Trabalho viviene

3.469 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.469
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho viviene

  1. 1. Vaginose bacteriana Alteração na flora vaginal normal, Predomínio de uma espécie de bactérias sobreoutras, principalmente da Gardnerella vaginalis Aumento da quantidade da bactéria Gardnerellavaginalis na vagina
  2. 2. Gardnerella vaginalis Bactéria que habita a região íntima feminina e gerauma inflamação chamada vaginose bacteriana. Sintomas da vaginose bacteriana:• Corrimento vaginal de cor amarela, branca oucinza, que apresenta odor desagradável, tipo cheirode peixe podre;• Ardência ao urinar e/ou coceira no exterior da vagina
  3. 3. Diagnóstico da vaginose bacteriana exame preventivo Secreção vaginal branca homogênea em grandequantidade; Secreção vaginal com pH > 4,5; Odor de peixe ao misturar a secreção vaginalcom solução de Hidróxido de Potássio a 10%; Demonstração microscópica dos micro-organismos causadores da infecção.
  4. 4. Tratamento para vaginose bacteriana uso de antibiótico Metronidazol 500mg em doseúnica ou durante 7 dias consecutivos medianteas necessidades da paciente e clindamicina viaoral ou em creme vaginal durante 3 dias.
  5. 5. Riscos da vaginose bacteriana Parto prematuro ou recém-nascido com pesoabaixo da média; As bactérias que causam a vaginose bacterianapodem infectar o útero e as trompas de falópio. Estainflamação é conhecida como doença inflamatóriapélvica (DIP). A vaginose bacteriana pode aumentar aprobabilidade de infecção por DST/aids em casos deexposição ao vírus. Pode aumentar a probabilidade de uma mulher serinfectada por outras doenças sexualmentetransmissíveis, como clamídia e gonorréia.
  6. 6. Como evitar a vaginose bacteriana recomenda-se não fazer duchas vaginais, usarpreservativo em todas as relações, restringir onúmero de parceiros e realizar examesginecológicos pelo menos uma vez ao ano.
  7. 7. “Amar é também uma forma de cuidarmesmas, garantindo assim nossasáude”

×