Cultura Coletiva                     WEB 2.0 – Aplicações na Educação                                                     ...
Cultura Coletiva      Seguindo o gênero do YouTube, o TeacherTube tem como objetivo partilharvídeos educativos e promover ...
Cultura Coletivaessencialmente para criar uma página on-line de distribuição de conteúdos de áudio.Neste espaço tanto é po...
Cultura ColetivaMapas Conceituais        Também chamados “redes semânticas” , são representações espaciais deconceitos e d...
Cultura Coletiva   •   Recursos   •   Avaliação   •   Conclusão      Por se tratar de um trabalho essencialmente educativo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Web2.0 aplicações 3

699 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
699
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Web2.0 aplicações 3

  1. 1. Cultura Coletiva WEB 2.0 – Aplicações na Educação Parte 36 - Ferramentas Educacionais 2.0 *iGoogle Aplicativo web gratuito que permite a personalização da página inicial Google. Épossível adicionar notícias, fotos, previsão do tempo, inscrever RSS, chat e muitosouros recursos disponiveis da web na sua página.Delicious O Del.icio.us é um serviço que permite organizar uma colecção de sites favoritosonline, em que os links, organizados por tags (palavras-chave), permitem a criação deum grupo de favoritos. Mais do que um mecanismo de buscas para encontrar o quequiser na web ele é uma ferramenta para arquivar e catalogar seus sites preferidospara que você possa acessá-los de qualquer lugar. Serviço similares, decompartilhamento de links favoritos, costumam ser conhecidos pelo termo em inglês“social bookmarks". É possível instalar add-ons do Delicious no Mozilla, Google Chrome e InternetExplorer e bookmarklets (botões) para os demais navegadores, o que facilita aindamais o acesso ao serviço.Flickr É uma ferramenta gratuita de compartilhamento de fotos que permite armazenarseus arquivos de foto online, mas vai além: você pode atribuir títulos, incluir oscomentários, deixar que outros façam o mesmo, e criar um debate sobre a imagem,atribuir tags, criar círculos de pessoas que compartilham as mesmas marcas... É possível utilizar o serviço a partir do computador, de ipods, iphones. Éacessível através de uma conta Google. Pode-se ver fotos do mundo todo, de pontosturísticos, instituições. O Flickr abriga mais de cinco bilhões de fotos do mundo. Dêuma olhada em outros universos mergulhando na galeria oficial da Casa Branca ou nasmais novas imagens da NASA Ou explore um período da História com as coleções dearquivos do Smithsonian, da Biblioteca do Congresso Norte-Americano e muito mais no“The Commons”. É oferecido “ver o mundo pelos olhos de outra pessoa”, no Flickr.• Similares ao Flickr: Picasa; ImageShack; Photo Books; Photo SharingYouTube e TeacherTube O YouTube é um serviço de compartilhamento de conteúdo audiovisual no qual ousuário pode criar uma conta no portal e criar listas de videos favoritos, alojar seuspróprios vídeos, criar listas de reprodução, inserir legendas. Tornou-se uma ferramentapela qual os usuários se expressam, se comunicam e criam conexões através dosvídeos postados. Atualmente está entre os quatro portais mais acessados da web.
