Currículo do outro lado do espelho

648 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
648
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
156
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Currículo do outro lado do espelho

  1. 1. Currículo: do outro lado do espelho
  2. 2. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  3. 3. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  4. 4. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  5. 5. O que é que pode haver dooutro lado do currículo deMatemática? Que livros, que textos? Que atividades de leitura/escrita podemos fazer nas aulas de Matemática? Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  6. 6. - Quantos dias tem um ano? Que livros, que textos?- Trezentos e sessenta e cinco. Disse Alice.- E quantos aniversários tens tu?- Um.- E, se tirares um de trezentos e sessenta e cinco quantos ficam?- Trezentos e sessenta e quatro, claro.Humpty Dumpty parecia duvidar.- Gostava de ver essa conta feita num papel. Disse ele.Alice não conteve um sorriso, mas tirou do bolso um bloco de notas eescreveu-lhe a conta: 365 -1 364Humpty Dumpty pegou no bloco e pôs-se a olhar com toda a atenção.- Parece estar certa... Começou ele.Estás a ver de pernas para o ar! Interrompeu Alice.(...) Como ia a dizer, parece-me estar certa, apesar de eu não ter agoratempo para conferir, e isto prova que há trezentos e sessenta e quatrodias em que podes receber presentes de desaniversário... Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  7. 7. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  8. 8. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  9. 9. Utilizar artigos de jornais e revistas enquanto motivadores e/ou fonte de dados para oestudo de conteúdos matemáticos.Problemas em tiras - os alunos recebem trechos desordenados de um problema, quedeverá ser montado.Comparação de 2 problemas – coloca-se no quadro dois problemas com textosparecidos mas que exigem cálculos diferentes. Como tarefa os grupos devem compararos dois problemas e indicar as semelhanças e diferenças existentes entre eles.Escrever uma carta – preferencialmente com destinatário – a respeito de um conteúdo.Utilizar a leitura de um excerto de um livro para ir além dos conteúdos – exemplo:Leitura do início da obra “Metamorfose” de F. Kafka quando se fala de translações. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  10. 10. O que é que pode haver dooutro lado do currículo deCiências? Que livros, que textos? Que atividades de leitura/escrita podemos fazer nas aulas de Ciências? Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  11. 11. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  12. 12. Utilizar artigos de jornais e revistasLeitura de biografias de cientistas Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  13. 13. Artigos científicosLeitura de ficção científica Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  14. 14. O que é que pode haver dooutro lado do currículo deHistória? Que livros, que textos? Que atividades de leitura/escrita podemos fazer nas aulas de História? Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  15. 15. Ao descrever o banho da marquesa de Châtelet, dequem é criado em 1746, Longchamp pode surpreendero leitor dos nossos dias: o seu serviço proíbe qualquer relação depudor. É o criado que mantém o calor da água. Vigia a caldeira. De vezem quando, despeja o seu conteúdo na banheira, evitando escaldar amarquesa. Em suma, está presente no quarto, atarefado e atento.Nenhuma perturbação por parte da marquesa, que se despe e seagita, considerando desnecessário tornar opaca a superfície da água.Os estatutos de amo e de criado são demasiado distantes para que adecência possa ser ameaçada. A mão servil ainda não é a mão de umapessoa. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  16. 16. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  17. 17. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  18. 18. - Leitura de:1 página de um diário1 carta de alguém que viveu no período em estudo1 discurso1 romance histórico- Atividade: questionando o autor Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  19. 19. E em Português/Língua Portuguesa? Lê-se o suficiente? Lê-se por prazer? Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  20. 20. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  21. 21. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  22. 22. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  23. 23. Todas as disciplinasPodem proporcionar três tipos de leitura:• leitura para informação e estudo•leitura orientada•leitura por prazerPodem propor a leitura em vários suportesO professor deve funcionar como modelo de leitor Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte
  24. 24. Seminário "Tecendo Redes de Leitura“ - Currículo: do outro lado do espelho Lina Duarte

×