pintura Neoclássica ................................................. 9 A Arte Neoclássica Em Portugal ............................. 11 Conclusão ............................................................. 15 Bibliografia............................................................ 15
  3. 3. 3 Introdução Estava indecisa com a Arte Rococó e a Arte Neoclássica, ambas são boas artes, mas entretanto acabei por escolher a Arte Neoclássica porque achei-o muito interessante e gostando de ciências e apreciando o conhecimento atravês da razão, optei por esta Arte. Neste trabalho, irei falar das influências da Arte Neoclássica, tendo em conta o que foi proposto, foi a escolha de uma das duas artes, falando da Arquitetura, Escultura e a Pintura, do qual,escolho França (sendo o ponto da difusão), e também escolho Portugal, sendo um do ponto da Arte Neoclássica difundida. Apos a revolução francesa e com o Império de Napoleão a burguesia a assumiu o cargo da sociedade europeia, do qual queriam um estilo artístico capaz de expressar os valores próprios de uma nova e fortalecida classe social. O arco de triunfo foi construído em comemoração as vitórias militares de Napoleão Bonaparte. O Nome Neoclássico vem de, novo clássico porque este estilo retomou os princípios da arte greco-romana, ou seja, toda Arte Neoclássica usavam o Classicismo como fonte de inspiração. Consideravam que uma obra só seria perfeitamente bela, na medida em que imitasse, o que os artistas clássicos gregos e os renascentistas ja haviam criado. Este trabalho de imitação, só era possível atravês de um cuidadoso aprendizado detécnicas e convenções da arte clássica, nas academias e nos passeios que faziam, com os alunos, paraRoma e etc...
  4. 4. 4 Arte Neoclássica A arte neoclássica, nasceu na europa nas últimas décadas do século XVIII e nas três primeiras décadas do século XIX, foi uma reação ao barroco e ao rococó. Este estilo procurou expressar e interpretar os interesses, a mentalidade e os hábitos da burguesia A Arte Neoclássica contém raízes ideológicas no Iluminismo, no Humanismo, no Cientismo e no Individualismo, que reagiu contra o Barroco e o Rococó ao nível estético, usando o Classicismo como fonte de inspiração. Foi a arte iluminista por excelência. Não foi apenas um movimento artístico mas também cultural que refletiu as mudanças que ocorriam na época marcadas pela ascensão da burguesia. Assim, revalorizou o estudo da Natureza e dos antigos como fonte de inspiração. Era, portanto, o regresso à ordem. Ao nível técnico-formal, caracterizou-se pelo virtuosismo, e a beleza idealizada dos Antigos, alcançada através de aprendizagens rigorosas. No campo conceptual e temático, retomou os conteúdos eruditos, abstractos ou moralizantes, baseados na História, Literatura... Unindo o belo com o útil. Retomou-se a ideia de arte como meio pedagógico, tendo em conta que, o artista voltou a assumir o papel de educador público. Descoberta das cidades de Pompeia e Herculano veio a impulsionar o gosto pela Antiguidade greco-romana e, com ele, o neoclassicismo.
  5. 5. 5 Arquitectura Neoclássica A Arquitectura neoclássica baseou-se no estudo dos antigos, que adicionando novas características tecnológicas e formais adequadas àquele tempo, com novos sistemas construtivos, novas máquinas e novos materiais consegue conciliar a estética estrutural e formal, realizando pesquisas e experimentações. Contudo, adotaram preocupações funcionalistas, demonstração imaginação e versatilidade nas tipologias também construíam infraestruturas para satisfazer as novas necessidades culturais, sociais e políticas, no campo público e privado.Esta nova ideia da arquitectura levou a uma maior preparação escolar dos arquitectos neoclássicos, que estudavam, agora, apoiados no rigor científico imposto pelas academias, que, mais tardem, se transformaram as primeiras escolas politécnicas. Decoração Interior Uso de elementos estruturais clássicos, pinturas, advindos das novas descobertas na arqueologia (Pompeia e Herculano). Contudo, era uma decoração austera, limitada, estática. Assim, a intimidade e o conforto foram procurados através de uma elegância discreta e serena. Tipologia (subdividiam em dois conjuntos): As de inspirações clássica, como o Panteão e no templo E as novas tipologias, como os hospitais, museus, bibliotecas, escolas e etc… que inventada para responder as necessidades da vida social, politica e cultural. Objetivo Era evidenciar a racionalidade estrutural e formal, dando robustez, nobreza, sobriedade e monumentalidade ao edifício. A arquitectura deve ser verdadeira, isto é, exprimir claramente, do exterior, do exterior, a sua organização interior.
