“ANÁLISE TÉRMICA DAS
EDIFICAÇÕES EM
PORTUGAL”
FACE À NOVA REGULAMENTAÇÃO
TÉRMICA E SUAS IMPLICAÇÕES
NA ARQUITECTURA E
CONS...
Programa Nacional para a Eficiência Energética em Edifícios
(inicio em 2002):
Objectivos;
1. Rever a Regulamentação Térmic...
OBJECTIVO
Este trabalho pretende avaliar o impacto do novo RCCTE – “Regulamento das
Características do Comportamento Térmi...
Ntc = Nic+ Nvc + Naq
METODOLOGIA RCCTE
1- As exigências aos elementos da envolvente são função da Zona Climática
Zonas Cli...
METODOLOGIA DO TRABALHO
+
Soluções
construtivas
I1 V2
I1 V3
I2 V1
I2 V2
I1 V1
I2 V3
I3 V1
I3 V2
I3 V3
Sob o Clima
Resultad...
Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int.
P.D. P.S. P.D. P.S. P.D. P.S. P.D.
PE1 U=1.10 PE2 U=0,9...
C - Concelhos – Zonas Climáticas
Preocupação em abranger o território nacional considerando as diferentes
zonas climáticas...
ANÁLISE RESULTADOS
Ao considerar
todo processo de
avaliação
(estudo de soluções
construtivas, tipologias
face o novo RCCTE...
Procedimentos de avaliação -1
PisoPiso+Gar.Piso+Gar.
da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre
o Regulamento o Regulamento
Lisboa ...
PisoPiso+Gar.Piso+Gar.
da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre
o Regulamento o Regulamento
Lisboa Faro Évora Porto Bragança Brag...
PisoPiso+Gar.Piso+Gar.
da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre
o Regulamento o Regulamento
Lisboa Faro Évora Porto Bragança Brag...
ANÁLISE RESULTADOS -1
Factor de Forma
PisoPiso+Gar.Piso+Gar.
da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre
o Regulamento o Regulamento...
ANÁLISE RESULTADOS - 2
Zonas Climáticas - Concelhos
PisoPiso+Gar.Piso+Gar.
da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre
o Regulamento...
PisoPiso+Gar.Piso+Gar.
da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre
o Regulamento o Regulamento
Lisboa Faro Évora Porto Bragança Brag...
PisoPiso+Gar.Piso+Gar.
da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre
o Regulamento o Regulamento
Lisboa Faro Évora Porto Bragança Brag...
Metal Madeira Plástico Plást Multicel.
Com ou Sem Boa Estanqueidade
+Incolor
+Incolor
+Incolor
Incolor Colorido Reflectant...
Lisboa/ Faro/ Évora/ Porto/ Bragança
Aenv/Apav
Somatório
5%
15%
25%
50%
70%
90%
Envolvente Opaca Envolvente Não-Opaca
> In...
Até que Σ Aenvidraçado
Qualquer solução da
Matriz cumpre o
RCCTE,2005 para as
diferentes fracções
Importante auxílio para
...
• A grande maioria das soluções construtivas
identificadas conduz a situações de cumprimento
regulamentar em todo o país.
...
Conclusões
• É nas fracções com menor exposição de fachadas
que se aplicam os maiores somatórios de áreas de
envidraçados ...
Obrigada!
“ANÁLISE TÉRMICA DAS EDIFICAÇÕES EM PORTUGAL”
FACE À NOVA REGULAMENTAÇÃO TÉRMICA E SUAS IMPLICAÇÕES NA
ARQUITECT...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação mestrado tavares, m.c.p.

168 visualizações

Publicada em

Apresentação Tese de Mestrado Título: “ANÁLISE TÉRMICA DAS EDIFICAÇÕES EM PORTUGAL” - FACE À NOVA REGULAMENTAÇÃO TÉRMICA E SUAS IMPLICAÇÕES NA ARQUITECTURA E CONSTRUÇÃO
Obtenção Grau de Mestre: Arquiteta Márcia Cristina Pereira Tavares

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
168
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação mestrado tavares, m.c.p.

