Uma história bem contada - APCM

661 visualizações

Publicada em

Presentation APCM conference

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
661
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
459
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Uma história bem contada - APCM

  1. 1. 1º Encontro Associação Portuguesa de Casas-Museu 25 de Setembro 2015, Casa dos Patudos Uma história bem contada Maria Vlachou
  2. 2. As casas-museu variam desde os castelos às casas de campo, de todos os períodos. A interpretação das casas-museu inclui informações históricas, arquitecturais, culturais, artísticas e sociais. DEMHIST
  3. 3. Projetada pelo arquitecto Fiel Viterbo, a construção desta ampla residência foi iniciada em 1923 e concluída em 1925. Construída em dois pisos, num estilo ecléctico com acentuadas sugestões do barroco joanino português, é coroada por um largo e muito belo torreão octogonal, elegantemente fenestrado. . A colecção ajusta-se ao ambiente da Casa e é direccionada para uma vivência pessoal e social, sempre dirigida por um critério de excelência e com uma incursão privilegiada em algumas áreas específicas como os relógios e a porcelana da China.. Pratos grisaille (3) Dinastia Qing, Reinado Qianlong (1736-1795) c. 1740-50 Pintura a óleo sobre madeira, representando uma mulher nua, com cabelo apanhado, que olha para trás. O fundo é construído com pinceladas várias, em tons escuros de azul, verde e castanho.
  4. 4. “A interpretação não é nem factos nem ficção literária, mas revelação através da informação.” Freeman Tilden “Interpreting our Heritage”
  5. 5. Palácio Nacional da Ajuda
  6. 6. Palácio Nacional da Ajuda
  7. 7. Palácio Nacional da Ajuda
  8. 8. Palácio Nacional da Ajuda
  9. 9. Barry and Gail Lord “The manual of museum exhibitions”
  10. 10. “As casas, por muito resplêndidas que sejam, fazem parte da experiência comum de todos nós.” Rosanna Pavoni, “Towards a definition and typology of historic house museums” (2003)
  11. 11. Tammsaare Museum, Tallinn, Estonia
  12. 12. Anton HansenTammsaare Truth and Justice
  13. 13. Tammsaare Museum
  14. 14. Tammsaare Museum, escritório
  15. 15. Tammsaare Museum, sala de estar
  16. 16. Tammsaare Museum, cozinha
  17. 17. “A relevância é relativa e relacional. É o ponto até ao qual uma coisa está ligada a algo que importa.” Nina Simon, “Meditations on relevance” Blog Museum 2.0
  18. 18. Relevância No contexto professional: utilidade No contexto pessoal: significado Nina Simon, “Meditations on relevance” Blog Museum 2.0
  19. 19. Procuro comunicar: Com quem? Porquê? O quê?
  20. 20. Obrigada! mariavlachou.pt@gmail.com Blog: Musing on Culture

×