Hub curitiba techyredes 08mar12

948 visualizações

Publicada em

Slide da oficina techyredes no Hub-Curitiba, dia 08 de março de 2012.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
948
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hub curitiba techyredes 08mar12

  1. 1. Workshoptechyredes Márcio Vasconcelos 08 de março de 2012
  2. 2. techyrede estudo s método movimento65 páginas 5 passos 2015 45 ferramentas 4 passos 7 canais 21 protocolos 2
  3. 3. ESTUDO: origem • Aliança AVINA e Rede Latina de Cidades Sustentáveis • Excelentes resultados em nível nacional e local • Grande potencial continental X necessidades de ferramentas gestão, comunicação e gestão do conhecimento • Decisão AVINA promover estudo sobre “tecnologia e gestão de redes” com consultores especializados • Oferecer o resultado a Rede Latina de Cidades e outras redes que AVINA trabalhatechyredes 3
  4. 4. ESTUDO: desenvolvimento • Pesquisa de janeiro a junho de 2011 • Assessoria técnica Cidade Democrática • Estudo de +300 ferramentas web • Questionário com 188 gestores e integrantes de redes sociais dedicadas a causas • Análise de 40 sites de redes sociais dedicadas a causas • Workshops de “design thinking”: dados coletados X necessidades das redes sociais X propostas de método • Produção do relatório final • Tradução espanhol e inglês • Editoração profissionaltechyredes 4
  5. 5. ESTUDO: sumáriotechyredes 5
  6. 6. ESTUDO: público-alvo • Redes Sociais dedicadas a causas • Movimentos Sociais e ONGs • Fundações financiadoras e organizações de apoio ao Terceiro Setor • Empresas de tecnologia interessadas em apoiar Redes e Movimentos Sociais • Cidadãos interessados em apoiar redes sociais dedicadas a causas cidadãstechyredes 6
  7. 7. MÉTODO: como funcionatechyredes 7
  8. 8. MÉTODO: ferramentastechyredes 8
  9. 9. ESTUDO: Importância dos Protocolos de Interação As redes naturais apresentam maior resistência ou resiliência que as redes sociais . Aparentemente isso se deve ao fato das redes naturais terem acesso a certas “orientações” determinadas por seu código genético sobre como devem ser suas dinâmicas de interação. Dito de outra forma existe um “roteiro” escrito (no DNA de cada elemento vivo) que o induz na direção de certos processos. Já nas redes sociais, não há tal código e apesar do princípio da auto- organização nos levar rumo à ordem, isso pode acontecer, muitas vezes, por meio de processos de tentativa e erro, sem métodos efetivos e com grande dispersão de energia. Desenhar e implantar mecanismos (protocolos ou roteiros) que sirvam de apoio à realização de dinâmicas interacionais mais efetivas e de menor custo, quase como que “imitando” as orientações que o DNA fornece aos elementos de redes naturais para funcionarem. Reduzir custos de transação: dar exemplos.techyredes 9
  10. 10. MÉTODO: protocolos – formatotechyredes 10
  11. 11. MÉTODO: Vamos explorar os 21 protocolos ao final 1. Como gerenciar capital social / contatos 2. Como gerenciar grupos 3. Como gerenciar fóruns de discussão 4. Como tomar decisões 5. Como gerenciar projetos 6. Como gerenciar calendários e reuniões virtuais 7. Como gerenciar conteúdos 8. Como planejar e executar campanhas online 9. Como organizar transmissões ao vivo de eventos 10. Como criar e manter blog 11. Como criar e manter conta no Facebooktechyredes 11
  12. 12. MÉTODO: Vamos explorar os 21 protocolos ao final 1. Como criar e manter conta no Twitter 2. Como criar e manter canal de vídeos 3. Como criar e manter canal de fotos 4. Como criar e manter canal de áudio (podcast) 5. Como criar e manter canal de slides 6. Como criar e manter wikis 7. Como gerenciar classificação social 8. Como gerenciar agregadores de informação 9. Como gerenciar agregadores de dados 10. Como gerenciar filtros de informaçãotechyredes 12
