O Plano RealBIBLIOGRAFIA: FILGUEIRAS (2000), CAP III MERCADANTE (1997)
80                             40                                       60                                                ...
Contexto Externo Consenso de Washington    Disciplina orçamentária    Redução dos Gastos Públicos    Reforma tributári...
Contexto Interno Um presidente fraco, mas nacionalista. Grande popularidade do líder da oposição (Lula); Inflação (iner...
Implementação em 3 fases1.       Medidas preparatórias (dezembro de 1993)        Ajuste Fiscal            Corte da gasto...
Implementação em 3 fases2. O mecanismo de desindexação: a URV   Criação da Unidade Real de Valor - URV (em 01/mar/94)    ...
Implementação em 3 fases3. Reforma Monetária e Âncora Cambial   Criação da nova moeda: o REAL (R$)        Em 01 de Julho...
Resultados Imediatos Queda da inflação;       Em Junho = 48,2%;       Em Julho = 7,75%;       Em Agosto = 1,85%; Aume...
Resultados de Médio Prazo (1995) “Efeito Tequila”       Com a crise mexicana entre 1994/1995 e o consequente        enxu...
Resultados de Longo Prazo (1995-2002)
Resultados de Longo Prazo (1995-2002)
Resultados de Longo Prazo (1995-2002)         Dívida Líquida do Setor Público
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O plano real

1.410 visualizações

Publicada em

Informações Básicas sobre o Plano Real

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Hahahahah que idiotice, quanto ao contexto interno... Voce precisa de mais estudos antes de fazer uma apresentacao... Contexto interno a hiperinflacao ja vinha se acumulando desde o final dos anos 60, ja que o Brasil vivia do dinheiro estrangeiro... Popularidade do Lula??? O Lula era um bosta naquela epoca que so criticava os que trabalhavam para erguer o pais... Vai la no youtube e assiste o que ele dizia do plano real...
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.410
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
69
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O plano real

  1. 1. O Plano RealBIBLIOGRAFIA: FILGUEIRAS (2000), CAP III MERCADANTE (1997)
  2. 2. 80 40 60 90 20 0 30 50 70 10Jan-90Mar-90May-90Jul-90Sep-90Nov-90 Plano Collor 1Jan-91Mar-91May-91 Jul-91Sep-91 Plano Collor 2Nov-91Jan-92Mar-92May-92 Jul-92Sep-92Nov-92Jan-93 1990 - 1995Mar-93May-93 Jul-93 INFLAÇÃO MENSALSep-93Nov-93Jan-94Mar-94May-94 Jul-94Sep-94 Plano RealNov-94Jan-95Mar-95May-95 Jul-95Sep-95Nov-95
  3. 3. Contexto Externo Consenso de Washington  Disciplina orçamentária  Redução dos Gastos Públicos  Reforma tributária  Juros de mercado  Câmbio de mercado  Abertura comercial e financeira  Eliminação de Restrições ao Investimento estrangeiro direto  Privatização  Desregulamentação (flexibilização das leis econômicas e trabalhistas)  Direito à propriedade intelectual Elevada Liquidez Internacional Globalização Financeira / Ataques especulativos
  4. 4. Contexto Interno Um presidente fraco, mas nacionalista. Grande popularidade do líder da oposição (Lula); Inflação (inercial) elevada e em aceleração(1993 = 2.490%) Baixo endividamento do setor público (1993 = 10,5%);
  5. 5. Implementação em 3 fases1. Medidas preparatórias (dezembro de 1993)  Ajuste Fiscal  Corte da gastos públicos visando ajustar das despesas públicas para um cenário de eliminação do imposto inflacionário;  Elevação da carga tributária; Criação do “Fundo Social de Emergência”  Renegociação das dívidas dos estados com o Governo Federal;  Elevação da Taxa de Juros  Para acumular reservas (em 1994 = U$ 40 Bilhões);  Para reduzir a demanda interna;  Conclusão da Renegociação da Dívida Externa (Plano Brady)
  6. 6. Implementação em 3 fases2. O mecanismo de desindexação: a URV  Criação da Unidade Real de Valor - URV (em 01/mar/94)  Tratava-se de um indexador diário estabelecido pelo BC;  O cálculo da URV era baseado na média de 3 indicadores com defasagem de 1 mês  Resgate da função clássica da moeda: “medida de valor”  Contratos deveriam ser definidos em URV Salários/Alugueis/ Mensalidades escolares deveriam ser convertidos em URV pelo salário médio do quadrimestre anterior.
  7. 7. Implementação em 3 fases3. Reforma Monetária e Âncora Cambial  Criação da nova moeda: o REAL (R$)  Em 01 de Julho de 1994;  1 URV = Cr$ 2.750 = 1 Real;  Âncora Cambial  Câmbio flutuante a partir da paridade inicial de R$ 1,00 = U$ 1,00  Valorização do Real (outubro/94 = R$ 0,84 por dólar)  Drástica redução do imposto de importação  Congelamento (provisório) de Preços e Serviços Públicos
  8. 8. Resultados Imediatos Queda da inflação;  Em Junho = 48,2%;  Em Julho = 7,75%;  Em Agosto = 1,85%; Aumento explosivo das importações; Crescimento da renda dos assalariados; Aumento do crédito ao consumidor; Elevação do nível de atividade; Eleição de FHC
  9. 9. Resultados de Médio Prazo (1995) “Efeito Tequila”  Com a crise mexicana entre 1994/1995 e o consequente enxugamento da liquidez internacional, o governo desvaloriza o real em 5,6% e adota o sistema de bandas deslizantes. Brutal elevação das taxas de juros (34% a.a.);  Crise de crédito;  Contração monetária;  Inadimplência;  Recessão;  10.000 falências de empresas;  Crise Bancária;  PROER (hoje seriam aprox. R$ 70 bi)
  10. 10. Resultados de Longo Prazo (1995-2002)
  11. 11. Resultados de Longo Prazo (1995-2002)
  12. 12. Resultados de Longo Prazo (1995-2002) Dívida Líquida do Setor Público

×