Apostila vijeo citect basico

1.936 visualizações

Publicada em

Apostila Vijeo Citect Basico - Supervisório Schneider

Publicada em: Engenharia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.936
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
182
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apostila vijeo citect basico

  1. 1. Software de Supervisão Vijeo Citect Scada Apostila - Abril / 2010 Ref.: 2-031.400 1
  2. 2. Este manual não pode ser reproduzido, total ou parcialmente, sem autorização por escrito da Schneider. Seu conteúdo tem caráter exclusivamente técnico/informativo e a Schneider se reserva no direito, sem qualquer aviso prévio, de alterar as informações deste documento. 2
  3. 3. · Serviço de Suporte Schneider A Schneider conta com um grupo de técnicos e engenheiros especializados aptos para fornecer informações e posicionamentos comerciais, esclarecer dúvidas técnicas, facilitar e garantir serviços técnicos com qualidade, rapidez e segurança.. Com o objetivo de criar um canal de comunicação entre a Schneider e seus usuários, criamos um serviço denominado AssisT. Este serviço centraliza as eventuais dúvidas e sugestões, visando a excelência dos produtos e serviços comercializados pela Schneider. Este serviço está permanentemente disponível com uma cobertura horária das 7h30m às 18h, com informações sobre plantão de atendimento técnico durante os fins de semana e feriados, tudo que você precisa fazer é ligar para 0800 7289 110. O AssisT apresentará rapidamente a melhor solução, valorizando o seu precioso tempo. Para contato com a Schneider utilize o endereço e telefones mostrados atrás deste Manual. 3
  4. 4. CCCC OOOO NNNN VVVV EEEE NNNN ÇÇÇÇ ÕÕÕÕ EEEE SSSS U TTTT IIII LLLL IIII ZZZZ AAAA DDDD AAAA SSSS · Títulos de capítulos estão destacados no índice e aparecem no cabeçalho das páginas. · Palavras em outras línguas são apresentadas em itálico, porém algumas palavras são empregadas livremente por causa de sua generalidade e freqüência de uso. Como, por exemplo, às palavras software e hardware. · Números seguidos da letra h subscrita (ex:1024h) indicam numeração hexadecimal e seguidos da letra b (ex:10b), binário. Qualquer outra numeração presente deve ser interpretada em decimal. · O destaque de algumas informações é dado através de ícones localizados sempre à esquerda da página. Cada um destes ícones caracteriza um tipo de informação diferente, sendo alguns considerados somente com caráter informativo e outros de extrema importância e cuidado. Eles estão identificados mais abaixo: NOTA: De caráter informativo, mostra dicas de utilização e/ou configuração possíveis, ou ressalta alguma informação relevante no equipamento; OBSERVAÇÃO: De caráter informativo, mostra alguns pontos importantes no comportamento/utilização ou configuração do equipamento. Ressalta tópicos necessários para a correta abrangência do conteúdo deste manual; IMPORTANTE: De caráter informativo, mostrando pontos e trechos importantes do manual. Sempre observe e analise bem o conteúdo das informações que são identificadas por este ícone; ATENÇÃO: Este ícone identifica tópicos que devem ser lidos com extrema atenção, pois afetam no correto funcionamento do equipamento em questão, podendo até causar danos à máquina/processo, ou mesmo ao operador, se não forem observados e obedecidos. 4
  5. 5. ÍÍÍÍ nnnn dddd iiii cccc eeee CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 1111 ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 11113333 IIIINNNNTTTTRRRROOOODDDDUUUUÇÇÇÇÃÃÃÃOOOO AAAAOOOO VVVVIIIIJJJJEEEEOOOO CCCCIIIITTTTEEEECCCCTTTT ........................................................................................................................................................................................................................................................ 11113333 Introdução ............................................................................................................... 15 Objetivos do Capítulo ............................................................................................... 15 Visão Geral do Curso ............................................................................................... 15 Os Objetivos do Curso .........................................................................................................................................15 Programa do Curso..............................................................................................................................................15 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 2222 ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 11117777 AAAAMMMMBBBBIIIIEEEENNNNTTTTEEEE DDDDEEEE CCCCOOOONNNNFFFFIIIIGGGGUUUURRRRAAAAÇÇÇÇÃÃÃÃOOOO ............................................................................................................................................................................................................................................................ 11117777 Objetivos do Capítulo ............................................................................................... 19 Licenças do Vijeo Citect ........................................................................................... 19 Requisitos Hardware/Software .................................................................................. 22 Inicializando o Citect Explorer ................................................................................... 23 A tela de apresentação do Citect Explorer............................................................................................................23 Os Projetos Include .................................................................................................. 24 O Editor de Projeto do Citect .................................................................................... 25 O Editor Gráfico do Citect ......................................................................................... 26 O Editor do Cicode ................................................................................................... 27 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 3333 ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 33331111 GGGGEEEERRRREEEENNNNCCCCIIIIAAAANNNNDDDDOOOO PPPPRRRROOOOJJJJEEEETTTTOOOOSSSS........................................................................................................................................................................................................................................................................................ 33331111 Objetivos do Capítulo ............................................................................................... 33 Criando um novo Projeto .......................................................................................... 33 Templates no Estilo Windows XP .............................................................................. 34 Clusteres e Servidores ............................................................................................. 35 Wizard de Setup do Computador ............................................................................... 46 Fazendo o Back-Up & Recuperação de um Projeto .................................................... 56 Apagando um Projeto ............................................................................................... 58 Inclusão de Projetos ................................................................................................. 59 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 4444 ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 66661111 SSSSEEEETTTTUUUUPPPP DDDDEEEE CCCCOOOOMMMMUUUUNNNNIIIICCCCAAAAÇÇÇÇÃÃÃÃOOOO ........................................................................................................................................................................................................................................................................................ 66661111 Objetivos do Capítulo ............................................................................................... 63 Wizard de Setup de Comunicação Expresso .............................................................. 63 Introdução ao OPC................................................................................................... 64 Configuração do OPC............................................................................................... 65 5
  6. 6. Os diálogos de Comunicação ................................................................................... 78 Tags de Variáveis .................................................................................................... 79 Diálogos do Vijeo Citect ........................................................................................... 79 Testando as Comunicações...................................................................................... 80 Tags Variáveis planta Milk_Treatment....................................................................... 89 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 5555 ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 99993333 PPPPÁÁÁÁGGGGIIIINNNNAAAASSSS GGGGRRRRÁÁÁÁFFFFIIIICCCCAAAASSSS ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 99993333 Objetivos do Capítulo............................................................................................... 95 Criando uma nova Página ........................................................................................ 95 Projeto CSV_Include ................................................................................................ 96 Barras de Ferramentas Comuns ............................................................................... 97 Barra de Ferramentas Menu Customizado........................................................................................................... 98 Barra de Ferramentas de Navegação................................................................................................................... 98 Barra de Ferramentas de Alarme ......................................................................................................................... 98 Desenhando Objetos Básicos ..................................................................................100 Propriedades dos Objetos .......................................................................................101 Biblioteca do Vijeo Citect ........................................................................................102 Desenhando Tela de Sinóptico Projeto Milk_Treatment.............................................102 Retângulos, Quadrados, Elipses e Círculos..............................................................105 Tubos, Polígonos e Poli linhas.................................................................................109 Propriedades das Páginas: Appearance ...................................................................111 Adicionando Propriedades do Runtime.....................................................................114 Mostrando Objetos em diferentes cores no Runtime .................................................115 Barra Gráfica do Nível do Silo de Leite ....................................................................116 Mostrando Valores Numéricos no Run Time .............................................................119 Apresentação de Texto no Runtime .........................................................................120 Utilizando Conjunto de Símbolos .............................................................................122 Criação de Símbolos ...............................................................................................124 Importação de Gráficos ...........................................................................................125 ActiveX 130 Inserindo objetos ActiveX via o Editor Gráfico ..........................................................130 Gráficos com cores verdadeiras...............................................................................134 Importação de Imagens Gráficas .............................................................................134 Ajuste dos Gráficos com cores verdadeiras ..............................................................136 Configuração de uma Imagem como fundo...............................................................139 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 6666 .................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 111144441111 CCCCOOOOMMMMAAAANNNNDDDDOOOOSSSS EEEE CCCCOOOONNNNTTTTRRRROOOOLLLLEEEESSSS ............................................................................................................................................................................................................................................................................ 111144441111 Objetivos do Capítulo..............................................................................................143 6