  13. 13. MOVIMENTO: o que é Uma proposta da AVINA às redes sociais que apoia e a qualquer organização ou pessoa interessada de engajar-se em um movimento sem coordenação, estrutura ou plano de trabalho com a única missão de semear e promover a ideia de que é possível transformar a defesa de causas cidadãs na atividade de maior engajamento na Internet!techyredes 13
  14. 14. MOVIMENTO: visão de futuroEm meados de 2015, junto com a conexão de seu 100º hub nacional, o movimentotechyredes celebra o recebimento de prêmio mundial concedido pela ONU comoiniciativa mais inovadora no fomento a redes sociais dedicadas a causas.Com método simples, efetiva e de baixo custo - adoção de protocolos de interaçãousando ferramentas web - um movimento que começou com poucos integrantes emmeados de 2011, tornou-se uma rede mundial de milhares de pessoas engajadas namissão de fortalecer outras redes.Com foco em capacitação, pesquisa e desenvolvimento, o método techyredesproporciona elevados ganhos de produtividade e impacto a centenas de redes, quedesenvolvem milhares de campanhas engajando milhões de cidadãos em todomundo.Competências em gestão, comunicação e gestão de conhecimento combinadas comtécnicas de classificação social, mineração e visualização de dados, inovaçãoaberta, sabedoria e financiamento das multidões, geo-localização de causas,ativismo online, otimização de sites, dentre outras, são acessíveis a qualquer redeinteressada.O método techyredes foi o ponto de inflexão na transformação da “defesa decausas cidadãs” como a atividade de maior engajamento na Internet.techyredes 14
  15. 15. MOVIMENTO: na Internettechyredes 15
  16. 16. MOVIMENTO: como participartechyredes 16
  17. 17. MÉTODO: Entendendo os 21 protocolos 1. Como gerenciar capital social / contatos 2. Como gerenciar grupos 3. Como gerenciar fóruns de discussão 4. Como tomar decisões 5. Como gerenciar projetos 6. Como gerenciar calendários e reuniões virtuais 7. Como gerenciar conteúdos 8. Como planejar e executar campanhas online 9. Como organizar transmissões ao vivo de eventos 10. Como criar e manter blog 11. Como criar e manter conta no Facebooktechyredes 17
  18. 18. MÉTODO: Entendendo os 21 protocolos 1. Como criar e manter conta no Twitter 2. Como criar e manter canal de vídeos 3. Como criar e manter canal de fotos 4. Como criar e manter canal de áudio (podcast) 5. Como criar e manter canal de slides 6. Como criar e manter wikis 7. Como gerenciar classificação social 8. Como gerenciar agregadores de informação 9. Como gerenciar agregadores de dados 10. Como gerenciar filtros de informaçãotechyredes 18
  19. 19. PRÓXIMOS PASSOS • Escolher um Protocolo para implantar e Estudá-lo com profundidade (pgs 15 a 21 + protocolo) • Colocar no google docs seu plano de implementação até 14 de março - Hub-Curitiba enviará o link • Marcio dá feedback cada plano no google docs até 20 de março. Qualquer participante também pode contribuir a partir dessa data. • Márcio faz 3 rodadas de dúvidas com todos interessados usando Plataforma de Reuniões Virtuais WebEx (sessões com no máximo 5 pessoas e duração de 20 minutos). Quem não está escalado pode assistir sem participar. 26 a 30 de março / 11 a 13 de abril / 16 a 20 de abril (12 sessões) Horários e dias: ver no google docs. sugestões de horários? • Márcio tira dúvidas via google docs durante todo o processo, menos entre 31 de março e 10 de abril por motivo de viagem. • Reunião de brainstorm de experiências facilitado pela equipe Hub com o objetivo de captar feedbacks dos usuários – 25 de abril 19hs.techyredes 19
  20. 20. ALGUNS RECURSOS ADICIONAIStechyredes 20
