No princípio era...




 Curso de Assessoria de Comunicação
   Instrutor: Marcelo Inácio de Sousa
           NUCAD / Senac-CE
Relações Públicas e
            Assessoria de Imprensa

na história oficial...

O PAI da idéia:
Ivy Lee – jornalista ameri...
Esboçando Princípios

•   Transparência
•   Divulgação de notícias
•   Material não comercial
•   Precisão
•   Acessibilid...
Por outro lado...

Primeiras Ações:
• Criou fatos noticiáveis e formou valores para
  levantar nova imagem do cliente;
• A...
Com a Crise de 29

A propaganda da fartura e dos altos salários foi
  substituída pela realidade do desemprego, que
  atin...
Crescimento

               1936
 6 em cada grupo de 300
 possuíam serviço de RP

               1961
250 em cada grupo de...
No Brasil

As relações públicas tiveram vertiginoso
  desenvolvimento a partir de 1964.
• I Seminário de Relações Públicas...
Oito anos depois
“No Brasil, sobretudo em Brasília, os órgãos públicos,
  especialmente os Ministérios e departamentos Fed...
AI versus RP

Para quem trabalha o jornalista assessor de
  imprensa?

  art. 7° do novo Código de Ética deverá ter a segu...
O que está HOJE em debate?


     • Código de Ética
     (AI versus Jornalistas)
      • Competência
              (AI ver...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

01 Historia

0 visualizações

Publicada em

Primeira aula

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
0
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
0
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

01 Historia

  1. 1. No princípio era... Curso de Assessoria de Comunicação Instrutor: Marcelo Inácio de Sousa NUCAD / Senac-CE
  2. 2. Relações Públicas e Assessoria de Imprensa na história oficial... O PAI da idéia: Ivy Lee – jornalista americano (1906). O PATRÃO: John D. Rockefeller – dono da Colorado Fuel and Iron Co., famoso por mandar atirar em grevistas. NUCAD / Senac-CE / Marcelo Inácio de Sousa
  3. 3. Esboçando Princípios • Transparência • Divulgação de notícias • Material não comercial • Precisão • Acessibilidade • Interesse público Lee divulgou uma Declaração de Princípios: “Este não é um Departamento de Imprensa secreto. Todo nosso trabalho é feito às claras. Pretendemos divulgar notícias, e não distribuir anúncios.” NUCAD / Senac-CE / Marcelo Inácio de Sousa
  4. 4. Por outro lado... Primeiras Ações: • Criou fatos noticiáveis e formou valores para levantar nova imagem do cliente; • Aplicou a operação “fecha-boca”; • Adotou a propina, com favores, viagens e almoços. NUCAD / Senac-CE / Marcelo Inácio de Sousa
  5. 5. Com a Crise de 29 A propaganda da fartura e dos altos salários foi substituída pela realidade do desemprego, que atingiu 12 milhões de trabalhadores. Franklin Delano Roosevelt (pres. em 32 e 36): - instala o New Deal e aplica conceitos de psicologia e técnicas de comunicação; - instituições se organizam para atuar como fontes; - universidades passam a preparar profissionais. NUCAD / Senac-CE / Marcelo Inácio de Sousa
  6. 6. Crescimento 1936 6 em cada grupo de 300 possuíam serviço de RP 1961 250 em cada grupo de 300 Fonte: Monique Augras. Opinião pública, teoria e pesquisa (1978) NUCAD / Senac-CE / Marcelo Inácio de Sousa
  7. 7. No Brasil As relações públicas tiveram vertiginoso desenvolvimento a partir de 1964. • I Seminário de Relações Públicas do Executivo, realizado em 1968. Temas: • Organização e funcionamento; • Normas de trabalho; • Diretrizes de RP no Governo • Promoção institucional do Governo • Imagem do Governo – Opinião Pública NUCAD / Senac-CE / Marcelo Inácio de Sousa
  8. 8. Oito anos depois “No Brasil, sobretudo em Brasília, os órgãos públicos, especialmente os Ministérios e departamentos Federais, jogam milhões de cruzeiros por ano nas cestas de papéis velhos de jornais, sob a forma de comunicados e press releases mal feitos, que freqüentemente nada contêm de interesse dos leitores. Neles predomina expressões como ‘dinâmico governador’, ‘eficiente diretor’, ‘zeloso dirigente’ etc. Nessa parafernália, quem está perdendo é o repórter (...) Alguns profissionais se tornam tão viciados que resumem a sua atividade em reescrever o release, sem acrescentar-lhe nada, resultando daí uma notícia pobre e sem conteúdo informativo.” Rangel Cavalcante (jornalista), artigo publicado no Jornal do Brasil (29/03/1976) NUCAD / Senac-CE / Marcelo Inácio de Sousa
  9. 9. AI versus RP Para quem trabalha o jornalista assessor de imprensa? art. 7° do novo Código de Ética deverá ter a seguinte redação: “O compromisso fundamental do jornalista é com a verdade dos fatos, e seu trabalho se pautará pela abertura às mais variadas opiniões sobre os fatos, pela precisa apuração dos acontecimentos e sua correta divulgação”. Até 1980, a Fenaj não aceitava que assessores de imprensa fossem jornalistas. NUCAD / Senac-CE / Marcelo Inácio de Sousa
  10. 10. O que está HOJE em debate? • Código de Ética (AI versus Jornalistas) • Competência (AI versus RP) • Qualidade (AI versus AC) NUCAD / Senac-CE / Marcelo Inácio de Sousa

×