  7. 7. Controles do Tipo Slider ......................................................................................... 143 Comandos do Tipo Touch ....................................................................................... 145 Comandos de Teclado ............................................................................................ 148 Definindo os Nomes das Teclas do Teclado............................................................. 149 Definindo Comandos de Teclado do Sistema ........................................................... 150 Definindo Comandos de Teclado de Páginas ........................................................... 151 Definindo Comandos de Teclado de Objeto ............................................................. 151 Criação de um usuário com Privilégios .................................................................... 154 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 7777 .................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 111155557777 GGGGEEEENNNNIIIIEEEESSSS................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 1155557777 Objetivos do Capítulo ............................................................................................. 159 Colando um Genie da Biblioteca ............................................................................. 159 Criando um novo Genie para controlar a bomba ...................................................... 161 Sintaxe Genie ........................................................................................................ 162 Modificando um Genie ............................................................................................ 167 Criando um Genie para alterar Variáveis Inteiras ..................................................... 167 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 8888 .................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 111177773333 PPPPOOOOPPPPUUUUPPPPSSSS EEEE SSSSUUUUPPPPEEEERRRR GGGGEEEENNNNIIIIEEEES ................................................................................................................................................................................................................................................................................ 111177773333 Objetivos do Capítulo ............................................................................................. 175 Diferenças entre Super Genies e Popup .................................................................. 175 Criando um popup..............................................................................................................................................175 Executando o Sistema ............................................................................................ 175 Exemplo.............................................................................................................................................................175 Sintaxe do Super Genies ........................................................................................ 176 Exemplo.............................................................................................................................................................176 Nomes Estruturados de Tags .............................................................................................................................176 Exemplo.............................................................................................................................................................176 Criando um Popup.................................................................................................. 176 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 9999 .................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 111188887777 DDDDEEEEVVVVIIIICCCCEEEESSSS........................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 111188887777 Objetivos do Capítulo ............................................................................................. 189 O que são os Devices? ........................................................................................... 189 Fazendo o Setup dos Devices ................................................................................. 191 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 11110000................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 111199995555 EEEEVVVVEEEENNNNTTTTOOOOSSSS.................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 111199995555 Objetivos do Capítulo ............................................................................................. 197 Definindo Eventos .................................................................................................. 197 7
  8. 8. CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 11111111 ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 222200001111 AAAALLLLAAAARRRRMMMMEEEESSSS ................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 222200001111 Objetivos do Capítulo..............................................................................................203 Utilizando Alarmes Configurados .............................................................................203 Alarmes Digitais ................................................................................................................................................. 203 Alarmes do tipo Time Stamped .......................................................................................................................... 203 Alarmes Analógicos ........................................................................................................................................... 204 Alarmes Avançados ........................................................................................................................................... 204 Alarmes de Hardware ........................................................................................................................................ 204 Configurando Alarmes........................................................................................................................................ 204 Categorias de Alarmes ............................................................................................208 Mostrando Alarmes .................................................................................................212 Grupos de Alarmes .................................................................................................215 Utilizando as Propriedades dos Alarmes como Tags .................................................217 Fazendo o setup de um I/O Device de Alarme ..........................................................218 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 11112222 ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 222222221111 TTTTEEEENNNNDDDDÊÊÊÊNNNNCCCCIIIIAAAASSSS ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 222222221111 Objetivos do Capítulo..............................................................................................223 Tags de Tendência .................................................................................................223 Armazenando Variáveis em Arquivos Históricos .......................................................223 Designando variáveis aos Tags de Tendência ..........................................................224 Exibindo as Tendências ..........................................................................................225 Exibindo Tendências em Tempo Real ......................................................................229 Exibindo Tendências Históricas ...............................................................................230 Executando o Sistema ............................................................................................230 Grupos de Tendência ..............................................................................................231 Reconfigurando Arquivos Históricos.........................................................................233 Tendências Instantâneas ................................................................................................................................... 233 Visualizando Tendências Instantâneas .............................................................................................................. 235 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 11113333 ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 222244441111 AAAANNNNAAAALLLLIIIISSSSTTTTAAAA DDDDEEEE PPPPRRRROOOOCCCCEEEESSSSSSSSOOOOS ............................................................................................................................................................................................................................................................................ 222244441111 Objetivos do Capítulo..............................................................................................243 O que é o Analista de Processo? .............................................................................243 Propriedades do Analista de Processos ...................................................................246 Visualização de tags no Analista de Processos ........................................................247 Tipos de Penas.......................................................................................................249 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 11114444 ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 222266665555 RRRREEEELLLLAAAATTTTÓÓÓÓRRRRIIIIOOOOSSSS ............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 222266665555 8
