Resumo de ciências

16.420 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.420
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo de ciências

  1. 1. Resumo de Ciências – 1º trimestre<br />Não existe milagre para ter uma vida saudável, basta fazer exercícios físicos diariamente, não comer alimentos ricos em variados tipos de gorduras (ou que não façam bem para saúde), e não se automedicar. Nenhum produto seja ele qual for, pode te trazer uma boa saúde, eles não podem fazer milagres. Se você quer ter uma saúde boa, vai ter que ter hábitos saudáveis. <br /><ul><li>Níveis de organização do corpo humano: célula > tecido > órgão > sistema > organismo.
  2. 2. Unicelular: tem apenas uma célula.
  3. 3. Acelular: não tem célula.
  4. 4. Pluricelular: tem mais de 2 células.</li></ul>Organelas e suas funções em uma célula humana:<br />Membrana Nuclear (plasmática): Reveste a célula e controla a<br />entrada e saída de substâncias da célula.<br />Núcleo: Onde está localizado o material genético.<br />Citoplasma: Composto por:<br />Matéria do 2º trimestre apartir do slide 9<br />
  5. 5. -Parte sólida: organelas citoplasmáticas.<br />-Parte liquida: água + sais minerais.<br />Ribossomos:Produzem proteínas, e são responsáveis pelo crescimento e reparo da célula.<br />Vacúolos: Controlam a quantidade de água na célula, armazenam substâncias, e participam da digestão (intracelular).<br />Retículo endoplasmático: Responsável pelo transporte de substâncias na célula.<br />Lisossomo:Responsáveis por eliminar ou partes danificadas (desgastadas), ou substâncias tóxicas da célula.<br />Mitocôndria: Responsável pela respiração celular, e por produzir energia para o funcionamento da célula.<br />Complexo de Golgi: Armazena proteínas que ainda serão usadas pela célula.<br />As células musculares são alongadas para facilitar a contração dos músculos.<br />Os glóbulos vermelhos são arredondados para facilitar a sua locomoção. Já os neurônios, ou células nervosas são longas e tem uma “divisão” (ramificação) em suas extremidades, para facilitar a capitação e a transmissão dos impulsos nervosos. <br />
  6. 6. A pele humana é formada por duas camadas: a derme e a epiderme.A derme é formada pelo tecido conjuntivo, e esta localizada abaixo da epiderme. A epiderme é formada pelo tecido epitelial, e está acima da derme.<br /> As células que se localizam na epiderme, estão constantemente se dividindo e formando novas células. Quando uma dessas células fica velha, ela “migra” para a parte mais externa e lá ela morre. E depois de um tempo ela é substituída por outra que vem das camadas internas.<br />Tecido epitelial: Tem a função te revestir interna e externamente um órgão.<br />Tecido conjuntivo: Preenche o espaço vazio entre os tecidos, mantendo – os unidos. Também dá resistência e elasticidade ao órgão.<br />Tecido muscular: “Dá” a capacidade de contração ao órgão. É formado por células musculares. Existem tecidos musculares em todas as partes do corpo, nos permitindo fazer movimentos voluntários ou não.<br />Tecido nervoso: Está presente em todas as partes do corpo, e é formado por neurônios. Ele é responsável por mandar “mensagens” com comandos de uma parte do corpo para outra. Essas mensagens são chamadas de impulsos nervosos. Ou seja eles levam e trazem informações, permitindo que nosso cérebro se comunique com todas as regiões do nosso corpo.<br />
  7. 7. Esquema dos tipos básicos de tecidos do corpo humano:<br />Tecido epiderme: Parte mais externa da pele humana, é formada pelo tecido epitelial.<br />Tecido derme: Camada localizada abaixo da epiderme, formada pelo tecido conjuntivo.<br />Tecido adiposo: Serve como reserva de energia, e como isolante térmico. Está localizado abaixo da derme e formado pelo tecido conjuntivo.<br />Tecido muscular:Produzem os movimentos do corpo, e são em grande parte formados pelo tecido muscular. Se divide em:<br />-Tecido muscular liso: Obedece a comandos involuntários. A bexiga é uma exceção, pois é formada pelo tecido liso e é seu movimento é voluntário. <br />-Tecido muscular estriado: Obedece á movimentos voluntários. O coração é uma exceção, pois é formado pelo tecido estriado cardíaco e os movimento são involuntários.<br />Tecido nervoso:É formado por neurônios e serve para mandar informações (impulsos nervosos) de uma parte do corpo para outra.<br />Tecido cartilaginoso:É formada por cartilagem, um tipo de tecido conjuntivo. <br />Tecido sanguíneo:É o único tecido liquido do corpo. É um tecido conjuntivo. Realiza o transporte de substâncias.<br />Tecido ósseo:Tecido conjuntivo, que dá resistência ao órgão. <br />