  1. 1. “ANÁLISE TÉRMICA DAS EDIFICAÇÕES EM PORTUGAL” FACE À NOVA REGULAMENTAÇÃO TÉRMICA E SUAS IMPLICAÇÕES NA ARQUITECTURA E CONSTRUÇÃO UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA Faculdade de Arquitectura MESTRADO EM: ARQUITECTURA BIOCLIMÁTICA ALUNA: MÁRCIA CRISTINA PEREIRA TAVARES ORIENTAÇÃO: DOUTOR HELDER JOSÉ PERDIGÃO GONÇALVES
  2. 2. Programa Nacional para a Eficiência Energética em Edifícios (inicio em 2002): Objectivos; 1. Rever a Regulamentação Térmica de Edifícios Existente em Portugal (RCCTE e RSECE) 2. Certificação Energética de Edifícios (de acordo com a Directiva Europeia sobre o Desempenho Energético de Edifícios a iniciar em Janeiro de 2006) ENQUADRAMENTO RCCTE Primeiro instrumento legal a impor requisitos mínimos aos projectos de novos edifícios e grandes remodelações em Portugal. Novo RCCTE Versão Fev. 2005 Procedimento de Cálculo = RCCTE
  3. 3. OBJECTIVO Este trabalho pretende avaliar o impacto do novo RCCTE – “Regulamento das Características do Comportamento Térmico de Edifícios” na prática construtiva em Portugal, permitindo fornecer ao Arquitecto um conjunto de soluções práticas, que lhe permitem avaliar do cumprimento regulamentar do seu edifício. RCCTE, 2005 Apresenta requisitos em termos construtivos (U, Fs) e de índices energéticos (Nic, Nvc) GUIA PROJECTO Arquitecto Projecto Envolvido em Projecto, vai ter que optar por soluções arquitectónicas que tem repercussões térmicas Este trabalho vai fornecer um conjunto de “orientações – guia” ao Arquitecto na fase inicial do projecto que lhe permite escolher soluções construtivas regulamentares de acordo com o novo RCCTE GUIA
  4. 4. Ntc = Nic+ Nvc + Naq METODOLOGIA RCCTE 1- As exigências aos elementos da envolvente são função da Zona Climática Zonas Climáticas Portugal: - 3 Zonas de Inverno (I1, I2 e I3) - 3 Zonas de Verão (V1, V2 e V3) 2- Requisitos Mínimos de Qualidade Nic Nvc Valores que traduzem as necessidades energéticas de aquecimento no inverno (para que temperatura seja mantida a 20°C) e de arrefecimento no verão (T=25º). Nic ≤ Ni Nvc ≤ Nv Para Estar Regulamentar Valores limites obtidos em função da Zona Climática (Nv e Ni) e do Factor de Forma (Ni) Nic = Perdas de Calor (cobertura, paredes, envidraçados e infiltrações) – Ganhos Solares Balanço Térmico Inverno Nvc = Ganhos de Calor (cobertura, paredes, envidraçados e ventilação) Balanço Térmico Verão Novo RCCTE, 2005
  5. 5. METODOLOGIA DO TRABALHO + Soluções construtivas I1 V2 I1 V3 I2 V1 I2 V2 I1 V1 I2 V3 I3 V1 I3 V2 I3 V3 Sob o Clima Resultados cumpre Não cumpre Análise Metodologia RCCTE Novos Parâmetros/ Limites Sugerir novas soluções ou formas Edificação/ Arquitectura/ Construção em Portugal Tipologias/ Soluções edificações seleccionadas + representativas A B C A - Tipologias – Factor de Forma - Andar Intermédio 1 face exposta - Andar Intermédio 2 faces expostas - Andar Intermédio 3 faces expostas - Andar Cobertura 1 face exposta - Andar Cobertura 2 faces expostas - Andar Cobertura 3 faces expostas - Hab. 1 piso isol. c/ 4 faces expostas - Hab. 1 piso + Gar. c/ 4 faces expostas - Hab. 2 pisos + Gar. c/ 4 faces expostas - Andar Intermédio - Andar Cobertura - Habitações - Edifícios com > área de envolvente em exposição - Edifícios com < área de envolvente em exposição comparativamente com o volume interno + Vulneráveis as diferenças de temperatura exteriores - Vulneráveis as diferenças de temperatura exteriores + Vulneráveis as cargas internas (ocupação/iluminação/ equipamentos) - Tipologias de planta quadrada - Pé-direito médio de 2,70m
  6. 6. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. P.D. P.S. P.D. P.S. P.D. P.S. P.D. PE1 U=1.10 PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE1 U=0,70 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 Pav1 U=1.20 s/ isol isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm s/ isol. Obs: UPav correspondem a Pavimentos sobre Espaços Interiores Não-Aquecidos PAVIMENTOS COBERTURAS PAREDES B – Soluções Construtivas - Envolvente Envolvente Não - Opaca VidrosSimplesVidrosDuplos S u l S e m p a la s o u S O S e m p a la s o u S E S e m p a la s o u - T ip o d e V ã o M etal M adeira P lá stico M etal M a d. P lást. P lást M ulticel. In co lo re s C o lo r M . R e fle ctC o lo r M ./ R e fle ct. In co l C o lo r R e fle ct C o lo r In c. In c. C o lo r R e fle ctC o lo r M .+ In c/ R e fle ct. In co l C o lo r R e fle ct C o lo rM a ssa+ In c. + In c. + In c. + In c. + In c. + In c. N O S e m p a la s o u N E S e m p a la s o u E n vid ra ça d o - T ip o d e C a ixilh o - T ip o d e V id ro (F a cto r S o la r) com ou sem bo a e sta nqu eidade com ou sem bo a e sta nqu eidade - D im e n sõ e s V ã o s 5 % A p a v; 1 5 % A p a v; 2 5 % A p a v; 5 0 % A p a v; 7 0 % A p a v; 9 0 % A p a v; - P ro te cçõ e s S o la re s E xte rio re s N o rte S e m p a la s O S e m p a la s o u E S e m p a la s o u U=1.1 U=0.5 Envolvente Opaca U=0.7 U=0.3 U=1.2 U=0.35 Envidraçados U= 4.8 a U= 2.2