  9. 9. Objetivos do Capítulo ............................................................................................. 267 Definindo um Relatório ........................................................................................... 267 Visualização de Informes ........................................................................................ 269 CCCCAAAAPPPPÍÍÍÍTTTTUUUULLLLOOOO 11115555................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 222277775555 SSSSEEEEGGGGUUUURRRRAAAANNNNÇÇÇÇAAAA ................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 222277775555 Objetivos do Capítulo ............................................................................................. 277 Planejando a Segurança da Planta.......................................................................... 277 Áreas e Privilégios ................................................................................................. 277 Alocando Áreas e Privilégios................................................................................... 278 Adição de Registros de Usuários............................................................................. 279 Segurança do Mouse/Teclado em tempo de execução ............................................. 283 Desabilitando Comandos de Teclado no Windows.................................................... 283 Desabilitando Comandos do Menu de Controle ........................................................ 283 Removendo o botão Cancel da caixa de Mensagem de Startup ................................ 284 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE AAAA.................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 222288885555 RRRREEEEDDDDEEEE............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 222288885555 Objetivos do Capítulo ............................................................................................. 287 Arquitetura Client/Server Vijeo Citect ...................................................................... 287 Utilizando o Vijeo Citect em uma Rede...............................................................................................................287 Utilizando Processamento Distribuído ................................................................................................................287 Localização do Projeto ........................................................................................... 288 Servidor de Arquivos .............................................................................................. 289 Redundância .......................................................................................................... 289 Redundância do Servidor de Arquivos................................................................................................................290 Redundância do meio físico de comunicação de dados .....................................................................................290 Redundância do Servidor de I/O ........................................................................................................................291 Redundância de LAN .........................................................................................................................................291 Redundância dos Servidores..............................................................................................................................291 O diagrama de rede abaixo representa nossa rede de treinamento....................................................................292 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE BBBB.................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 222299997777 EEEEXXXXEEEEMMMMPPPPLLLLOOOO DDDDEEEE CCCCOOOOMMMMUUUUNNNNIIIICCCCAAAAÇÇÇÇÃÃÃÃOOOO MMMMPPPPCCCC4444000000004444////MMMMPPPPCCCC6666000000006666 ........................................................................................................................................ 222299997777 SSSSOOOOFFFFTTTTWWWWAAAARRRREEEE AAAA1111........................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 222299997777 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE CCCC.................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 333300005555 EEEEXXXXEEEEMMMMPPPPLLLLOOOO DDDDEEEE CCCCOOOOMMMMUUUUNNNNIIIICCCCAAAAÇÇÇÇÃÃÃÃOOOO ................................................................................................................................................................................................................................................................ 333300005555 DDDDIIIISSSSKKKK DDDDRRRRIIIIVVVVEEEE........................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 333300005555 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE DDDD.................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 333311111111 NNNNOOOOMMMMEEEESSSS DDDDEEEE TTTTAAAAGGGGSSSS EEEESSSSTTTTRRRRUUUUTTTTUUUURRRRAAAADDDDOOOOSSSS ................................................................................................................................................................................................................................ 333311111111 9
  10. 10. Nomes de Tags Estruturados...................................................................................313 Área_Tipo_Repetição_Atributo ........................................................................................................................... 313 Seção Área....................................................................................................................................................... 313 Seção Tipo......................................................................................................................................................... 313 Seção Repetição................................................................................................................................................ 314 Seção Atributo ................................................................................................................................................... 314 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE EEEE ................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 333311115555 UUUUTTTTIIIILLLLIIIIZZZZAAAANNNNDDDDOOOO OOOO MMMMIIIICCCCRRRROOOOSSSSOOOOFFFFTTTT EEEEXXXXCCCCEEEELLLL PPPPAAAARRRRAAAA AAAADDDDIIIICCCCIIIIOOOONNNNAAAARRRR VVVVAAAARRRRIIIIÁÁÁÁVVVVEEEEIIIISSSS ................................................ 333311115555 Utilizando o Microsoft Excel para Adicionar Tags de Variáveis ..................................317 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE FFFF.................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 333322225555 FFFFOOOORRRRMMMMAAAATTTTAAAANNNNDDDDOOOO UUUUMMMM FFFFOOOORRRRMMMMUUUULLLLÁÁÁÁRRRRIIIIOOOO DDDDEEEE UUUUMMMM GGGGEEEENNNNIIIIEEEE ........................................................................................................................................................ 333322225555 Formatando o formulário de um Genie .....................................................................327 Sintax Formato Diálogo do Genie....................................................................................................................... 327 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE GGGG ................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 333333333333 EEEENNNNVVVVIIIIAAAANNNNDDDDOOOO AAAALLLLAAAARRRRMMMMEEEESSSS PPPPAAAARRRRAAAA DDDDIIIISSSSPPPPOOOOSSSSIIIITTTTIIIIVVVVOOOOSSSS.................................................................................................................................................................................... 333333333333 Enviando Alarmes para uma Impressora ..................................................................335 Grupos de Dispositivos ...........................................................................................335 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE HHHH ................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 333333339999 AAAALLLLAAAARRRRMMMMEEEESSSS SSSSOOOONNNNOOOORRRROOOOSSSS ................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 333333339999 Alarmes Sonoros ....................................................................................................341 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE IIII .................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 333344445555 EEEEXXXXEEEERRRRCCCCÍÍÍÍCCCCIIIIOOOOSSSS EEEEXXXXTTTTRRRRAAAASSSS DDDDEEEE TTTTEEEENNNNDDDDÊÊÊÊNNNNCCCCIIIIAAAA ................................................................................................................................................................................................................ 333344445555 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE JJJJ .................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 333355551111 CCCCÁÁÁÁLLLLCCCCUUUULLLLOOOO DDDDAAAA ÁÁÁÁRRRREEEEAAAA DDDDEEEE AAAARRRRMMMMAAAAZZZZEEEENNNNAAAAMMMMEEEENNNNTTTTOOOO DDDDEEEE TTTTEEEENNNNDDDDÊÊÊÊNNNNCCCCIIIIAAAASSSS EEEE BBBBAAAACCCCKKKKUUUUPPPP////RRRREEEECCCCUUUUPPPPEEEERRRRAAAAÇÇÇÇÃÃÃÃOOOO DDDDEEEE AAAARRRRQQQQUUUUIIIIVVVVOOOOSSSS .................................................................................................................................................................................................... 333355551111 Calculando a Área de Armazenamento em Disco......................................................353 Fazendo o Backup / Recuperação de Arquivos Históricos .........................................353 Fazendo o Backup de Tendências ..................................................................................................................... 353 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE KKKK ................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 333355555555 NNNNAAAAVVVVEEEEGGGGAAAAÇÇÇÇÃÃÃÃOOOO ................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 333355555555 Objetivos do Apêndice ............................................................................................357 Ferramenta Menu Configuration...............................................................................357 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE LLLL.................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 333377771111 IIIINNNNTTTTRRRROOOODDDDUUUUÇÇÇÇÃÃÃÃOOOO AAAAOOOO CCCCIIIICCCCOOOODDDDEEEE .................................................................................................................................................................................................................................................................................... 333377771111 Objetivos do Capítulo..............................................................................................373 11110000
  11. 11. Porque utilizar o Cicode?........................................................................................ 373 Editando o Cicode .................................................................................................. 373 AAAAPPPPÊÊÊÊNNNNDDDDIIIICCCCEEEE MMMM ................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................ 333377775555 PPPPRRRROOOOJJJJEEEETTTTOOOOSSSS MMMMUUUULLLLTTTTIIII-IIIIDDDDIIIIOOOOMMMMAAAASSSS ............................................................................................................................................................................................................................................................................ 333377775555 Objetivos do Capítulo ............................................................................................. 377 Texto de marca para troca de idiomas ..................................................................... 377 Mostrando o idioma local no Run Time .................................................................... 377 Mudando de idioma no Run Time ............................................................................ 377 11111111
