Formação animadores(as) CEBs _2015

89.665 visualizações

Publicada em

Formação animadores(as) CEBs _2015

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
89.665
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
79.477
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
51
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Formação animadores(as) CEBs _2015

  1. 1. CEBsPCJ2015 FORMAÇÃO PARA ANIMADORES DAS CEBs Paróquia Coração de Jesus - SJC Coordenação Paroquial CEBs 2015
  2. 2. CEBsPCJ2015 HOMENAGEM AS MULHERES DAS CEBs
  3. 3. CEBsPCJ2015 PREPARAÇÃO DA FORMAÇÃO Aplicação do Método: VER, JULGAR e AGIR Objetivos: - Mapear / Identificar os pontos a serem abordados; - Alinhamento da Equipe de Coordenação.
  4. 4. CEBsPCJ2015 CEBs: Ser Igreja viva nas ruas de nossa Paróquia, construir comunidades familiares as bases dos valores do Evangelho, despertar homens e mulheres para um viver em santidade, por meio de Jesus Cristo, levá-los a uma experiência total do Amor-caridade. “Ser Igreja hoje e sempre, a partir de onde moramos” Ser comunidades da Comunidade Mãe, a Igreja de Jesus Cristo NOSSO LEMA
  5. 5. CEBsPCJ2015 A Nossa Realidade Paroquial O FOCO - O CAMPO DA MISSÃO Isolamento das Pessoas - (medo, angustia, desprezo...) Aumento da População – de Pessoas Idosas Poder Aquisitivo – “O não precisar de Deus” O Mundo da Informação – “Redes Sociais” O Individualismo – “Eu e só Eu” Falta de unidade na PALAVRA
  6. 6. CEBsPCJ2015 Conhecer para Fazer Melhor: A ORGANIZAÇÃO E PLANEJAMENTO Consultar o Planejamento Paroquial; Estar atento a vida Paroquial; Conhecer as Atividades Diocesanas; (Jornal Expressão, guia diocesano, rádio...) Não conhecer as Atividades Paroquiais; Não conhecer os Projetos Paroquiais; Quem de vós, querendo fazer uma construção, antes não se senta para calcular os gastos que são necessários, a fim de ver se tem com que acabá-la? (Lc 14, 28) É Bom: É Ruim: Não conhecer os seus vizinhos – O Alvo da Missão.
  7. 7. CEBsPCJ2015 Zelo pelo que é de Deus: A PREPARAÇÃO DO ENCONTRO Estudar o Subsídio das CEBs; Ler Subsídio somente no momento do Encontro - ?????; Confrontar com a Liturgia Diária; Saber manusear a Bíblia; Conhecer os Cânticos Indicados; Fazer uma boa reflexão das Leituras; Fazer uma boa distribuição dos Trabalhos; Conhecer a realidade das Famílias. Cantar sem escolher previamente – falta de sintonia; Ler sem praticar – os erros dispersam as pessoas. Quem é, pois, o servo fiel e prudente que o Senhor constituiu sobre os de sua família, para dar-lhes o alimento no momento oportuno? (Mt 24, 45) É Bom: É Ruim:
  8. 8. CEBsPCJ2015 Levar Deus ao Outro: A ESCOLHA DA CASA Escolher as Casas entre as pessoas que ainda não participam; É Bom: É Ruim: Sempre na mesma Casa – demonstra falta de empenho; Envolver os Novos Moradores; Escolher a próxima casa no final do encontro; Escolha de última hora – pode causar constrangimento; Disse-lhes outra vez: A paz esteja convosco! Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio a vós. (Jo 20,21) O chamado vem de Deus!
  9. 9. CEBsPCJ2015 É o Nosso Cartão de Visita: O ACOLHIMENTO Ir até os Novos Moradores; É Bom: É Ruim: A Descriminação; Ser agente de informação da Igreja; Ser um Vizinho Amigo e alegre; Não ter Convicção de Deus em sua Vida; Estar mau informado; Não conhecer a sua Missão; Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos.(Jo 15, 13) Ser portador do Amor de Deus.