  2. 2. Cultura Coletiva Seguindo o gênero do YouTube, o TeacherTube tem como objetivo partilharvídeos educativos e promover a comunicação entre um público mais restrito, o públicodo ensino/educação. Outros serviços: DotSub, DivShare, BlipTvPodcasts Podcast é o nome dado ao arquivo de áudio digital, geralmente em formato mp3ou AAC ( pode conter imagens estáticas e links), publicado através de podcasting –publicação na internet e atualização via RSS. Também pode se referir a série deepisódios de algum programa quanto à forma em que este é distribuído. A palavra éuma junção de iPod ou de "Personal On Demand" (numa tradução literal, algo pessoale sob demanda) e broadcast (transmissão de rádio ou televisão). O podcast em vídeochama-se "videocast", geralmente em arquivo formato MP4. Os arquivos ficam disponíveis para serem descarregados para agregadores,como o iTunes, ou para outros dispositivos móveis como telemóveis, iPods, etc.,possibilitando a sua audição em qualquer lugar e em qualquer momento. Para a produção de podcasts, o Audacity é uma excelente opção O Audacity éum editor e gravador de áudio totalmente gratuito com recursos profissionais e váriosefeitos. Possui recursos apreciáveis, tais como copiar, recortar, colar, misturar eadicionar efeitos de amplificação, fade in e out, reverberação, eco, e faz tratamento dosom ao nível da equalização. É um software muito popular entre os podcasters(criadores de podcast) pela sua disponibilidade em múltiplas plataformas e idiomas,suporte e o gratuidade. Alguns dos recursos do Audacity: ✔ Importação e exportação em formato wav, mp3, Ogg Verbis e outros; ✔ Gravação e reprodução de sons; ✔ Edição simplificada com cortar, copiar, colar e apagar; ✔ Recurso “desfazer” ilimitados, para qualquer passo; ✔ Mixagem em múltiplas faixas; ✔ Efeitos digitais de som e mais plug-ins de efeitos (pode-se criar novos plug-ins com a linguagem Nyquist); ✔ Edição de amplitude sonora em formato envelope; ✔ Remoção de ruídos; ✔ Suporte para modo multicanal, com taxa de amostragem de até 96kHz e 24 bits por amostra; ✔ A habilidade de alterar a velocidade do som, sem alterar sua altura, para sincronização perfeita com vídeo (em dublagens); ✔ Facilidade de uso. Para a publicação dos podcasts é necessário um serviço de armazenamentodos arquivos, como o Podomatic, Mp3Tunes, Podifier e Juice. O PodoMatic é um serviço que se insere no âmbito da Web 2.0, servindo
  3. 3. Cultura Coletivaessencialmente para criar uma página on-line de distribuição de conteúdos de áudio.Neste espaço tanto é possível alojar arquios de áudio previamente gravados com oauxílio de um qualquer programa de edição de som, como se pode realizar a gravaçãode registos áudio diretamente na página, apenas com o auxílio de um microfone, semhaver necessidade de ter instalado no computador qualquer software de gravação eedição áudio.Linha do Tempo As linhas do tempo (periodização) são recursos que permitem distribuir eventoshistóricos, fases e fatos referentes a pessoas, coisas e lugares, de acordo com oprogresso temporal – pontuações do tempo acerca de uma pessoa ou fato. É umrecurso extremamente útil e facilitador para o aprendizado de conteúdos nos quais asrelações entre o objeto de estudo e os períodos de tempo ou datas específicas sãorelevantes e necessárias. Apresentam-se como aplicativos online disponíveis para criação de linhas dotempo: Dipity, XtimeLine, TimeGlider e TimeToast. É possível adicionar links, imagens e vídeos que enriquecem e complementam ainformação descrita na linha do tempo, além da possibilidade de publicação emblogues e sites.Wiki É um tipo específico de coleção de documentos em hipertexto ou o softwarecolaborativo usado para criá-lo. Este software colaborativo permite a edição coletivados documentos usando um sistema que não necessita que o conteúdo tenha que serrevisto antes da sua publicação e permitem publicar e partilhar conteúdos na Web deforma muito fácil. Uma das características da tecnologia Wiki é a facilidade com que aspáginas são criadas e alteradas e a possibilidade de, colaborativamente, construirconteúdo para a Web. O termo wiki popularizou-se após o surgimento da Wikipédia (editada em cercade trinta línguas diferentes) que cresce a cada dia que passa com os contributosvoluntários de utilizadores das mais diversas áreas. Um Wiki é um Website para otrabalho