  12. 12. 11112222
  13. 13. 11113333 CAPÍTULO 1 .Introdução ao Vijeo Citect
  14. 14. Introdução ao Vijeo Citect 11114444
  15. 15. Introdução ao Vijeo Citect 11115555 Introdução Você pode configurar um Sistema de Controle e Monitoração baseado no Vijeo Citect que se adapta a qualquer aplicação industrial. Dado que o Vijeo Citect foi desenvolvido tendo em mente flexibilidade, você pode sempre projetar um sistema que atenda todas as suas necessidades. O Vijeo Citect satisfaz tanto os pequenos quanto os grandes projetos. Devido sua flexibilidade, o Vijeo Citect sempre estará em fase com as alterações e expansão das necessidades de informação. O Vijeo Citect é fácil de aprender e de se usar. Características com Templates, Genies, Super Genies e Wizards reduzem o tempo e o esforço necessário para configurar o seu Sistema com o Vijeo Citect, tanto quanto maximizar seu desempenho. Objetivos do Capítulo Ao concluir este módulo você irá: · Estar familiarizado com os objetivos do Curso; · Estar familiarizado com o programa do Curso. Visão Geral do Curso Os Objetivos do Curso Ao final deste Curso de Treinamento você: · Terá uma boa visão e estará apto para usar o Vijeo CitectSCADA; · Estará habilitado para se comunicar com um PLC utilizando o Vijeo CitectSCADA; · Estará habilitado para aplicar o que você aprendeu na sua aplicação; · Estará habilitado para resolver problemas que por ventura aparecerem e tomar a ação apropriada; · Saberá como maximizar o desempenho de sua aplicação com o Vijeo CitectSCADA Programa do Curso Este curso de treinamento tem uma duração de três dias. O programa delineado abaixo apresenta o que será abordado em cada dia: Primeiro dia: - Apresentação da empresa - Web Site e Suporte Técnico - Introdução ao Vijeo Citect - Vijeo Citect Explorer, Editor de Projeto do Vijeo Citect, Editor Gráfico e o Editor do Cicode - Administração de Projetos - Configuração das comunicações - OFS Server - Páginas Gráficas Segundo dia: - Comandos e Controles - Genies - Popup e Super Genies
  16. 16. Introdução ao Vijeo Citect 11116666 - Devices - Eventos - Alarmes Terceiro dia: - Tendências - Analista de Processos - Relatórios - Segurança - Assuntos extras: o Apêndice A – Rede o Apêndice B - Exemplo de Comunicação MPC4004/MPC6006 - Software A1 o Apêndice C - Exemplo de Comunicação Disk Drive o Apêndice D – Utilizando o Microsoft Excel para adicionar variáveis o Apêndice E - Introdução ao Cicode o Apêndice F - Projetos Multi-idiomas o Apêndice G – Enviando alarmes para dispositivos o Apêndice H – Alarmes Sonoros o Apêndice I – Exercícios extras de tendências o Apêndice J – Cálculo da área de armazenamento de tendência e backup/recuperação de arquivos o Apêndice K - Navegação o Apêndice L - Introdução ao Cicode o Apêndice M - Projetos Multi-idiomas
  17. 17. 11117777 CAPÍTULO 2 Ambiente de configuração
  18. 18. Ambiente de Configuração 11118888
  19. 19. Ambiente de Configuração O ambiente de configuração do Vijeo Citect é formado por quatro programas independentes: Citect Explorer, Editor de Projetos, Editor Gráfico e Editor do Cicode/VBA. O Citect Explorer permite que você crie e gerencie seus próprios projetos. É ele o aplicativo que também controla a configuração do projeto, de onde você pode executar o Editor de Projeto, o Editor Gráfico e o Editor do Cicode/VBA. Objetivos do Capítulo 11119999 Neste capítulo você irá aprender: - Licenças do Vijeo Citect - Requisitos de Hardware/Software - Como inicializar o Citect Explorer - Sobre a tela de apresentação do Citect Explorer - Sobre o Projeto Include - Como navegar através dos projetos usando o Citect Explorer - Como iniciar O Editor de Projeto, o Editor Gráfico e O Editor do Cicode através do Citect Explorer Licenças do Vijeo Citect Licença de Avaliação (download gratuito) - permite ao usuário desenvolver sua aplicação, e testá-la por 15 minutos no modo online, sem uma chave. Licenças Server - são adquiridas conforme a quantidade de pontos de E/S a serem mostrados. Cada licença inclui um Display Client local e uma grande quantidade de drivers para comunicar com a maioria dos CLP´s de mercado. · Server Lite (standalone): Limitada a 1 estação de supervisão e comunicação com CLPs somente via OFS (integrado). Sendo: 300, 600 ou 1200 pontos. Figura 1 – Servidor Lite · Server: Permite a adição de outras estações de trabalho (clientes e servidores). Sendo: 75, 150, 500, 1500, 5000, 15000 e ilimitado. Servidores Distribuídos: O Vijeo Citect possui 5 tarefas fundamentais que gerenciam: - Comunicações com os dispositivos de E/S – IO Server - Monitoramento das condições de alarmes – Alarm Server - Relatórios – Report Server - Tendências (Real e Histórica) – Trend Server - Visualização do operador – Display Server Cada uma dessas tarefas é independente, executando seu próprio processamento. Devido à essa arquitetura, é possível distribuir o processamento dessas tarefas entre vários
  20. 20. Ambiente de Configuração computadores. Por exemplo, pode-se utilizar um computador para ser o servidor de E/S, Tendências e Relatórios. E outro para ser servidor de Alarme e de Visualização. Essa arquitetura permite uma melhora no desempenho e na estabilidade em sistemas muito grandes. Figura 2 – Servidores Distribuídos Figura 3 – Exemplo de servidores distribuídos Número de pontos: A contagem de pontos do Vijeo Citect considera todas as variáveis trocadas com equipamentos externos, como CLPs. O Vijeo Citect somente inclui na contagem dos pontos as variáveis utilizadas dentro do sistema Vijeo Citect. A licença cliente considera apenas os pontos utilizados na estação cliente. Consequentemente, o cliente pode estar conectado a um servidor que tenha uma quantidade de pontos maior. Variáveis configuradas no banco de dados, mas não utilizadas no projeto não são incluídas na contagem. Variáveis internas não são consideradas no cálculo dos pontos. Licenças Client – É especificada conforme a quantidade de pontos de E/S a serem mostrados. Pode ser fornecida com uma quantidade de pontos diferente da estação Server. Quatro tipos de licenças Client estão disponíveis: · Display Clients: usado pelos operadores que acessam o Servidor Vijeo Citect 22220000 através de uma conexão local.
  21. 21. Ambiente de Configuração Figura 4 – Display Client · Manager Clients: usado pelos usuários que necessitam ter apenas uma visualização do Servidor Vijeo Citect através de uma conexão local, sem necessidade de controle. · Web Display Clients: similar ao Display Clients, mas o acesso é através de 22221111 conexão Web. · Web Manager Clients: similar ao Manager Clients, mas o acesso é através de conexão Web. Figura 5 – Web Manager Client As licenças Client podem ser flutuantes ou estáticas: · Flutuantes – A chave está apenas na estação Server. Para estações em que não há necessidade de garantir o acesso. O software pode ser carregado em várias máquinas, e as conexões serão permitidas enquanto houver licenças livres na chave do Server. Figura 6 – Licença flutuante
  22. 22. Ambiente de Configuração · Estáticas – A estação Client também possui uma chave. Para estações em que o acesso deve ser garantido, ou seja, o operador necessita acessar o sistema todo o tempo. E também para estações em que o número de pontos é diferente do servidor. Figura 7 – Licença estática Licenças Client Redundantes - São necessárias em uma configuração de servidores redundantes. São usadas para garantir que o usuário tenha disponível a quantidade de clientes que foram comprados. A aquisição de licenças Server ou Client inclui atualizações de software pelo período de 1 ano. Requisitos Hardware/Software Antes de instalar o Vijeo Citect versão 7.10 é necessário assegurar-se de que o sistema cumpre os requisitos mínimos de hardware e software. Hardware Mínimo: Processador: Intel Pentium 3 Velocidade: 1 GHz Memória RAM: 500 MB ou 01 GB se o sistema operacional for o Windows Server 2003 ou se for atual como Web Server ou ainda 02 GB se as duas condições forem verdadeiras HD livre: 80 GB ou 160 GB se for um Web Server Adaptador Gráfico: com 64 MB de VRAM se for utilizar o Process Analyst Hardware Recomendado: Processador: Intel Pentium Centrino Duo Velocidade: 3.2 GHz Memória RAM:03 GB para todos os sistemas operacionais porque irá atual como Web Server HD livre:250 GB se atuar como Web Server Adaptador Gráfico: com 128 MB de VRAM se utilizar o Process Analyst 02 placas de rede – 100 Mbits Interface serial – RS232C Interface USB Unidade de DVD 22222222
  23. 23. Ambiente de Configuração Devido a limitações no Computer Setup Editor, Project Editor e em diversos Formulários de entrada no Vijeo Citect, um dos requisitos é de que a resolução das telas deva ser feita igual ou superior a 1024x768. 22223333 Software Mínimo: O Vijeo Citect 7.10 pode ser executado nos seguintes sistemas operacionais: Vijeo Citect Server Windows 2000 com Service Pack 4; Windows XP Professional com Service Pack 2 ou Service Pack 3 (RC2) – (32 Bit e 64 Bit); Windows 2003 Standard Edition com Service Pack 1; Windows Vista com Service Pack 1 (32 Bit e 64 Bit); Microsoft.NET Framework 2.0 (Instalado com o Vijeo Citect se necessário) Uma LAN (Local Area Network) se você pretende ter múltiplos clientes acessando o Servidor. Vijeo Citect Web Server Tudo conforme descrito acima para o Vijeo Citect Server acrescido de: New Technology File System (NTFS); LAN utilizando protocolo TCPIP; Microsoft Internet Information Services (IIS) (consultar compatibilidade do IIS para o sistema operacional sendo utilizado) ou Apache Tomcat 5.5 e Tomcat Administration Tool. O Process Analyst e o Vijeo Citect Web Server não podem serem executados no Windows NT 4.0. O Internet Explorer 6.0 ou superior deverá ser utilizado quando executando o Process Analyst, O Vijeo Citect Web Server ou Vijeo Citect Web Client. Inicializando o Citect Explorer Para inicializar o Citect Explorer: Selecione o botão iniciar do Windows, depois programas, Vijeo Citect e Vijeo Citect Explorer Ou Clique o mouse duas vezes no ícone do Citect Explorer no grupo Citect A tela de apresentação do Citect Explorer
  24. 24. Ambiente de Configuração Ao iniciar o Explorer do Citect, também se iniciam automaticamente o Editor de Projetos e o Editor Gráfico minimizados. Ao fechar o Explorer do Citect, os demais aplicativos são fechados automaticamente. Para descobrir mais sobre os itens do Citect Explorer Selecione Help Explorer Help da barra de menu (canto superior esquerdo da tela– a figura abaixo ilustra) 22224444 Os Projetos Include Os projetos do tipo Include são automaticamente instalados quando se faz a instalação do Vijeo Citect e contem elementos predefinidos que podemos utilizar nos nossos projetos do Vijeo Citect. Existem dois projetos do tipo Include que são instalados automaticamente: - Include; - CSV_Include; Você pode escolher para visualizar ou não os projetos Include na Lista de Projetos assinalando a opção Show Include Project no item View /Show Include Project menu.
