Minha escola                  é mais que escola<br /> O seu passado de formação básica  e o presente  de NTE e espaço  de ...
O Profuncionário, evento quinzenal na escola, visa compro-missaro funcionário não docente com os resultados da apren-dizag...
As técnicas em alimentação escolar vão ao  laboratório de informática logo no início do curso.  É mais que promessa, é um ...
Cursistas –merendeiras  de escola do interior  projetam no telão o vídeo da entrevista com a gestora da escola, que respon...
Nosso  local de trabalho é um espaço eclético que abriga e fomenta o sonho,<br />o envolvimento  e o desenvolvimento tecno...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ativ 3-martamagal Profuncionário

594 visualizações

Publicada em

Curso: Tecnologia na Educação

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
594
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ativ 3-martamagal Profuncionário

  1. 1. Minha escola é mais que escola<br /> O seu passado de formação básica e o presente de NTE e espaço de formações múltiplas dialogam com o futuro de Direção Regional, fazendo dela um local significativo onde hábitos da aldeia global já se fazem notar.<br />
  2. 2. O Profuncionário, evento quinzenal na escola, visa compro-missaro funcionário não docente com os resultados da apren-dizagemna sua escola. O domínio da tecno-logiaé indispensável à inclusão dele na dinâmica interativa necessária a isso.<br /> Cursistas do Tecnico em Alimentação escolar, da zona rural, apresentam trabalho utilizando pen-drive, notebook e projetor de multimídia. Um sonho para elas!<br />
  3. 3. As técnicas em alimentação escolar vão ao laboratório de informática logo no início do curso. É mais que promessa, é um rito de iniciação digital. Um ato de cidadania. Cadastrou-se email para todas. Conversa-se no msn com algumas.<br />
  4. 4. Cursistas –merendeiras de escola do interior projetam no telão o vídeo da entrevista com a gestora da escola, que responde questões sobre a importância da formação dos servidores não docentes e de sua inserção na rede de comunicação real e virtual da escola.<br /> Utilizaram Datashow, notebook e câmera fotográfica. Na organização do trabalho inalguraram-se no site social msn: trocaram informações em tempo real com a tutora para acertar detalhes da apresentação. Sobra-lhes de lucro a cada um desses trabalhos um pouco mais do senso de pertencer e de participar.<br />
  5. 5. Nosso local de trabalho é um espaço eclético que abriga e fomenta o sonho,<br />o envolvimento e o desenvolvimento tecnológicos, a inserção digital..<br />A inclusão das cursistas está aumentando na medida em que o aparato tecnológico vai melhorando nas escolas onde trabalham.<br />A turma assiste ao filme Fernão Capelo Gaivota, pra melhor entender o módulo de abordagem filosófica. E o filme faz o que não poderíamos fazer nem com uma semana de palestras.... Baixado da internet!!<br />

×