SISTEMA LOCOMOTIVO DOS SUÍNOS
LESÕES NOS CASCOS E CLAUDICAÇÕES
INTRODUÇÃO
 O melhoramento do suíno tipo carne, as
modificações nas condições de alojamento e
a rápida evolução da criaçã...
O CASCO
 O suíno está adaptado
para viver sobre um
piso duro, devido as
características próprias
de seu casco.
FATORES QUE FAVORECEM O SURGIMENTO DE
LESÕES NOS CASCOS
 A freqüência e gravidade de lesões nos cascos
podem estar correl...
BARRAS DE PISO RIPADO COM CANTOS VIVOS E
ESPAÇAMENTO INADEQUADO PARA A IDADE DO
ANIMAL POSSIBILITAM LESÕES NA COROA E
ARTI...
SUGESTÃO PARA ESPAÇAMENTO ENTRE AS
BARRAS PARA PISOS RIPADOS DE CONCRETO
GRAU DESCRIÇÃO
 Leve · Alterações discretas no andar do
animal,quando parado alternância no apoio dos
membros.
 Médio · ...
LOCALIZAÇÃO E DESCRIÇÃO DOS TIPOS DE
LESÕES QUE OCORREM NOS CASCOS DOS
SUÍNOS  1. Rachadura vertical na região
anterior, ...
PERDAS ECONÔMICAS
 Perda de reprodutores por morte.
 Descarte antecipado de reprodutores.
 Problemas reprodutivos. Infe...
SINAIS CLÍNICOS
Márcia Oliveira
Luíz Fernando
Jussara Gomes
Jardel Lôbo
Ana Clara
Adriano Fernandes
Sistema locomotivo dos suínos
Sistema locomotivo dos suínos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sistema locomotivo dos suínos

793 visualizações

Publicada em

Sistema locomotivo dos Suínos
LESÕES NOS CASCOS E CLAUDICAÇÕES
Introdução

O melhoramento do suíno tipo carne, as modificações nas condições de alojamento e a rápida evolução da criação de suínos, junto a melhoria de produtividade, trouxeram consigo problemas para o aparelho locomotor dos suínos.
O casco
O suíno está adaptado para viver sobre um piso duro, devido as características próprias de seu casco

Fatores que favorecem o surgimento de lesões nos cascos

A freqüência e gravidade de lesões nos cascos podem estar correlacionadas com a configuração do piso.
A umidade originada pelas fezes e urina pode induzir a um amolecimento do tecido córneo do casco e desse modo predispor os cascos às lesões e contusões.
O aumento no número de animais por propriedade em sistemas confinados levou a adoção de pisos parcialmente até totalmente ripados

Barras de piso ripado com cantos vivos e espaçamento inadequado para a idade do animal possibilitam lesões na coroa e articulações próximas.
GRAU DESCRIÇÃO
Leve · Alterações discretas no andar do animal,quando parado alternância no apoio dos membros.
Médio · Distúrbio locomotor perfeitamente perceptível no andar do animal,· quando parado alteração no apoio e na posição do membro.
Grave · Alteração grave no deslocamento, animal apóia o membro com dificuldade.
Muito grave · O animal procura permanecer deitado,levanta com dificuldade,dificilmente apóia o membro comprometido.
Perdas econômicas

Perda de reprodutores por morte.
Descarte antecipado de reprodutores.
Problemas reprodutivos. Infertilidade, retorno ao cio ou nascimento de leitegadas pequenas devido a dificuldade ou incapacidade de suportar o macho durante a monta.
Em estudos eco patológicos constatou-se que as lesões de casco são um dos principais fatores de risco para ocorrência do síndrome MMA.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
793
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema locomotivo dos suínos

  1. 1. SISTEMA LOCOMOTIVO DOS SUÍNOS LESÕES NOS CASCOS E CLAUDICAÇÕES
  2. 2. INTRODUÇÃO  O melhoramento do suíno tipo carne, as modificações nas condições de alojamento e a rápida evolução da criação de suínos, junto a melhoria de produtividade, trouxeram consigo problemas para o aparelho locomotor dos suínos.
  3. 3. O CASCO  O suíno está adaptado para viver sobre um piso duro, devido as características próprias de seu casco.
  4. 4. FATORES QUE FAVORECEM O SURGIMENTO DE LESÕES NOS CASCOS  A freqüência e gravidade de lesões nos cascos podem estar correlacionadas com a configuração do piso.  A umidade originada pelas fezes e urina pode induzir a um amolecimento do tecido córneo do casco e desse modo predispor os cascos às lesões e contusões.  O aumento no número de animais por propriedade em sistemas confinados levou a adoção de pisos parcialmente até totalmente ripados.
  5. 5. BARRAS DE PISO RIPADO COM CANTOS VIVOS E ESPAÇAMENTO INADEQUADO PARA A IDADE DO ANIMAL POSSIBILITAM LESÕES NA COROA E ARTICULAÇÕES PRÓXIMAS. .
  6. 6. SUGESTÃO PARA ESPAÇAMENTO ENTRE AS BARRAS PARA PISOS RIPADOS DE CONCRETO
  7. 7. GRAU DESCRIÇÃO  Leve · Alterações discretas no andar do animal,quando parado alternância no apoio dos membros.  Médio · Distúrbio locomotor perfeitamente perceptível no andar do animal,· quando parado alteração no apoio e na posição do membro.  Grave · Alteração grave no deslocamento, animal apóia o membro com dificuldade.  Muito grave · O animal procura permanecer deitado,levanta com dificuldade,dificilmente apóia o membro comprometido.
  8. 8. LOCALIZAÇÃO E DESCRIÇÃO DOS TIPOS DE LESÕES QUE OCORREM NOS CASCOS DOS SUÍNOS  1. Rachadura vertical na região anterior, medial ou posterior da muralha do casco.  2.Rachadura oblíqua na região posterior da muralha.  3. Rachadura profunda ao longo da linha branca podendo causar desprendimento da parede lateral da muralha.  4. Rachadura na região da sola.  5. Rachadura na almofada plantar com desprendimento da porção posterior  6. Almofada plantar aumentada e com lesões necróticas.  7. Desgaste na região da sola e parte lateral da muralha de extensão variável  8. Lesão junto a coroa do casco, provocando o desprendimento da
  9. 9. PERDAS ECONÔMICAS  Perda de reprodutores por morte.  Descarte antecipado de reprodutores.  Problemas reprodutivos. Infertilidade, retorno ao cio ou nascimento de leitegadas pequenas devido a dificuldade ou incapacidade de suportar o macho durante a monta.  Em estudos eco patológicos constatou-se que as lesões de casco são um dos principais fatores de risco para ocorrência do síndrome MMA.
  10. 10. SINAIS CLÍNICOS
  11. 11. Márcia Oliveira Luíz Fernando Jussara Gomes Jardel Lôbo Ana Clara Adriano Fernandes

×