  7. 7. C - Concelhos – Zonas Climáticas Preocupação em abranger o território nacional considerando as diferentes zonas climáticas existentes no mesmo, as quais podem ser identificadas no novo RCCTE. Segundo o novo RCCTE em três zonas de Inverno (I1, I2 e I3) e três de Verão (V1, V2 e V3), alguns Concelhos foram seleccionados: Lisboa (I1; V2) Faro (I1; V2) Évora (I1; V3) Porto (I2; V1) Bragança (I3, V2) Lisboa (I1; V2) Bragança (I3, V2) Primeira Etapa Segunda Etapa Etapas Estudo Sit. A 1 Face Exp. Tipologia (Fracção Autónoma) Etapa 1 FF=0.1 Sit. A 2 Faces Exp. FF=0.2 Sit. A 3 Faces Exp. FF=0.3 FF=0.5 FF=0.6 Sit. B 1 Face Exp. Sit. B 2 Faces Exp. FF=0.7 Sit. B 3 Faces Exp. FF=0.8 FF=1.1 FF=1.5 Hab. 1 Piso 4 Faces Exp. Hab. 1 Piso 4 Faces Exp. Hab. 2 Pisos 4 Faces Exp. +Garagem +Garagem Apv=100m2 Apv=60m2 Apv=200m2 Etapa 2 FF p/ FF p/ FF p/ FF=0.1 FF=0.3 FF=0.4 FF=0.5 FF=0.6 FF=0.8 FF=0.9 FF=1.2 FF=1.8 FF=0.1 FF=0.1 FF=0.2 FF=0.4 FF=0.5 FF=0.6 FF=0.7 FF=0.9 FF=1.3 FF Seleccionados de 0.1 a 1.8
  8. 8. ANÁLISE RESULTADOS Ao considerar todo processo de avaliação (estudo de soluções construtivas, tipologias face o novo RCCTE, 2005) Possível oferecer ao profissional interessado directrizes de projecto relacionado ao desempenho térmico das edificações, segundo o novo RCCTE Principais Observações e Resultados Obtidos Estação Aquecimento Estação Arrefecimento Parte das soluções da Matriz cumprem o RCCTE, 2005 para as ≠s fracções e ≠ Concelhos seleccionados Todas as soluções da Matriz cumprem o RCCTE, 2005 para as ≠s fracções e ≠ Concelhos seleccionados Nvc < Nv RCCTE, menos permissivo Maior atenção aos resultados
  9. 9. Procedimentos de avaliação -1 PisoPiso+Gar.Piso+Gar. da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre o Regulamento o Regulamento Lisboa Faro Évora Porto Bragança Bragança BragançaLisboa Lisboa Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas da Envolvente EnvolventeOpacaEnvolventeNãoOpaca Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE1 U=1.10 PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE1 U=0,70 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35Pav1 U=1.20 s/ isol isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mms/ isol. Conjunto "A" Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" TipodeParedeTipodeTipode Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede DuplaParede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 40mm isol. 60mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU Ext. Int. Ext. Int. PE4 U=0,50 CE4 U=0,30 Pav4 U=0,35 isol. 60mm isol. 100mm isol. 60mm Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla OU Algumas das SoluçõesBoa Parte das Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Poucas Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Nenhuma Solução da Matriz Cumpre o Regulamento Todas as Soluções CoberturaPavimento Elementos LEGENDA: Metal Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Plást Multicel. TipodeVão Envidraçado Tipode Caixilho Vidros Simples Vidros Duplos Com ou Sem Boa Estanqueidade Com ou Sem Boa Estanqueidade Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Multicel. Vidros Simples Vidros Duplos Com Boa Estanqueidade C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Vidros Duplos C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Madeira Plástico Multicel. Vidros Duplos Plástico Multicelular Incolor Colorido Reflectantes +Incolor +Incolor +Incolorna Massa Incolor Colorido Reflectantes na Massa TipodeVidro (FactorSolar) Incolor +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor Incolor Obs: Estão representadas as possíveis combinações entre os elementos da envolvente e consequentemente as soluções que tendem a proporcionar o cumprimento regulamentar independentemente do somatório das áreas de envidraçados e orientações para as situações em questão. C/ Boa Estanq. Sit.A(AndarIntermediário)Sit.B(Andar-Cobertura)Hab.1Hab.1Hab.2 Todas soluções da Matriz cumprem o RCCTE,2005 Para qualquer Zona Climática de Inverno e Verão FF = 0.1 Tipologia/Area Concelho Tipologia Soluções Construtivas Sem solução construtiva Obs: Independe do SAenv e da Orientação