  25. 25. Ambiente de Configuração O projeto Include contêm elementos originais pré-definidos nas versões anteriores a V5.50 que incluem definições de teclas do teclado, definições de fontes, Genies, Super Genies e símbolos da biblioteca. O projeto CSV_Include consiste em um projeto pré-configurado que é instalado automaticamente com o Vijeo Citect nas versões 5.50 ou posteriores. O projeto CSV_Include fornece um conjunto atualizado destes elementos que pode ser utilizado na criação de projetos no estilo do Windows XP. O projeto CSV_InstantTrend consiste em um projeto pré-configurado que facilitará a utilização das chamadas Tendências Instantâneas. Não faça alterações nos Projetos Include, isto porque quando você fizer o upgrade para uma nova versão do Vijeo Citect o projeto Include será substituído e suas modificações serão perdidas. Crie os seus próprios projetos Include para elementos customizados e manterá a portabilidade para as novas versões. O Editor de Projeto do Citect O Editor de Projeto do Vijeo Citect é utilizado para se criar e administrar as bases de dados do Vijeo Citect. Estas bases de dados contêm informações de configuração para o seu projeto do Vijeo Citect que não está relacionada com as páginas gráficas. 22225555
  26. 26. Ambiente de Configuração Aqui podemos ter acesso a todos os registros de bases de dados dos projetos do Vijeo Citect. O Editor de Projeto é automaticamente inicializado e minimizado quando o Citect Explorer é inicializado. Para abrir o Editor de Projetos do Citect: Selecione no menu do Citect Explorer Tools Project Editor ou na barra de ferramentas selecione: A comutação entre os aplicativos (Citect Explorer, Editor de Projetos e Editor Gráfico pode ser facilmente feita via ALT+TAB. Para descobrir mais sobre o Editor de Projetos: Selecione no menu do Editor de Projeto Help Project Editor Help O Editor Gráfico do Citect O Editor Gráfico do Vijeo Citect é utilizado para se criar e editar as páginas gráficas, incluindo-se aí os objetos que as compõe. O Editor Gráfico é também inicializado automaticamente quando o Citect Explorer é inicializado. 22226666
  27. 27. Ambiente de Configuração Para abrir o Editor Gráfico do Citect: Selecione no menu do Citect Explorer Tools Graphics Builder ou na barra de ferramentas selecione: Para descobrir mais sobre o Editor Gráfico Selecione no menu do Editor Gráfico Help Graphics Builder Help. O Editor do Cicode O Editor do Cicode se utiliza para escrever e editar os programas do Cicode/VBA. O Editor do Cicode também pode ser utilizado em tempo de execução para depuração de erros de programação. Esta depuração pode ser inclusive feita remotamente. Na janela do Editor do Cicode, podemos também obter ajuda para qualquer função default do Cicode. Basta clicar com o botão direito do mouse em cima do nome da função e depois selecionar HELP. O mesmo resultado pode ser obtido marcando-se o nome da função e pressionando-se F1. Diferentemente dos outros aplicativos (Editor de Projetos e Editor Gráfico) o Editor do Cicode não se inicia automaticamente com o Citect Explorer. O Editor do Cicode pode ser inicializado clicando no botão ou no menu Tools Cicode Editor. 22227777
  28. 28. Ambiente de Configuração Para descobrir mais sobre o Editor do Cicode: Selecione no menu do Editor do Cicode Help Cicode Editor Help. Exercício 2.1 Neste exercício, nos iremos utilizar o projeto CSV_Example que vem com o Vijeo Citect para navegar entre os quatro módulos integrantes do pacote. 1. Inicie o Citect Explorer. No menu Start do Windows, selecione Programs Schneider Electric Vijeo Citect 7.10 Vijeo Citect Explorer. 2. Selecione no Citect Explorer o projeto Example e observe o seu 22228888 conteúdo. a. Agora clique no projeto CSV_Example na lista de projetos de forma a torna-lo o projeto ativo b. Clique no símbolo “+” próximo ao ícone do projeto de forma a expandir a lista de pastas permitindo a navegação dentro dela. 3. Assinale a opção para visualizar os Projetos Include no menu View Show Include Project para que você possa visualizá-los na lista de Projetos. 4. No Citect Explorer selecione o projeto CSV_Example e navegue através dele expandindo e retraindo a árvore de diretórios. 5. No Citect Explorer selecione no menu Tools. Em seguida navegue pelos demais aplicativos existentes. 6. Use os ícones , , , e o menu Tools para alternar entre o Editor de Projetos, Citect Explorer, Editor Gráfico e Editor do Cicode.
