CRIATIVIDADE EM EVENTOS

“Na verdade, tudo é evento”.
Prof. Paulo Marquêz
A importância dos eventos
Mobilizam a opinião pública.
Geram polêmica.
Criam fatos.

Tornam-se acontecimentos.
Desper...
Com isso...
Reflexões
“O homem moderno vive numa época de
empobrecimento emocional coletivo”.
“A vida emocional do homem
contemporân...
E daí?
 O que fazer? Participar de eventos para
reverter essa situação de empobrecimento.
Por que? Ampliar os espaços da...
Com isso...
O homem aprende a reaprender a ter emoções.
Desenvolve o seu senso critico.
Aprimora suas visões.

Preza a...
E mais!
Absorvem novos
conhecimentos.
Vivem novas experiências.
Ultrapassam os limites da
vida particular.
O que é criatividade?
“Criatividade é o processo que
resulta em um produto novo, que é
aceito como útil, e/ou satisfatório...
E em Relações Públicas?
“Criatividade é o processo de
tornar-se sensível a problemas,
deficiências, lacunas no
conheciment...
O que é afinal criatividade
em eventos?
É um processo de pensar novas
formas de diversão para o público.
Como divertir por...
Finalmente e ENFIM...
A diversão é o elemento
dominante nesse
processo de produção de
eventos pois, ao
introduzir o elemen...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Criatividade em eventos

896 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
896
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Criatividade em eventos

  1. 1. CRIATIVIDADE EM EVENTOS “Na verdade, tudo é evento”. Prof. Paulo Marquêz
  2. 2. A importância dos eventos Mobilizam a opinião pública. Geram polêmica. Criam fatos. Tornam-se acontecimentos. Despertam emoções nas pessoas.
  3. 3. Com isso...
  4. 4. Reflexões “O homem moderno vive numa época de empobrecimento emocional coletivo”. “A vida emocional do homem contemporâneo parece ter ficado restrita ao universo do erotismo e das aventuras amorosas”.
  5. 5. E daí?  O que fazer? Participar de eventos para reverter essa situação de empobrecimento. Por que? Ampliar os espaços da vida social e publica, dando a oportunidade para a experimentação conjunta de emoções. O que? Pecas de teatro, jogo de futebol, exposição de sucesso.
  6. 6. Com isso... O homem aprende a reaprender a ter emoções. Desenvolve o seu senso critico. Aprimora suas visões. Preza a liberdade. Adquire maior sensibilidade.
  7. 7. E mais! Absorvem novos conhecimentos. Vivem novas experiências. Ultrapassam os limites da vida particular.
  8. 8. O que é criatividade? “Criatividade é o processo que resulta em um produto novo, que é aceito como útil, e/ou satisfatório por um número significativo de pessoas em algum ponto no tempo“. (Stein, 1974) “Criatividade representa a emergência de algo único e original“. (Anderson, 1965)
  9. 9. E em Relações Públicas? “Criatividade é o processo de tornar-se sensível a problemas, deficiências, lacunas no conhecimento, desarmonia; identificar a dificuldade, buscar soluções, formulando hipóteses a respeito das deficiências; testar e retestar estas hipóteses; e, finalmente, comunicar os resultados“. (Torrance, 1965)
  10. 10. O que é afinal criatividade em eventos? É um processo de pensar novas formas de diversão para o público. Como divertir por meio do esporte? Ou da educação? Ou dos negócios? Ou ainda por meio da comunicação?
  11. 11. Finalmente e ENFIM... A diversão é o elemento dominante nesse processo de produção de eventos pois, ao introduzir o elemento “diversão”, agregamos valor ao cliente, oferecendo-lhe a utilidade mais nobre e necessária nos dias de hoje: a opção do entretenimento!

×