A América Latina pode ser dividida em duas grandes partes:<br /><ul><li>México e América Central: Estende-se desde o ...
América do Sul: Todos os países localizados ao sul do istmo do Panamá.</li></ul>Clima e Formações Vegetais<br />      A am...
Chuvas: condensação do vapor da água atmosférica.<br /><ul><li>Chuvas de verão ouconvecção:Durante um dia de verão, ocorre...
Chuva de montanha,barreiraouorográfica:Quando ventos úmidos ganham altura para “passar” as montanhas, eles passam pelo pro...
sente nas savanas ou cerrados. Esse domínio climático, também apresenta uma diversificada fauna de mamíferos.<br />     O ...
exceção dos oásis e ilhas verdejantes, que se formam sobre lençóis da água. Ocorrem principalmente em quatro áreas: na por...
Solos pobres que necessitam de investimento
Propriedades pouco produtivas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resumo para p.m de geografia 1º trimestre

4.431 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.431
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo para p.m de geografia 1º trimestre

  1. 1. A América Latina pode ser dividida em duas grandes partes:<br /><ul><li>México e América Central: Estende-se desde o México até Panamá. Essa região também abrange a região do Caribe e das Antilhas.
  2. 2. América do Sul: Todos os países localizados ao sul do istmo do Panamá.</li></ul>Clima e Formações Vegetais<br /> A ampla extensão longitudinal da América Latina , as características de relevo e a influência das correntes marítimas, são os principais fatores que possibilitam a variedade de climas: desde climas frios e temperados até climas quentes e extremamente úmidos, que consequentemente, possibilita a formação de variados vegetais.<br />
  3. 3. Chuvas: condensação do vapor da água atmosférica.<br /><ul><li>Chuvas de verão ouconvecção:Durante um dia de verão, ocorre intensa evaporação. No fim da tarde, ocorre resfriamento da atmosfera, provocando esse tipo de chuva.
  4. 4. Chuva de montanha,barreiraouorográfica:Quando ventos úmidos ganham altura para “passar” as montanhas, eles passam pelo processo</li></li></ul><li>de condensação, pois no alto das montanhas há uma queda de temperatura na atmosfera, “fazendo” chover. A umides do ar fica para traz em forma de chuva e o vento continua seu trajeto, só que seco.<br /><ul><li>Chuva de frente: Quando uma massa polar de ar frio se choca com uma massa polar quente, acontece a frente fria. A frente fria provoca queda de temperatura e chuva (de frente).</li></ul>Domínio Climático equatorial<br /> Estende-se pela porção setentrional (norte) da América do Sul, faz com que o ambiente tenha temperaturas elevadas e “tenha” muita chuva, principalmente as de convecção. Essa região abriga a maior biodiversidade do planeta (essa região é onde ocorre a Floresta Amazônica).<br />Domínio Climático Tropical<br /> O ambiente que tem esse domínio climático apresenta temperaturas elevadas durante o ano todo.<br /> O domínio tropical típico apresenta duas estações bem distintas: chuvosa no verão e seca no inverno. O domínio tropical típico está pre-<br />
  5. 5. sente nas savanas ou cerrados. Esse domínio climático, também apresenta uma diversificada fauna de mamíferos.<br /> O domínio tropical de altitude ocorre sobretudo nas áreas serranas da América Central e na porção leste do Brasil. Apresenta um clima controlado pelas chuvas orográficas. No Brasil, esse clima está presente na Mata Atlântica.<br />Domínio Climático de altas montanhas <br />Estende-se sobretudo nas regiões mais elevadas da Cordilheira dos Andes. Essa áreas tem um temperaturas abaixo dos 10ºc e invernos rigorosos com chuvas de neve. O ambiente onde domina esse clima, é frio e úmido em alturas médias, com vegetações coníferas ( ). Nas<br />altitudes, tem pouca umidade, surgindo vegetação de estepes<br />Domínio Climático desértico e semiárido<br />Esse domínio é caracterizado por ser extremamente seco e com notáveis amplitudes térmicas, que variam de 50ºc de dia, a 15º de noite. Sua vegetação é escassa e adaptada ao clima (geralmente estepes), com<br />
  6. 6. exceção dos oásis e ilhas verdejantes, que se formam sobre lençóis da água. Ocorrem principalmente em quatro áreas: na porção norte do território mexicano, no deserto do Atacama, na Patagônia e no nordeste brasileiro. Esses domínios apresentam baixos níveis de pluviosidade.<br />Problemas Agrários <br />Agrário – relativo à terra<br /><ul><li>Má distribuição de terras
  7. 7. Solos pobres que necessitam de investimento
  8. 8. Propriedades pouco produtivas
  9. 9. Exploração imobiliária
  10. 10. Técnicas de exploração arcaicas</li></ul>Pg 88 – O espaço agrário da América Latina:<br />Historicamente sempre fomos dependentes das atividades do setor primário e as impressões podem ser observadas no espaço agrário da América Latina e com os ciclos econômicos (Pau Brasil, cana de açúcar, ouro, café). <br />
  11. 11. Pg 89- A dependência dos países latino americanos em relação dos recursos minerais:<br />Venezuela- 91% do PIB depende do petróleo<br />Bolívia- 71% do PIB depende de Gás e Petróleo<br />Chile- 63% do PIB depende Ferro, Cobre e Carvão<br />Vantagens: geração de empregos<br />arrecadação de impostos<br />equilíbrio da balança comercial<br />Desvantagens: empobrecimento do solo<br />poluição / desmatamento<br />baixos preços de venda<br />Pg 90 – Estrutura fundiária e exploração da terra:<br />A maior parte das terras está nas mãos de uma elite formada por poucas pessoas. Nessas propriedades encontramos características do período colonia: plantiom (latifúndios, mão de obra mal remunerada monocultura, produção em grande escala, finalidade comercial).<br />
  12. 12. Além disso, há um contraste, diferença entre a agroindústria moderna e aquela de subsistência, tradicional e ultrapassada.<br />Pg 91: Dependência dos PIBs em relação à exportação de produtos ou gêneros agropecuários.<br />Nicarágua- 82%<br />Paraguai- 83%<br />Guatemala- 37%<br />Pg 92- Principais produtos de exportação:<br />Laranja, café, soja, milho, cana de açúcar e feijão<br />Pg 93- Concetração das terras:<br />Estrutura fundiária = forma como as terras estão destribuídas<br />Vamos considerar o total de 100 propriedades (na Bolívia) :<br />86 são menores que 20 hectares (10000m²) e ocupam 4% do território <br />
  13. 13. enquanto 4 propriedades são iguais ou maiores que 100 hectares e ocupam 90% das terras.<br />No Brasil, 58 propriedades tem até 25 hectares e ocupam 6% das terras, enquanto 15 propriedades são maiores que 100 hectares e ocupam 80% das terras. <br />Pg 94- Reforma Agrária: redistribuição das terras:<br />Por que não ocorrem?<br /> Historicamente os latifúndios foram implantados pelos colonizadores. Hoje a concentração de terras provoca a desigualdade social, desemprego, pobreza, êxodo rural, movimentos sociais e crescimento populacional exagerado nas áreas urbanas.<br /> A reforma agrária não ocorre na América Latina, pois aqueles que possuem grandes propriedades quase sempre são os próprios políticos que deveriam aprová-la. Mas, não é do interesse deles dividí-las<br />

×