Engenheiros RG Fábio Gomes e Pablo
Maiores Obras de Engenharia do Mundo
* Grandes Obras de Engenharia no Mundo:   Maiores Obras de Engenharia Coliseu         O  Coliseu , um dos símbolos da cida...
Ponte Firth of Forth                                                                                                      ...
                                   Canal da Mancha Um túnel conectando a Inglaterra e a França tem sido o cálice sagrado d...
Sete Maravilhas do Mundo Moderno
 
Obras de Eng. Civil
 
 
 
 
Obras Exóticas
 
Obras de Eng. do Brasil
 
1. Marco do Descobrimento em 1500  2. Fortaleza de Santa Cruz – 1580 3. Galeão “Padre Eterno” - 1670 4. “Caminho Novo”- 16...
Sete Maravilhas Mundo Antigo
<ul><li>Pirâmides de Gizé </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>As grandes  pirâmides  de Gizé, única antiga maravilha do ...
<ul><li>Estátua de Zeus em Olímpia </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>A moeda de  Elis  mostrando a estátua de Zeus </l...
<ul><li>Mausoléu de Halicarnasso </li></ul><ul><li>O  mausoléu  de  Halicarnasso , pintado por Martin Heemskerck ( 1498 – ...
Eng. Aeronáutica
 
 
Eng. Naval
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Engenheiros Rg

1.803 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.803
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Engenheiros Rg

