OS PRIMÓRDIOS
A agricultura e a pecuária iniciam com a sedentarização dos primeiros homens
que habitaram a Terra.
O gado, ...
AGRICULTURA E PECUÁRIA ... UM PASSADO - PRESENTE
Com a chegada dos primeiros estancieiros em Dom Pedrito , na
primeira déc...
OS PRODUTORES SE ORGANIZAM
A Sociedade Agrícola e Pastoril de Dom Pedrito , criada em janeiro de 1907 . para
estudo e defe...
PREPARANDO A EXPOSIÇÃO - parte 1
Amanhã o povo pedritense dará verdadeira prova de seu
progresso: inaugurará a primeira Ex...
PREPARANDO A EXPOSIÇÃO- parte 2
Foi na 3ª feira , assignado o contracto com o Sr. Ovidio Candiota, para
a construcção do e...
A PRIMEIRA EXPOSIÇÃO FEIRA DE DOM PEDRITO
A Sociedade Agrícola e Pastoril Pedritense ( SAPP ) realizou
a primeira exposiçã...
OUTRAS EXPOSIÇÕES CONTAM A HISTÓRIA- parte 1
A segunda Exposição - Feira de Dom Pedrito aconteceu em 1910,
quando a Socied...
PRESENÇA DO SINDICATO RURAL
As sociedades de classe organizadas surgem no século XII- Idade Média- como
corporações de ofí...
CENÁRIO DAS EXPOSIÇÕES –FEIRAS (??)
Acontecem no Parque do Sindicato Rural ,denominado PARQUE DE EXPOSIÇÕES
JUVENTINO CORR...
AS EXPOSIÇÕES FEIRAS NA VIDA DA
COMUNIDADE
Falam os Presidentes do Sindicato Rural
DEPOIMENTOS SOBRE A IMPORTÂNCIA DA
EXPO...
exp
EXPOSIÇÕES - FEIRAS
DE DOM PEDRITO
uma história de mais de um século
Promoção: Prefeitura Municipal de Dom Pedrito
Sin...
8
OUTRAS EXPOSIÇÕES CONTAM A HISTÓRIA -2
Em 1946 , organizou a 10ª Exposição Feira , o Sindicato Rural,-- patriótica e pro...
Exposição feira banner
Exposição feira banner
Exposição feira banner
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Exposição feira banner

553 visualizações

Publicada em

Exposição feira Dom Pedrito

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
553
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exposição feira banner

  1. 1. OS PRIMÓRDIOS A agricultura e a pecuária iniciam com a sedentarização dos primeiros homens que habitaram a Terra. O gado, no Brasil foi trazido, em 1534, por Martin Afonso de Souza, para a Capitania de São Vicente , seguindo-se outros lotes. No Rio Grande do Sul, foram os jesuítas que trouxeram o gado, por volta de 1600. Padres e índios também cultivavam a terra com raízes e tubérculos para a alimentação das aldeias. Os primitivos habitantes do solo gaúcho , aldeados nas estâncias jesuíticas, aprisionavam o gado destinado para abastecer às reduções. A presença dos jesuítas europeus no Rio Grande do Sul foi importante também para a emprego de técnicas que oportunizaram melhor aproveitamento do solo e maior produção, tanto agrícola como pastoril. 1
  2. 2. AGRICULTURA E PECUÁRIA ... UM PASSADO - PRESENTE Com a chegada dos primeiros estancieiros em Dom Pedrito , na primeira década de 1800 , por exigência do próprio meio , a agricultura e a pecuária se consolidaram , garantindo evolução considerável na economia . A presença das colônias agrícolas no Estado ,especialmente a COLÔNIA RHEINGANTZ , unidade de Dom Pedrito, que realizou da primeira colheita agrícola de soja na América Latina, ( 1900 ) aliada ainda às técnicas trazidas pelos colonos italianos e alemães, foram grande estimulo à produção pecuária e agrícola no Rio Grande do Sul. Aos poucos, os produtores iriam se organizar em sociedades de classe. Atualmente Dom Pedrito firma sua riqueza na agricultura e na pecuária, sendo ambas uma das mais avançadas do país. Ao alto, produtor rural e famíia –sec. XIX Estância São Sebastião , de Eleutério Brum - 1922 2
