UK Anarchy: O movimento Punk

539 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre o movimento punk no Reino Unido e suas influências na moda

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
539
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
67
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

UK Anarchy: O movimento Punk

  1. 1. UK Anarchy Teoria da Moda Mariana Depoli Mestrado em Design e Cultura Visual Turma A1 IADE 2014
  2. 2. Punk: O manifesto anti-moda que se tornou moda
  3. 3. Como estilo musical: -Surge na segunda metade dos anos 70 -Em oposição ao rock progressivo -Nos EUA (Patti Smith, Ramones, Iggy Pop) -No Reino Unido (Sex Pistols, The Clash) Punk Contexto Social: -Decadência social e insatisfação -Recessão e inflação -Apoio a individualidade e independência
  4. 4. Punk Como tendência estética: -Sex Pistols -Vivienne Westwood e Malcom Mclaren
  5. 5. “(...) a vestimenta não tem apenas uma utilidade prática e de proteção: ela é muito mais do que isso, pois apresenta todo um significado comunicativo e social por trás de seu uso.” Roupa como “statement” (Santarelli, 2007)
  6. 6. Principal característica Do It Yourself (DIY): - Hardware (uso de pinos, correntes, alfinetes) - Bricolage (customização e reciclagem) - Graffiti (imagens de contestação) - Destroy (desconstrução)
  7. 7. Vivienne Westwood -“Estilista-punk” -Coleção Pirates (1981) – Tendência New Romantic -1998 recebe o título de “Lady” -Moda e protesto: Critica Social
  8. 8. Pirates Collection (1981) Nostalgia of Mud (1982)
  9. 9. Vivienne Westwood Spring/Summer 2010 at Paris Fashion Week
  10. 10. Vivienne Westwood Spring Summer 2013 – Climate Revolution
  11. 11. Tendências derivadas do punk -Rockabilly -Gótico/Dark -New Romantic -New Wave
  12. 12. “As tribos criam moda, mas também estão submetidas à cadeia de consumo e conveniências, mesmo que por meio de sua estética busquem um discurso de crítica à sociedade de consumo como hippies e punks, pois em algum lugar suas roupas serão comercializadas e sua estética pode até virar tema da coleção de um estilista renomado.” (Santarelli, 2007) Rodarte Vogue Julho 2008
  13. 13. Jean Paul Gaultier Spring/Summer 2011 runway at Paris Fashion Week Das ruas para as passarelas...
  14. 14. Alexander McQueen Autumn/ Winter 2008-09
  15. 15. Editorial Vogue US Março 2011
  16. 16. Publieditorial Samsung Galaxy 2013
  17. 17. Exposição MET em Nova York (2013)
  18. 18. Streetstyle O punk volta às ruas...
  19. 19. Referências: -Vídeo: UK Anarchy http://fashionsplashtv.blogspot.pt/2009/08/episodio-7-uk- anarchy.html -http://www.fashion53.com/2013/05/27/shop-windows-punk-chaos-to-couture/ -http://www.fstyleparis.com/cultura/exposicao-no-metropolitan-em-nova-york -http://leluxemannequin.blogspot.pt/2013/05/mohawks-safety-pins-studs-and- spikes.html -http://mundoestranho.abril.com.br/materia/o-que-foi-o-movimento-punk - http://www.viviennewestwood.co.uk/w/the-story/ -A moda Tribal e seus aspectos comunicativos, Cristiane Santarelli (2007)

×