  8. 8. Em todo órgão está presente o tecido epitelial, o tecido conjuntivo, o tecido muscular e o tecido nervoso.<br /> Quando há um grupo de órgão juntos desempenhando funções específicas, esse grupo é chamado de sistema.<br />O corpo recebe muitos estímulos do ambiente. Muitos são percebidos pelos nossos sentidos: olfato (permite sentir o cheiro das coisas), paladar, (permiti sentir o gosto das coisas), audição (nos permite ouvir os sons), o tato (nos permite sentir as coisas quando as tocamos) e a visão (que nos permite ver as coisas e distinguir uma cor da outra).<br />Todos esses estímulos sensoriais são percebidos pelo sistema nervoso, que os interpreta (no cérebro) e responde a eles, regulando os sistemas do corpo. Tudo isso ocorre por meio de impulsos nervosos. Nenhum sistema do corpo age isoladamente.<br />Sistema circulatório – basicamente, distribui substâncias pelo corpo <br /> Sistema respiratório – serve basicamente para inspirar e expirar o ar<br /> Sistema urinário – serve para eliminar substâncias tóxicas ou que não são mais necessárias para as células. <br /> Sistema digestório – basicamente, extrai os nutrientes do alimento já digerido, e distribui pelo corpo através do sistema circulatório. A parte dos <br />A integração entre os sistemas.<br />
  9. 9. alimentos que permaneceu no corpo sem ser digerida, são eliminadas por meio das fezes.<br />Respiração pulmonar é o processo pelo qual o ar entra nos pulmões e sai em seguida. Já a respiração celular é um evento que ocorre dentro das células e que consiste na transformação de gás oxigênio e de determinados nutrientes, como a glicose (um açúcar que provém de vários alimentos), em gás carbônico e água. A respiração celular depende totalmente da pulmonar, pois é dela que provém os gases necessários (para celular).<br />Sistema esquelético e sistema muscular: isso é só decoreba. tem tudo na página 33 do livro. Boa sorte.<br />Existem quatro tipos de fraturas no osso:<br />Fratura completa: Duas parte do seu osso de deslocam, se partem totalmente<br />Fratura exposta: O osso perfura a sua perna e fica visível. Qualquer um que olhar sua perna poderá vê-lo. A perna foi ó um exemplo.<br />Fratura incompleta: É formada apenas uma trinca no seu osso, uma rachadura. Ela cicatriza rápido. <br />Fratura múltipla: Várias partes do seu osso são ou quebradas, ou trincadas.<br />
  10. 10. Um esqueleto humano chega a ter 206 ossos. O esqueleto serve para dar sustentação ao corpo, e para protege alguns órgãos internos. Exemplo: o cérebro é protegido pelos ossos do crânio. Os ossos do corpo humano tem a capacidade de se regenerar, ou seja as células se multiplicam até “encobrir” a lesão. <br />Os locais onde dois ossos se juntam, são chamados de articulações ou de juntas. O corpo humano tem articulações fixas, como as que existem entre os ossos do crânio, e as articulações móveis, como a que existe no joelho. Em todos os tipos de articulações, os ossos sem mantém unidos por um tecido conjuntivo denominado ligamento.<br /> Nas articulações móveis, os ligamentos são flexíveis, permitindo que os ossos se movimentem em mais de uma posição, sem se deslocar da junta (articulação).<br /> Na maioria das articulações móveis, a extremidade dos ossos é revestida por cartilagem, que é um tecido conjuntivo liso, resistente ao desgaste. <br />Tecido cartilaginoso- Reveste as extremidades dos ossos impedindo o atrito entre eles. É um tecido conjuntivo. Permite que um osso deslize sobre outro durante o movimento da junta, sem prejuízo para nenhum deles. <br />Articulações ou juntas<br />
  11. 11. Para facilitar o movimento dos ossos, existe um liquido chamado liquido sinovial, que lubrifica a articulação.<br />Luxação – É quando um osso de uma junta sai de sua posição normal em consequência de um impacto violento.<br />Rompimento dos ligamentos – É quando o impacto é tão grande, que além de luxar provocam lesões nos ligamentos, chegando até a rompê-los. A recuperação leva meses. Durante esses meses, os tecidos machucados se regeneram, e o ligamento se refaz.<br />Ainda tem dúvidas? Então de uma olhada nesses sites (não leia o site inteiro, pois terão muitas coisas que não cairão na prova)! <br />http://www.webciencia.com/11_24juntas.htm<br />http://www.cabuloso.com/Anatomia-Humana/Sistema-de-sustentacao/Esqueleto.htm<br />http://www.coladaweb.com/biologia/biologia-celular/organelas-citoplasmaticas<br />Os links estão abaixo da apresentação. Apenas os copie e cole no URL<br />
