Estudar2

1.211 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.211
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
48
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudar2

  1. 1. APRENDA A ESTUDAR<br /> <br />Com organização e controle podemos tornar bem produtivo o tempo dedicado ao estudo. Veremos um roteiro bem útil pra melhorar o aprendizado.<br /> <br />
  2. 2. I. INTRODUÇÃO <br /> 1. Estude mais a disciplina que você tem mais dificuldade. <br />2. Não engane a si próprio, dizendo-se pouco inteligente ou que a disciplina é difícil. Isto às vezes é um recurso inconsciente para livrar-se da responsabilidade de estudar. Enfrente as dificuldades lembrando-se de que todo estudo requer  esforço.<br />3. Quando mais independente você ficar do professor, maior seu progresso intelectual. Não recorra a ele senão quando for impossível resolver sozinho o problema. Na vida você não terá professor. Bom professor não é o que trabalha por você, mas o que o estimula a trabalhar. <br />
  3. 3. II. PREPARAÇÃO <br />    1. Organize um horário não só de repouso, mas de todas as suas atividades (estudo, divertimento, trabalho, repouso etc). Olhe sempre para este horário e considere-o como um desafio a você mesmo. <br />2. Verifique se tem à mão tudo de que irá precisar: lápis, régua, dicionário, livros, papel. <br />3. Coloque todos os seus trabalhos, esquemas e esboços já feitos sobre a matéria que estiver estudando. Isso mostrará seu progresso e poupará trabalho. Quando reler, depois de meses, tudo lhe voltará à mente, apesar de aparentemente esquecido. <br />
  4. 4. III. ESTUDO <br /> <br />1ª Fase: <br /> 1. Na primeira fase, para superar a dispersão psicológica e eliminar os interesses anteriores, faça algo decisivo: leia alto, escreva, resolva os exercícios mais fáceis, até ?esquentar o motor? (obter concentração). <br /> <br />
  5. 5. 2. Antes da tarefa, resolva consigo mesmo, o que deseja conseguir: ter idéias gerais sobre o assunto? Resolver o problema? Colher informações? Aperfeiçoar um conhecimento? Fazer um esquema? Comparar opiniões ou informações? Se você não sabe o que vai fazer, ficará batendo e nada conseguirá. <br />
  6. 6. 3. Comece o estudo procurando ter uma ?visão de conjunto? global. Vá até o fim da lição sem se preocupar com detalhes que não tenha entendido. Faça depois um resumo do que conseguiu captar. <br /> <br />
  7. 7. 4. Agora comece a separar ? detalhadamente ? o que você já sabia do que não sabia. Veja se relembra fatos que confirmam ou contradigam o que está lendo. Isto é o que se chama ?amarrar o novo no antigo?. Se não fizer isso, a nova aprendizagem fica ?boiando? na mente e facilmente se perde. <br />
  8. 8. 2ª Fase: <br />1. Você está agora na fase analítica: não deixe frases e períodos sem compreensão integral. Até para memorizar um texto é necessário à compreensão. Somente um papagaio decora sem compreender. <br />
  9. 9. 2. Experimente agora a seguinte técnica: Faça um questionário para você mesmo responder. Faça um questionário minucioso. Responda às suas próprias perguntas. Verá que, muitas vezes, o que parecia claro não está bem compreendido como supunha. <br />
  10. 10. 3. Faça desenhos, diagramas, esboços, do assunto. A visualização facilita enormemente a compreensão e ajuda a fixação. <br />
  11. 11. 4. Se você souber comparar, mostra que é inteligente e sabe estudar. É procurando semelhanças e diferenças que a gente aprende e descobre soluções. Compare sempre. <br />
  12. 12. 5. Não se preocupe em memorizar nada nesta fase. Garanta apenas a perfeita compreensão e você verá, com a memorização surge como um ?subproduto? da tarefa que acabou de executar. <br />
  13. 13. 3ª Fase: <br /> 1. Chegou a hora da síntese. A hora de procurar as leis que regem o fenômeno. Procurar os Princípios, as Causas, e finalmente, estabelecer os pontos chaves e as conclusões. Regras, definições, esquemas, diagramas, são sínteses. Elimine de sua investigação tudo que não for fundamental. Retire os exemplos e digressões. Fique apenas, com as orações principais. <br />
  14. 14. 2. Quando o professor usa a síntese para ensinar, poupa o aluno da análise. Mas apenas a síntese feita pelo próprio aluno (partindo de uma pesquisa analítica), faz com que ele aprenda.<br />
  15. 15. 3. Estudar é, pois, ir ao global, e através da análise (pesquisa e investigação), chegar à síntese. Ninguém poderá fazer isso por você com real proveito.<br />
  16. 16. 4. Agora faça o controle, veja se sabe aplicar o que você pensa que aprendeu. Não se trata de repetir e sim de aplicar em novas situações por generalização (um caso mais difícil), ou por transferência (um caso diferente).<br />
  17. 17. 5. Às vezes você pode pensar que não está aprendendo, apesar do esforço que fez. É ilusão. A aprendizagem está sendo acumulada no inconsciente. Quando você menos esperar, ela jorrará como uma fonte cuja existência não era suspeitada (desde que você esteja se esforçando, naturalmente). <br />
  18. 18. OBSERVAÇÕES GERAIS: <br />1. Longos Períodos de estudo não adiantam. Divida o período em etapas adequadas. Assim, passar a noite estudando em véspera de prova é absolutamente improdutivo, ainda que pareça o contrário; o resultado final é sempre negativo.<br />
  19. 19. 2. Não esqueça que quando você não consegue aprender alguma coisa não é por falta de inteligência: é que aprender algo que irá servir de base à nova aprendizagem. Procure saber o que é, e desaparecerá a dificuldade.<br />
  20. 20. 3. Não seja muito tímido nas aulas. Quando não entender, faça perguntas. <br />
  21. 21. 4. Depois de estudar a matéria, procure debate-la com um colega (se tiver o hábito de estudar sozinho). O debate é uma forma excepcional de aprendizagem.<br />
  22. 22. 5. Não engane a si próprio: Controle os resultados do seu estudo. Não estude de modo dispersivo. Depois de cada momento verifique se aprendeu. Faça de conta que são duas pessoas: ?Você? que aprendeu e ?Você? que verifica a aprendizagem.<br />
  23. 23. 6. Estudar em grupo talvez seja a melhor maneira de estudar. Mas para isso, há necessidade de que o grupo esteja realmente disposto a estudar; não pode haver dispersão de atenção, bate-papo. O grupo tem que ser coeso, responsável, bem intencionado.<br />

×