José Maria De EçA De QueiróS

5.040 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.040
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
45
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
125
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

José Maria De EçA De QueiróS

  1. 1. José Maria de Eça de Queirós
  2. 2. Biografia <ul><li>Nasce na Póvoa do Varzim, no dia 25 de Novembro. Filho do juiz José Maria de Almeida Teixeira de Queirós e de Carolina Augusta Pereira de Eça, foi entregue aos cuidados de uma ama em Vila do Conde, em cuja igreja matriz foi batizado a 1 de Dezembro. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Sua infância foi na região do Minho e na Costa Nova. Em Vila do Conde, permanece com a ama Ana Joaquina Leal de Barros até certa idade. Após isso passa a viver com os avós paternos em Verdemilho, até 1855. Enviado então para o Porto, onde os pais moravam, ingressou no colégio de Nossa Srª da Lapa, completando os estudos secundários em 1861. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Quase bacharel em Direito, entre crônicas jornalísticas que manda publicar e uma juvenil dramaturgia, cruzados com a atividade acadêmica e intensa experiência geracional. Teve um período de instabilidade, em que muitas vezes se aconteceu em Lisboa e se afasta da capital; </li></ul>
  5. 5. <ul><li>O mau desempenho na advocacia, antes de começar a carreira diplomática, contrasta com rápida notoriedade nas letras: através de colaboração jornalística, a escrita abre-se ao mundo com crônicas, poesia e impressões de viagem e depois finalmente se estréia no romance. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Com o início da carreira diplomática, ele vive um tempo inglês. </li></ul><ul><li>E o escritor atravessa o período de filiação na escola realista e naturalista.Nesta década, o mundo atravessa profundas transformações. </li></ul><ul><li>A atividade em Bristol, terminou o tempo inglês, e preencheu todo este período. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Morreu em 16 de agosto de 1900 em Paris. Seus trabalhos foram traduzidos em aproximadamente 20 línguas. </li></ul><ul><li>É por muitos considerado o melhor escritor realista português do século XIX. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>O Mistério da Estrada de Sintra </li></ul><ul><li>O Crime do Padre Amaro </li></ul><ul><li>O Primo Basílio </li></ul><ul><li>O Mandarim </li></ul><ul><li>A Relíquia </li></ul><ul><li>Os Maias </li></ul><ul><li>As Minas de Salomão </li></ul><ul><li>A Ilustre Casa de Ramires </li></ul><ul><li>A Correspondência de Fradique Mendes </li></ul><ul><li>A Cidade e as Serras </li></ul>Obras

×