Aula Sobre Sistema circulatorio

234 visualizações

Publicada em

Aula do sistema Circulatório.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
234
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula Sobre Sistema circulatorio

  1. 1. SÍSTEAMA CÍRCULATÓR] O 29 ANOÀ 2:01» 5 PARDÍF: %? » ›: : & 12.CMTLJ-0 EDUCAÇÃO
  2. 2. O coração e o sistema circula- _ tório (também chamado de sistema cardiovascular ) com- põem a rede que fornece sangue para os tecidos do oorpo. A cada batimento car- díaco, o sangue é enviado po todo o nosso corpo, levando oxigênio e nutrientes para to- das as nossas células.
  3. 3. O coração juntamente com uma extensa rede de vasos sanguíneos é o responsável pela circulação do sangue no organismo. O coração recebe dos pulmões sangue rico em 02 e distribui aos tecidos de todo o corpo e quando o sangue que sai dos tecidos. rico em CO2, volta para os pulmões, o sangue venoso passa primeiro pelo coração
  4. 4. Leito: capilares doa pulmões , _ 'onde ocorra , '_ hemntoae , ›_l _ -<' w x _V __/ Í Veias pulmonares A circulação do sangue que °. '›ÊÍ5%ÍIÍxÊ°/ _,. sai dos pulmões em direção ' ao coração e quando sai do coração em direção aos mma pulmões é chamada de »u'~›°nar-<_. (:= circulago gulmonar_ vma, _'^". °IÍ. “.. :2Z“° A' f¡ Vu . | ›*" e A circulação do sangue que °ÀT§T°ELâÊÍ° . ' l 22:33h? sai do coração para Irrigar '-Á"'V°. .". ÍZ'IÍZ'° , V _ - 4 -s v. ._ *M os tecidos do organismo e que dos tecidos volta para o _ coração é chamada de f, ~. - t' circulago sistêmica. - à “Lglwsmiares _ para todos os tecidos do corpo Ill
  5. 5. z ~*= “iÍí *i1 m e : se l v " '¡ : -e , _ -_ . s_ -x
  6. 6. vuih- . IO vcuosw. l at¡cÍIoc›I! .c (even Artérias são vasos elásticos adaptados a transportar o sangue para fora do coração em relativa alta pressão de bombeamento O sangue nas artérias é rico em oxigênio, com exceção da artéria pulmonar, que leva o sangue para os pulmões para ser oxigenado
  7. 7. Velas são responsáveis pelo retomo do sangue ao coração após o sangue e as células do corpo é trocarem gases, ;f nutrientes e residuos. “gr . As veias transportam - 'f' ~~ ' sangue rico em gás A pressão do 35553195_ yr. .. x9 . l veias é menor que a pressão exercida na artéria
  8. 8. 'r / N raiva i t' inner lagar r 1)! r ? miniatur- Imirim d' ~ &f; -: ' omcrhyr 'a _ o Vt-irl capilares são os pontos de troca entre o sangue e os tecidos circundantes. A extensa rede de capilares é estimada entre 50.000 e 60.000 quilômetros de comprimento.
  9. 9. Sangue - Líquido viscoso e opaco de cor vermelha. ° Assegura o equilíbrio fundamental à nossa sobrevivência. - Constituído por: - Plasma (substância interceiular) - Células sanguíneas (em suspensão no plasma)
  10. 10. 7'" à* f Hemácias ou Eritrócitos - Transporte de gases: O2 e algum CO2. 4 Leucócitos - Defesa do organismo. Plaquetas ou Trombócitos - coagulação do sangue, formando uma espécie de tampão ue im ede as hemorra ias. Plasma -Transporte de elementos figura dos do sangue, de nutrientes, de produtos de excreção, de hormonas e de anticorpos; tem também um papel importante na coaguia ão do sangue, devido à resen a de proteínas, como o fibrinogénio.