  10. 10. PisoPiso+Gar.Piso+Gar. da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre o Regulamento o Regulamento Lisboa Faro Évora Porto Bragança Bragança BragançaLisboa Lisboa Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas da Envolvente EnvolventeOpacaEnvolventeNãoOpaca Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE1 U=1.10 PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE1 U=0,70 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35Pav1 U=1.20 s/ isol isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mms/ isol. Conjunto "A" Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" TipodeParedeTipodeTipode Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede DuplaParede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 40mm isol. 60mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU Ext. Int. Ext. Int. PE4 U=0,50 CE4 U=0,30 Pav4 U=0,35 isol. 60mm isol. 100mm isol. 60mm Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla OU Algumas das SoluçõesBoa Parte das Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Poucas Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Nenhuma Solução da Matriz Cumpre o Regulamento Todas as Soluções CoberturaPavimento Elementos LEGENDA: Metal Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Plást Multicel. TipodeVão Envidraçado Tipode Caixilho Vidros Simples Vidros Duplos Com ou Sem Boa Estanqueidade Com ou Sem Boa Estanqueidade Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Multicel. Vidros Simples Vidros Duplos Com Boa Estanqueidade C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Vidros Duplos C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Madeira Plástico Multicel. Vidros Duplos Plástico Multicelular Incolor Colorido Reflectantes +Incolor +Incolor +Incolorna Massa Incolor Colorido Reflectantes na Massa TipodeVidro (FactorSolar) Incolor +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor Incolor Obs: Estão representadas as possíveis combinações entre os elementos da envolvente e consequentemente as soluções que tendem a proporcionar o cumprimento regulamentar independentemente do somatório das áreas de envidraçados e orientações para as situações em questão. C/ Boa Estanq. Sit.A(AndarIntermediário)Sit.B(Andar-Cobertura)Hab.1Hab.1Hab.2 Fracções com 3 e 4 faces expostas apresentam menos soluções da Matriz que cumpram o RCCTE,2005 Podendo Agravar com: - Cobertura exposta - Zona Climática - Somatório Área de Envidraçado/ A pav - Área de pavimento (reduzidas) Procedimentos de avaliação -2 Obs: Independe do SAenv e da Orientação
  11. 11. PisoPiso+Gar.Piso+Gar. da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre o Regulamento o Regulamento Lisboa Faro Évora Porto Bragança Bragança BragançaLisboa Lisboa Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas da Envolvente EnvolventeOpacaEnvolventeNãoOpaca Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE1 U=1.10 PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE1 U=0,70 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35Pav1 U=1.20 s/ isol isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mms/ isol. Conjunto "A" Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" TipodeParedeTipodeTipode Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede DuplaParede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 40mm isol. 60mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU Ext. Int. Ext. Int. PE4 U=0,50 CE4 U=0,30 Pav4 U=0,35 isol. 60mm isol. 100mm isol. 60mm Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla OU Algumas das SoluçõesBoa Parte das Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Poucas Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Nenhuma Solução da Matriz Cumpre o Regulamento Todas as Soluções CoberturaPavimento Elementos LEGENDA: Metal Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Plást Multicel. TipodeVão Envidraçado Tipode Caixilho Vidros Simples Vidros Duplos Com ou Sem Boa Estanqueidade Com ou Sem Boa Estanqueidade Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Multicel. Vidros