  6. 6. 6 Características gerais: Materiais nobres, tradicionais (pedra, mármore, granito, madeiras) ou modernos (ladrilho cerâmico e o ferro fundido), boa resistência e textura, a baixo custo e útil. Sistemas construtivos simples, como o arco redondo e etc… Esquemas mais complexos, a par das linhas ortogonais Formas regulares, geométricas e simétricas Volumes corpóreos, maciços, bem definidos por planos murais lisos Uso de abóbada de berço ou de aresta, uso de cúpulas, com frequência marcadas pela monumentalidade Espaços interiores organizados segundo critérios geométricos e formais de grande racionalidade e preocupação com a funcionalidade Pórticos colunados, Entablamentos direitos, Frontões triangulares, Frisos lisos ou decorados A decoração recorreu a elementos estruturais com formas clássicas, à pintura rural e ao relevo em estuque Valorizou a intimidade e o conforto nas mansões familiares Nas plantas, usaram formas geométricas, regulares e simétricas, com base no quadradocírculo.
  7. 7. 7 1. Torres sineiras 2. Torreão central, com três cúpulas de Pedra 3. Tambor períptero, rasgado por janelões 4. Cruzeiros 5. Pórtico Contudo Neoclassicismo francês foi académico e rigoroso como nos projectos de Jacques –Germain Soufflot (1717- 1780), que se destacou com o projecto para a Igreja de Santa Genovena, depois transformada em Panteão Nacional. Jacques – Germain Soufflot, Igreja de Santa Genoveva ou Panteão, c. 1754 – 61, Paris, França Panteão de Paris, com uma fachada inspirada no modelo do templo greco-romano
  8. 8. 8 Escultura Neoclássica A Escultura Neoclássica era vista como um complemento/decoração para a arquitectura, usavam como inspiração/influênciasda arte clássica, copiando as formas de representar, com fidelidade, minúcia, perfeição e sentido estético (os corpos nus ou seminus, de formas reais, serenas e em composições simples, inexpressivos e impessoais). É importante salientar que são obras conseguidas desde a concepção( baseado em modelos e maquetas em gesso ou barro) até o acabamento rigoroso, sendo os relevos de pouca profundidade, baseando-se ao representar e retratar homens e mulheres com poses e roupagens semelhantes aos dos deuses gregos e romanos usando Temas, históricos, literários, alegóricos, honoríficos e mitológicos. A estatuária também serviu para a glorificação e publicidade de pessoas importantes, como políticos eoutras figuras públicas, tal como havia sido usada pelos povos clássicos, donde eram espelhadas pelas praças das cidades, casas de nobres e burgueses e cemitérios. Autores: António Canova Características: A escultura enquadra-se no tema histórico uma vez que representa a irmã de Napoleão Bonaparte. A simplicidade e a sensualidade subtil e moderada, tudo virtuosamente polido, corpos seminus, sensualidade moderada, tranquilidade clássica sem expressão e imaginação, corpos alongados, pormenores no cabelo e no pano -influência clássica. O material mais usado foi o mármore branco (material eleito para dos clássicos) por ser puro, limpo e brilhante e, em menor escala, o bronze. Canova, Paulina Borghese ou Bonaparte, 1804 -08, mármore
  9. 9. 9 Tema: Histórico A forma estática e austera, composição geométrica (caixa, onde Marat, escreve), desenho simples e rigoroso mas subordinado as cores frias, tratamento elaborado da luz e do claro-escuro (a maneira de Caravaggio), perfeccionismo técnico, fundação propagandística… Marat como herói da revolução: - a banheira como elemento que incapacita a vítima - caixote que servia de mesa - a arma caída no chão contrasta com a pena suspensa da mão (a sua verdadeira Pintura Neoclássica A Pintura Neoclássica era vista como um quadro que retrata temas, históricos, mitológicos, alegóricos, heróicos e o retrato que contados em telas de grandes dimensões apelavam a grandiosidade e a monumentalidade dos próprios conteúdos ideológicos. As cores são sóbrias em variações frias,apelando ao pensamento e à razão sem grande variação cromática. A estética é naturalista e as formas são idealização da realidade. A Pintura Neoclássica é definida pela composição geométrica, pelo desenho rigoroso elinear, pelo perfeccionismo técnico e pelo tratamento da luz e do claro- escuro muito elaborado. Há também apredominância da linha, do contorno e do volume sobre a cor. Contudo criou-se um conjunto de regras teóricas básicas que originaram o academismo de temas, de técnicas e de formas. Jacques-Louis David, A morte de Marat, 1793
  10. 10. 10
  11. 11. 11 AArte NeoclássicaEm Portugal O Iluminismo influênciou a política pombalina no qual se traduziu pela modernização do estado e das instituições, pela reorganização do espaço urbano e pela reforma do ensino. A política pombalina inspirou-se no despotismo iluminado, no qual era soberano e deveria de exercer o poder de forma absoluta iluminada pela razão, e com o objetivo de proporcionar o bem-estar dos súbditos. Marques de pombal modernizou o estado tornando-o mais eficiente, fazendo chegar as decisões do estado aos governantes com melhores resultados. A Arquitectura Neoclássica conheceu duas influências principais:  Italiana, predominante na região de lisboa e chegada através dos nossos bolseiros em Roma e de artistas italianos;  Inglesa, neopalladiana, predominante no Porto e na região norte, trazida da Inglaterra pela numerosa colónia britânica dessa cidade tornando o Porto, o primeiro centro do neoclassicismo arquitectónico em Portugal. Hospital de Santo António, no Porto. Janelas simples no primeiro e terceiro andar, mas varandins com portas, no segundo andar, coroadas por frontões curvos e triangulares. Três corpos, sendo o central sugerido, frontão rectangular com grinaldas e balaustrada. Simplicidade, simetria e elegância. Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa. O corpo central possui dois pisos, com três arcos nos dois andares, varanda suportada por colunas e friso com frontão sustentado por meias colunas. Os corpos laterais associam pilastras a janelas, no rés-do-chão, e varandins, no primeiro piso. O conjunto é coroado por balaustrada e, nos torreões, alguma decoração escultórica.