  1. 1. Engenheiros RG Fábio Gomes e Pablo
  2. 2. Maiores Obras de Engenharia do Mundo
  3. 3. * Grandes Obras de Engenharia no Mundo:   Maiores Obras de Engenharia Coliseu      O Coliseu , um dos símbolos da cidade de Roma e da grandeza que o império romano atingiu, é uma famosa construção histórica. Apenas dois terços da estrutura original conseguiram sobreviver ao tempo, principalmente porque seu material foi utilizado para construir outros edifícios de Roma.      Do ponto de vista estrutural, o Coliseu e seus inúmeros arcos representam bem a engenharia e a arquitetura romana. O uso de estruturas em arco permitiu aos romanos vencerem vãos muitas vezes maiores que os vãos de seus antecessores.
  4. 4. Ponte Firth of Forth                                                                                                                           Apesar de ser considerada por alguns como uma obra de extremo mal gosto do ponto de vista estético, essa ponte escocesa do fim do século XIX representa um marco no avanço tecnológico em estruturas. Os recordes quebrados de vãos vencidos e de volumes de alvenaria e de aço utilizados  sobrepujaram de longe os existentes até a época, e demoraram a ser ultrapassados.          Inaugurada em 1890, esta ponte - cujo sistema estrutural é uma viga Gerber - possui 2520 m de comprimento total e seus dois vãos principais possuem 521 m de comprimento.   TORRE EIFFEL A Torre Eiffel é um monimento da cidade de Paris, França, sendo reconhecida em todo o mundo como um símbolo da França.Foi construída para a Exposição Mundial de 1889 a fim de demonstrar toda a tecnologia dominada na época em estruturas metálicas. Originalmente seria apenas uma estrutura temporária, a ser desmontada com o fim da Exposição. Segundo alguns, a Torre é uma espécie de alimento para o ego humano, sempre faminto por demonstrar sua suposta grandiosidade. De qualquer forma, a Torre é até hoje uma metáfora para a sede de conquistas do homem.Com seus 317 metros de altura, possuía 7300 toneladas quando foi construída, sendo que atualmente deva passar das 10000, já que são abrigados restaurantes, museus, lojas, entre muitas outras estruturas que não possuía na época de sua construção. Os últimos 20 metros desta magnífica torre correspondem a uma antena de rádio que foi adicionada posteriormente.Recebe o nome de seu projetista, o engenheiro Gustave Eiffel (1832-1923). A idéia e o projecto da Torre Eiffel para a exposição universal de 1889, é uma forma de celebração dos 100 anos daRevolução Francesa (1789).  
  5. 5.                                    Canal da Mancha Um túnel conectando a Inglaterra e a França tem sido o cálice sagrado da engenharia desde o século XIX. A primeira tentativa de escavação do túnel começou em 1880, mas o projeto foi abandonado logo depois, e permaneceu adomercido durante centenas de anos. Em 1988, tratados internacionais foram assinados, negócios fechados e mais uma escavação foi iniciada. A 50km ponta a ponta de Kent a Normandia, com 39km passando a 40m abaixo do leito do mar do Canal Inglês, o Túnel do Canal da Mancha é o maior metrô marítimo do mundo. Considerado o projeto de engenharia mais ambicioso e custoso de sua época, o Túnel custou 9 bilhões de libras – o suficiente para pagar a ponte Golden Gate 700 vezes . DADO CURIOSO -Data da construção : 1994 -Altura : 7,6 metros -Comprimento : 50,45 quilómetros -Profundidade : entre 40 a 75 metros abaixo do solo do mar. -Número de trabalhadores : 13.000 -Tempo de construção : 6 anos -Material de construção : cimento armado e aço -Número de janelas : nenhuma -Volume de terras removidas : 4 milhões de metros cúbicos, só no lado inglês                       PONTE RIO-NITERÓ: Inaugurada em 1974, a Ponte Presidente Costa e Silva, mais conhecida como Ponte Rio-Niterói, é uma das maiores pontes do mundo com seus 13 quilômetros de extensão e até 70 metros de altura no trecho do Vão Central.É, também, a principal ligação da capital com Niterói e o interior do Estado do Rio de Janeiro, sobretudo o pólo turístico da Região dos Lagos. A Ponte Rio-Niterói recebeu mais uma importante contribuição da engenharia em benefício de sua saúde estrutural: o sistema de Atenuadores Dinâmicos Sincronizados (ADS) instalado no interior dos caixões metálicos para neutralizar as oscilações da estrutura do Vão Central sob fortes ventos. A solução inovadora foi desenvolvida pela Coordenação dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia e Tecnologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppetec/UFRJ). O sistema ADS é composto de 32 conjuntos de molas e contrapesos em aço que totalizam 120 mil quilos. Estão distribuídos simetricamente no meio dos caixões do vão central, para reduzir a freqüência de oscilação da estrutura de 13 mil toneladas do maior vão em viga reta contínua do mundo.  