  12. 12. Resumo de Ciências - primeiro trimestre<br /> Os músculos do corpo humano são quem proporcionam os movimentos do esqueleto. Existem músculos responsáveis pelos movimentos internos do corpo. Exemplo: bombeamento de sangue e contrações dos órgãos.<br /> Existem três tipos de músculos no corpo humano:<br /><ul><li>Músculos esqueléticos: Estão ligados aos ossos e permitem movimentá-los. Esse tipo de músculo é responsável pelos movimentos mais notáveis do corpo, como o movimento de qualquer membro do corpo. Exemplo: correr, pular, etc. Os músculos esqueléticos tem movimento voluntário, e são um tipo de músculo estriado, assim como o músculo cardíaco. Eles são responsáveis pelo movimento do esqueleto.
  13. 13. Músculos lisos: São encontrados em órgãos internos, como intestino e estômago. O movimento desses músculos é involuntário, ou seja, ele não depende da nossa vontade.
  14. 14. Músculo cardíaco: O músculo cardíaco é encontrado apenas no coração. Ele se parece muito mais com os músculos esqueléticos. Porém, o seu movimento é involuntário, e nesse aspecto (do movimento), se parece mais com os músculos lisos.</li></ul>O Botulismo: O botulismo é uma doença causada pela ingestão de<br />
  15. 15. alimentos contaminados com uma toxina (substância tóxica) produzida <br />bactéria Clostridium botulinum. Apenas mínimas quantidades dessa toxina, bastam para interferir no funcionamento dos músculos e provocar paralisia geral, o que pode provocar a morte por parada respiratória e cardíaca.<br /> A toxina botulínica (após passa por processos químicos como ser purificada, dosada e diluída) é empregada com finalidade estética. É injetada em músculos para paralisá-los e evitar as rugas de expressão relacionadas a eles. Porém, com o botox, podem aparecer efeitos indesejáveis, como dores de cabeça, náuseas, fraqueza muscular e também, dores e inflamação por meses no local onde foi aplicado o botox.<br />Como os músculos movem os ossos?<br /> As extremidades dos músculos esqueléticos estão ligadas ao osso, por meio do tendão (que esta presente em cada extremidade do músculo). O tendão é um tecido conjuntivo. Um músculo esquelético está ligado a um osso em pelo menos dois locais.<br /> Os músculos tem a importante propriedade de poderem se contrair e relaxar. Quando se contraem, os músculos esqueléticos puxam os ossos ao qual estão ligados, mas quando relaxam, não empurram os ossos. <br />
  16. 16. Músculos esqueléticos podem puxar o osso ao qual estão ligados, mas não pode empurrá-los.<br /> O esqueleto pode se movimentar ao redor das juntas móveis , pois os músculos que movem os ossos dessas juntas, trabalham em pares. Cada um desses pares é formado por um músculo chamado flexor e por outro chamado extensor. O flexor puxa os ossos e flexiona a junta, enquanto que o extensor puxa os ossos para fazê-los voltar à posição inicial, estendendo a junta.<br />Alavancas<br />As alavancas são máquinas simples que facilitam a realização de tarefas. Em muitas articulações móveis, os ossos, ou o conjunto deles atuam como se fossem alavancas. Nelas, um ou mais músculos realizam esforço para vencer a resistência do próprio peso daquela parte do corpo e de objetos que eventualmente sejam carregados pela pessoa.<br />A coluna vertebral<br />A coluna vertebral (antes espinha dorsal), é constituída por 33 vértebras. Entre duas vértebras consecutivas, há um disco de cartilagem que funciona <br />
  17. 17. como um amortecedor de choques e impede que uma vértebra encoste na outra e raspe nela.<br /> Cada vértebra é mantida em sua posição original por um conjunto de ligamentos e músculos, o que dá a coluna vertebral certa flexibilidade e nos permite realizar movimentos como: movê-la para cima e para baixo, rodá-la junto com o tronco, um pouco para direita ou para esquerda.<br /> Todas as vértebras tem um orifício central . Ao longo da coluna vertebral esses orifícios formam um “tubo”, no qual existe um feixe de nervos denominado medula nervosa, ou medula espinal. Esses nervos são fundamentais (entre outros fatores) para a comunicação do cérebro com as regiões do tronco, com os membros superiores e inferiores. Essa comunicação é realizada por meio de impulsos nervosos.<br />Músculos<br />Os exercícios podem proporcionar diferentes benefícios. Porém, praticá-los sem orientação de um professor e sem acompanhamento médico pode causar ou agravar problemas de saúde. Levantar objetos pesados, utilizar equipamentos e se posicionar erroneamente , pode oferecer riscos à coluna vertebral e à medula espinal. Levantar objetos muitos pesados pode causar o esmagamento dos discos de cartilagem, a ponto da cartilagem sair de sua <br />
