Origem da vida

5.288 visualizações

Publicada em

Material de Biologia - Profº Leonardo

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.288
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
985
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
94
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Origem da vida

  1. 1. ORIGEM DA VIDA
  2. 2. Teoria da Geração Espontânea(Abiogênese) Os seres vivos podiam surgir da matéria inanimada ◦ Exemplo: serpentes, rãs e crocodilos surgiriam da lama de lagos e rios Porém, a teoria da abiogênese não resistiu à expansão do conhecimento científicos e aos testes realizados por cientistas como Redi, Spallanzani e Pasteur
  3. 3.  Estes cientistas forneceram evidências de que seres vivos poderiam surgir somente pela reprodução Esta teoria ficou conhecida como Biogênese
  4. 4. Experimento de Redi Em 1668, Francesco Redi investigou a suposta origem de vermes na carne e decomposição Na época, o surgimento desses vermes era interpretado como fruto da geração espontânea Hipótese de Redi: os “vermes” seriam estágios imaturos (larvas) do ciclo de vida de moscas – estas larvas nasceriam de ovos colocados por moscas na carne
  5. 5. Experimento de Redi
  6. 6. Experimento de Redi Nos frascos tampados com gaze, que impedia a entrada de moscas, não cresceu nenhum “verme” Nos frascos abertos, logo surgiram “vermes” A hipótese de Redi foi comprovada, e a teoria da geração espontânea perdeu credibilidade
  7. 7. O retorno da Teoria da GeraçãoEspontânea... Mais tarde, com o surgimento do microscópio e a descoberta dos microorganismos, a Teoria da Geração Espontânea voltou a ser utilizada, buscando explicar como surgiam estes seres microscópicos!
  8. 8. Experimento de Joblot Em 1711, Louis Joblot ferveu um caldo nutritivo a base de carne e separou em frascos Metade dos frascos ficaram abertos, e metade ficaram tampados Resultado: apenas nos fracos abertos observaram-se microorganismos Conclusão de Joblot: os microorganismos surgiram de “sementes” do ar (não pela geração espontânea)
  9. 9. Needham x Spallanzani Em 1745, Needham ferveu um caldo de cordeiro por 30 minutos para matar os microorganismos existentes Em seguida, colocou o caldo em um recipiente e fechou com uma rolha Resultado: após um tempo, surgiram novos microorganismos no caldo Conclusão de Needham: os microorganismos surgiram por geração espontânea
  10. 10. Needham x Spallanzani Spallanzani resolveu refazer o experimento de Needham Preparou 8 frascos com caldo nutritivo previamente fervido Fechou 4 deles com rolha, como fez Needham, e fechou os outros 4 hermeticamente Resultado: os microorganismos apareceram apenas nos frascos fechados com rolhas
  11. 11. Needham x Spallanzani Porém, o resultado não convenceu Needham, que argumentou que o tempo de fervura havia destruído a “força vital” necessária para que a geração espontânea acontecesse Outros cientistas argumentaram, ainda, que o experimento de Spallanzani apenas provava que a geração espontânea não poderia acontecer sem ar
  12. 12. Pasteur e a derrubada definitivada Teoria da GeraçãoEspontânea Em 1860, a Academia Francesa de Ciência ofereceu um prêmio em dinheiro para quem realizasse um experimento de demonstrasse definitivamente como surgiam os microorganismos Louis Pasteur resolveu tentar...
  13. 13. Resultados de Pasteur: Apesar de o caldo estar em contato com o ar, em nenhum dos 4 frascos com pescoço de cisne – os microorganismos do ar ficavam retidos nas curvas do gargalo e não conseguiam chegar no caldo Nos frascos que tiveram o gargalo quebrado, surgiram microorganismos
