Tempestades
Isabel Cristina Ribeiro
Ciências Naturais
8º B
Definição de
Tempestades
• Uma tempestade é um estado climático marcado
por ventos fortes (tornados e ciclones tropicais),...
A formação das tempestades
• A formação da tempestade acontece por uma separação
entre nuvens. As nuvens mais altas são ca...
Furacão Katrina
• Formação: 23 de agosto de 2005
• Dissipação: 31 de agosto de 2005
• Vento mais forte: 278 km/h
• Danos: ...
Furacão Andrew
• Formação: 16 de agosto de 1992
• Dissipação: 28 de agosto de 1992
• Vento mais forte: 278 km/h
• Danos: $...
Prevenção
Em caso de evacuação:
• Fechar água e gás, desligar a electricidade e fechar a casa;
• Tapar as janelas com tábu...
Durante a tempestade:
Dentro de casa:
• Evite contato com qualquer objeto que possua estrutura;
metálica, tais como fogões...
Depois da tempestade:
• Certificar-se de que os seus
alimentos estão em condições
e não comer nada cru ou de
origem duvido...
Consequências
das tempestades
Algumas tempestades têm graves consequências, embora
algumas sejam menos graves e não afecta...
Vídeos de conhecimento
• National Geographic:
http://www.youtube.com/watch?v=-K-z-mZ9Va4
• AFP:
http://www.youtube.com/wat...
A Teoria do Projeto Cirrus
• Em novembro de 1946, Vincent Schaefer desenvolveu um
método de modificar nuvens, semeando-as ...
Questionário
• 1- Uma tempestade é um estado climático marcado por:
a) precipitação forte, erupções e cheias.
b) tremores de terra e ch...
• 3- Estas prevenções devem ser feitas antes, durante ou depois
dos tornados?
• a) Certificar-se de que os aparelhos elétr...
• 4- Como se chamam as pessoas que investigam e "perseguem"
as tempestades e os tornados?
Caçadores de tempestades.
• 5- M...
Trabalho realizado por:
• Matilde Lopes, nº25
• João Pinho, nº20
• Sara Quitela, nº27
Tempestades
Tempestades
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tempestades

268 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
268
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tempestades