  18. 18. posição normal (ocupada pelo disco). Quando isso acontece, diz-se que a pessoa tem uma hérnia de disco. A cartilagem pressiona os nervos da medula espinal, o que provoca fortes dores a até paralisia de diferentes partes do corpo.<br /> Os esteróides anabolizantes, são substâncias que aceleram o aumento da massa muscular, mas causam doenças no fígado, problema no coração, irritabilidade, distúrbios mentais e impotência.<br />Capítulo 3<br />Nutrientes – dicas para decorar<br />Nutriente é toda substância provida de um alimento que pode ser aproveitada pelo organismo com diferentes finalidades.<br /><ul><li>Função energética: fornecer energia para célula
  19. 19. Função plástica: crescimento e reparo da célula
  20. 20. Função reguladora: regular o funcionamento (saudável) do corpo</li></li></ul><li>Funçãoplástica:proteínas elipídios – dica: pláproli<br />plá = proli<br />Função energética: proteínas(se houver ausência de carboidratos), lipídios e carboidrato<br />ener = proli + carbo<br />Função reguladora: proteínas, minerais, vitaminas e fibras da dieta<br />regu = pro + mivifi<br />Proteínas: carne, frango, peixe<br /><ul><li>Evitam desnutrição
  21. 21. Participam da composição das células
  22. 22. As “enzimas” (tipos de proteína) regulam atividades vitais</li></li></ul><li>Carboidratos: massas, mandioca, farinha<br /><ul><li>Fonte de energia para as células
  23. 23. Quando consumidos em excesso engorda</li></ul>Lipídios: presunto, apresuntado, linguiça<br /><ul><li>Participam da composição de todas as células do corpo
  24. 24. Servem como fonte de energia
  25. 25. Quando consumidos em excesso engorda e causa problemas cardíacos</li></ul>Minerais: frutas, vegetais, carnes<br /><ul><li>Tem variadas funções, pois existem vários tipos de minerais
  26. 26. Tomam parte da constituição de células (tecidos e órgãos)</li></ul>Vitaminas: <br />Essenciais no funcionamento do corpo<br />Regulam alguns processos que ocorrem nas células<br />Quando “esta em falta” pode causar vários distúrbios<br /> <br />Fibras da dieta: frutas, verduras e alimentos integrais<br />Sua presença na alimentação facilita a evacuação (e dificulta casos de prisão de ventre) e evita problemas no intestino<br />
  27. 27. Tiposdevitaminas<br />Tipos de vitaminas<br />
  28. 28. Vitamina A – Fígado, gema, batata-doce<br />Vitamina B¹ - Cereais, feijão,fígado<br />Vitamina B² - Fígado, feijão, amêndoa<br />Vitamina B6 –Batata, batata-doce, peixe<br />Vitamina B¹² - Fígado, frango, ovos<br />Vitamina C – Frutas cítricas, morango, framboesa<br />Vitamina D – Ovos, queijo, leite<br />Vitamina E – Espinafre, castanha, óleos vegetais<br />Vitamina K – Fígado espinafre e batata<br />Visão geral da atuação do sistema digestório<br />Nós só conseguimos nos nutrir por meio do sistema digestório. A nutrição, “tem” quatro etapas que envolvem o aproveitamento pelo organismo dos nutrientes presentes nos alimentos.<br />1ª- ingestão: A ingestão ocorre na boca. Os alimentos são triturados pelos dentes e misturados com a saliva durante a mastigação.<br />2ª- digestão: A digestão começa na boca, principalmente no estômago e no início do intestino. A digestão transforma alguns nutrientes em substâncias que nosso sistema digestório é capaz de absorver.<br />3ª- absorção: A absorção dos nutrientes ocorre principalmente no intestino.<br />
  29. 29. Nessa fase, os nutrientes passam para sangue e são distribuídos às diversas<br />partes do corpo<br />4ª- eliminação: O corpo elimina tudo que não foi digerido ou absorvido.<br />Digestão – Resumo do professor Jorge<br />Digestão é a transformação dos alimentos em tamanho menor para facilitar sua absorção. Pode ser:<br /><ul><li>Digestão mecânica: não envolve nenhum suco digestório. Sua função é reduzir o tamanho do alimento, que ocorre na mastigação, salivação, deglutição(engolir) - todas essas etapas ocorrem na boca – e pelos movimentos peristálticos (no tubo digestório). Movimento peristáltico, é o movimento que o tubo digestório faz para empurrar o alimento para o estômago.