  29. 29. Ambiente de Configuração 7. Selecione o projeto CSV_Example, clique no botão Run Project para executar o projeto CSV_Example. 8. Para finalizar, clique em Close Box 22229999
  30. 30. Ambiente de Configuração 33330000
  31. 31. 33331111 CAPÍTULO 3 Gerenciando Projetos
  32. 32. Gerenciamento de projetos 33332222
  33. 33. Gerenciamento de projetos O Citect Explorer é o aplicativo no qual você organiza seus projetos e acessa os aplicativos de configuração e de Run Time. Tarefas tais como criar, apagar, fazer o back-up e a recuperação de projetos são fundamentais em qualquer aplicação feita com o Vijeo Citect. Objetivos do Capítulo 33333333 Neste capítulo você aprenderá: - Como criar um novo projeto / apagar um Projeto / copiar um projeto; - Sobre Clusteres e Servidores; - Sobre o Assistente de Configuração do Computador; - Como fazer o back-up, recuperar e eliminar um projeto; - Como fazer o Setup do Vijeo Citect antes de executar um projeto. Criando um novo Projeto A primeira coisa a se fazer quando se está configurando o Vijeo Citect é criar um novo projeto no qual você irá armazenar as informações pertinentes ao mesmo. Para cada projeto criado é alocado um diretório dentro do diretório User na árvore do diretório de instalação do Vijeo Citect. Na versão 7.10 do Vijeo Citect o path do User está mostrado abaixo: C:ProgramDataSchneider ElectricVijeo Citect 7.10User O Vijeo Citect está agora habilitado para utilizar nomes longos para diretórios. O nome do projeto está restringido a 64 caracteres podendo conter quaisquer caracteres exceto ponto e vírgula (;) ou aspas simples (‘) Para criar um novo projeto: No Citect Explorer, selecione File New Project ou clique no New button ou ainda, clique com o botão direito do mouse sobre o ícone My Projects e selecione New Project conforme mostrado abaixo:
  34. 34. Gerenciamento de projetos Templates no Estilo Windows XP O projeto CSV_Include é um projeto pré-configurado que é instalado automaticamente com o Vijeo Citect nas versões 5.50 ou posterior como citado anteriormente. Este projeto contém um conjunto de Templates que podem ser utilizados na criação de novas páginas gráficas no estilo Windows XP. O projeto inclui páginas pré-definidas de Tendências e Alarmes, uma página de ferramentas de engenharia (utilidades), páginas para visualização de arquivos (file pages) e um conjunto de páginas do tipo Pop Up. Todas se caracterizam por um sistema de navegação e alarmes comum de modo a manter uma funcionalidade e aparência consistente no projeto como um todo, permitindo, além disso, um alto grau de customização. Quando um novo projeto é criado, o estilo XP_Style se apresenta como o template default, conforme mostrado na figura abaixo: Entretanto, diante de algumas circunstâncias, o estilo XP_Style não deverá ser utilizado: - Templates de Controle Estatístico de Processo (SPC); 33334444 - Troca de Idioma no Run Time; - Telas com resolução maior que 1024 x 768; - Outro sistema Operacional que não o Windows 2000 ou XP; - Fazer o upgrade de um projeto desde que isto irá requerer muita reengenharia (muito copiar / colar, não temos como simplesmente fazer a
  35. 35. Gerenciamento de projetos substituição de templates por conflitos com os AN – Annimations Numbers) 33335555 Exercício 3-1 1. Criar um novo projeto chamado “Milk_Treatment”. a. No Citect Explorer, clique no botão (New). b. A seguinte tela será mostrada: Complete o quadro conforme mostrado na figura acima. Para ir para o próximo campo, use o cursor do mouse ou a tecla TAB. Para voltar ao campo anterior pressione SHIFT-TAB. c. Clique no botão OK. O Vijeo Citect irá agora criar as bases de dados de configuração que serão os blocos construtores de seu projeto. Observe a nova entrada chamada Milk_Treatment na Lista de Projetos – esta entrada conterá todas as informações sobre a configuração de seu projeto. Clusteres e Servidores Se você está utilizando o template XP_Style, você não estará habilitado para escolher uma cor diferente de background
  36. 36. Gerenciamento de projetos Os clusteres permitem agrupar conjuntos independentes de componentes de servidores Vijeo Citect dentro de um só projeto, o que permite a supervisão e controle simultâneo de vários projetos. A configuração mais adequada irá depender dos requisitos da solução que se vai configurar bem como do ambiente de automação definido. Os possíveis cenários são os seguintes: Stand Alone System Uma instalação Stand Alone do Vijeo Citect agrega todos os componentes servidores e clientes de um sistema em um único computador. Isto inclui: 33336666 Servidor de E/S (entrada e saída); Servidor de Relatórios; Servidor de Alarmes; Servidor de Tendências; Cliente de visualização; Distributed I/O System Este cenário demonstra o método de conexão do Vijeo Citect a um número de dispositivos que estão distribuídos através de diversos sites sobre uma grande área geográfica. Em vez de se tentar conectar os dispositivos diretamente via uma conexão remota, um servidor de E/S (entrada – saída) é colocado em cada site, habilitando desta forma o gerenciamento da comunicação local ao site com um cliente remoto acessando as informações necessárias.
  37. 37. Gerenciamento de projetos Este modelo também é muito útil em plantas que contêm dispositivos com comunicação via porta serial ou com baixas capacidades de comunicação. A inserção de servidores de E/S no chão de fábrica para servir de interface para estes dispositivos irá aperfeiçoar as comunicações em redes lentas ou de baixa largura de banda e conseqüentemente melhorar o desempenho geral. Apesar da distribuição geográfica dos servidores de E/S distribuídos ao longo de diversos sites, o tipo de sistema acima poderia ser configurado com um sistema de um único cluster, dado que um cluster está habilitado para suportar diversos dispositivos de E/S. O diagrama abaixo demonstra como iniciar o desenvolvimento deste tipo de sistema ao longo das maquinas servidoras utilizando um único cluster. Um segundo cluster apenas seria necessário se os requisitos de seu projeto pedir mais de um par de servidores redundantes de alarmes, tendências ou relatórios. Client Server System A arquitetura cliente-servidor do Vijeo Citect permite que componentes de um sistema sejam distribuídos através de certo número de computadores na LAN (rede área local), criando um sistema que oferece flexibilidade geográfica e benefícios de desempenho. Cada componente é simplesmente identificado dentro do projeto por um endereço, permitindo que os requisitos de localização e de hardware sejam considerados independentemente para cada um deles. O diagrama abaixo demonstra como este exemplo pode ainda ser configurado dentro de um único cluster. 33337777
  38. 38. Gerenciamento de projetos Observe que cada servidor também atua como um cliente de controle através da arquitetura do sistema. Redundante Server System A habilidade para definir servidores primários e secundários dentro de um projeto permite a construção de redundância de hardware dentro da infra-estrutura de seu sistema. Isto ajuda a prevenir situações onde um erro em um servidor resulta na inoperância geral do sistema. Sistemas deste tipo são especialmente benéficos quando a continuidade do serviço e/ou a coleta segura de dados são importantes. No caso de redundância de servidores de E/S, o servidor secundário é mantido em paralelo ao servidor primário. Se um erro é detectado, o servidor secundário pode assumir o controle da comunicação com o dispositivo de E/S em um curto espaço de tempo. Você pode ainda fazer uso de servidores redundantes de E/S para dividir a carga de processamento. Servidores de Alarmes, relatórios e tendências também podem ser configurados como redundantes. Este procedimento melhora a probabilidade de que os clientes continuarão a ter acesso aos dados do servidor secundário caso o servidor primário se torne inoperante. O Vijeo Citect mantém os dados idênticos em ambos os servidores. 33338888
