TIPOS DE PESQUISA
 CAPÍTULO 4 DO MATERIAL DIDÁTICO
 - INTRODUÇÃO À PESQUISA
LORI ALICE GRESSLER – Editora Loyola
Capítulo 3
 A PESQUISA É UMA ATIVIDADE QUE
ESTÁ PRESENTE EM NOSSA VIDA
COTIDIANA
 COMO?
 TODA PESQUISA PRESSUPÕE
NECESSARIAMENTE U...
 CIÊNCIAS QUE SE DEDICAM A ESTUDAR
OS FENÔMENOS DA NATUREZA: como a
física, Química, Biologia, Astronomia, etc –
CIÊNCIAS...
 PESQUISA DOCUMENTAL – aquela efetuada
com base em materiais escritos como também
por meio do uso de imagens.
 Dados que...
- Diários
- Relato de visitas às Instituições
- Relato de viagens
- Fotos
- Gravações
- Filmes
- Mapas
 O fato de serem poderosas fontes de
informação que podem ser usadas pelo
pesquisador independente da disponibilidade
das...
 PESQUISA BIBLIOGRÁFICA:
- Quando buscamos adquirir conhecimentos
com base em referências teóricas publicadas
(livros, ar...
 PESQUISA EMPÍRICA: precisa ir a campo, ou
seja, ir aos locais nos quais os acontecimentos
estão ocorrendo, com o intuito...
 PESQUISA TEÓRICA: aquela que monta e
desvenda quadros teóricos de referência;
 PESQUISA METODOLÓGICA: que trata dos
ins...
 PESQUISA HISTÓRICA
 PESQUISA DESCRITIVA
 PESQUISA DESENVOLVIMENTISTA
 PESQUISA ESTUDO DE CASOS
 PESQUISA CAUSA-COMPA...
 Reconstrói o passado, sistematicamente,
verificando evidências e delineando
conclusões;
 Contribui para o conhecimento ...
 PRIMÁRIA: é aquela que teve uma relação
direta com os fatos analisados, isto é, o
investigador foi o observador direto d...
 Descreve sistematicamente, fatos e características
presentes em um determinada população ou área
de interesse
 Seu inte...
 É a modalidade de investigação que estuda
formas e sequências de crescimento ou
mudanças ocorridas no tempo
 Pode ser l...
 Dedica-se a estudos intensivos do passado,
presente e de interação ambientais
(socioeconômica, política, cultural) de um...
 HISTÓRICO-ORGANIZACIONAL
 OBSERVACIONAL
 HISTÓRIA DE VIDA
 ANÁLISE SITUACIONAL
 Investiga as correlações existentes entre um
fator e outro, ou outros fatores.
 Estuda, por exemplo, as relações entre ...
 Investiga possíveis relações de causa e efeito
por meio da observação de consequências
existentes;
 A principal caracte...
 O objetivo da pesquisa experimental é
investigar uma possível relação de causa e
efeito por meio da exposição de um ou m...
 É semelhante a experimental
 É realizada quando não se tem condições de
organizar os grupos de controle
 Também experi...
 caracteriza uma intervenção
 exige capacidade de planejamento em
conjunto, paciência no processo de
identificação dos p...
 DEPENDENDO DO OBJETIVO DA
PESQUISA É QUE DEFINEREMOS QUAL O
TIPO DE PESQUISA IREMOS REALIZAR
 DEPENDENDO DO TIPO DE PES...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tipos de pesquisa

392 visualizações

Publicada em

Descreve os tipos de pesquisa científica: descritiva, ddesenvolvimentista, experimental, quase experimental, estudo de casos, histórica e pesquisa-ação

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
392
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tipos de pesquisa