  30. 30. Digestão química: é a transformação química dos alimentos em suas partículas menores: osnutrientes. Ocorre nos seguintes órgãos:</li></ul>Boca: O único suco digestório é a saliva. A única enzima presente na saliva é a ptialina ou amilase (salivar). A saliva só consegue agir em PHs neutros. A ptialina transforma o amido em açúcar maltose. Essa é a única digestão química que acontece na boca.<br />Estômago: Suco digestório: suco gástrico. Enzimas presente no suco<br />
  31. 31. gástrico: pepsina e lipase gástrica. OBS: As enzimas só podem ser encontradas em sucos digestórios. O suco gástrico só consegue agir em PHs ácidos. A pepsina digere proteínas (sua moléculas, que também são chamadas de polipeptídios), transformando-as em dipeptídios (dois aminoácidos juntos).<br /> A lipase gástrica digere as gorduras, transformando-as em acido graxo e em glicerol. <br /> Esquemas<br /> Proteína- molécula/ polipeptídio<br /> a pepsina quebra o polipeptídio em pedaços<br /> menores: os dipeptídio<br />Dipeptídio<br /> a dipeptidase quebra o dipeptídio em pedaços <br /> menores, os aminoácidos <br />vv<br />
  32. 32. Amido (carboidrato)<br /> a ptialina/ amilase quebra o amido em pedaços <br /> menores, a maltose- na boca<br /> Maltose<br /> a maltase quebra a maltose em pedaços <br /> menores, a glicose- no intestino delgado (suco <br /> pancreático/ suco entérico)<br /> Glicose<br />c) No intestino delgado: Sucos digestórios: entérico (produzido no intestino), suco pancreático (produzido no pâncreas) + bile (não é suco digestório, pois não tem enzimas) (é produzido na visícula biliar).<br />Enzimas: substâncias que aceleram processos biológicos.<br /> contém enzimas <br />Suco entérico Lipase entérica, amilase pancreática e <br />Suco pancrático protease entérica<br />
  33. 33. Lipase: enzima que digere lipídios, gorduras<br />Amilase: enzima que digere amido, carboidratos<br />Protease: enzima que digere proteínas<br />Maltase: enzima que digere maltose<br />Dipeptidase: enzima que digere dipeptídios<br />OBS: Tudo que termina em “ase” é uma enzima, enquanto que tudo que termina em “ose” é um açúcar.<br />O lipídio quando digerido forma o ácido graxo e o glicerol<br />O amidoquando digerido forma a maltose<br />A proteínaquando digerido forma o dipeptídio<br />A maltosequando digerido forma a glicose<br />O dipeptídioquando digerido forma o aminoácido<br />Absorção<br />Nutrientes: são absorvidos no intestino delgado<br />Água: é absolvida no intestino grosso<br />Algumas fibras são digeridas e outras não, porém todas elas ajudam na formação de fezes e na absorção de água.<br />Fornecem energia para célula<br />
  34. 34. Eliminação:<br /><ul><li>Normal</li></ul>-Prisão do ventre (dificuldade na eliminação das fezes). Ela ocorre quando o corpo absorve muita água<br />-Diarréia (pouca absorção de água)<br />Esquema movimentos do intestino:<br />Movimento lento Movimento rápido<br />Absorção maior Absorção menor<br />Fezes secas Fezes úmidas<br />Prisão de ventre Diarréia<br />

×