Centro Educacional Lato Sensu<br />“AMAZÔNIA”<br />Biopirataria ao longo do Século XX <br />Manaus, 16 de Setembro de ...
Integrantes <br /><ul><li>Aline Salignac
Carla Érica
Josué Neto
Lívia Salvador
Maria Giovana Lima
Sara Cavalcanti</li></li></ul><li>Biopirataria na Amazônia<br />A biopirataria não é apenas o contrabando de diversas form...
Principais produtos e seres vivos biopirateados<br />
Cupuaçu<br />
Depois de uma série de disputas que se estenderam por seis anos, o Brasil pode, finalmente, dizer: "O cupuaçu é nosso".<br />
Seringueira<br />
Principal Biopirata de sementes da seringueira: Henry Wickham<br />Contrabandeou 70.000 sementes da seringueira.<br />
Sementes da Seringueira<br />
Urucum<br />
Utilizado como tempero (colorau), como tinta e como medicamento.<br />
Açaí<br />
Arara Azul <br />
Macaco- prego<br />
Como são transportados os produtos e seres vivos Biopirateados<br />
Algumas ações realizadas contra prática da Biopirataria<br />
Fóruns<br />Projetos de Lei<br />Treinamento de funcionários de aeroportos para combater a biopirataria<br />
Prejuízos da biopirataria<br />
  Privatização de recursos genéticos anteriormente disponíveis para comunidades tradicionais;<br />
O que tem sido feito<br />
  O governo brasileiro tem feito permanentemente consultas em suas Embaixadas e também recebido denúncias de ONGs.<br />
Curiosidades<br />
    A internet é um dos meios mais utilizados para a venda ilegal de animais silvestres;<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Meio ambiente 2010 -Biopirataria

2.077 visualizações

Publicada em

Trabalho do meio ambiente com o assunto biopirataria, colégio Centro Educacional Lato Sensu , unidade I Manaus

Publicada em: Educação, Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.077
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
75
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Meio ambiente 2010 -Biopirataria

  1. 1. Centro Educacional Lato Sensu<br />“AMAZÔNIA”<br />Biopirataria ao longo do Século XX <br />Manaus, 16 de Setembro de 2010.<br />
  2. 2. Integrantes <br /><ul><li>Aline Salignac
  3. 3. Carla Érica
  4. 4. Josué Neto
  5. 5. Lívia Salvador
  6. 6. Maria Giovana Lima
  7. 7. Sara Cavalcanti</li></li></ul><li>Biopirataria na Amazônia<br />A biopirataria não é apenas o contrabando de diversas formas de vida da flora e fauna mas principalmente, a apropriação e monopolização dos conhecimentos das populações tradicionais no que se refere ao uso dos recursos naturais. <br />
  8. 8. Principais produtos e seres vivos biopirateados<br />
  9. 9. Cupuaçu<br />
  10. 10. Depois de uma série de disputas que se estenderam por seis anos, o Brasil pode, finalmente, dizer: "O cupuaçu é nosso".<br />
  11. 11. Seringueira<br />
  12. 12. Principal Biopirata de sementes da seringueira: Henry Wickham<br />Contrabandeou 70.000 sementes da seringueira.<br />
  13. 13. Sementes da Seringueira<br />
  14. 14. Urucum<br />
  15. 15. Utilizado como tempero (colorau), como tinta e como medicamento.<br />
  16. 16. Açaí<br />
  17. 17. Arara Azul <br />
  18. 18. Macaco- prego<br />
  19. 19. Como são transportados os produtos e seres vivos Biopirateados<br />
  20. 20.
  21. 21.
  22. 22. Algumas ações realizadas contra prática da Biopirataria<br />
  23. 23. Fóruns<br />Projetos de Lei<br />Treinamento de funcionários de aeroportos para combater a biopirataria<br />
  24. 24. Prejuízos da biopirataria<br />
  25. 25. Privatização de recursos genéticos anteriormente disponíveis para comunidades tradicionais;<br />
  26. 26. O que tem sido feito<br />
  27. 27. O governo brasileiro tem feito permanentemente consultas em suas Embaixadas e também recebido denúncias de ONGs.<br />
  28. 28. Curiosidades<br />
  29. 29. A internet é um dos meios mais utilizados para a venda ilegal de animais silvestres;<br />
  30. 30. Biopirataria<br />
  31. 31.
  32. 32. Temos que ouvir para acabar!!<br />

×