Escola Básica 2,3 de Pêro de Alenquer                                                   Ciências Físico-Químicas          ...
1.2. (8p) De acordo com Lavoisier, a tua resposta ao “Porquê?” de Dorothy seria apenas uma das        seguintes:   (A) O n...
3) (8p) Reflecte sobre a localização no tempo de alguns acontecimentos relativos às informações a que se   referem os text...
2. O gráfico seguinte informa-te sobre a massa de reagentes e de produtos durante uma reacção química.    2.1. (5p) Escrev...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

2ºTCFQ_8 D_02dez_1011

1.830 visualizações

Publicada em

Teste de avaliação aplicado a alunos do 8º Ano de CFQ

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.830
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
80
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2ºTCFQ_8 D_02dez_1011

  1. 1. Escola Básica 2,3 de Pêro de Alenquer Ciências Físico-Químicas 2.ºTeste de Avaliação Formativa Duração: 20 min + 20 min Prof. Goreti8º. Ano de escolaridade 02 de Dezembro Ano Lectivo 2010/2011Nome:____________________________________________ n.º______ Turma______ Classificação ______________________ Versão 21.ª PARTE (20 min) 5 a 8 itens1) Dois séculos separam Antoine Lavoisier, figura 1, e Dorothy Hodgkin, figura 2, duas grandes referências na História da Química. Don´t you understand, I’ve got to know! (Não percebes, eu preciso de saber!). Era assim que Dorothy, prémio Nobel da Química em 1964, respondia a quem a desafiava para fazer intervalos durante o trabalho. A Química, que desde tão cedo apaixonara Dorothy, mostrou-se, a princípio, Figura 1  Antoine Lavoisier (1743 - 1794) Figura 2  Dorothy Hodgkin (1910 - 1994) como um simples receituário experimental: num tubo de ensaio mistura-se A com B, muda a cor… liberta-se um gás… Porquê?, questionava-se Dorothy. Na verdade, o majestoso diamante, e a comum grafite, figura 3, ambos constituídos pelo mesmo tipo de átomos, carbono e só carbono, são distintos no seu aspecto 1 macroscópico , no seu valor e nas suas propriedades. O que os faz diferentes? (Adaptado de Dorothy Crowfoot Hodgkin, de Raquel Gonçalves-Maia) Figura 3 – Estrutura do diamante e da grafite 1 a olho nú Em cada um dos itens, 1.1 a 1.4, escreve a letra da opção correcta. 1.1. (6p) De forma simples responderias ao “Porquê?” de Dorothy da seguinte maneira: (A) Por ter ocorrido uma transformação física. (B) Por ter ocorrido uma transformação química. (C) Por se terem misturado dois materiais. (D) Por se terem misturado dois materiais diferentes.2ºTCFQ_8D_02Dez_1011_prof.Goreti 1/4_V2
  2. 2. 1.2. (8p) De acordo com Lavoisier, a tua resposta ao “Porquê?” de Dorothy seria apenas uma das seguintes: (A) O número de átomos de cada elemento, presente em A e em B, alterou-se durante a transformação. (B) O tipo de átomos de cada elemento, presente em A e em B, alterou-se durante a transformação. (C) Os átomos dos elementos, constituintes de A e de B, agruparam-se de forma diferente durante a transformação. (D) Os átomos dos elementos, constituintes de A e de B, não alteraram o modo como estavam agrupados antes da transformação. 1.3. (6p) O diamante e a grafite: o que os faz diferentes? - Já podes responder a Dorothy. A diferença deve-se ao facto de, o diamante e a grafite, ambos formados só por átomos de carbono… (A) …, serem substâncias compostas. (B) …, serem substâncias simples. (C) … terem os átomos agrupados da mesma maneira. (D) … terem os átomos agrupados de maneira diferente. 