  3. 3. OS PRODUTORES SE ORGANIZAM A Sociedade Agrícola e Pastoril de Dom Pedrito , criada em janeiro de 1907 . para estudo e defesa de seus interesses profissionais. Os sócios eram proprietários de campos , criadores, invernadores , charqueadores, marchantes , agricultores e pessoas que, subscreverem seus estatutos e tomarem ações da Sociedade. Presidida em caráter provisório pelo Dr. Amâncio Marsilac Motta , e depois pelo Dr. Edmundo Torres , tinha por fim promover o aperfeiçoamento e desenvolvimento da indústria agrícola e pastoril ; adquirir reprodutores ; importar arames e adquirir tudo o que fosse destinado aos seus misteres profissionais e, entre outros , vender os produtos para entregues pelos sócios, difundir técnicas agrícolas e pastoris, evitar propagação de moléstias do gado e ainda organizar exposições e conferir prêmios . A realização das Exposições Internacionais do século XIX , além de apresentar os progressos e afirmar superioridades , condensavam o que se entendia como modernidade e foram propulsoras das exposições nacionais , regionais e locais do início do século XX . 3
  4. 4. PREPARANDO A EXPOSIÇÃO - parte 1 Amanhã o povo pedritense dará verdadeira prova de seu progresso: inaugurará a primeira Exposição – Feira. É preciso sentir-se de perto sua alegria vibrar, para bem conhecer o quanto, com justa razão, sente de prazer, para levar a effeito esse certamem, onde apparecem as dedicações que um grupo de cidadãos patriotas empregou, para ver esta terra evidenciar pelo trabalho o seu progresso, que ultimamente tem tido todos os ramos de sua actividade, com especial menção, o da industria. Se lançarem um olhar para o passado d’esta cidade, então conhecerão que é pura realidade o que acima dissemos. Não precisamos para evidenciar o progresso d’este amado torrão mais do que amanhã inaugurará. Felicitamo-nos, porque amanhã se realizará uma festa que marcará na sua historia de progresso grandioso feito de trabalho, de vida activa, em conquista de um fucturo de grandeza, ... Seja pois essa festa que o povo de D. Pedrito, amanhã celebrará uma victoria para a dedicação de seus filhos, que empregaram esforços para a realização do certamem da Exposição-Feira. para novos luctadores, de esperanças para novas conquistas, de louros para o trabalho, a festa de amanhã. 4 Pedro Cezarini secretário da S.A.P.P. Ao alto,Estância Bom Retiro,-Serafim.P. Barreto Estância Nova - Anselmo Garrastazu
  5. 5. PREPARANDO A EXPOSIÇÃO- parte 2 Foi na 3ª feira , assignado o contracto com o Sr. Ovidio Candiota, para a construcção do edifício, que deve servir para a installação da Exposição-feira Agropecuaria...( CORREIO DA FRONTEIRA, 19 set. 1907 p.2 ) Até hoje inscriptos 60 animaes a galpão e 375 a campo que prefazem o total de 435. As bandas de musica do disciplinado 32º Batalhão de Infantaria e União Pedritense, executarão durante os tres dias de exposição (...) variado e selecto repertório. A Exposição permanecerá aberta do meio dia às 6 horas da tarde. A confeitaria e “Bar” estabelecido no interior da exposição não fez alteração aos preços correntes.- Pelo Capitão Pedro Cyro da Rosa, foi doada uma terneira Hereford(...), para ser vendida em leilão e seu producto distribuído entre os pobres protegidos do “Correio da Fronteira”. - Pelo Sr. Coronel Affonso F. P de Mello, Comandante do 32° Batalhão, foi (...) cedida a banda de musica (...), para tocar na abertura e clausura d´esse certamem . Amanhã, ás 5 horas da tarde, (...) encerra a inscripção dos cavallos, que tomaram parte nas grandes corridas, que se realizam na 2ª feira, cujas carreiras pertencem ao programma das festas da Exposição.. CORREIO DA FRONTEIRA . 14 nov. 1907, p 2 5 Ovidio Candiota