  39. 39. Gerenciamento de projetos No diagrama abaixo, os servidores de E/S primário e secundário são mostrados em servidores separados, enquanto que os servidores de alarmes, tendências e relatórios estão rodando como processos separados em servidores comuns, primário e secundário. Neste caso, o sistema inteiro poderia ser configurado com um único cluster. Clustered Control System Neste cenário, o sistema está organizado em sites discretos sendo controlados por operadores locais, suportados por servidores locais redundantes. Ao mesmo tempo, existe um nível de gerenciamento que requer que todos os sites sejam monitorados através do sistema simultaneamente de uma sala de controle central. Cada site no projeto é representado por um cluster separado, agrupando seus servidores primários e secundários. Clientes em cada site estão apenas interessados no cluster local, enquanto que clientes na sala de controle central estão habilitados para visualizar todos os clusters. 33339999
  40. 40. Gerenciamento de projetos O desenvolvimento do cenário da sala de controle central é direto, desde que cada site pode ser endereçado independentemente dentro de seu próprio cluster. A sala de controle central só necessita de Clientes de controle. Redundant and Distributed Control System Neste cenário, o projeto representa um número de sites operados localmente cada um contendo seu próprio conjunto de servidores e clientes. Por exemplo, um número de estações de bombeamento ao longo de um sistema de distribuição de água ou múltiplas linhas de produção numa fábrica de manufatura. Entretanto existem alguns requisitos para que o monitoramento continue caso um dos sites se torne inoperante. Isto é alcançado distribuindo-se os servidores primários e secundários ao longo dos sites ou colocando-se todos os servidores secundários em uma localização central. Aqui iremos utilizar o conceito de cluster para definir as regras para os diferentes servidores em cada site, todos os quais podem ser visualizados em um projeto comum rodando em cada cliente. Isto significa que o site A pode ser monitorado do site B e vice versa se o sistema se tornar inoperante em um deles. 44440000
  41. 41. Gerenciamento de projetos No exemplo acima seria necessário a criação de dois clusters, de tal forma que o projeto poderia incluir dois conjuntos de servidores primários e secundários. Os clusters representam os pares redundantes de servidores e poderiam ser desdobrados ao longo dos dois sites da seguinte forma: Load Sharing System A divisão de cargas de componentes de um sistema através de diferentes computadores e CPU’s significam que o trabalho de carga de um sistema potencialmente estressado pode ser dividido ao longo de múltiplas máquinas fazendo um melhor uso da infra-estrutura disponível. Por exemplo, o gerenciamento de alarmes pode pesar muito no desempenho da CPU, enquanto que dados de tendência podem utilizar muito espaço de disco. Designando seus 44441111
  42. 42. Gerenciamento de projetos alarmes e tendências a processos diferentes em computadores compartilhados, um servidor de alarme pode ser utilizado com um servidor secundário de tendências fazendo uma utilização prática do espaço em disco não utilizado. Esta prática pode ser utilizada para melhorar o desempenho da rede, tempos de acesso a dados e a estabilidade geral do sistema. Através do uso do conceito de cluster, você tem a flexibilidade de rodar múltiplos servidores do mesmo tipo em um único computador. Como todo cliente tem acesso a todos os clusters configurados em um projeto, não importa se um conjunto de servidores está distribuído através de um número de clusters. No diagrama abaixo, dois servidores foram configurados para atuar com unidades secundárias um do outro, suportando dois conjuntos de servidores redundantes de tendências e alarmes. Ambas as máquinas tem um equilibrado balanço de servidores de tendências e alarmes, fazendo uso efetivo da CPU e do espaço em disco. Através da distribuição dos servidores ao longo dos dois clusters, os servidores estão também habilitados para atuar como unidades redundantes um do outro. Isto reduziu o número total necessário de computadores de um máximo de oito para somente dois. Clusters – Regras Gerais Quando configurando Vijeo Citect as seguintes regras se aplicam para clusters: Cada cluster deve possuir um único nome; Cada servidor deve possuir um único nome; Cada servidor deve pertencer a um cluster; 44442222
  43. 43. Gerenciamento de projetos Cada cluster pode possuir apenas um par de servidores de Alarmes Redundantes. Eles devem residir em máquinas diferentes; Cada cluster pode possuir apenas um par de servidores de Relatórios Redundantes. Eles devem residir em máquinas diferentes; Cada cluster pode possuir apenas um par de servidores de Tendências Redundantes. Eles devem residir em máquinas diferentes; Cada cluster pode conter um número ilimitado de servidores de E/S (entrada e saída); O diagrama abaixo mostra um exemplo de um sistema rodando com dois clusters através de três máquinas. Todos os servidores e clientes foram desdobrados de acordo com as regras acima. O próximo diagrama demonstra circunstancias as quais não seguem as regras listadas anteriormente. 44443333
  44. 44. Gerenciamento de projetos Em nosso treinamento básico, faremos uso de um Stand Alone System. Portanto, é necessário definir um cluster, um servidor de relatórios, um servidor de alarmes e um servidor de tendências dentro deste cluster. O servidor de E/S (entrada e saída) será definido no capítulo seguinte 44444444 Para criar um cluster:
  45. 45. Gerenciamento de projetos No Citect Explorer, selecione o projeto Milk_Treatment e clique em para expandir a pasta de forma a ganhar acesso ao conteúdo do projeto. Em seguida, selecione a pasta Communications. Aplique um duplo clique em Clusters, conforme figura abaixo: Um novo cluster pode também ser criado via Editor de Projeto. Selecione Servers Clusters. Exercício 3-2 1. Adicionar um novo Cluster ao projeto “Milk_Treatment” e definir os servidores de Alarmes, relatórios e tendências. i. Abra o Editor de Projetos de Citect; ii. Selecione no menu Servers Clusters; iii. No campo Cluster Name, escreva Pasteuriser e pressione o 44445555 botão Add; 2. Defina o Servidor de Alarmes no projeto “Milk_Treatment”. i. Selecione no menu Servers Alarm Servers; ii. No campo Cluster Name, selecione Pasteurizer da lista drop down; iii. No campo Server Name, escreva PastAlarmServer e pressione o botão Add 3. Defina o Servidor de Relatórios no projeto “Milk_Treatment” . i. Selecione no menu Servers Report Servers; ii. No campo Cluster Name, selecione Pasteurizer da lista drop down; iii. No campo Server Name, escreva PastReportServer e pressione o botão Add 4. Defina o Servidor de Tendências no projeto “Milk_Treatment” . i. Selecione no menu Servers Trend Servers; ii. No campo Cluster Name, selecione Pasteurizer da lista drop down; iii. No campo Server Name, escreva PastTrendServer e pressione o botão Add. Finalizado os procedimentos, deveremos ter algo como mostrado abaixo:
  46. 46. Gerenciamento de projetos Wizard de Setup do Computador O Wizard de Setup do computador faz o Setup do seu computador e customiza-o para uso com o Vijeo Citect. É imperativo que você execute este Wizard em cada computador que estiver rodando o Vijeo Citect em seu sistema – isto irá definir o papel deste computador e sua relação com o Projeto do Citect. Controlador Para executar o Wizard de Setup do computador: 1. Selecione My Projects na lista de projetos do Citect Explorer, clique duplo sobre Computer Setup na Área de Conteúdo ou 44446666
  47. 47. Gerenciamento de projetos 2. No Citect Explorer, clique no botão Computer Setup Wizard ou selecione no menu Tools Computer Setup Wizard. O computador em questão pode executar o Projeto inteiro ou pode ser parte de uma rede e executar apenas parte de um projeto. Stand-alone Este computador não faz parte de uma rede e irá atuar como Servidor e Cliente de visualização independente Network Este computador terá como função uma das seguintes possibilidades: Servidor e Cliente de visualização; Cliente de visualização; Cliente de Administração; As conexões em rede do Vijeo Citect são tratados no curso denominado Curso de Conexão em Rede e Arquitetura do Vijeo Citect. 44447777 Exercício 3-3 1. Compilar o Projeto
