VIDA E OBRA DE
ALMEIDA GARRETT
1
VIDA E OBRA
 João Baptista da Silva Leitão mais conhecido como
Almeida Garrett, nasceu a 4 de Fevereiro de 1799
numa casa...
VIDA E OBRA
 A infância foi dividida pela Quinta do Castelo, para onde a família se transferiu, no
concelho de Gaia.
Em ...
VIDA E OBRA
 Em 1821 vai para Coimbra e matricula-se no curso
de Direito. Ao contacto com os escritores das Luzes
acresce...
VIDA E OBRA
A vivência académica seria determinante na sua iniciação política e filosófica. Ainda
estudante, participava ...
VIDA E OBRA
 Em 1823, após a subida ao poder dos
absolutistas, é obrigado a exilar-se em Inglaterra
onde inicia o estudo ...
VIDA E OBRA
 Regressa em 1826 e passa a participar na vida política aplicando-se em trabalhos políticos
que fixaram as ba...
VIDA E OBRA
 Em 1832, na Ilha Terceira, incorpora-se no
exército liberal de D. Pedro IV. Exerceu
funções diplomáticas em ...
VIDA E OBRA
Após a Revolução de Setembro (1836) foi Inspetor-geral dos Teatros e fundou o
Conservatório de Arte Dramática...
VIDA E OBRA
 Em 1851 regressa ao Parlamento, já sob a acalmia
política da Regeneração. Recebe nesta derradeira fase
da vi...
VIDA E OBRA
 Irá falecer a 9 de Dezembro de 1854, vítima de cancro, em
Lisboa, na sua casa situada na atual Rua Saraiva d...
OBRA
12
OBRA
 Tem o grande mérito de ser o introdutor do Romantismo em
Portugal ao nível da criação textual - processo que inicio...
OBRA
 Em prosa, saliente-se O Arco de Sant'Ana (1.º vol. em 1845 e 2.º em
1851), romance histórico, e principalmente as s...
• Trabalho Realizado pelas alunas:
Marta Marinho
Mariana Duarte
Mariana Oliveira
Russidânia Faria
Joana Mendes
Turma: 387
...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vida e obra de almeida garrett

652 visualizações

Publicada em

Vida e obra de almeida garret
Português

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
652
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vida e obra de almeida garrett

  1. 1. VIDA E OBRA DE ALMEIDA GARRETT 1
  2. 2. VIDA E OBRA  João Baptista da Silva Leitão mais conhecido como Almeida Garrett, nasceu a 4 de Fevereiro de 1799 numa casa da velha zona ribeirinha do Porto, não longe da alfândega onde o pai possuía o cargo de selador-mor. 2
  3. 3. VIDA E OBRA  A infância foi dividida pela Quinta do Castelo, para onde a família se transferiu, no concelho de Gaia. Em 1809 parte com a família para os Açores, passa a adolescência na ilha Terceira, destinado à carreira eclesiástica. 3
  4. 4. VIDA E OBRA  Em 1821 vai para Coimbra e matricula-se no curso de Direito. Ao contacto com os escritores das Luzes acresceu a leitura dos primeiros românticos. 4
  5. 5. VIDA E OBRA A vivência académica seria determinante na sua iniciação política e filosófica. Ainda estudante, participava no movimento conspirativo que conduziria à revolução de 1820.  No ano seguinte surgiu o seu primeiro livro, O Retrato de Vénus, um ousado poema que lhe mereceu um processo em tribunal 5
  6. 6. VIDA E OBRA  Em 1823, após a subida ao poder dos absolutistas, é obrigado a exilar-se em Inglaterra onde inicia o estudo do romantismo, movimento artístico-literário então já dominante na Europa. 6
  7. 7. VIDA E OBRA  Regressa em 1826 e passa a participar na vida política aplicando-se em trabalhos políticos que fixaram as bases de doutrinação liberal por que irá pautar toda a sua posterior carreira.  A permanência em França e Inglaterra permitiu-lhe conhecer o movimento cultural europeu, na sua dimensão artística e ideológica. A publicação (ainda em Paris) dos poemas Camões e Dona Branca. 7
  8. 8. VIDA E OBRA  Em 1832, na Ilha Terceira, incorpora-se no exército liberal de D. Pedro IV. Exerceu funções diplomáticas em Londres, em Paris e em Bruxelas. 8
  9. 9. VIDA E OBRA Após a Revolução de Setembro (1836) foi Inspetor-geral dos Teatros e fundou o Conservatório de Arte Dramática e o Teatro Nacional.  Durante os anos 40, sob o regime autoritário de Costa Cabral, Garrett destaca-se na oposição; no entanto, o entusiasmo e o fervor militante vai-se esgotando, perante a instabilidade política. Descontente com o devir da revolução, afasta-se da vida pública em 1847. 9
  10. 10. VIDA E OBRA  Em 1851 regressa ao Parlamento, já sob a acalmia política da Regeneração. Recebe nesta derradeira fase da vida alguns gestos oficiais de consagração: é feito visconde, em 1851 e nomeado Par do Reino, no ano seguinte; chega ainda a ocupar um cargo ministerial (Negócios Estrangeiros), de que seria demitido pouco tempo depois. 10
  11. 11. VIDA E OBRA  Irá falecer a 9 de Dezembro de 1854, vítima de cancro, em Lisboa, na sua casa situada na atual Rua Saraiva de Carvalho, em Campo de Ourique, depois de uma vida sentimental romanticamente atribulada: um casamento juvenil mal sucedido, com Luísa Midosi; a morte precoce da segunda companheira, Adelaide Pastor, que lhe deixa uma filha ilegítima; e por fim uma paixão adúltera, com a Viscondessa da Luz, celebrada em versos escandalosos. 11
  12. 12. OBRA 12
  13. 13. OBRA  Tem o grande mérito de ser o introdutor do Romantismo em Portugal ao nível da criação textual - processo que iniciou com os poemas Camões (1825) e D. Branca (1826).  Ainda no domínio da poesia são de destacar o Romanceiro (recolha de poesias de tradição popular cujo 1.º volume sai em 1843), Flores sem Fruto (1845) e a obra-prima da poesia romântica portuguesa Folhas Caídas (1853) que nos dá um novo lirismo amoroso. 13
  14. 14. OBRA  Em prosa, saliente-se O Arco de Sant'Ana (1.º vol. em 1845 e 2.º em 1851), romance histórico, e principalmente as suas célebres Viagens na Minha Terra (1846). Com este livro, a crítica considera iniciada a prosa moderna em Portugal.  E quanto ao teatro, deve mencionar-se Um Auto de Gil Vicente (1838), O Alfageme de Santarém (1841) e sobretudo o famoso drama Frei Luís de Sousa (1844). 14
  15. 15. • Trabalho Realizado pelas alunas: Marta Marinho Mariana Duarte Mariana Oliveira Russidânia Faria Joana Mendes Turma: 387 15

×