  6. 6. A PRIMEIRA EXPOSIÇÃO FEIRA DE DOM PEDRITO A Sociedade Agrícola e Pastoril Pedritense ( SAPP ) realizou a primeira exposição-feira ,a partir de 15 de novembro de 1907 , no mesmo local onde acontecem hoje. Durante os três dias subsequentes , 453 animais foram exibidos, 60 animais , a galpão e 375 , a campo. Edmundo Torres dirigia a SAPP, mas a exposição foi organizada pelo italiano Pedro Cesarini . Os estandes foram montados por Ovídio Candiota, de Bagé, e as festividades eram abrilhantadas pelas bandas do 32º Batalhão de Infantaria e da União Pedritense. Do meio dia até as 18 h, para os moradores da campanha e da cidade , foi o programa imperdível naquele início de século. 6 i Ao alto:, convite . Imagem do Pórtico e interior do Parque de Exposições – 1907
  7. 7. OUTRAS EXPOSIÇÕES CONTAM A HISTÓRIA- parte 1 A segunda Exposição - Feira de Dom Pedrito aconteceu em 1910, quando a Sociedade Agrícola e Pastoril de Dom Pedrito já está incorporada à FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES RURAIS . Contando então com o concurso do Governo Municipal abriu, no dia 27 de novembro , e “promete ser muito concorrida , atendendo à animação que já se nota” ( Relatório do Intendente Longuinho Saraiva da Costa , out. 1910) ) A Sociedade Agrícola e Pastoril realizou a 7ª grande Exposição a Premio e Feira , nos dias 15, 16 e 17 de novembro de 1922, com o concurso dos governos Federal, Estadual e Minicipal. SUL- JORNAL. Dom Pedrito, 21 set. 1922 , p.4 ) Oportuna occasião dos srs. estancieiros adquirirem reprodutores europeus , americanos e das principais cabanas do Uruguai , Argentina e Rio Grande do Sul , para melhorar a raça de seus rebanhos.Forragens e potreiros á preços correntes Pedidos de informações ao secretario PEDRO CESARINI na Sociedade N.B. Nesta exposição serão distribuidos os premios do certame anterior SUL- JORNAL. Dom Pedrito, 21 set. 1922 , p.4. - 7 Ao alto, a Diretoria da S. A. P.PP. confraternizndo. . iImagens do interior –estandes e brêtes -- do Parque de Exposiçoes . Presidente Emílio G. Medici assistei à Abertura da Tosquia, na Exposião Feira do Centenário de Dom . Pedrito – 1972.
  8. 8. PRESENÇA DO SINDICATO RURAL As sociedades de classe organizadas surgem no século XII- Idade Média- como corporações de ofício,que também promoviam as feiras. A Queda da Bolsa (1929) leva os produtores a se organizarem a fim de tentar vencer a situação econômica que esse fato gerou . Surgem no Brasil, as primeiras sociedades de classe , os sindicatos , na década de 30 do século passado. Com a criação da Associação Rural ,em 1931, por Juventino Correa de Moura , as Exposições Feiras de Dom Pedrito passaram, em 1933 , a ser organizadas por essa entidade. O Sindicato Rural de Dom Pedrito foi fundado em 6 de julho de 1967 , por produtores rurais , criadores e exercentes de atividades agrícolas do município , obteve sua Carta Sindical em 30 de janeiro de 1968 ,que aprovando seu estatuto , o reconhece como representante da categoria econômica de Empregados Rurais, do Plano Nacional de Agricultura (CNA) 8 Juventino Correa de Moura e Sede do Sindicato Rural de Dom Pedrito--- Av. Barão do Upacarahy .