1.4. (8p) A História da Química permite-nos afirmar que: (A) Lavoisier e Dorothy trabalharam juntos. (B) Com Lavoisier todas as questões relacionadas com as transformações e propriedades dos materiais ficaram esclarecidas. (C) Cada descoberta faz surgir novas questões de investigação. (D) Com Dorothy todas as questões relacionadas com as transformações e propriedades dos materiais ficaram esclarecidas.2) Incansável na sua função de investigadora, e apesar de sofrer de dores horríveis devido a ter artrite reumatóide, para a qual não se conhece tratamento eficaz, Dorothy era imparável, e não parava de estudar a estrutura de muitas moléculas, como a da penicilina e a do colesterol. O Diogo Mouga, que sofre frequentemente de dores de cabeça, encontra no AAS um tratamento eficaz e também poderia ser imparável no estudo. Se fosse imparável no estudo talvez soubesse que… Em 1853 Charles Gerhardt, químico francês, sintetizou pela primeira vez o ácido acetilsalicílico, AAS, uma molécula que apresenta na sua estrutura um anel hexagonal (em que cada vértice representa um átomo de carbono), figura 4. Uma forma mais purificada do AAS foi conseguida mais tarde, em 1897, por Felix Hoffmann, químico alemão, ao serviço da Figura 4  Estrutura do AAS Bayer que a patenteou com a designação de Aspirin em 1900. 2.1. (8p) Escreve a letra da opção que contém as palavras que completam correctamente a frase seguinte, de forma a que fique verdadeira. O AAS é uma substância _______ que foi sintetizada pela primeira vez por _______. Uma forma mais pura do AAS foi conseguida por _______ e a sua estrutura revela que é formado por _______________. (A) iónica… Charles Gerhardt … Dorothy… carbono, oxigénio e hidrogénio. (B) molecular… Charles Gerhardt… Felix Hoffmann... carbono, oxigénio e hidrogénio. (C) iónica… Dorothy… Felix Hoffmann … cálcio, oxigénio e hidrogénio. (D) molecular… Felix Hoffmann… Charles Gerhardt… cálcio, oxigénio e hidrogénio. 2.2. (6p)Escreve a letra da afirmação correcta. (A) A molécula de AAS é formada por 15 átomos. (B) A fórmula química do AAS é C3H8O4. (C) A molécula de AAS é formada por 11 átomos. (D) A fórmula química do AAS é C9H8O4.2ºTCFQ_8D_02Dez_1011_prof.Goreti 2/4_V2
  3. 3. 3) (8p) Reflecte sobre a localização no tempo de alguns acontecimentos relativos às informações a que se referem os textos das questões 1) e de 2), preenchendo correctamente os espaços que se seguem. (A) Eu nasci no ano ______________. (B) A aspirina foi patenteada pela Bayer ___________ anos antes de eu nascer. (C) Dorothy faleceu _________ anos antes de eu nascer. (D) Este ano celebram-se _________ anos do nascimento de Dorothy. FIM DA 1.ª PARTE2.ª PARTE (20 min) 3 a 6 itens1. Durante a actividade experimental da aula, sobre a Lei de Lavoisier, fez-se reagir uma solução aquosa de iodeto de potássio com uma solução aquosa de nitrato de chumbo. Se te recordas, formou-se um precipitado amarelo de iodeto de chumbo e uma solução aquosa de nitrato de potássio. 1.1. (5p) Completa correctamente a seguinte expressão. Um dos reagente foi _______________________________________________________________ e um dos produtos da reacção foi _____________________________________________________ 1.2. (15p) Escreve a equação química que traduz a reacção que ocorreu.2ºTCFQ_8D_02Dez_1011_prof.Goreti 3/4_V2
  4. 4. 2. O gráfico seguinte informa-te sobre a massa de reagentes e de produtos durante uma reacção química. 2.1. (5p) Escreve a equação de palavras. 2.2. (10p) Usando dados do gráfico, descreve como variou a massa dos reagentes e a dos produtos da reacção, e diz o que podes concluir sobre a massa total das substâncias envolvidas.3. Consulta o teu trabalho de pesquisa sobre o rótulo de uma garrafa de água, e responde às questões seguintes. (Se não fizeste o trabalho a classificação desta questão é penalizada em 8 pontos, e tens responder na mesma, mas usando a tabela de iões da página anterior). 3.1. (5p) Escreve a fórmula química e o nome de dois compostos presentes no resíduo seco da água. 3.2. (10p) Redige um texto no qual expliques, de forma clara, com base nas regras de escrita de fórmulas químicas de compostos iónicos, uma das fórmulas químicas que escreveste no teu trabalho.2ºTCFQ_8D_02Dez_1011_prof.Goreti 4/4_V2

×