Abuso de remédio aula dezembro de 2010

1.640 visualizações

Publicada em

Conceitos básicos sobre abuso de medicamentos
Aula dada pelo Professo Paulo Cesar Trevisol-Bittencourt para o Curso de Medicina da UFSC em Dezembro de 2010. Publicado com a permissão do autor.

Publicada em: Saúde e medicina, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.640
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Abuso de remédio aula dezembro de 2010

  1. 1. <ul><li>USO ABUSIVO DE MEDICAÇÃO </li></ul><ul><li>Dr. Paulo César Trevisol Bittencourt </li></ul><ul><li>Professor de Neurologia da UFSC </li></ul><ul><li> www.neurologia.ufsc.br </li></ul><ul><li> [email_address] </li></ul>
  2. 5. ...”t odas as substâncias são venenosas; não há nenhuma que não o seja. É a dosagem certa que distingue entre o veneno e o remédio” . Philippus Aureolus Theophrastus Bombastus von Hohenheim Paracelsus (1493-1541)
  3. 6. Breve HISTÓRIA <ul><li>5000 AC CHINA E EGITO: plantas medicinais </li></ul><ul><li>IDADE MÉDIA: farmácias na Europa e influência da igreja </li></ul><ul><li>1600 – QUININO </li></ul><ul><li>Anton Störck -1760: plantas venenosas como medicamento </li></ul><ul><li>Século XIX – XX INDÚSTRIA FARMACÊUTICA </li></ul><ul><li>aspirina, morfina, fenobarbital, diazepam,digital, sulfas, penicilina, beta-bloqueadores, fluoxetina , botox, etc </li></ul>
  4. 7. A DROGA IDEAL ? <ul><li>Um comprimido para cada sintoma? </li></ul><ul><li>EDUCAÇÃO, CARINHO E SOLIDARIEDADE NÃO TEM EFEITO COLATERAL </li></ul><ul><li>Salvam-se mais vidas com melhorias nos regimes alimentares, na higiene, nas condições de trabalho e moradia que através de drogas miraculosas. </li></ul>
  5. 8. IATROGENIA <ul><li>USO INADEQUADO DE MEDICAMENTOS É RESPONSÁVEL POR </li></ul><ul><li>10 até 40% dos internados em hospitais </li></ul><ul><li>( excluídas as cirurgias desnecessárias ) </li></ul>
  6. 9. TRAGÉDIA BARBITÚRICA <ul><li>FENOBARBITAL-1912 (“gardenal”/”edhanol”) </li></ul><ul><li>POR UM SÉCULO = PANACÉIA ANTI-EPILÉTICA </li></ul><ul><li>CAUSA FREQUENTE DE GRAVES TRANSTORNOS </li></ul><ul><li>COGNITIVOS, COMPORTAMENTAIS E SEXUAIS </li></ul><ul><li>MEMÓRIA ARRUINADA </li></ul><ul><li>AGRESSIVIDADE - HIPERCINESIA </li></ul><ul><li>QUEDA RENDIMENTO ESCOLAR </li></ul><ul><li>DEPRESSÃO </li></ul>
  7. 10. FENITOÍNA OU FEIOTOÍNA <ul><li>Droga anti-epilética maior – 1937 “Epelin” - “Hidantal ” </li></ul><ul><li>Maior causa de feiúra medicamentosa da atualidade </li></ul><ul><li>Hirsutismo sutil ou generalizado </li></ul><ul><li>Acne difusa </li></ul><ul><li>Gengivite Hiperplásica - halitose </li></ul>
  8. 11. DIAZEPAM e derivados <ul><li>Descoberta ao final do século XIX </li></ul><ul><li>Varsóvia – segunda guerra mundial </li></ul><ul><li>Poderosa ação ansiolítica e anti-epilética </li></ul><ul><li>Tolerância é comum – idem sonolência </li></ul><ul><li>Uso circunstancial é o ideal </li></ul>
  9. 12. ASPIRINA <ul><li>China – há milênios casca do “chorão” </li></ul><ul><li>Se é Bayer é bom ? </li></ul><ul><li>Maior causa de hemorragia digestiva </li></ul><ul><li>Proibitiva no tratamento de “ressaca” </li></ul><ul><li>ATENÇÃO : é bestial investigar anemia em usuário crônico de aspirina </li></ul>
  10. 13. TOXINA BOTULÍNICA <ul><li>BOTOX DE VENENO A REMÉDIO TIPO “BOMBRIL” </li></ul><ul><li>ESPASTICIDADE - DISTONIAS </li></ul><ul><li>Outras indicações: rugas, migrânia, “pés de galinha”, etc </li></ul><ul><li>Atenção : CUIDADO com “IMBOTOXICAÇÃO” </li></ul>
  11. 14. NEUROLÉPTICOS <ul><li>Mordaça química anti-loucura </li></ul><ul><li>Clorpromazina anos 50 do século passado </li></ul><ul><li>Diversos “descendentes” </li></ul><ul><li>Deixou uma legião de mutilados - discinesia tardia </li></ul><ul><li>Modernos (olanzapina,risperidona,etc) possuem toxicidade menor ? </li></ul>