  10. 10. CEBsPCJ2015 A persistência na Missão: A DIVULGAÇÃO / O CONVITE Convite Pessoal – “olho no olho” (está é a melhor abordagem) É Bom: É Ruim: Convidar por email – devido estar próximo; Uso do Telefone – com moderação; Banner no Local e na Rua. Convite de última hora. A que caiu na terra boa são os que ouvem a palavra com coração reto e bom, retêm-na e dão fruto pela perseverança. (Lc 8, 15) Convite impresso deixado na Caixa do Correio;
  11. 11. CEBsPCJ2015 A Alegria se traduz nos Detalhes: A PREPARAÇÃO DO AMBIENTE Seguir o Subsídio da CEBs; É Bom: É Ruim: Preparação de última hora – transmite falta de zelo ; Local com espaço e luminosidade; Destacar sempre a Bíblia; Levar o Padroeiro da Comunidade; Usar Cartazes - promover os dons da comunidade – o fazer; Excesso de Símbolos – pode criar confusão; Não saber explicar o sentido dos Símbolos. Jesus enviou Pedro e João, dizendo: “Ide e preparai-nos a páscoa para comermos” (Lc 22, 8)
  12. 12. CEBsPCJ2015 Um Perfil que vem de Deus: O ANIMADOR DAS CEBs Ter uma boa Espiritualidade; É Bom: É Ruim: Falar demais – não dar oportunidades; Ter Disciplina; Ser o Facilitador; Ser Caridoso; Ser o Filtro; Ser imparcial, mas firme nos objetivos da Palavra. Não Cumprir Horário – sinal de desorganização; Interromper as pessoas bruscamente – cria medo ou... Disse-lhe seu senhor: - Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor. (Mt 25, 21)
  13. 13. CEBsPCJ2015 Falar com Deus - Ouvir a Deus A ORAÇÃO O Momento com DEUS (a chegada): - O pedir Perdão; - As Preces pessoais; - Os Agradecimentos; - O Louvor – alegria em estar ali. É Bom: É Ruim: Orações longas – Desvia a concentração do outro; Rezar o Terço.... Somente uma pessoa rezar – deve trabalhar o grupo. Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei. (Mt 11, 28) Buscar uma maturidade espiritual do grupo.
  14. 14. CEBsPCJ2015 Todos devem entender: A MENSAGEM DA PALAVRA Ter o momento de Escuta; É Bom: É Ruim: Quando usada para o bem próprio – nas justificativas; Ser Entendida por Todos; A Mensagem deve provocar as pessoas; Deve Produzir uma inquietude – para o fazer. Quando é distorcida – colocar outro parecer; Não só de pão vive o homem, mas de toda a palavra de Deus (Lc 4, 4) Quando é omitida – é não deixar Deus falar.
  15. 15. CEBsPCJ2015 Fiz-me fraco com os fracos, a fim de ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, a fim de salvar a todos. (1Cor 9,22) Exercício maior do cristão: A PARTILHA / PARTICIPAÇÃO Que Todos falem - alegria; É Bom: É Ruim: Só um falar - monotonia; Mas um de cada vez - respeito; Que todos ouçam - obediência; O Entendimento se dá a partir da somatória das opiniões; Conversas Paralelas; Assuntos Alheios; Medo de falar – isso não deve existir;
  16. 16. CEBsPCJ2015 A Palavra de Deus materializando: O GESTO CONCRETO Levar os participantes a sair do comodismo; É Bom: É Ruim: Não dar importância ao apelo da Palavra de Deus. Viver somente a dimensão da escuta - viver só na oração; Não colocar-se a serviço da Palavra – não ir ao outro. Olhar a Realidade da Rua; Partilhar Serviços e Responsabilidades; Tornar Jesus Cristo conhecido; Planejar / Combinar visitas e serviços. Zaqueu, entretanto, de pé diante do Senhor, disse-lhe: Senhor, vou dar a metade dos meus bens aos pobres e, se tiver defraudado alguém, restituirei o quádruplo. (Lc 19, 8)
  17. 17. CEBsPCJ2015 AS DICAS AOS ANIMADORES Leituras indispensáveis: Ser uma pessoa Orante:  Aquele que reza, faz grande amizade com Deus;  Ter Deus como Amigo, é jamais estar sozinho;  Construir um mundo irmão é mostrar lhes o “Amigo Deus”.

×