  6. 6. Sete Maravilhas do Mundo Moderno
  7. 8. Obras de Eng. Civil
  8. 13. Obras Exóticas
  9. 15. Obras de Eng. do Brasil
  10. 17. 1. Marco do Descobrimento em 1500 2. Fortaleza de Santa Cruz – 1580 3. Galeão “Padre Eterno” - 1670 4. “Caminho Novo”- 1698 -1702 5. Drenagem da Bacia de Sta. Cruz – 1732 6. Igreja São Miguel das Missões – 1735 -1750 7. Forte S. José do Macapá – 1758 - 1764 8. Demarcação de Fronteiras – 1750 -1780 9. Igreja da Candelária – 1775-1898 10. Forte Príncipe da Beira – 1776-1783 11. Calçada do Lorena – 1790 -1792 12. Fábrica de Ponta D’Areia – 1846-1899 13. Mina de Morro Velho – 1849 ... ..... 14. E.R. União Industria – 1856 - 1861 15. Serra do Mar na E.F. D.Pedro II – 1858 - 1864 16. Serra do Cubatão, na S.P.R. – 1861 - 1865 17. Encouraçados e Monitores – 1865 - 1868 18. Corveta “Trajano” – 1873 19. Cabo Telegráfico para Europa – 1874 20. Serra da Mantiqueira na E.F. D.Pedro II – 1879 - 1883 21. E.F. Paranaguá-Curitiba – 1880 - 1884 22. Cruzador “Tamandaré”- 1884 - 1890 23. Construção de Belo Horizonte – 1894 - 1897 24. Porto de Santos – 1892 - 1895 25. Bonde elétrico no Rio de Janeiro – 1892 26. U.H.E. Marmelos Zero – 1889 27. Experiências do Pe. Landell de Moura – 1893 28. Expedição Rondon – 1900 - 1930 29. U.H.E. Parnaíba – 1901 30. Remodelação do Rio de Janeiro – 1904 – 1910 ... 31. Porto do Rio de Janeiro – 1904 - 1910 ... 32. Abertura da Barra do Rio Grande – 1906 - 1915 33. Construção do avião “São Paulo” – 1908 34. Duplicação da Serra do Mar EFCB – 1914 35. Fabricação de tubos centrifugados – 1915 36. Açúde de Orós – 1922 37. E.R. Rio Petrópolis – 1922 - 1926 38. Construção do A.M.I.C. – 1922 - 1938 39. Eletrificação da Cia. Paulista E.F. – 1922 ... 40. Ponte Hercílio Luz -1923 - 1926 41. Jockey Clube do Rio de Janeiro – 1924 - 1926 42. Sistemas de água do Rio Claro SP – 1925 - 1939 43. U.H.E. Cubatão – 1925-1926 44. Ponte de Itajurú – 1926 45. Edifício “A Noite” - 1928 46. Edifício “Prédio Martinelli” – 1924 - 1934 47. Elevador “Lacerda” - 1930 48. Galpão das “Oficinas Gerais” - 1930 49. Ponte Emílio Baumgart – 1930 50. Cristo Redentor – 1926 - 1931 51. E.R. Rio Bahia – 1936 - 1946 52. Ramal Mairinque-Santos – 1937 53. Jockey Clube de São Paulo – 1937 54. Ponte sobre o Rio Mucuri – 1938 55. Construção da CSN – 1941 - 1946 56. Reaprumação de grande edifício – 1941 57. Contra-torpedeiros Classe “M” – 1943 58. Hotel Quitandinha – 1943 - 1944 59. Ponte do Galeão – 1949 60. Ponte sobre o Rio das Antas – 1943 - 1952 61. Ponte de Juazeiro-Petrolina – 1953 62. Estádio do Maracanã – 1950 63. Ponte do Estreito – 1960 64. Ponte de Amizade – 1962 65. Edifício “Itália”- 1964 66. Museu de Arte de São Paulo – 1968 67. Garage “San-giro”- 1967 68. Ponte Pedro Ivo Campos - “Colombo Sales” – 1975 69. U.H.E Itaipu e “Linhão” – 1982 70. Tronco Principal Sul 71. Ferrovia do Aço 72. E.F. Carajás e Ponte de Madeira 73. Porto de Sepetiba 74. Construção da REDUC 75. Construção da REPLAN 76. Exploração de petróleo no mar 77. Conjunto Petroquímico de Camaçari 78. Via Anchieta 79. Via Bandeirantes 80. Construção de Brasília 81. Projeto “RADAM” 82. Projeto “SIVAM” 83. Aviões da Embraer 84. Fragatas e Corvetas 85. Submarinos 86. Navios “Docefjord” e “Tijuca” 87. Ponte Rio Niterói – 1974 88. Aeroporto Internacional do Galeão 89. Sistema Ribeirão das Lajes-Nilo Peçanha 90. Metrô de São Paulo 91. Açude Banabuiu 92. U.H.E. Furnas 93. U.H.E. Ilha Solteira 94. U.H.E. Paulo Afonso 95. Sistema da Embratel 96. Gasoduto Brasil-Bolívia 97. “Torre Norte” 98. “Infovia” 99. U.H.E Emborcação 100. E.R. Castelo Branco 101. U.H.E. Três Marias 102. U.H.E. Tucuruí 103. Complexo Nuclear de Angra dos Reis 104. 1º Satélite Brasileiro de Coleta de Dados 105. Metrô do Rio de Janeiro 106. Porto de Itaqui - Maranhão 107. Museu de Arte Moderna – RJ 108. Museu de Arte Moderna – SP 109. Nova Praia de Copacabana – alargamento 110. Aterro do Flamengo – Parque Carlos Lacerda 111. Linhas Telegráficas ao longo fronteira oeste do país. Mal. Rondon 112. EMBRAER 113. Motor a Álcool 114. VLS Veículo Lançador de Satélite 115. Radar Meteorológico 116. Satélite sino-brasileiro 117. Novos aviões produzidos na EMBRAER 118. Ultra centrífugas para urânio