Simples Vidros Duplos Com Boa Estanqueidade C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Vidros Duplos C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Madeira Plástico Multicel. Vidros Duplos Plástico Multicelular Incolor Colorido Reflectantes +Incolor +Incolor +Incolorna Massa Incolor Colorido Reflectantes na Massa TipodeVidro (FactorSolar) Incolor +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor Incolor Obs: Estão representadas as possíveis combinações entre os elementos da envolvente e consequentemente as soluções que tendem a proporcionar o cumprimento regulamentar independentemente do somatório das áreas de envidraçados e orientações para as situações em questão. C/ Boa Estanq. Sit.A(AndarIntermediário)Sit.B(Andar-Cobertura)Hab.1Hab.1Hab.2 Lisboa 60m² Porto 100m² Bragança 60/100 m² Apv: Nenhuma solução da Matriz cumpre o RCCTE,2005 + - Recorrer a outros elementos com U inferiores aos da Matriz - Reduzir Ψpe ( 15%) - Reduzir Ψpt ( 7%) - Reduzir Rph ( 7%) 30% Ni Nic Nic + 30% - 30% aprox. aprox. Procedimentos de avaliação -3 Obs: Independe do SAenv e da Orientação
  12. 12. ANÁLISE RESULTADOS -1 Factor de Forma PisoPiso+Gar.Piso+Gar. da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre o Regulamento o Regulamento Lisboa Faro Évora Porto Bragança Bragança BragançaLisboa Lisboa Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas da Envolvente EnvolventeOpacaEnvolventeNãoOpaca Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE1 U=1.10 PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE1 U=0,70 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35Pav1 U=1.20 s/ isol isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mms/ isol. Conjunto "A" Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" TipodeParedeTipodeTipode Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede DuplaParede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 40mm isol. 60mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU Ext. Int. Ext. Int. PE4 U=0,50 CE4 U=0,30 Pav4 U=0,35 isol. 60mm isol. 100mm isol. 60mm Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla OU Algumas das SoluçõesBoa Parte das Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Poucas Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Nenhuma Solução da Matriz Cumpre o Regulamento Todas as Soluções CoberturaPavimento Elementos LEGENDA: Metal Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Plást Multicel. TipodeVão Envidraçado Tipode Caixilho Vidros Simples Vidros Duplos Com ou Sem Boa Estanqueidade Com ou Sem Boa Estanqueidade Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Multicel. Vidros Simples Vidros Duplos Com Boa Estanqueidade C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Vidros Duplos C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Madeira Plástico Multicel. Vidros Duplos Plástico Multicelular Incolor Colorido Reflectantes +Incolor +Incolor +Incolorna Massa Incolor Colorido Reflectantes na Massa TipodeVidro (FactorSolar) Incolor +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor Incolor Obs: Estão representadas as possíveis combinações entre os elementos da envolvente e consequentemente as soluções que tendem a proporcionar o cumprimento regulamentar independentemente do somatório das áreas de envidraçados e orientações para as situações em questão. C/ Boa Estanq. Sit.A(AndarIntermediário)Sit.B(Andar-Cobertura)Hab.1Hab.1Hab.2 FF (Factor de Forma) teve carácter decisivo nos resultados e no cumprimento regulamentar da facções. A medida que a área da envolvente foi com o Volume praticamente constante possíveis soluções da Matriz > o FF da fracção ( < a quantidade de soluções da Matriz que cumprem o RCCTE 2005) < o FF da fracção ( > a quantidade de soluções da Matriz que cumprem o RCCTE 2005) ≠ FF Obs: Independe do SAenv e da Orientação
