Teoria da Deriva
Continental
Teoria da Deriva Continental
A ideia da deriva continental foi proposta pela primeira vez por
Alfred Wegener em 1912. Em 1...
Teoria da Deriva Continental
Outro geógrafo, Antonio Snider-Pellegrini, utilizou o mesmo
método de Ortelius para desenhar ...
Ilustração feita pelo geógrafo Antonio Snider-Pellegrini

Ilustração feita pelo geógrafo Antonio SniderPellegrini, em 1858...
Identificação
●

●

Trabalho Solicitado Por : Leonardo Alves
( Professor )

Trabalho Realizado Por : Mariana Martins
( alu...
Identificação
●

●

Trabalho Solicitado Por : Leonardo Alves
( Professor )

Trabalho Realizado Por : Mariana Martins
( alu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Teoria da Deriva Continental

219 visualizações

Publicada em

http://jovenscientistas7.blogspot.pt/ Apresentação de diapositivos da Teoria da Deriva Continental

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
219
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teoria da Deriva Continental

  1. 1. Teoria da Deriva Continental
  2. 2. Teoria da Deriva Continental A ideia da deriva continental foi proposta pela primeira vez por Alfred Wegener em 1912. Em 1915 publicou o livro "A origem dos Continentes e dos Oceanos", onde propôs a teoria, com base nas formas dos continentes de cada lado do Oceano Atlântico, que pareciam se encaixar. Muito tempo antes de Wegener, outros cientistas notaram este fato. A ideia da deriva continental surgiu pela primeira vez no final do século XVI, com o trabalho do cartógrafo Abraham Ortelius. Na sua obra de 1596, Thesaurus Geographicus, Ortelius sugeriu que os continentes estivessem unidos no passado. A sua sugestão teve origem apenas na similaridade geométrica das costas atuais da Europa e África com as costas da América do Norte e do Sul; mesmo para os mapas relativamente imperfeitos da época, ficava evidente que havia um bom encaixe entre os continentes. A ideia evidentemente não passou de uma curiosidade que não produziu conseqüências.
  3. 3. Teoria da Deriva Continental Outro geógrafo, Antonio Snider-Pellegrini, utilizou o mesmo método de Ortelius para desenhar o seu mapa com os continentes encaixados em 1858. Como nenhuma prova adicional fosse apresentada, além da consideração geométrica, a ideia foi novamente esquecida. A similaridade entre os fósseis encontrados em diferentes continentes, bem como entre formações geológicas, levou alguns geólogos do hemisfério Sul a acreditar que todos os continentes já estiveram unidos, na forma de um supercontinente que recebeu o nome de Pangea. A hipótese da deriva continental tornou-se parte de uma teoria maior, a teoria da tectônica de placas. Este artigo trata do desenvolvimento da teoria da deriva continental antes de 1950.
  4. 4. Ilustração feita pelo geógrafo Antonio Snider-Pellegrini Ilustração feita pelo geógrafo Antonio SniderPellegrini, em 1858, ilustrando a justaposição das margens africana e americana do Oceano Atlântico., em 1858, ilustrando a justaposição das margens africana e americana do Oceano Atlântico.
  5. 5. Identificação ● ● Trabalho Solicitado Por : Leonardo Alves ( Professor ) Trabalho Realizado Por : Mariana Martins ( aluna )
  6. 6. Identificação ● ● Trabalho Solicitado Por : Leonardo Alves ( Professor ) Trabalho Realizado Por : Mariana Martins ( aluna )

×