  14. 14. Conclusões de Pasteur: O surgimento de microorganismos em caldos nutritivos acontece pela contaminação por germes do ambiente externo, e não pela geração espontânea Assim, Pasteur derrubou definitivamente a Teoria da Geração Espontânea ou Abiogênese
  15. 15. A origem dos primeiros seresvivos Origem por criação divina (Criacionismo) Origem extraterrestre (Panspermia) Origem por evolução química
  16. 16. Hipótese de Oparin-Haldane A vida na Terra teria surgido a partir de reações químicas entre os gases da atmosfera primitiva A energia para essas reações teria sido fornecida pelos raios das tempestades e pela radiação ultravioleta do sol Essas reações produziram moléculas orgânicas simples que, mais tarde, se uniram, formando moléculas mais complexas, como proteínas e material hereditário Estas moléculas orgânicas se agruparam, formando os coacervados
  17. 17. Experimento de Miller Em 1953, Stanley Miller testou em laboratório a hipótese de Oparin- Haldane Miller construiu um aparelho que simulava as condições da Terra primitiva Introduziu os componentes que provavelmente constituíam a atmosfera naquela época: ◦ Amônia – NH3 ◦ Metano – CH4 ◦ Hidrogênio – H2 ◦ Vapor d’água
  18. 18. Experimento de Miller Resultado: aparecimento de diversos compostos novos no líquido, dentre eles estavam os aminoácidos, fundamentais para a formação de proteínas
  19. 19. Hipótese HeterotróficaFermentação  Fotossíntese  Respiração Equação da fermentação alcoólica ◦ Glicose  Etanol + Gás carbônico + Energia Equação da fotossíntese ◦ Luz + Gás carbônico + Água  Glicose + Água + Oxigênio
  20. 20. Hipótese Heterotrófica Equação da respiração ◦ Glicose + Oxigênio  Gás carbônico + Água + Energia
  21. 21. Hipótese Autotrófica Quimiossíntese  Fermentação  Fotossíntese  Respiração Equação da quimiossíntese FeS + H2S  FeS2 + H2 + Energia (sulfeto ferroso) (gás sulfídrico) (pirita) (gás hidrogênio) Os organismos que realizam quimiossíntese obtêm energia através da oxidação de substâncias
  22. 22. Os primeiros seres vivos Supõe-se que os primeiros seres vivos eram unicelulares Suas células seriam estrutural e funcionalmente muito simples Formadas por membrana plasmática delimitando o citoplasma No citoplasma estaria presente uma molécula de DNA em uma região denominada nucleóide Essas células são denominadas procarióticas
  23. 23. Célula Procariótica
  24. 24. Células eucarióticas As primeiras células eucarióticas teriam surgido a partir das células procarióticas, passando a desenvolver dobramentos da membrana plasmática, tornando-se maiores e mais complexas Esses dobramentos teriam dado origem a organelas citoplasmáticas e à carioteca Dentre as organelas citoplasmáticas, apenas as mitocôndrias e os cloroplastos tiveram origem diferente
  25. 25. Hipótese Endossimbiótica Os primeiros eucariontes eram anaeróbios e possuiriam o hábito de englobar bactérias como alimento Em algum momento da evolução desses organismos, algumas dessas bactérias aeróbias (que já realizavam respiração) foram mantidas no citoplasma dos eucariontes sem serem degradadas Essas bactérias teriam sido mantidas por beneficiarem os eucariontes pela realização da respiração
  26. 26. Hipótese Endossimbiótica Para a bactéria, essa condição também era vantajosa, pois recebia proteção e nutrientes dos eucariontes Essa relação simbiótica com benefício para ambos os indivíduos (inicialmente protocooperativa e depois mutualística) teria se perpetuado e essas bactérias teriam dado origem às mitocôndrias
  27. 27. Hipótese Endossimbiótica Certo tempo depois, alguns eucariontes iniciaram outra relação simbiótica, desta vez com cianobactérias As cianobactérias realizavam a fotossíntese para os eucariontes, e deles recebiam proteção e matéria prima Essas cianobactérias deram origem aos cloroplastos
  28. 28. Célula Eucariótica

×