Oficina para terceira idade

481 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
481
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oficina para terceira idade

  1. 1. 1 INFORMÁTICA • SECITEC – SECRETARIA DIGITAL TERCEIRA IDADE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA.  OBJEJTIVO.  OBJETO DE ESTUDO.  ESTATÍSTICAS  PARADIGMAS.  FOMENTAÇÃO DO CURSO.  MOTIVAÇÕES.  CONTEÚDOS.  MENSURAÇÃO DO CURSO.  ORIENTAÇÃO SOCIAL  AVALIAÇÃO
  2. 2. 2 INFORMÁTICA • FOMENTAR A INCLUSÃO DIGITAL TERCEIRA DIGITAL PARA TERCEIRA IDADE IDADE .  OBJEJTIVO.  OBJETO DE ESTUDO.  ESTATISTICAS  PARADIGMAS.  FOMENTAÇÃO DO CURSO.  MOTIVAÇÕES.  CONTEÚDOS.  MENSURAÇÃO DO CURSO.  ORIENTAÇÃO SOCIAL  AVALIAÇÃO
  3. 3. 3 INFORMÁTICA • PESSOAS COM IDADE IGUAL DIGITAL TERCEIRA OU ACIMA DOS 60 ANOS DE IDADE IDADE . • http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/ L10.741.htm  OBJEJTIVO.  OBJETO DE ESTUDO.  ESTATISTICAS  PARADIGMAS.  FOMENTAÇÃO DO CURSO.  MOTIVAÇÕES.  CONTEÚDOS.  MENSURAÇÃO DO CURSO.  ORIENTAÇÃO SOCIAL  AVALIAÇÃO
  4. 4. 4 INFORMÁTICA • POPULAÇÃO DE IDOSOS NO DIGITAL TERCEIRA BRASIL SEGUNDO O CENSO IDADE 2010 . Os idosos, pessoas com mais de 60 anos-- somam 23,5 milhões dos brasileiros, mais que o dobro do registrado em 1991, quando a faixa etária contabilizava 10,7 milhões de pessoas. FONTE: IBGE  OBJEJTIVO.  OBJETO DE ESTUDO. • “Terceira idade já representa 7% da população  ESTATISTICAS brasileira com acesso a internet.” FONTE: http://  PARADIGMAS. www.ifd.com.br/blog/publicidade-e-propaganda/terceira-id  FOMENTAÇÃO DO CURSO. ade-ja-e-7-dos-internautas-brasileiros  MOTIVAÇÕES. /  CONTEÚDOS.  MENSURAÇÃO DO CURSO.  ORIENTAÇÃO SOCIAL  AVALIAÇÃO
  5. 5. 5 • AJUDANDO A VENCER O MEDO E O INFORMÁTICA DIGITAL TERCEIRA PRE-CONCEITO. IDADE  OBJEJTIVO.  OBJETO DE ESTUDO.  ESTATISTICAS  PARADIGMAS.  FOMENTAÇÃO DO CURSO.  MOTIVAÇÕES.  CONTEÚDOS.  MENSURAÇÃO DO CURSO.  ORIENTAÇÃO SOCIAL  AVALIAÇÃO
  6. 6. 6 INFORMÁTICA • INCENTIVAR AO IDOSO A SUA DIGITAL TERCEIRA IMPORTÂNCIA NA SOCIEDADE. IDADE  OBJEJTIVO.  OBJETO DE ESTUDO.  ESTATISTICAS  PARADIGMAS.  FOMENTAÇÃO DO CURSO.  MOTIVAÇÕES.  CONTEÚDOS.  MENSURAÇÃO DO CURSO.  ORIENTAÇÃO SOCIAL  AVALIAÇÃO CRC BANCÁRIOS 2012
  7. 7. 7 INFORMÁTICA • FAZER DA SALA DE AULA UMA DIGITAL TERCEIRA EXTENÇÃO DE SUA CASA. IDADE BRINCANDO .  OBJEJTIVO.  OBJETO DE ESTUDO.  ESTATISTICAS  PARADIGMAS.  FOMENTAÇÃO DO CURSO.  MOTIVAÇÕES.  CONTEÚDOS.  MENSURAÇÃO DO CURSO.  ORIENTAÇÃO SOCIAL  AVALIAÇÃO CRC BANCÁRIOS 2012
  8. 8. 8 INFORMÁTICA • EXPLORAR A EDUCAÇÃO DIGITAL TERCEIRA SÓCIO DIGITAL EM PRO DO IDADE IDOSO.  OBJEJTIVO.  OBJETO DE ESTUDO.  ESTATISTICAS  PARADIGMAS.  FOMENTAÇÃO DO CURSO.  MOTIVAÇÕES.  CONTEÚDOS.  MENSURAÇÃO DO CURSO.  ORIENTAÇÃO SOCIAL  AVALIAÇÃO
  9. 9. 9 INFORMÁTICA • AVALIAÇÕES POR MEIOS DE DIGITAL TERCEIRA PROVAS, ASSOCIADAS A LISTA IDADE DE PRESENÇA.  OBJEJTIVO.  OBJETO DE ESTUDO.  ESTATISTICAS  PARADIGMAS.  FOMENTAÇÃO DO CURSO.  MOTIVAÇÕES.  CONTEÚDOS.  MENSURAÇÃO DO CURSO.  ORIENTAÇÃO SOCIAL  AVALIAÇÃO
  10. 10. 10 INFORMÁTICA • ENFATIZAR ATRAVÉS DAS DIGITAL TERCEIRA REDES SOCIAIS E INTERNET IDADE OS BENEFÍCIOS OFERECIDOS A TERCEIRA IDADE PELOS GOVERNOS  OBJEJTIVO.  OBJETO DE ESTUDO.  ESTATISTICAS  PARADIGMAS.  FOMENTAÇÃO DO CURSO.  MOTIVAÇÕES.  CONTEÚDOS.  MENSURAÇÃO DO CURSO.  ORIENTAÇÃO SOCIAL  MEDIÇÃO DE DESEMPENHO
  11. 11. 11 INFORMÁTICA • REALIZAR NO FINAL DO DIGITAL TERCEIRA CURSO UMA SINTESE DO QUE IDADE FALTOU E DO QUE PODE SER ALTERADO. ( entrevistas).  OBJEJTIVO.  OBJETO DE ESTUDO.  ESTATISTICAS.  PARADIGMAS.  FOMENTAÇÃO DO CURSO.  MOTIVAÇÕES.  CONTEÚDOS.  MENSURAÇÃO DO CURSO.  ORIENTAÇÃO SOCIAL .  MEDIÇÃO DE DESEMPENHO.
  12. 12. 12 • AGRADECIMENTOS. • A DEUS , e a todos os nossos colegas desta Secretária , que como todas as dificuldades impostas, não desistem de lutar por um país menos desigual, utilizando das ferramentas sócios digitais uma maneira de diminuir a exclusão digital. • E também na pessoa de nossa Secretária : Marly Lúcio, que em poucas palavras disse para que veio. • Na pessoa do Rodrigo Vieira que tem pela frente uma árdua tarefa de fazer o impossível se tornar natural. • E por que não as nossas coordenadoras que fazem a maquina administrativa funcionar em prol dos colegas, visando estreitamento entre os mesmos. Cícero Carlos

×