  1. 1. Tempestades Isabel Cristina Ribeiro Ciências Naturais 8º B
  2. 2. Definição de Tempestades • Uma tempestade é um estado climático marcado por ventos fortes (tornados e ciclones tropicais), trovoadas e precipitação forte. • As tempestades acontecem quando há uma grande condensação (resultando na produção de água no estado líquido e cristais de gelo). Podem ser bastante destrutivas, tanto para o homem como para os habitats naturais.
  3. 3. A formação das tempestades • A formação da tempestade acontece por uma separação entre nuvens. As nuvens mais altas são carregadas com carga positiva, enquanto que as mais baixas possuem carga negativa. O que consequentemente a superfície terrestre fica a possuir também uma carga positiva, criando um campo elétrico entre ambas. • A formação dos furacões dá-se quando o oceano é aquecido pelo sol provocando o aquecimento da massa de ar que se situa nas proximidades dos líquidos aumentando a humidade. A força do furacão depende do calor libertado pelo vapor de água, o que impulsiona a formação de uma tempestade que ganha força de acordo com o calor que possui, o que resulta num furacão.
  4. 4. Furacão Katrina • Formação: 23 de agosto de 2005 • Dissipação: 31 de agosto de 2005 • Vento mais forte: 278 km/h • Danos: $81 bilhões de dólares • Mortes: 1833 pessoas • Áreas afetadas: Bahamas, Sul da Flórida, Nova Orleães, Alabama, Mississipi e Louisiana
  5. 5. Furacão Andrew • Formação: 16 de agosto de 1992 • Dissipação: 28 de agosto de 1992 • Vento mais forte: 278 km/h • Danos: $38,9 bilhões de dólares • Mortes: 65 pessoas • Áreas afetadas: Bahamas e sudeste dos Estados Unidos
  6. 6. Prevenção Em caso de evacuação: • Fechar água e gás, desligar a electricidade e fechar a casa; • Tapar as janelas com tábuas ou persianas resistentes; • Recolher do exterior da casa todos os objectos que possam ser arremessados e prender os maiores e mais pesados; • Certificar que tem combustível no carro e conduzir usando as rotas de evacuação gerais.
  7. 7. Durante a tempestade: Dentro de casa: • Evite contato com qualquer objeto que possua estrutura; metálica, tais como fogões, geladeiras, torneiras, canos, etc; • Evite ligar aparelhos e motores elétricos, para não queimar os equipamentos; • Afaste-se das tomadas e evite usar o telefone; • Desconecte das tomadas os aparelhos e eletrônicos tais como televisão, computadores, etc; • Permaneça dentro de sua casa até a tempestade terminar; • Desligue os fios de antenas dos aparelhos. Fora de casa: • Evite contato com cercas de arame, grades, tubos metálicos, linhas telefónicas, de energia elétrica e qualquer objeto ou estrutura metálica.
  8. 8. Depois da tempestade: • Certificar-se de que os seus alimentos estão em condições e não comer nada cru ou de origem duvidosa; • Beber a água potável que armazenou ou ferver a que vai beber; • Limpar cuidadosamente qualquer derrame de substâncias médicas, tóxicas ou inflamáveis; • Inspeccionar a sua casa para verificar que não há perigo de colapso; • Permanecer em casa, caso esta não tenha sofrido danos; • Manter desligado o gás, água e electricidade até estar seguro de que não há fugas nem perigo de curto-circuito; • Certificar-se de que os seus aparelhos eléctricos estão secos antes de os ligar.
  9. 9. Consequências das tempestades Algumas tempestades têm graves consequências, embora algumas sejam menos graves e não afectam muito a população local nem os habitats naturais. As tempestades mais fortes que atingem as civilizações/ecossistemas têm consequências como: • Grande número de perda de vidas; • Destruição de habitats naturais; • Perda de grande número de habitações, existindo também um grande número de desalojados.
  10. 10. Vídeos de conhecimento • National Geographic: http://www.youtube.com/watch?v=-K-z-mZ9Va4 • AFP: http://www.youtube.com/watch?v=yq6aSvY7Vos
  11. 11. A Teoria do Projeto Cirrus • Em novembro de 1946, Vincent Schaefer desenvolveu um método de modificar nuvens, semeando-as com gelo seco. Um pouco depois, colocou tudo isso em prática e semeou uma nuvem real e produziu uma grande tempestade de neve. • Em seguida, nos Estados Unidos tentaram promover o Projeto Cirrus, o primeiro grande projeto sobre estudo e modificação de condições climáticas. O principal objetivo do projeto era controlar furacões. Segundo a teoria, as nuvens seriam “semeadas” com iodeto de prata na região da parede do olho do tornado. • Isso faria com que uma nova parede fosse formada, maior que a primeira, assim os ventos do furacão seriam mais fracos. E como a destruição de um furacão cresce de acordo com a velocidade dos seus ventos, até uma pequena redução da rapidez desses poderia ser benéfica.
  12. 12. Questionário
  13. 13. • 1- Uma tempestade é um estado climático marcado por: a) precipitação forte, erupções e cheias. b) tremores de terra e cheias. c) precipitação forte, ventos fortes e trovoadas • 2- Qual o nome da escala utilizada para medir a força de um tornado? Escala de Furacões de Saffir-Simpson.
  14. 14. • 3- Estas prevenções devem ser feitas antes, durante ou depois dos tornados? • a) Certificar-se de que os aparelhos elétricos estão secos antes de os ligares. Depois da tempestade • b) Inspecionar a casa para verificar que não há perigo de colapso. Depois da tempestade • c) Fechar a água e gás, desligar a eletricidade e fechar a casa. Antes da tempestade • d) Afaste-se das tomadas e evite usar o telefone. Durante a tempestade
  15. 15. • 4- Como se chamam as pessoas que investigam e "perseguem" as tempestades e os tornados? Caçadores de tempestades. • 5- Mencione uma das mais graves consequências dos tornados. Grande número de perda de vidas, destruição de habitats naturais, perda de habitações, grande número de desalojados... • 6- Qual o nome da teoria que visava controlar os furacões? A Teoria do Projeto Cirrus. • 7- Em que país foi financiada a teoria? Estados Unidos da América.
  16. 16. Trabalho realizado por: • Matilde Lopes, nº25 • João Pinho, nº20 • Sara Quitela, nº27

×