O POSITIVISMO DE
AUGUSTO COMTE
A primeira corrente teórica
sistematizada de pensamento
sociológico foi o positivismo, a
primeira a definir precisamente
o...
Essa corrente teórica (o positivismo) foi a
primeira a definir precisamente o objeto, a
estabelecer conceitos e uma metodo...
O Positivismo refletiu o
entusiasmo burguês pela
consolidação capitalista, por
meio do desenvolvimento
industrial e cientí...
Comte procurou completar o estágio
positivo ao criar a mais complexa de
todas, a sociologia como ciência.
Os traços mais m...
A sociologia estática estuda as condições
gerais de toda a vida social, considerada em si
mesma, em qualquer tempo e lugar...
A sociologia dinâmica estuda as condições da
evolução da sociedade: do estado teológico
ao estado positivo na ordem intele...
É importante considerar que o pensamento Comtiano reflete
um imaginário social que se baseava principalmente na:
LAICIDADE...
“O Amor por princípio,
a Ordem por base, o
Progresso por fim”
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Positivismo de Augusto comte

457 visualizações

Publicada em

Material de apoio

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
457
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Positivismo de Augusto comte

  1. 1. O POSITIVISMO DE AUGUSTO COMTE
  2. 2. A primeira corrente teórica sistematizada de pensamento sociológico foi o positivismo, a primeira a definir precisamente o objeto, a estabelecer conceitos e uma metodologia de investigação. Além disso, o positivismo, ao definir especificidade do estudo científico da sociedade, conseguiu distinguir-se de outras ciências estabelecendo um espaço próprio à ciência da sociedade. Seu primeiro representante e principal sistematizador foi o pensador Augusto Comte.
  3. 3. Essa corrente teórica (o positivismo) foi a primeira a definir precisamente o objeto, a estabelecer conceitos e uma metodologia de investigação. Além disso, o positivismo, ao definir a especificidade do estudo científico da sociedade, conseguiu distinguir-se de outras ciências estabelecendo um espaço próprio à ciência da sociedade. O positivismo caracterizava-se pela suposição de que o saber científico é superior ao saber filosófico (dito metafísico por Comte) e ambos são superiores ao saber religioso (chamado teológico)
  4. 4. O Positivismo refletiu o entusiasmo burguês pela consolidação capitalista, por meio do desenvolvimento industrial e científico. Comte devotou-se à Sociologia, uma palavra que ele elaborou para descrever a ciência da sociedade. Ele acreditava que sua principal contribuição foi a teoria de que a humanidade passou por três estágios de evolução histórica e cultural e de desenvolvimento intelectual: o teológico, o metafísico e o positivo.
  5. 5. Comte procurou completar o estágio positivo ao criar a mais complexa de todas, a sociologia como ciência. Os traços mais marcantes do Positivismo são certamente a excessiva valorização das ciências e dos métodos científicos, a exaltação do homem e suas capacidades e o otimismo em relação ao desenvolvimento e progresso da humanidade. È importante ressaltar o estudo das mudanças sociais em sua obra. Para ele, era necessário resolver a crise social que se apresentava não apenas na França, mas também em toda Europa. Ele preconizava uma nova ordem social, combinando ordem e progresso.
  6. 6. A sociologia estática estuda as condições gerais de toda a vida social, considerada em si mesma, em qualquer tempo e lugar. Três instituições sempre são necessárias para fazer com que o altruísmo predomine sobre o egoísmo (condição de vida social). A propriedade (que permite ao homem produzir mais do que para as suas necessidades egoístas imediatas, isto é, fazer provisões, acumular um capital que será útil a todos), a família (educadora insubstituível para o sentimento de solidariedade e respeito às tradições), a linguagem (que permite a comunicação entre os indivíduos e, sob a forma de escrita, a constituição de um capital intelectual, exatamente como a propriedade cria um capital material).
  7. 7. A sociologia dinâmica estuda as condições da evolução da sociedade: do estado teológico ao estado positivo na ordem intelectual, do estado militar ao industrial na ordem prática - do estado de egoísmo ao de altruísmo na ordem afetiva. A ciência que prepara a união de todos os espíritos concluirá a obra de unidade (que a Igreja católica havia parcialmente realizado na Idade Média) e tornará o altruísmo universal, "planetário".
  8. 8. É importante considerar que o pensamento Comtiano reflete um imaginário social que se baseava principalmente na: LAICIDADE - Explicação da origem, do desenvolvimento e da finalidade da sociedade deixa de ser compreendido como obra divina e sim como obra humana; CIENTIFICISMO - Crença no poder exclusivo e absoluto da razão humana em conhecer a realidade e traduzi-la sob a forma de leis naturais (sacralização da ciência); ORGANICISMO - Sociedade concebida como um organismo constituído de partes integradas e coesas que funcionam harmoniosamente, segundo um modelo físico ou mecânico.
  9. 9. “O Amor por princípio, a Ordem por base, o Progresso por fim”

×