  12. 15. ESTATINAS <ul><li>Principal causa de Miopatia Tóxica </li></ul><ul><li>Fibromialgia ? </li></ul><ul><li>Artralgias </li></ul><ul><li>Perturbação da Memória </li></ul><ul><li>The Cholesterol Myths   </li></ul><ul><li> www.ravnskov.nu/cholesterol.htm </li></ul>
  13. 16. Cinarizina e Flunarizina - drogas legais ? <ul><li>Panacéias “anti-labirinto” </li></ul><ul><li>Nomes comerciais: </li></ul><ul><li>stugeron, vertix, flunarin, vertizine, antigeron, etc </li></ul><ul><li>Atenção : são causas freqüentes de depressão e de parkinsonismo </li></ul><ul><li>Importante : as “burlas” são omissas. </li></ul>
  14. 17. AGONISTAS DOPAMINÉRGICOS <ul><li>Drogas “revolucionárias” para Parkinson </li></ul><ul><li>Lucro abusivo </li></ul><ul><li>Benefício??? </li></ul><ul><li>Frustração e desencanto para pacientes e médicos </li></ul><ul><li>Felicidade para a indústria farmacêutica </li></ul><ul><li>” honra e proveito exagerado não cabem no mesmo balaio” </li></ul><ul><li>Provérbio açoriano </li></ul>
  15. 18. INAS – A FRAUDE CONTEMPORÂNEA <ul><li>1987 – FDA autoriza comercialização da pioneira delas - fluoxetina (“prozac”). </li></ul><ul><li>Metade da população urbana em uso de alguma das inas. </li></ul><ul><li>2004 – Fabricante é processado por omitir relatos médicos de suicídios por parte de usuários. </li></ul><ul><li>Inibe a sexualidade ! Droga da felicidade ? </li></ul>
  16. 19. Drogas anti-hipertensivas <ul><li>Captopril – tosse crônica , parkinsonismo </li></ul><ul><li>Diuréticos – fraqueza , cãimbras </li></ul><ul><li>Beta-bloqueadores - síndrome miastênico – impotência – asma - pesadelos </li></ul>
  17. 20. Metilfenidato <ul><li>Diagnóstico de TDAH deveras inflacionado </li></ul><ul><li>Síndrome de déficit da atenção X Falta de Educação familiar </li></ul><ul><li>Síndrome de déficit da atenção X Má educação induzida pela mídia </li></ul><ul><li>TDAH X Superdotação </li></ul><ul><li>TDAH X Dislexia </li></ul><ul><li>Disfunção Cerebral Mínima e Confusão Neurológica MÁXIMA </li></ul>
  18. 21. DIGITAL <ul><li>Digitalis purpurea: digoxina – digitoxina </li></ul><ul><li>Drogas cardiotônicas usadas massivamente nos últimos dois séculos . </li></ul><ul><li>Suspeita-se de ter induzido a morte milhões de pessoas mundo afora por arritmias cardíacas severas. </li></ul>
  19. 22. ÁGUA MATA? <ul><li>Hiponatremia </li></ul><ul><li>Causa vulgar de óbito hospitalar </li></ul><ul><li>Sinais e sintomas reconhecidos tardiamente </li></ul><ul><li>Correção desastrada é o último ato </li></ul><ul><li>mielinólise pontina </li></ul>
  20. 23. Robert F. Loeb 1895 - 1971 <ul><li>Propõe que os médicos adotem uma postura baseada em 4 regras. </li></ul>
  21. 24. <ul><li>1 ª regra: </li></ul><ul><li>NUNCA MALTRATE SEUS PACIENTES. </li></ul>
  22. 25. <ul><li>2 ª regra: </li></ul><ul><li>SE O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO ESTÁ FUNCIONANDO, CONTINUE FAZENDO. </li></ul>
  23. 26. <ul><li>3 ª regra: </li></ul><ul><li>SE O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO NÃO FUNCIONA, PARE DE FAZÊ-LO. </li></ul>
  24. 27. <ul><li>4 ª regra: </li></ul><ul><li>EVITE DEIXAR SEU PACIENTE CAIR NA MÃO DE UM CIRURGIÃO </li></ul>
  25. 28. Soluções <ul><li>Toxicologia </li></ul><ul><li>Melhoria da relação médico-paciente </li></ul><ul><li>Diminuir drásticamente as prescrições </li></ul><ul><li>Distinguir propaganda enganosa de avanço científico </li></ul><ul><li>Resgatar ética no ensino/prática </li></ul><ul><li>Buscar parceria com terapias complementares </li></ul>
  26. 29. <ul><li>Medicina é a arte de entreter a doença enquanto a mãe natureza faz o seu papel . </li></ul><ul><li>Milenar provérbio hindu </li></ul>
  27. 30. Ciência só é válida quando usada como instrumento de transformação social Paulo César Trevisol Bittencourt

×