  12. 12. 12 A Pintura Neoclássica viveu dois momentos simultâneos:  O primeiro dependeu de artistas nacionais e estrangeiros, obras ao gosto classizante;  O segundo foi devido ao génio de dois pintores: Vieira Portuense e Domingos Sequeira. Domingos Sequeira, Retrato de Maria Benedita Vitória Verde, 1822, Museu Nacional Arte Antiga, Lisboa Vieira Portuense, Júpiter e Leda, 1798, óleo sobre tela
  13. 13. 13 A escultura neoclássica inspirou-se na antiga tradição greco-romana, adotando princípios de ordem, clareza, austeridade, equilíbrio e propósito, com um fundo moralizante. Machado de Castro (1731-1822) Formado: Oficina do mosteiro de Mafra e na Oficina do Palácio da Ajuda Consiste no relato pormenorizado, feito ao estilo e à execução técnica, levada a cabo no que é considerado o seu melhor trabalho, a estátua equestre do Rei D. José I de Portugal datada de 1775, como parte da obra de reconstrução da cidade de Lisboa, seguindo os planos de Marquês de Pombal, logo após o Terramoto de 1755. As partes da construção estão detalhadas e ilustradas, incluindo variados planos e componentes utilizados para a sua execução. Estátua do Rei D. José I na Praça do Comércio, Lisboa
  14. 14. 14 João José de Aguiar (1769 – 1841) Formado na Oficina do Palácio da Ajuda O principal escultor foi, sem dúvida, João José de Aguiar. Nascido em 1769, em Belas, destacou-se nos estudos e foi enviado para Roma onde terminou a sua preparação no atelier de Canova. Esta oportunidade, de estudar com um dos maiores escultores do seu tempo, foi bem aproveitada e o resultado é visível na qualidade da sua obra. Estátua de D.João VI, Palácio da Ajuda
  15. 15. 15 Conclusão Não me arrependi da escolha, adorei esta arte neoclássica, sei que esta arte foi criado para um gosto elite aristocrática e intelectual, do qual usavam o ilumisnismo para tudo,a arquitectura, a pintura e escultura neoclássicas passa a conciliar o espaço com a arte neoclássica, sendo cada um criada para uma área e função espeifica. Europa: - surgimento do gosto neoclássico. -Na segunda metade do século XVIII, Portugal recupera do terramoto de 1755, inventando a arquitectura pombalina -> o que condiciona o normal desenvolvimento do Neoclassicismo em Portugal. - O edifício neoclássico português é simples, submetendo tudo ao carácter utilitário, simétrico. O Neoclassicismo em Portugal: durante a década de 1770, com a construção do Picadeiro Real em Lisboa, e Hospital de Santo António no Porto. Lisboa recebe influencias italianas devido ao gosto dominante na corte, enquanto a cidade do Porto, em resultado da importante comunidade britânica, desenvolve edifícios de forte influência inglesa, por vezes quase palladianos como o Hospital de Santo António. A reconstrução da cidade de Lisboa (terramoto 1755) permitiu a reorganização do espaço urbano segundo os princípios do Iluminismo. As oficinas de formação dos escultores neoclássicos foram o Mosteiro de Mafra e, posteriormente, o Palácio da Ajuda.
  16. 16. 15 Bibliografia http://pt.wikipedia.org/wiki/Neoclassicismo http://thaa2.wordpress.com/2009/07/23/a-arquitetura-neoclassica/ http://gestor.ea.ufrgs.br/adp/neoclassica.html http://www.slideshare.net/guitarherologia/o-neoclassicismo-arquitetura http://www.grupoescolar.com/pesquisa/iluminismo--contexto-historico-e-iluministas.html

×