  11. 11. Vasos sanguíneos i : à Artérias í* s, Veias Arte ríolas K J Vénulas : l Capilares
  12. 12. . . ._ _w_ , ._. . . e . , . N, _ _tr_ . - _ _ 95-. v '. ' . _ f. , ' , ' -5 3 . *L . ... .,: › ãxê, v r ›' . :: i 3.» , a ¡_, .r_, rü_. .% ¡ . _v. ,._. _ __'_'_ . _'›. r r( il" z. ,.' , ~_ , ' _ kadu” mg _ . . ju. , 5 A ' Hat' s¡ ! N . . , E; Í é urina? ,. .Hr, _ O , _a , "" âfsíscsg
  13. 13. _gs ; wín< › t. . w, .E O . 'A _ 1-. í: O ~< - _V . v r ñ tv A u. ›_ ' i1; . ."*'. , . , *' _ . , . . . p. . i5 " i . ,, . 3,_ r. ste"" . ;› ç -M- s aiífâa É¡ “uk-r 'i “ 9' ', _. . . _. . , , _ , - "h"”'5'- -. ' . -' . D' “Í - ' '5 i J, . w -- , gy 'v . __ n g ¡ . , ' _ , L v «à . , _ . ,_ u, _ ill_ "É " l . I, .- , v,r' I “É “LF , ea-nf* gt# q'. 44H , ,e. o, .., , . , _. .. -.. _ ›_, ._, ~_ . _ el. _- 1¡ S» . o¡ z , o ' ' - . . 'g « '› , à _g , à ' . 5"» 73%
  14. 14. . A , E (.41 . .l _ _7.J¡›_ f _ _wi w ; .; :v_ ¡_' L. ' ç- _ ^ . . x_ ' v . ' -v-as 19-¡ s_ . '. - J - , '› - ›, ,' - u. '- ' . , x ' 5' P? Iv' › -' -' 'em " . cn. -~'~. É . . , m 'Í '- -"'-_; . 27W ' v: ÀàQAEQ-"Àkáâi, = r.»~'*, -"~ 'Flzowyñcte ” -_ 'e' , m' " ' , : . 'W _ " *$- " m' " mr. . q ' T” * , r K na' n 'v gl_ " 2"* , '“ t 'X Á” " l _ ' ' I . c _4- . . n 5 I n "à I " a N 3-. - : m- 7', a w ›, . ; - ' . _ ' “ 'Í' “ ' . '_ . ,_. ¡I a . . ' "
  15. 15. Aterosclerose: espessamento e endurecimento das parede das artérias. Deve-se à acumulação de "gordura" por baixo do revestimentos interno da parede das artérias, o que reduz o diâmetro do vaso, dificultando a circulação da sangue AIH-ii. : Lurunan: : . .-^~ f'. Í ¡ . _ l _iA . À ç Depóxiíú 'le thlwxhwvi' f¡ inimu M ' ; M z m. , Y ¡x/ _ , /› e a » / z¡ x exp-r_ Atrroscleronc g x u / . _ . - Cunirlun1 um. ; : :Lv / . ~ / Rupwríd? placa ! rombo ÃLÍcoaguro ateroscleróuca qu. obstrui a m¡ da artéria coronana
  16. 16. O Enfarte do miocárdio: oclusão total e prolongada de uma artéria coronária, o que provoca a necrose (morte dos tecidos) de uma determinada área do miocárdio, devido à falta de irrigação sanguínea e de oxigenação. i' , ill Mim. . covonana blnçwmos dvwdo . i Iovmaçfnu uv um coáoulo En! uh' on Mor. Cardio
  17. 17. Doenças cardiovasculares ° O colesterol, o stresse e o tabaco são os 3 principais fatores responsáveis pelas doenças cardíacas.
  18. 18. O Marca-passo: dispositivo de aplicação médica que tem o objetivo de regular os batimentos cardíacos, através de um estímulo elétrico emitido pelo dispositivo quando o n. ? de batimentos num determinado intervalo de tempo está abaixo do normal. Os primeiros aparelhos marca- passo eram externos e de certa forma perigosos pois poderiam potencialmente eletrocutar seu portador. Atualmente o tamanho do aparelho foi reduzido e pode ser implantado no corpo do paciente. lllllllll lllllllll lllllllll llllllüj_ CNI CQ *' uv lllllllll lllllllll lllllllll l
  19. 19. ,a

×