  1. 1. TIPOS DE PESQUISA
  2. 2.  CAPÍTULO 4 DO MATERIAL DIDÁTICO  - INTRODUÇÃO À PESQUISA LORI ALICE GRESSLER – Editora Loyola Capítulo 3
  3. 3.  A PESQUISA É UMA ATIVIDADE QUE ESTÁ PRESENTE EM NOSSA VIDA COTIDIANA  COMO?  TODA PESQUISA PRESSUPÕE NECESSARIAMENTE UMA QUESTÃO PROBLEMA
  4. 4.  CIÊNCIAS QUE SE DEDICAM A ESTUDAR OS FENÔMENOS DA NATUREZA: como a física, Química, Biologia, Astronomia, etc – CIÊNCIAS NATURAIS  CIÊNCIAS QUE SE DEDICAM A ESTUDAR A REALIDADE HUMANA E SOCIAL: como Sociologia, Psicologia, História – CIÊNCIAS SOCIAIS
  5. 5.  PESQUISA DOCUMENTAL – aquela efetuada com base em materiais escritos como também por meio do uso de imagens.  Dados que são utilizados nesse tipo de pesquisa - Documentos de arquivos públicos - Estatísticas (censos) - Documentos de arquivos - Cartas - contratos
  6. 6. - Diários - Relato de visitas às Instituições - Relato de viagens - Fotos - Gravações - Filmes - Mapas
  7. 7.  O fato de serem poderosas fontes de informação que podem ser usadas pelo pesquisador independente da disponibilidade das pessoas  Costuma ser menos dispendiosa
  8. 8.  PESQUISA BIBLIOGRÁFICA: - Quando buscamos adquirir conhecimentos com base em referências teóricas publicadas (livros, artigos, monografias, dissertações de mestrado ou de doutorado) - Não confundir com a REVISÃO BIBLIOGRÁFICA que todas as pesquisas devem ter
  9. 9.  PESQUISA EMPÍRICA: precisa ir a campo, ou seja, ir aos locais nos quais os acontecimentos estão ocorrendo, com o intuito de obter dados necessários para a pesquisa. A importância dessa pesquisa para os alunos de graduação consiste na oportunidade de reflexão que ela possibilita sobre os principais problemas da nossa sociedade, a partir dos futuros profissionais que nela atuarão
  10. 10.  PESQUISA TEÓRICA: aquela que monta e desvenda quadros teóricos de referência;  PESQUISA METODOLÓGICA: que trata dos instrumentos para a captação e manipulação da realidade física e social  PESQUISA IMPÍRICA: modalidade voltada para a experimentação e observação dos fenômenos – aquela que manipula dados e fatos concretos  PESQUISA PRÁTICA: que testa, na prática, as ideias e posições teóricas
  11. 11.  PESQUISA HISTÓRICA  PESQUISA DESCRITIVA  PESQUISA DESENVOLVIMENTISTA  PESQUISA ESTUDO DE CASOS  PESQUISA CAUSA-COMPARAÇÃO  PESQUISA EXPERIMENTAL  PESQUISA QUASE EXPERIMENTAL  PESQUISA AÇÃO
  12. 12.  Reconstrói o passado, sistematicamente, verificando evidências e delineando conclusões;  Contribui para o conhecimento do presente à luz dos acontecimentos passados;  Capacita o homem para prever, com certa segurança, o que vai lhe acontecer no futuro.  Pode ser dirigida a um indivíduo, grupo, ideia, movimento, instituição
  13. 13.  PRIMÁRIA: é aquela que teve uma relação direta com os fatos analisados, isto é, o investigador foi o observador direto dos eventos ou utiliza-se de materiais de primeira mão  SECUNDÁRIA: é aquela que não tem uma relação direta com os fatos registrado, senão por meio de algum elemento intermediário – reportados por outras pessoas – obras que falam acerca de um autor, livro, época. Exigem cuidadosa análise – verificação da autenticidade
  14. 14.  Descreve sistematicamente, fatos e características presentes em um determinada população ou área de interesse  Seu interesse principal está voltado para o presente e consiste em descobrir “o que é?” ou “como é?”  Descrever fenômenos existentes, situações presentes e eventos, identificar condições, comparar e avaliar o que os outros estão desenvolvendo em situações similares
  15. 15.  É a modalidade de investigação que estuda formas e sequências de crescimento ou mudanças ocorridas no tempo  Pode ser longitudinais – mesmo grupo  Ou transversais – vários grupos com mesmo tema
  16. 16.  Dedica-se a estudos intensivos do passado, presente e de interação ambientais (socioeconômica, política, cultural) de uma unidade: indivíduos, grupo, instituição ou comunidade, selecionada por sua especificidade.  É uma pesquisa profunda (vertical) que abarca a totalidade dos ciclos de vida da unidade (visão holística)
  17. 17.  HISTÓRICO-ORGANIZACIONAL  OBSERVACIONAL  HISTÓRIA DE VIDA  ANÁLISE SITUACIONAL
  18. 18.  Investiga as correlações existentes entre um fator e outro, ou outros fatores.  Estuda, por exemplo, as relações entre critérios usados para medir a competência de um professor e fatores como escolaridade, sexo, estado civil e classe social  A vantagem da pesquisa correlacional é que ela permite estudar variáveis simultaneamente
  19. 19.  Investiga possíveis relações de causa e efeito por meio da observação de consequências existentes;  A principal característica é que os dados são coletados após a ocorrência dos eventos  O investigador seleciona uma ou mais variáveis e examina os dados
  20. 20.  O objetivo da pesquisa experimental é investigar uma possível relação de causa e efeito por meio da exposição de um ou mais grupos em uma ou mais condições de tratamento e comparar os resultados  RIGOR CIENTÍFICO  Vários desenhos de pesquisa
  21. 21.  É semelhante a experimental  É realizada quando não se tem condições de organizar os grupos de controle  Também experimenta alguma técnica ou produto
  22. 22.  caracteriza uma intervenção  exige capacidade de planejamento em conjunto, paciência no processo de identificação dos problemas e das soluções  flexível – adaptativa  Permite mudança durante o estudo
  23. 23.  DEPENDENDO DO OBJETIVO DA PESQUISA É QUE DEFINEREMOS QUAL O TIPO DE PESQUISA IREMOS REALIZAR  DEPENDENDO DO TIPO DE PESQUISA DEFIREMOS OS INSTRUMENTOS DE PESQUISA,

×