  9. 9. CENÁRIO DAS EXPOSIÇÕES –FEIRAS (??) Acontecem no Parque do Sindicato Rural ,denominado PARQUE DE EXPOSIÇÕES JUVENTINO CORREA DE MOURA, fundado em 3 de outubro de 1931. Arquitetura idêntica a do Parque de Exposições” Fernando Costa “ de Uberaba – Minas Gerais – obra do arquiteto Mário Costa Carvalho . É uma arquitetura eclética, de influências portuguesas e espanholas , teve sua infra-estrutura adaptada ao longo do tempo ,com escritórios , áreas de lazer, praças de alimentação, local para shows artísticos, pistas de remates e espaços culturais . Integra o patrimônio do Sindicato Rural. Durante a presidência de Suleiman Guimarães Hias , em 1983, foi erguido o Pórtico do Parque de Exposições . Projeto do Arquiteto Júlio Cesar Mello Miranda , sendo a obra executada pelo Eng. João Carlos Machado da Luz. Atualmente , abre seu espaço, para a realização de outros eventos como a Exposição e Feira da Indústria e Comércio, o Farm-show, Feira de Terneiros de Verão- Lã e Carne , Ponche Verde da Canção Gaúcha, Seminário Pastos,Pastagens e Implementos, alem de promoções comunitárias . À Exposição Feira de Dom Pedrito , aportam vários visitantes da região e de países vizinhos e tem sua trajetória marcada pela excepcional qualidade e genética de seus leilões , movimentando economicamente a região. .– 9 Pórtico , ao alto; e Interior do parque Juventino Correa de Moura
  10. 10. AS EXPOSIÇÕES FEIRAS NA VIDA DA COMUNIDADE Falam os Presidentes do Sindicato Rural DEPOIMENTOS SOBRE A IMPORTÂNCIA DA EXPOSIÇÃO FEIRA DE DOM PEDRITO , Autores: Cândido Godoy Dias, J R.PIRES WEBER, WILLAMIL (Tourito ) BLANCO .Frederico Wolf e Walter José Potter Presidente da Associação de Agricultores , COM IMAGENS DE CADA UM DELES Imagens de exposições históricas como a em que aparecem governadores de estado ou o Médici 10
  11. 11. exp EXPOSIÇÕES - FEIRAS DE DOM PEDRITO uma história de mais de um século Promoção: Prefeitura Municipal de Dom Pedrito Sindicato Rural de Dom Pedrito Museu Paulo Firpo Pesquisa e textos: Mus. Adilson Nunes de Oliveira Arte final: Jeferson Luiz Chaves Souza e Márcia Netto Soares Imagens : Acervo do Museu Paulo Firpo Patrocínio Cultural : Sindicato Rural de Dom Pedrito Gestão: Dr. José Roberto P. Weber.
  12. 12. 8 OUTRAS EXPOSIÇÕES CONTAM A HISTÓRIA -2 Em 1946 , organizou a 10ª Exposição Feira , o Sindicato Rural,-- patriótica e progressiva entidade --, que ocorreu de 19 a 23 de outubro, As vendas atingiram a elevada soma de 2.500.000 cruzeiros .Antes da inauguração do certame local, ocorreram as exposições em Santana do Livramento, Bagé, Uruguaiana e Alegrete. Muitos fazendeiros pedritenses que adquiriram reprodutores nos certames do Uruguai, compraram também em Dom Pedrito . As exposições Feiras de Dom Pedrito sempre foram marcadas por grandes bailes no Clube Comercial , até inícios de 1970,: trajes de gala, na primeira noite; meia-gala , na segunda e traje esporte na terceira noite . . Ao alto ; cena de um baile de gala Cipriano Munhoz filho , presidente da Associação Rural-, conversando com o jornalista J.Tadeo Omar, enviado e. especial do Diário de Notícias. Revista das exposições .. Clube C omercia cenário, 7

×