  11. 18. Sete Maravilhas Mundo Antigo
  12. 19. <ul><li>Pirâmides de Gizé </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>As grandes pirâmides de Gizé, única antiga maravilha do mundo ainda existente </li></ul><ul><li>As três pirâmides de Gizé , Keóps , Quéfren e Miquerinos , foram construídas como tumbas reais para os reis Khufu (Keóps), Quéfren, e Menkaure (pai, filho e neto), que dão nome às pirâmides. A primeira delas, Queóps, foi construída há mais de 4.500 anos, por volta do ano 2550 a.C. , chamada de Grande Pirâmide , a majestosa construção de quase 150 metros de altura foi a maior construção feita pelo homem durante mais de quatro mil anos, sendo superada apenas no final do século XIX (precisamente em 1889 ), com a construção da Torre Eiffel . </li></ul><ul><li>O curioso é que as pirâmides de Gizé já eram as mais antigas dentre todas as maravilhas do mundo antigo (afinal, na época já fazia mais de dois mil anos que haviam sido construídas) e são justamente as únicas que se mantém até hoje. </li></ul><ul><li>Jardins suspensos da Babilônia </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Os jardins suspensos da Babilônia , imaginados por Martin Heemskerck </li></ul><ul><li>Os Jardins Suspensos da Babilônia são as maravilhas menos conhecidas, já que até hoje encontram-se poucos relatos e nenhum sítio arqueológico foi encontrado com qualquer vestígio do monumento . O único que pode ser considerado &quot;suspeito&quot; é um poço fora dos padrões que imagina-se ter sido usado para bombear água . Foram construídos por volta de 600 a.C., às margens do rio Eufrates, na Mesopotâmia - no atual sul do Iraque. Os jardins, na verdade, eram seis montanhas artificiais feitas de tijolos de barro cozido, com terraços superpostos onde foram plantadas árvores e flores. Calcula-se que estivessem apoiados em colunas cuja altura variava de 25 a 100 metros. Para se chegar aos terraços subia-se por uma escada de mármore; entre as folhagens havia mesas e fontes. Os jardins ficavam próximos ao palácio do rei Nabucodonosor II , que os teria mandado construir em homenagem à mulher, Amitis, saudosa das montanhas do lugar onde nascera. Capital do império caldeu, a Babilônia, sob Nabucodonosor, tornou-se a cidade mais rica do mundo antigo. Vivia do comércio e da navegação, buscando produtos na Arábia e na Índia e exportando lã, cevada e tecidos. Como não dispunham de pedras, os babilônios usavam em suas construções tijolos de barro cozido e azulejos esmaltados. No século V a.C., Heródoto dizia que a Babilônia &quot;ultrapassava em esplendor qualquer cidade do mundo conhecido&quot;. Mas em 539 a.C. o império caldeu foi conquistado pelos persas e dois séculos mais tarde passou a ser dominado por Alexandre, o Grande, tornando-se parte da civilização helenística. Depois da morte de Alexandre (323 a.C.), a Babilônia deixou de ser a capital do império. Começou assim sua decadência. Não se sabe quando os jardins foram destruídos; sobre as ruínas da Babilônia ergueu-se, hoje, a cidade de Al-Hillah, a 160 quilômetros de Bagdá, a capital do Iraque. </li></ul>
  13. 20. <ul><li>Estátua de Zeus em Olímpia </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>A moeda de Elis mostrando a estátua de Zeus </li></ul><ul><li>A estátua de Zeus em Olímpia foi construída no século V a.C. por Fídias , em homenagem ao rei dos deuses gregos — Zeus. A estátua , construída em ouro e marfim e decorada com pedras preciosas , possuía 12 metros de altura. Após 800 anos foi levada para Constantinopla (hoje Istambul ), onde acredita-se ter sido destruída em 462 d.C. por um terremoto . </li></ul><ul><li>Essa é considerada sua obra-prima. Tanto os gregos amavam seus trabalhos que dizia-se que ele revelava aos homens a imagem dos deuses. Supõe-se que a construção da estátua tenha levado cerca de oito anos. Zeus (Júpiter, para os romanos) era o senhor do Olimpo, a morada das divindades. A estátua media de 12 a 15 metros de altura - o equivalente a um prédio de cinco andares - e era toda de marfim e ébano. Seus olhos eram pedras preciosas. Fídias esculpiu Zeus sentado num trono. Na mão direita levava a estatueta de Nike, deusa da Vitória; na esquerda, uma esfera sob a qual se debruçava uma águia. Supõe-se que, como em representações de outros artistas, o Zeus de Fídias também mostrasse o cenho franzido. A lenda dizia que quando