  21. 21. LINKS INTERESSANTES: Human Centered Design Tool Kit em português http://www.ideo.com/images/uploads/hcd_toolkit/HCD_Portuguese.pdf 8 Google Tools http://blog.hubspot.com/Portals/249/docs/ebooks/8_google-tools.pdf Nova Ashoka Changemakers http://www.changemakers.com/pt-br Crowdfunding Directory http://p2pfoundation.net/Category:Peerfunding Novas mudanças no Facebook Pages http://www.facebook.com/about/pages Tudo sobre Facebook http://www.tudosobrefacebook.com.br/ Beth´s Blog http://www.bethkanter.org/ Mashable http://mashable.com/ Tradukka http://tradukka.com/translate HootSuite - http://hootsuite.com/ Instituto de Fomento a Tecnologia no Brasil - http://it3s.org/ Tactical Tech - http://www.tacticaltech.org/ Google APIs - http://code.google.com/intl/pt-BR/more/table/ Crowdsourcing Industry - http://www.crowdsourcing.org/uploads/CrowdSourcing-Industry-Landscape-v09_Password.pdftechyredes 21
  22. 22. PKM: Sistema Pessoal de Gestão doConhecimento de Pierre Levy • Gerenciar Atenção: definir interesses, prioridades, área de especialização (atuais e a buscar), permanecer focado, manter na mente uma visão global; • Conectar com fontes valiosas: fluxos de informação de pessoas e instituições (primeiramente filtros e fontes e depois informações); • Reunir e agregar fluxos de dados e informação: usar ferramentas para reunir informações dispersas; • Filtrar: as fontes (item 2) e fluxos (item 3) conforme interesses identificados (item 1); • Categorizar: gerar taxonomia s, ontologia, etiquetar e classificar informação; • Gravar para memória de longo-prazo: classificação social , artigos mais longos, bibliotecas, memória nas nuvens; • Sintetizar: escrever posts de blogs, atualizar wikis, tweets; • Compartilhar, comunicar: postar resultados dos itens 4,5 e 6 em mídias sociais , replicar, diálogos criativos, etc.; • Revisar: rever todos os itens: gestão da atenção, categorização, ferramentas úteis ao sistema, etc. Se você não tem um sistema de PKM, você não conseguirá ter gestão de redes, gestão de comunidades, etc.techyredes 22
  23. 23. Categorias de TICs para transformação social: CATEGORÍA PARA QUE SIRVE1. Plataformas de Posibilita procesos colectivos de innovación, financiamiento, inteligencia,Crowdsourcing voluntariado y trabajo online. Espacio para presentación de problemas y soluciones, criticar autoridades y2. Plataformas de organizaciones, enviar reclamos, hacer pedidos a organismos públicos,participación y generación peticiones, campañas, producción de datos e indicadores por parte losde información ciudadanos. Espacio para el seguimiento de la actuación de organismos públicos, gasto,3. Plataforma de monitoreo y metas, planes, políticas públicas, acción legislativa, promesas de campañas,vigilancia. etc. Para conectar datos e información relevantes con su localización en mapas y4. Plataformas de geo territorios; para hacer rastreo de las bases socio ambientales de la oferta delocalización y rastreo. bienes y servicios.5. Plataformas de medios y Espacios bastante accesibles para promover difusión, articulación, interacción,redes sociales participación en causas y difusión de conocimientos.6. Aplicativos de minería, Tienen alta capacidad de leer bases de datos y producir informes útiles quevisualización y combinación sirven como entrada para la acción de los movimientos sociales o losde datos ciudadanos.7. Aplicativos creados por Proponer soluciones innovadoras para cuestiones sociales y ambientales porhacker cívicos medio de aplicativos.8. Juegos con contenido Forma lúdica para educar y crear conciencia sobre cuestiones importantes. techyredes9. Programas de donación de Manera indirecta de hacer las OSCs más eficientes y productivas con el usoSoftware 23 de mejores herramientas.
  24. 24. marcio.vasconcelos@avina.net skype:marciovp @techyredes Slides disponível em:www.slideshare.net/techyredes Baixar estudo em: techyredes.wordpress.com/ Facebookwww.facebook.com/techyredes 24
  25. 25. Obrigado Paz e Bem 25

×