Danças nordestinas

7.642 visualizações

Publicada em

trabalho sobre as principais danças nordestinas, com enfoque no coco.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.642
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
97
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • A narrativa encenada sobre o boi é muito semelhante nas diferentes regiões do país.No Maranhão, o boi é tocado com pandeirões e roncador (uma cuíca enorme, de som grave).No sul utiliza-se o acordeão.Mas um dos mais populares nos últimos anos é o boi-bumbá no Amazonas.Piauí começou a ser povoado por vaqueiros que vinham da Bahia em busca de novas pastagens para o gado.A história mais comum aborda a escrava Catirina (ou Catarina), grávida, que pede ao marido Chico (ou Pai Francisco) para comer língua de boi. O escravo atende ao desejo da esposa, matando o boi, e sendo preso a mando do dono da fazenda. Com a ajuda de curandeiros, o boi é então ressuscitado.
  • Defender dos portugueses.Mãos, pés e cabeça.
  • Rua e salãoEssa ideia de fervura (que o povo pronuncia fervura, ferver) deu origem ao nome "frevo". Guarda-chuva, mantêm o equilíbrio dos passistas.O curioso é que a coreografia dessa dança de multidão é individual.Seus foliões dançam de modos diversos, são raros aqueles que fazem gestos iguais.
  • O ritmo é marcado apenas com percussão, produzindo aquilo que chamam de "baque virado", o qual instiga à dança.
  • Este gênero musical que era restrito ao sertão nordestino, passou a ser conhecido em todo Brasil, por intermédio do sanfoneiro pernambucano Luiz Gonzaga, quando gravou em 1946, seu primeiro grande sucesso Baião.Em 1950, este gênero musical também passou a ser conhecido internacionalmente, o baião Delicado do instrumentista e compositor Valdir Azevedo, recebeu várias orquestrações de maestros americanos.
  • A dança é cantada e acompanhada pela batida dos pés ou pela vibração do patear dos cavalos. O mestre ou o tocador de coco entoa as cantigas cujo refrão é respondido pelos cantadores. 
  • Danças nordestinas

    1. 1. DANÇAS NORDESTINAS PROFESSORA: CHEILA. ELETROELETRÔNICA ALUNOS: MARCOS BEE, DIEGO ZAGO, SUELEN E EDUARDO.
    2. 2. BUMBA-MEU-BOI • BOI-BUMBÁ (RECIFE E AMAZONAS). • BOI-DE-REIS (MARANHÃO E PARÁ). • TRÊS PEDAÇOS (PORTO DA RUA E PORTO DE PEDRAS EM ALAGOAS)
    3. 3. CAPOEIRA • ESCRAVOS AFRICANOS (XVI). • DEFENDER E TREINAR. • BERIMBAUS. • BOCA. • PALMAS. • POPULARIZAÇÃO.
    4. 4. FREVO • DANÇA DE RUA E SALÃO. • MAIOR ATRAÇÃO DO CARNAVAL PERNAMBUCANO. • RITMO FRENÉTICO. • COLETIVA E INDIVIDUAL. • GUARDA-CHUVA.
    5. 5. MARACATU • ORIGEM AFRICANA (CONGO E ANGOLA). • BASEADO NAS CERIMONIAS DE COROAÇÃO DO REI DO CONGO. • APENAS RITMO "BAQUE VIRADO". • CHEFES TRIBAIS, FORÇA/PODER, CONTRA A ESCRAVIDÃO. • CARNAVAL PERNAMBUCANO.
    6. 6. BAIÃO • NORDESTE. • POPULARIZAÇÃO LUIZ GONZAGA, 1950 TOMOU CONTA DO BRASIL. • FORA DO PAÍS, VALDIR AZEVEDO. • PERDEU O REINADO COM A BOSSA NOVA
    7. 7. COCO • ALAGOAS. • ORIGEM AFRICANA. • BATIDA DOS PÉS E CANTADA.
    8. 8. ORIGEM EXISTE UMA HIPÓTESE QUE DIZ QUE O SURGIMENTO DO COCO SE DEU PELA NECESSIDADE DE CONCLUIR O PISO DAS CASAS NO INTERIOR, QUE ANTIGAMENTE ERA FEITO DE BARRO. EXISTEM TAMBÉM HIPÓTESES DE QUE A DANÇA SURGIU NOS ENGENHOS OU NAS COMUNIDADES DE CATADORES DE COCO.
    9. 9. RITMO O COCO É UM RITMO ORIGINALMENTE CRIADO NO ESTADO DE ALAGOAS. O NOME REFERE-SE TAMBÉM À DANÇA AO SOM DESTE RITMO.
    10. 10. SIGNIFICADO COCO SIGNIFICA CABEÇA, DE ONDE VÊM AS MÚSICAS, DE LETRAS SIMPLES. (PROCURAR UMA MUSIQUINHA E COLOCAR A LETRA)
    11. 11. EXECUÇÃO UMA DANÇA DE RODA ACOMPANHADA DE CANTORIA E EXECUTADA EM PARES, FILEIRAS OU CÍRCULOS DURANTE FESTAS POPULARES DO LITORAL E DO SERTÃO NORDESTINO.
    12. 12. NOMENCLATURAS RECEBE VÁRIAS NOMENCLATURAS DIFERENTES, COMO COCO-DE-RODA, COCO-DE-EMBOLADA, COCODE-PRAIA, COCO-DO-SERTÃO, COCO-DE-UMBIGADA
    13. 13. RECRIAÇÕES CADA GRUPO RECRIA A DANÇA E A TRANSFORMA AO GOSTO DA POPULAÇÃO LOCAL.
    14. 14. INSTRUMENTOS O SOM CARACTERÍSTICO DO COCO VEM DE QUATRO INSTRUMENTOS (GANZÁ, SURDO, PANDEIRO E TRIÂNGULO), MAS O QUE MARCA MESMO A CADÊNCIA DESSE RITMO É O REPICAR ACELERADO DOS TAMANCOS A SANDÁLIA DE MADEIRA É QUASE COMO UM QUINTO INSTRUMENTO, SE DUVIDAR, O MAIS IMPORTANTE DELES. ALÉM DISSO, A SONORIDADE É COMPLETADA COM AS PALMAS. MOSTRAR AS FOTINHAS DOS INSTRUMES
    15. 15. REFERÊNCIAS • HTTP://NORITMONORDESTINO.BLOGSPOT.COM.BR/2012/06/AS-DANCASNORDESTINAS.HTML • HTTP://DANCAS-TIPICAS.INFO/MOS/VIEW/NORDESTE/ • HTTP://CSM7ANOE.PBWORKS.COM/W/PAGE/33364961/DAN%C3%A7AS%20NORD ESTINAS

    ×