coletivo de um grupo de autores. A sua estrutura lógica é muito semelhante àde um Blogue, mas com a funcionalidade acrescida de qualquer visitante poder clicarpara modificar, agregar ou suprimir o conteúdo da página, ainda que este tenha sidocriado por outros autores. Assim, é possível corrigir erros, complementar ideias e inserir novasinformações. Além disso, podem inserir-se comentários no texto de outros autores cominformações úteis que enriquecem o trabalho colaborativo. O Wiki é pois um conjuntode páginas sem estrutura hierárquica a priori e ligadas entre si; permite ao utilizadordisponibilizar conteúdos online com grande facilidade e rapidez. Aplicativos wiki online: Zohowiki, wikispaces, wikidot
  4. 4. Cultura ColetivaMapas Conceituais Também chamados “redes semânticas” , são representações espaciais deconceitos e das suas inter-relações, que pretendem representar as estruturas deconhecimento que os humanos armazenam nas suas mentes. São representaçõesgráficas semelhantes a diagramas, que indicam relações entre conceitos ligados porpalavras. Representam uma estrutura que vai desde os conceitos mais abrangentesaté os menos conclusivos.Recorrem, para tal, a palavras de ligação entre os conceitos.São utilizados para auxiliar a ordenação e a sequência hierarquizada dos conteúdos,de forma a oferecer estímulos adequados ao aluno. Funcionam como um maparodoviário visual, mostrando alguns dos trajetos que se podem seguir para ligar ossignificados de conceitos de forma a que resultem proposições. A elaboração de mapas conceituais está de acordo com um modelo de educaçãocentrado no aluno e não no professor. Este modelo atende ao desenvolvimento dedestrezas e não apenas à repetição memorística da informação por parte do aluno;pretende o desenvolvimento de todas as dimensões da pessoa, como por exemplo aauto-estima, as habilidades sociais, o trabalho em grupo, etc… e não apenas asintelectuais. Esta técnica, criada por Joseph Novak é apresentada, pelo seu criador,simultaneamente como estratégia, método e recurso esquemático. ✗ Estratégia: uma vez que se podem colocar exemplos de estratégias simples, embora poderosas, para ajudar os estudantes a aprender e para ajudar os educadores a organizar os materiais que serão objecto desse estudo; ✗ Método: pode ajudar os estudantes e os educadores a captar o significado dos materiais que se vão apreender, mas um mapa conceptual; ✗ Recurso esquemático para representar um conjunto de significados conceptuais incluídos numa estrutura de proposições.Ferramentas para mapas conceituais: CmapTool, FreeMind, XMindWebquest É uma estratégia educativa que se concretiza em actividades orientadas para apesquisa em que toda ou quase toda a informação se encontra na Web. Tambémchamada de Aventura na web ou Desafio na web. A WebQuest é uma atividade didáctica, estruturada de forma que os alunos seenvolvam no desenvolvimento de tarefas de investigação, utilizando os recursos daInternet. Para desenvolver uma WebQuest é necessário criar um página web. que podeser construída com um editor de HTML, serviço de Blog ou até mesmo com um editorde texto que possa ser salvo como página da web.Uma WebQuest tem a seguinte estrutura: • Introdução • Tarefa • Processo
  5. 5. Cultura Coletiva • Recursos • Avaliação • Conclusão Por se tratar de um trabalho essencialmente educativo, é frequente acrescentarsugestões e orientações para o professor.4 Shared Serviço de hospedagem e compartilhamento de arquivos de vídeo, áudio, texto,etc. É um serviço no qual pode-se criar uma conta e ter acesso a um gerenciador dearquivos. É uma ferramenta útil para armazenagem de conteúdo, já que os arquivos nãoocupam espaço no computador e podem ser compartilhados, disponibilizaos paradownloads ou mantidos como privados.Outros serviços: Easy Share, Megaupload, RapidshareREFERÊNCIASCapra, Fritjof. The hidden connections: A science for sustainable living. New York :Doubleday, 2002. Edição 48.Carvalho, A A A. Manual de Ferramentas da Web 2.0 para Professores. Ministério daEducação, Portugal. 2008.Moran, J.M. A educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá.Campinas: Papirus Educação. 2007.Y. Chen,G. Paul, R. Cohen, S. Havlin, S. P. Borgatti, F. Liljeros, H. E. Stanley (2007)."Percolation theory applied to measures of fragmentation in social networks"Definições e Explanações: Wikipedia

×