A família de nazaré 6ºa

152 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
152
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A família de nazaré 6ºa

  1. 1. O CASAMENTO DE NAZARÉ
  2. 2. “ O CASAMENTO DE NAZARÉ” <ul><li>Trabalho realizado, após a leitura da obra </li></ul><ul><li>“ A Família de Nazaré” </li></ul><ul><li>de Maria Teresa Maia Gonzalez </li></ul><ul><li>Um episódio que dá continuidade a este texto. </li></ul>
  3. 4. <ul><li>Estava tudo preparado. O Zé Luís escolhera a música e seria o técnico de som. </li></ul><ul><li>A Leonor não parava de se ver ao espelho e ensaiava, vezes sem conta, a sua pose de entrar na igreja, entregar as alianças a Nazaré, benzer-se em frente ao altar e dirigir-se ao seu lugar. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>O seu vestido era azul-turquesa, fazia lembrar o céu e o seu coração suspirava, desta vez, pelo Jorge que se encontrava no salão da casa de Guilherme a tratar da decoração. </li></ul>
  5. 7. <ul><li>Distribuía pelas mesas os nomes dos convidados, a ementa e um pequeno poema que ele próprio tinha escrito para cada mesa. </li></ul><ul><li>Estas tinham nomes de planetas: a mesa “ de Marte” , com enfeites vermelhos, a “de Saturno “com anéis de várias cores, a “de Plutão” cor de laranja . </li></ul>
  6. 9. “ TERRA” ERA A MESA DOS NOIVOS
  7. 10. Havia ainda “As Estrelas Cadentes” para os mais pequeninos, com anjos desenhados.
  8. 11. <ul><li>Nazaré acreditava que estes estariam, nesse momento, com os seus familiares, no céu, celebrando também com alegria. </li></ul><ul><li>O avô Alberto e a avó Luísa, agora juntos, e também a Aurora, a sua amiga, podiam assim estar também nos seus corações. </li></ul>
  9. 12. Nazaré e Guilherme
  10. 13. <ul><li>Pois é, esquecia-me de vos contar: o Guilherme convertera-se à religião de Nazaré, porque o amor o fez acreditar e, por isso, aceitou ser baptizado, comungando nessa missa de celebração do casamento. </li></ul>
  11. 14. <ul><li>O salão da sua casa, em Cascais, chegava para todos os convidados e tinham também muitos empregados contratados. </li></ul><ul><li>Contudo, a mãe de Nazaré não deixou de realizar os doces preferidos da família e escolheu o bolo de Nazaré com as suas flores preferidas. </li></ul>
  12. 16. <ul><li>Tratou dos enfeites das mesas com morangos açucarados e muitas outras delícias que tinham ocupado estes últimos dias de Nina, dando-lhe uma óptima disposição. </li></ul><ul><li>O Fred era agora o seu acompanhante. </li></ul>
  13. 18. <ul><li>Jorge encarregara-se também dos presentes para os convidados – uma caneta com a data marcada - para recordação daquele dia. </li></ul><ul><li>A escrita continuava a ser uma das suas ocupações favoritas. </li></ul>
  14. 20. <ul><li>A Sofia ia ser a fotógrafa deste acontecimento, pois a sua irmã Nazaré passara-lhe a paixão pela fotografia. </li></ul>
  15. 21. <ul><li>A família Santos estaria agora ainda maior. Maria Lúcia e Francisco faziam votos de que a sua filha Nazaré perpetuasse os valores que os unia a todos e espalhasse à sua volta a solidariedade e a amizade, fazendo assim deste pequeno mundo, um outro muito melhor. </li></ul>
  16. 23. <ul><li>Continuavam, como sempre foram, unidos, optimistas e com muita esperança. </li></ul>
  17. 25. Fim Texto de : Ana Maria; Ana Sofia; Marcelo Santos; Maria Leonor Turma: A 6º Ano Prof. Isabel Horta  

×