Europa sem drogas

1.117 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.117
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Europa sem drogas

  1. 1. “Viver na Europa”<br />Área de Projecto<br />Europa sem Drogas<br />Trabalho realizado por :<br />Igor Vilela Nº7<br />Vasco Correia Nº17<br />Mário Nunes Nº12<br />Luís Simões Nº 11<br />8ºA<br />
  2. 2. Com este trabalho pretendemos sensibilizar as pessoas para não consumir drogas e avisar os perigos que podem levar à morte de uma pessoa.<br />Introdução<br />
  3. 3. O que é a Droga?<br />Droga , narcótico, entorpecente ou estupefaciente são termos que denominam substâncias químicas que produzem alterações dos sentidos.<br />Droga é toda e qualquer substância, natural ou sintética que introduzida no organismo modifica suas funções. <br />As drogas naturais são obtidas através de determinadas plantas, de animais e de alguns minerais. Por exemplo:<br /> Cafeína (do café),<br /> Nicotina (presente no tabaco), <br />Ópio (na papoula)<br />THC tetrahidrocanabiol (da cannabis).<br />
  4. 4. O que é a Droga?<br />As drogas estão classificadas em três categorias: <br />Estimulantes, <br />Depressores <br />Perturbadores das actividades mentais. <br />O termo droga envolve:<br /> os analgésicos, <br />estimulantes, <br />alucinogénicos, <br />tranquilizantes e barbitúricos,<br />álcool e substâncias voláteis. <br />
  5. 5. O que é droga?<br />As psicotrópicas, são as drogas que tem tropismo e afectam o Sistema Nervoso Central, modificando as actividades psíquicas e o comportamento. <br />Essas drogas podem ser absorvidas de várias formas:<br /> Por injecção,<br /> Por inalação, <br />Via oral <br />Ou injecção intravenosa.<br />
  6. 6. Uso das drogas<br />É comum distinguir o abuso do uso de drogas de seu consumo normal. Esta classificação refere-se à quantidade e periodicidade em que ela é usada. Outra classificação, se refere ao uso das drogas em desvio de seu uso habitual, como por exemplo:<br />o uso de cola;<br />gasolina;<br />Benzina;<br />Éter.<br />entre outras substâncias químicas. <br /> Os usuários podem ser classificados em: <br />Experimentador;<br />usuário ocasional; <br />Habitual;<br />Dependente.<br />
  7. 7. Tipos de consumo<br />Uso Experimental - quando as pessoas consomem por curiosidade, para saber qual a sensação associada a determinada substância.<br />Uso Social ou Ocasional - quando as pessoas usam algumas substâncias numa quantidade reduzida e com pouca regularidade. Este consumo é também conhecido por consumo recreativo, por exemplo, tomar uma(s) bebida(s) quando comemoramos um aniversário ou celebramos uma data especial.<br />Uso de medicação prescrita - quando a droga é usada mediante um aconselhamento médico. Quem a toma corre menos riscos porque sabe que essa é a medicação correcta para si, para aquela situação e durante um período de tempo determinado.<br />
  8. 8. Tipos de consumo<br />O uso danoso - quando o uso da droga provoca problemas a nível da saúde física e mental, das relações familiares, problemas escolares, no emprego e possíveis problemas com a justiça.<br />Dependência - quando o uso de droga é excessivo e contínuo apesar de provocar sérios problemas. Neste caso a pessoa encontra-se psicológica e fisicamente dependente da substância.<br />Mas existem drogas que podem causar maior dependência a nível físico, a nível psicológico, ou em ambos...<br />
  9. 9. Motivos associados ao uso<br />Problemas pessoais, sociais, financeiros; <br />Influência de amigos, assim como da sociedade e publicidade de fabricantes de drogas lícitas; <br />Sensação imediata de prazer que produzem; <br />A facilidade de acesso e obtenção; <br />Desejo ou impressão de que elas podem resolver todos os problemas, ou aliviar as ansiedades; <br />Estimular; <br />Acalmar; <br />Ficar acordado ou dormir profundamente; <br />Tentar parecer fixe; <br />Emagrecer ou engordar; <br />
  10. 10. Motivos associados ao uso<br />Esquecer ou memorizar algo; <br />Fugir ou enfrentar; <br />Inebriar; <br />Inspirar; <br />Fortalecer; <br />Aliviar dores, tensões, angústias, depressões, solidões; <br />Aguentar situações difíceis, privações e carências; <br />Encontrar novas sensações, novas satisfações ,novas perspectivas; <br />Sentimento de Poder e sentir-se acima dos outros <br />Busca por auto-conhecimento <br />Espiritualização<br />
  11. 11. A droga e os adolescentes<br />Os adolescentes de hoje estão mais sujeitos ao contacto com as drogas. Ambiente, companhias erradas, tudo favorece o contacto e as primeiras experiências com as drogas. A isso, acrescente-se a frequente ausência dos pais, que cria condições favoráveis para que os filhos adolescentes se sintam livres para aventuras deste tipo, sem pensar muito nas consequências.<br />
  12. 12. Tipos de drogas<br />Lista de fármacos <br />Bebida Alcoólica <br />Cocaína <br />Crack <br />DMT <br />Ecstasy <br />Merla <br />Metanfetamina <br />LSD <br />Maconha <br />Morfina <br />Heroína <br />Psilocibina <br />Tabaco <br />
  13. 13. Conclusão<br />Com este trabalho adquirimos muitos conhecimentos sobre:<br />A droga; <br />Sobre o uso das drogas;<br />Sobre os motivos associados ao uso;<br />Eos tipos de drogas que existem. Como, por exemplo:<br /> Ecstasy;<br />Cocaína;<br /> Heroína; <br /> E Maconha.<br />

×