  13. 13. ANÁLISE RESULTADOS - 2 Zonas Climáticas - Concelhos PisoPiso+Gar.Piso+Gar. da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre o Regulamento o Regulamento Lisboa Faro Évora Porto Bragança Bragança BragançaLisboa Lisboa Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas da Envolvente EnvolventeOpacaEnvolventeNãoOpaca Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE1 U=1.10 PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE1 U=0,70 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35Pav1 U=1.20 s/ isol isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mms/ isol. Conjunto "A" Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" TipodeParedeTipodeTipode Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede DuplaParede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 40mm isol. 60mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU Ext. Int. Ext. Int. PE4 U=0,50 CE4 U=0,30 Pav4 U=0,35 isol. 60mm isol. 100mm isol. 60mm Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla OU Algumas das SoluçõesBoa Parte das Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Poucas Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Nenhuma Solução da Matriz Cumpre o Regulamento Todas as Soluções CoberturaPavimento Elementos LEGENDA: Metal Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Plást Multicel. TipodeVão Envidraçado Tipode Caixilho Vidros Simples Vidros Duplos Com ou Sem Boa Estanqueidade Com ou Sem Boa Estanqueidade Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Multicel. Vidros Simples Vidros Duplos Com Boa Estanqueidade C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Vidros Duplos C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Madeira Plástico Multicel. Vidros Duplos Plástico Multicelular Incolor Colorido Reflectantes +Incolor +Incolor +Incolorna Massa Incolor Colorido Reflectantes na Massa TipodeVidro (FactorSolar) Incolor +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor Incolor Obs: Estão representadas as possíveis combinações entre os elementos da envolvente e consequentemente as soluções que tendem a proporcionar o cumprimento regulamentar independentemente do somatório das áreas de envidraçados e orientações para as situações em questão. C/ Boa Estanq. Sit.A(AndarIntermediário)Sit.B(Andar-Cobertura)Hab.1Hab.1Hab.2 Soluções Lisboa Soluções Faro SEMELHANTES* RCCTE, 2005 – Menos permissivo para Faro do que para Lisboa Obs: Independe do SAenv e da Orientação * Em termos da matriz em estudo, uma vez que os valores quantitativos (Nic, e Nvc, serão naturalmente distintos)
  14. 14. PisoPiso+Gar.Piso+Gar. da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre o Regulamento o Regulamento Lisboa Faro Évora Porto Bragança Bragança BragançaLisboa Lisboa Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas da Envolvente EnvolventeOpacaEnvolventeNãoOpaca Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE1 U=1.10 PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE1 U=0,70 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35Pav1 U=1.20 s/ isol isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mms/ isol. Conjunto "A" Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" TipodeParedeTipodeTipode Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede DuplaParede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 40mm isol. 60mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU Ext. Int. Ext. Int. PE4 U=0,50 CE4 U=0,30 Pav4 U=0,35 isol. 60mm isol. 100mm isol. 60mm Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla OU Algumas das SoluçõesBoa Parte das Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Poucas Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Nenhuma Solução da Matriz Cumpre o Regulamento Todas as Soluções CoberturaPavimento Elementos LEGENDA: Metal Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Plást Multicel. TipodeVão Envidraçado Tipode Caixilho Vidros Simples Vidros Duplos Com ou Sem Boa Estanqueidade Com ou Sem Boa Estanqueidade Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Multicel. Vidros Simples Vidros Duplos Com Boa Estanqueidade C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Vidros Duplos C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Madeira Plástico Multicel. Vidros Duplos Plástico Multicelular Incolor Colorido Reflectantes +Incolor +Incolor +Incolorna Massa Incolor Colorido Reflectantes na Massa TipodeVidro (FactorSolar) Incolor +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor Incolor Obs: Estão representadas as possíveis combinações entre os elementos da envolvente e consequentemente as soluções que tendem a proporcionar o cumprimento regulamentar independentemente do somatório das áreas de envidraçados e orientações para as situações em questão. C/ Boa Estanq. Sit.A(AndarIntermediário)Sit.B(Andar-Cobertura)Hab.1Hab.1Hab.2 RCCTE, 2005 – Menos permissivo para 100m² do que para 200m² Lisboa Apv = 100m² Lisboa Apv = 200m² Ex.: Lisboa Apv = 60m² RCCTE, 2005 – Menos permissivo para 60m² do que para 100m² ANÁLISE RESULTADOS – 3 Área de Pavimento Obs: Independe do SAenv e da Orientação Quanto menor a Apv Menos Permissivo o RCCTE Produto do FF