Zeus franzia a fronte o Olimpo todo tremia. Quando a estátua foi construída, a rivalidade entre Atenas e Esparta pela hegemonia no Mediterrâneo e na Grécia continental mergulhou os gregos numa sucessão de guerras. Os combates, no entanto, não prejudicaram as realizações culturais e artísticas da época. Ao contrário, o século V a.C. ficou conhecido como o século de ouro na história grega devido ao extraordinário florescimento da arquitetura, escultura e outras artes. A estátua de Zeus foi destruída nesse mesmo século V a.C. </li></ul><ul><li>Templo de Ártemis em Éfeso </li></ul><ul><li>Ruínas do templo de Artemis em Éfeso , Turquia </li></ul><ul><li>O templo de Artemis em Éfeso , construído para a deusa grega da caça e protetora dos animais selvagens, foi o maior templo do mundo antigo. Localizado em Éfeso, atual Turquia , o templo foi construído em 550 a.C. pelo arquiteto cretense Quersifrão e por seu filho , Metagenes . Após concluído virou atração turística com visitantes de diversos lugares entregando oferendas , e foi destruído em 356 a.C. por Heróstrato , que acreditava que destruindo o templo de Ártemis teria seu nome espalhado por todo o mundo . Sabendo disso, os habitantes da cidade não revelaram seu nome, só conhecido graças ao historiador Strabo . Alexandre ofereceu-se para restaurar o templo, mas ele começou a ser reconstruído só em 323 a.C. , ano da morte do macedônio . Mesmo assim, em 262 d.C. , ele foi novamente destruído, desta vez por um ataque dos godos . Com a conversão dos cidadãos da região e do mundo ao cristianismo , o templo foi perdendo importância e veio abaixo em 401 d.C ; e hoje existe apenas um pilar da construção original em suas ruínas. </li></ul>
  14. 21. <ul><li>Mausoléu de Halicarnasso </li></ul><ul><li>O mausoléu de Halicarnasso , pintado por Martin Heemskerck ( 1498 – 1574 ), baseando-se em descrições </li></ul><ul><li>O mausoléu de Halicarnasso foi o suntuoso túmulo que a rainha Artemísia II de Cária mandou construir sobre os restos mortais de seu irmão e marido, o rei Mausolo , em 353 a.C. . Foi construído por dois arquitetos gregos — Sátiro e Pítis — e por quatro escultores gregos — Briáxis , Escopas , Leocarés e Timóteo . </li></ul><ul><li>Hoje, os fragmentos desse monumento são encontrados no Museu Britânico, em Londres, e em Bodrum, na Turquia. A palavra mausoléu é derivada de Mausolo. </li></ul><ul><li>Colosso de Rodes </li></ul><ul><li>Colosso de Rodes </li></ul><ul><li>O Colosso de Rodes era uma gigantesca estátua do deus grego Hélios colocada na entrada marítima da ilha grega de Rodes . Ela foi finalizada em 280 a.C. pelo escultor Carés de Lindos , tendo 30 metros de altura e setenta toneladas de bronze , de modo que qualquer barco que adentrasse a ilha passaria entre suas pernas, que possuía um pé em cada margem do canal que levava ao porto . Na sua mão direita havia um farol que guiava as embarcações à noite . Era uma estátua tão imponente que um homem de estatura normal não conseguia abraçar o seu polegar . Foi construída para comemorar a retirada das tropas macedônias que tentavam conquistar a ilha, e o material utilizado para sua confecção foram armas abandonadas pelos macedônios no lugar. Apesar de imponente, ficou em pé durante apenas 55 anos, sendo abalada por um terremoto que a jogou no fundo da baía . Ptomoleu III se ofereceu para reconstruí-la, mas os habitantes da ilha recusaram por achar que haviam ofendido Hélios. E no fundo do mar ainda era tão impressionante que muitos viajaram para vê-la lá em baixo, onde foi esquecida até a chegada dos árabes , que a venderam como sucata. </li></ul><ul><li>Farol de Alexandria </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Representação gráfica do Farol de Alexandria </li></ul><ul><li>O Farol de Alexandria foi construído a mando de Ptolomeu no ano 280 a.C. pelo arquiteto e engenheiro grego Sóstrato de Cnido . Era uma torre de mármore situada na ilha de Faros (por isso, &quot; farol &quot;), próxima ao porto de Alexandria , Egito , no alto da qual ardia uma chama que, através de espelhos , iluminava até 50 km de distância , daí a grande fama e imponência daquele farol. À excepção das pirâmides de Gizé , foi a que mais tempo durou entre as outras maravilhas do mundo, sendo destruída por um terremoto em 1375 . Suas ruínas foram encontradas em 1994 por mergulhadores, o que depois foi confirmado por imagens de satélite . </li></ul>
  15. 22. Eng. Aeronáutica
  16. 25. Eng. Naval

×