Loucura

742 visualizações

Publicada em

Loucura

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
742
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
260
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Loucura

  1. 1. PSICOLOGIA PALESTRA: “O QUE É A LOUCURA?” “DO ASILO À COMUNIDADE” 15/03/2013 – Auditório – 10h20-11h50Palestrante: Drª Cláudia NogueiraOrganização: Grupo Disciplinar de Filosofia 1
  2. 2. LOUCURA“Nunca existiu uma grande inteligência sem uma veia de loucura.” Aristóteles 2
  3. 3. LOUCURA “Há sempre alguma loucurano amor. Mas há sempre umpouco de razão na loucura.” Friedrich Nietzsche 3
  4. 4. LOUCURA• "Todos os homens são doidos e, apesar das precauções, só diferem entre si em virtude das proporções." Boileau , Nicolas 4
  5. 5. Escola Básica 2,3 C/Sec. José Falcão de Miranda do Corvo 2012/2013
  6. 6. A Loucura - Angelo Bronzino 6
  7. 7. O QUE É A LOUCURA? “Pode ser definida como distúrbio ou alteração mental caracterizada pelo afastamento do indivíduo dos seus métodos habituais de pensar, sentir e agir. A loucura ou insânia pode ser: uma condição da mente humana caracterizada por pensamentos considerados "anormais" pela sociedade. Resultado de doença mental, quando não é classificada como a própria doença. Maneira diferente de ser julgado pela sociedade.” - Dicionário Houssais A LOUCURA faz parte de toda uma discussão que abrange algumas ciências/saberes.FILOSOFIA DIREITO MEDICINA PSICOLOGIA BIOLOGIA PSIQUIATRIA 7
  8. 8. DOENÇA MENTAL A loucura é resultante de alguma doença mental. Nessa visão fica implícito a distinção do normal e do patológico, com determinadas características. Loucura é diagnosticada por profissionais e o seutratamento está baseado na supressão dos sintomas e na contenção do paciente que se encontra em surto. PSIQUIATRIA 8
  9. 9. A LOUCURA 9
  10. 10. O grito - Edvard Munch 10
  11. 11. LOUCURA -SIGNIFICADO AO LONGO DOS TEMPOS…• Na visão de Homero, os homens não passariam de bonecos à mercê dos deuses e teriam, por isso, seu destino conduzido pelos "moiras", o que criava uma aparência de estarem possuídos, ao qual os gregos chamaram "mania". 11
  12. 12. LOUCURA - SIGNIFICADO AO LONGO DOS TEMPOS…Para Sócrates, este facto geraria quatro tipos deloucuras: a profética, em que os deuses se comunicariamcom os homens possuindo o corpo de um deles, ooráculo.a ritual, em que o louco se via conduzido ao êxtaseatravés de danças e rituais, ao fim dos quais seriapossuído por uma força exterior.a loucura amorosa, produzida por produzida porAfrodite, a loucura poética, produzida pelas musas. 12
  13. 13. LOUCURA - SIGNIFICADO AO LONGO DOS TEMPOS…• Hegel afirmou que a loucura não seria a perda abstrata da razão: "A loucura é um simples desarranjo, uma simples contradição no interior da razão, que continua presente".• A loucura deixou de ser o oposto à razão ou a sua ausência, tornando possível pensá-la como "dentro do sujeito", a loucura de cada um, possuidora de uma lógica própria.• Hegel tornou possível pensar a loucura como pertinente e necessária à dimensão humana, e afirmou que só seria humano quem tivesse a virtualidade da loucura, pois a razão humana só se realizaria através dela. 13
  14. 14. A DOENÇA MENTALEsquizofrenia: alterações do pensamento,alucinações (sobretudo auditivas), delírios eembotamento emocional com perda de contactocom a realidade, podendo causar umdisfuncionamento social crónico. 14
  15. 15. “Psicose: é um termo psiquiátrico genérico que se referea um estado mental no qual existe uma "perda decontacto com a realidade".“Neurose: criado pelo médico escocês William Cullenem 1769 para indicar "desordens de sentidos emovimento" causadas por "efeitos gerais do sistemanervoso".“Transtorno Obsessivo-Compulsivo ("TOC"): é umcomportamento consciente e repetitivo, como contar,verificar ou evitar um pensamento que serve paraanular uma obsessão”. 15
  16. 16.  “Histeria: é uma neurose complexa caracterizada pela instabilidade emocional. Os conflitos interiores manifestam-se em sintomas físicos, como por exemplo, paralisia, cegueira, surdez, …” “Fobia: é o temor ou aversão exagerada ante situações, objetos, animais ou lugares.” “Afetivo Bipolar (TAB): As pessoas alternam ciclos mais ou menos graves de depressão e humor exaltado. Podem existir ou não características psicóticas, dependendo da intensidade do distúrbio, tratamento e evolução.” 16
  17. 17. Hieronymus Bosch A extração da Pedra da Loucura 17
  18. 18. A PSICANÁLISEPsicanálise: a loucura não parte do pressuposto da divisão entre o normal eo patológico como campos distintos. Freud, afirma que a loucura faz partede cada um de nós e está de certa maneira no inconsciente e os loucossão aqueles que não resistiram a uma luta que é constante a todos nós narelação com o inconsciente. Loucura, delírio, alucinações, são elementosque são bastante valorizados por Freud para a compreensão do psiquismo. 18
  19. 19. Bosch - A nau dos loucos. 19
  20. 20. Bibliografiahttp://www.overmundo.com.br/overblog/estamira-e-a-loucura-ou-o-que-e-a-loucura>http://pt.wikipedia.org/wiki/Loucura 20
  21. 21. Cartazes elaborados pelos alunos do 12ºano, no âmbito da disciplina de Aplicações Informáticas Rafael Morais, 12º A André Pereira, 12º B Diogo Mendes, 12º B 21 Diogo Sequeira, 12º B
  22. 22. Cláudia Silva, 12º A Gabriela Simões, 12º AVanessa Silva, 12º C Helena Fonseca, 12º A 22
  23. 23. Rúben Fernandes, 12º AJoão Lucas, 12º A Rui Mendes, 12º A Miguel Simões, 12º A 23
  24. 24. Diana Santos, 12º B Carla Rodrigues, 12º AJoão Henriques, 12º B Miguel Lucas, 12º A 24
  25. 25. Diogo Simões, 12º A Cristiana Carvalho, 12º CGabriel Lucas, 12º A 25

×