  15. 15. PisoPiso+Gar.Piso+Gar. da Matriz Cumpre da Matriz Cumpre o Regulamento o Regulamento Lisboa Faro Évora Porto Bragança Bragança BragançaLisboa Lisboa Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=100m2 Apav=60m2 Apav=100m2 Apav=200m2 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 1 Face Exposta 2 Faces Expostas 3 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas 4 Faces Expostas da Envolvente EnvolventeOpacaEnvolventeNãoOpaca Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE1 U=1.10 PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE1 U=0,70 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35Pav1 U=1.20 s/ isol isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mms/ isol. Conjunto "A" Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" TipodeParedeTipodeTipode Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede DuplaParede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. Parede Simples Parede Dupla PE2 U=0,95 PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE2 U=0,60 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav2 U=0,95 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 40mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 20mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "B" Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU OU Ext. Int.Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. PE3 U=0,70 PE4 U=0,50 CE3 U=0,45 CE4 U=0,30 Pav3 U=0,65 Pav4 U=0,35 isol. 40mm isol. 60mm isol. 60mm isol. 100mm isol. 40mm isol. 60mm Conjunto "C" Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla Parede Simples Parede Dupla OU OU Ext. Int. Ext. Int. PE4 U=0,50 CE4 U=0,30 Pav4 U=0,35 isol. 60mm isol. 100mm isol. 60mm Conjunto "D" Parede Simples Parede Dupla OU Algumas das SoluçõesBoa Parte das Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Poucas Soluções da Matriz Cumpre o Regulamento Nenhuma Solução da Matriz Cumpre o Regulamento Todas as Soluções CoberturaPavimento Elementos LEGENDA: Metal Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Plást Multicel. TipodeVão Envidraçado Tipode Caixilho Vidros Simples Vidros Duplos Com ou Sem Boa Estanqueidade Com ou Sem Boa Estanqueidade Madeira Plástico Metal Madeira Plástico Multicel. Vidros Simples Vidros Duplos Com Boa Estanqueidade C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Vidros Duplos C/ ou S/ Boa Estanq. Plást Madeira Plástico Multicel. Vidros Duplos Plástico Multicelular Incolor Colorido Reflectantes +Incolor +Incolor +Incolorna Massa Incolor Colorido Reflectantes na Massa TipodeVidro (FactorSolar) Incolor +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa +Incolor Incolor Obs: Estão representadas as possíveis combinações entre os elementos da envolvente e consequentemente as soluções que tendem a proporcionar o cumprimento regulamentar independentemente do somatório das áreas de envidraçados e orientações para as situações em questão. C/ Boa Estanq. Sit.A(AndarIntermediário)Sit.B(Andar-Cobertura)Hab.1Hab.1Hab.2 Ext. Int. Ext. Int.Ext. Int. P.D. P.S. P.D. PE1 U=1.10 PE2 U=0,95 CE1 U=0,70 CE2 U=0,60 Pav2 U=0,95 Pav1 U=1.20 s/ isol isol. 20mm isol. 40mm isol. 40mm isol. 20mm s/ isol. Conjunto "A" Envolvente Conjunto "B" Envolvente PAREDES COBERTURAS PAVIMENTOS Conjuntos A e B de Envolvente Opaca não proporcionam o cumprimento regulamentar para boa parte das fracções analisadas ANÁLISE RESULTADOS – 4 Envolvente Opaca Obs: Independe do SAenv e da Orientação
  16. 16. Metal Madeira Plástico Plást Multicel. Com ou Sem Boa Estanqueidade +Incolor +Incolor +Incolor Incolor Colorido Reflectantes na Massa Melhores Resultados Estação Aquecimento Melhores Resultados Estação Aquecimento Melhores Resultados Estação Aquecimento Tipo de Vão Tipo de Caixilho Tipo de Vidro ANÁLISE RESULTADOS – 5 Envolvente Não-Opaca Vidros Simples Vidros Duplos Além de todas as soluções da Matriz cumprirem o RCCTE (2005) na Estação de Arrefecimento as palas pouco influenciaram os resultados obtidos (valores de Nic) nesta estação. Protecções Solares - Sombreamento Vertical e Horizontal dos Vãos (Palas) Vidro Simples Vidro Duplo
  17. 17. Lisboa/ Faro/ Évora/ Porto/ Bragança Aenv/Apav Somatório 5% 15% 25% 50% 70% 90% Envolvente Opaca Envolvente Não-Opaca > Influência > Influência < Influência < Influência Σ Aenvidraçado/ Apavimento ANÁLISE RESULTADOS – 6 Envolvente Não-Opaca Orientação dos Vãos (Consoante o N. De faces Expostas por fracção)
  18. 18. Até que Σ Aenvidraçado Qualquer solução da Matriz cumpre o RCCTE,2005 para as diferentes fracções Importante auxílio para a prática projectual 1 face exposta 2 faces expostas 3 faces expostas Lisboa - S Aenv=25% Apv face exp. - Aprox. 100% da - S Aenv=25% Apv cada face exp. - Aprox. 50% de Concelho Faro Évora Porto Bragança - S Aenv=15% Apv cada face exp. - Aprox. 30% de Lisboa Faro Évora Ap=60m2, 100m2 e Bragança Concelho Concelho Bragança - S Aenv=15% Apv - Aprox. 20% de cada face exp. envidraçada Concelho Concelho Concelho - Andar Cobertura 1 face exposta - Andar Cobertura 2 faces expostas - Andar Cobertura 3 faces expostas Lisboa Faro Évora Bragança Porto Porto - S Aenv=15% Apv face exp. - Aprox. 60% da - S Aenv=5% Apv face exp. - Aprox. 20% da Lisboa Faro Évora Porto - S Aenv=5% Apv cada face exp. - Aprox. 10% de - S Aenv= 5% Apv cada face exp. - Aprox. 6,5% de Lisboa Faro Évora 200m2 Ap=100m2 Ap=60m2, 100m2 e 200m2 Ap=60m2, 100m2 e 200m2 Ap=60m2, 100m2 e 200m2 Ap=60m2, 100m2 e Bragança Ap=200m2 Lisboa Faro Évora Ap=100m2, Porto Bragança Ap=200m2 Lisboa Ap=60m2 - S Aenv= 5% Apv face exp. envidraçada - Aprox. 6,5% de cada Lisboa Ap=200m2 - S Aenv=25% Apv - Aprox. 33% de cada face exp. envidraçada Ap=100m2 Lisboa Ap=60m2 Bragança Ap=200m2 Lisboa Ap=200m2 - S Aenv=15% Apv cada face exp. - Aprox. 30% de Porto Ap=100m2 Lisboa Ap=200m2 Concelho Bragança Ap=100m2 Lisboa Faro Évora Ap=100m2, Porto Bragança Ap=200m2 Lisboa Ap=60m2 Lisboa Ap=200m2 - Hab. 2 pisos + Gar. c/ 4 faces expostas - S Aenv= 15% Apv face exp. envidraçada - Aprox. 7,5% de cada - Aprox. 2,5% de cada - S Aenv= 5% Apv face exp. envidraçada - S Aenv= 25% Apv face exp. envidraçada - Aprox. 12,5% de cada envidraçada envidraçada envidraçada envidraçada envidraçada envidraçada envidraçada envidraçada - Andar Intermédio - Andar Intermédio - Andar Intermédio ANÁLISE RESULTADOS – 7 100% 30% a 50% 6,5% a 33% 20% a 60% 10% a 30% 6,5% 2,5% a 12,5%
  19. 19. • A grande maioria das soluções construtivas identificadas conduz a situações de cumprimento regulamentar em todo o país. Conclusões • É nas zonas mais frias (interior Norte - Bragança) na qual a exigência de soluções construtivas mais isoladas se mostra ser fundamental • Factor de Forma mostrou ser decisivo no cumprimento regulamentar das fracções, pois as alternativas de soluções construtivas foram se reduzindo a medida que a área em exposição das mesmas aumentava. A aplicação regulamentar não vai conduzir a mudanças drásticas em termos construtivos I2 e I3 procurar aplicar: paredes 40/60mm de isolamento, coberturas com 60/100mm de isolamento, vidros duplos incolores FF < 0.5 praticamente todas soluções da Matriz cumprem o RCCTE
  20. 20. Conclusões • É nas fracções com menor exposição de fachadas que se aplicam os maiores somatórios de áreas de envidraçados que proporcionam o cumprimento regulamentar associado a qualquer solução de envolvente da Matriz. • Novo RCCTE não compromete o emprego de vãos envidraçados de 5% a 90% da área do pavimento (pré-estabelecidos em projecto pelo Arquitecto), pois para estes ocorreram soluções frequentes na construção nacional que cumprem o mesmo. 1 Face exposta possível aplicar ΣAenvidraçado de 60% a 100% do Total da Área das fachadas em exposição. 2 Faces expostas possível aplicar ΣAenvidraçado de 10% a 50% do Total da Área das fachadas em exposição. 3 Faces expostas possível aplicar ΣAenvidraçado de 6,5% a 20% do Total da Área das fachadas em exposição. Procurar Aplicar Vãos Envidraçados com: Vidros Duplos Incolores e caixilhos de madeira ou plástico com boa estanqueidade Desta forma, a aplicação do Novo RCCTE neste estudo proporcionou observar as implicações do mesmo na arquitectura e na construção nacional.
  21. 21. Obrigada! “ANÁLISE TÉRMICA DAS EDIFICAÇÕES EM PORTUGAL” FACE À NOVA REGULAMENTAÇÃO TÉRMICA E SUAS IMPLICAÇÕES NA ARQUITECTURA E CONSTRUÇÃO UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA Faculdade de Arquitectura MESTRADO EM: ARQUITECTURA BIOCLIMÁTICA ALUNA: MÁRCIA CRISTINA PEREIRA TAVARES ORIENTAÇÃO: DOUTOR HELDER JOSÉ PERDIGÃO GONÇALVES

×