  48. 48. Gerenciamento de projetos i.No Editor de Projetos de Citect, selecione no menu File Compile ou clique no ícone . A mensagem de advertência mostrada a seguir aparecerá no final da compilação. Isto se deve ao fato de que ainda não foram definidos os servidores de E/S. Os mesmos serão definidos no capítulo seguinte. Pressione OK para aceitar. 44448888
  49. 49. Gerenciamento de projetos ii.No Citect Explorer, clique no ícone ou no menu Tools Computer Setup Wizard. O seguinte quadro de diálogo será mostrado: Selecione “Custom Setup” e pressione Next. iii.Este quadro de diálogo permite ao usuário a opção de selecionar o projeto que será executado. Dado que o projeto Milk_Treatment está selecionado no Citect Explorer, será ele a seleção pré-determinada. Clique em Next. iv.Como ainda não foi definido o tipo de trabalho (em rede / stand alone), está selecionado por defaut a opção “Server and Control Client”. As demais opções de visualização estão desabilitadas. Clique em Next. 44449999
  50. 50. Gerenciamento de projetos v.O quadro de diálogo Network Setup permite ao usuário selecionar o tipo de trabalho em rede Dado que o projeto será executado como Stand Alone, selecione “No networking”. Clique em Next. vi.O quadro de diálogo Alarm Server Properties Setup permite ao usuário controlar o modo em que funcionarão os servidores de alarmes neste computador. Preserve “os valores default”. Clique em Next. 55550000
  51. 51. Gerenciamento de projetos vii.O quadro de diálogo Report Server Properties Setup permite ao usuário controlar o modo em que funcionarão os servidores de relatórios neste computador. Preserve “os valores default”. Clique em Next. viii.O quadro de diálogo Trend Server Properties Setup permite ao usuário controlar o modo em que funcionarão os servidores de Tendências neste computador. Preserve “os valores default”. Clique em Next. 55551111
  52. 52. Gerenciamento de projetos ix.O quadro de diálogo CPU Setup permite ao usuário designar componentes de cliente e servidor a processadores específicos em uma máquina com múltiplos processadores. Preserve “os valores default”. Clique em Next. x.O quadro de diálogo Events Setup permite ao usuário habilitar eventos que irão desencadear ações. Este tema será tratado mais adiante no capítulo eventos. Deixe os valores default”. Clique em Next. 55552222
  53. 53. Gerenciamento de projetos xi.O quadro de diálogo Startup Functions Setup permite ao usuário definir as funções do CICODE que serão executadas quando do startup (partida do Vijeo Citect). Preserve “os valores default”. Clique em Next. xii.O quadro de diálogo Cluster Connections Setup permite ao usuário selecionar e modificar os clusters ao qual cada componente irá se conectar quando do startup. Preserve “os valores default”. Clique em Next. 55553333
  54. 54. Gerenciamento de projetos xiii. O quadro de diálogo Security Setup – Control Menu permite ao usuário selecionar e modificar os itens de menu que aparecem no menu de controle do Citect e também se o menu de controle e a barra de títulos estarão visíveis. Desmarque todas as opções e Clique em Next. xiv. O quadro de diálogo Security Setup – Keyboard permite ao usuário controlar quais atalhos de comandos de tarefas do Windows estarão disponíveis enquanto o Citect estiver rodando. Desmarque a opção e Clique em Next. 55554444
  55. 55. Gerenciamento de projetos xv. O quadro de diálogo Security Setup – Miscellaneous permite ao usuário inibir o screen saver do Windows e o cancelamento via botão da seqüência de partida do Vijeo Citect. Selecione conforme abaixo e clique em Next. xvi. O quadro de diálogo General Options Setup permite ao usuário fazer uma personalização adicional do Citect, alterando o path do diretório default de dados, indicando o path do backup do projeto, selecionando a página inicial que será apresentada e alterando page scan time geral do projeto. Mantenha os valores default e clique em Next. 55555555
  56. 56. Gerenciamento de projetos xvii. O Computer setup está para ser finalizado conforme mostrado no quadro abaixo. 55556666 Clique em Finish. Fazendo o Back-Up Recuperação de um Projeto No Vijeo Citect podemos fazer cópias de segurança em arquivos compactados que consumem muito menos espaço do que o diretório original do projeto. Backups regulares devem ser feitos quando desenvolvendo um projeto para o caso de perda de arquivos por acidente ou corrupção dos mesmos. O backup pode ser encaminhado para qualquer tipo de mídia, seja ele floppy, hard disk, pen drive ou disco de rede. A manutenção de um histórico sobre os arquivos de backup de segurança consiste também num procedimento importante, caso seja necessário voltar a uma versão anterior do projeto, principalmente quando substituindo um sistema que já está trabalhando.
  57. 57. Gerenciamento de projetos Para fazer o backup de segurança de um projeto: 1. Selecione Tools Backup… do menu ou clique no ícone 2. A seguinte tela aparecerá – preencha os detalhes solicitados: Para recuperar um projeto armazenado 3. Selecione Tools Restore… do menu ou clique no ícone 4. O seguinte diálogo aparecerá – preencha os detalhes solicitados: Quando fazendo o back-up de um projeto, o projeto salvo receberá automaticamente o nome do arquivo com a extensão ctz se não for definida nenhuma outra extensão. Estes arquivos são compactados no formato padrão zip e poderão ser descompactados por qualquer aplicativo que trabalhe com este tipo de arquivo. 55557777
  58. 58. Gerenciamento de projetos 55558888 Apagando um Projeto Quando se elimina um projeto no Citect Explorer, todos os arquivos associados e o diretório de projeto são eliminados permanentemente. Para apagar um projeto: 1. No Citect Explorer, selecione na Lista de Projetos, o projeto que você deseja apagar. 2. Selecione File Delete Project do menu ou selecione Delete Project do menu de contexto ou ainda, selecione o projeto e com o botão direito do mouse selecione Delete Project. As figuras abaixo ilustram Exercício 3-4 Neste exercício você irá fazer o backup de um projeto, em seguida irá apagar este projeto e posteriormente irá fazer a recuperação (Restore) do mesmo projeto. 1. Backup do projeto Milk_Treatment i. No Citect Explorer selecione o projeto “Milk_Treatment”. ii. Clique no botão ou então no Menu Tools Backup. iii. Informe o path como c:temp. 2. Apagando o projeto Milk_Treatment i. No Citect Explorer selecione o projeto “Milk_Treatment”. ii. Selecione no menu File Delete. O seguinte diálogo será mostrado:
  59. 59. Gerenciamento de projetos iii. Clique no botão Yes confirmando o comando. 3. Recuperação (Restore) do projeto Milk_Treatment i. No Citect Explorer, clique no botão ou então no Menu Tools 55559999 Restore. ii. Localize o projeto via botão de Browse (c:Temp) e selecione a opção New Project. Se você fizer o Restore de um projeto com a opção “Current Project” selecionada, o projeto selecionado será sobrescrito e todas as informações relativas a ele serão perdidas. Você pode fazer o Restore de qualquer projeto para um New Project e atribuir a ele o nome anterior ou um novo nome. iii. Pressione o botão OK para fazer o Restore do projeto. Inclusão de Projetos Com grandes sistemas, pode ser conveniente desenvolver a aplicação como uma série de projetos menores, em lugar de um projeto grande. Por exemplo, podemos utilizar um projeto independente para cada parte da planta ou para cada processo principal. Desta forma pode-se desenvolver e testar cada um dos projetos menores antes de incluir-lo no projeto principal. Os projetos do Vijeo Citect não se incluirão na compilação de nenhum outro projeto a menos que esta inclusão específica seja feita dentro do Editor de Projetos do Citect. Cada sistema do Vijeo Citect é fornecido com dois projetos “include”. Estes projetos contêm registros de bases de dados predefinidos. O projeto Include se inclui automaticamente em cada um de seus projetos. Já o projeto CSV_Include somente se inclui nos projetos baseados no template XP_Style. Para se incluir outro projeto (no projeto atual): No Citect Explorer, selecione System Included Projects ou selecione no Editor de projetos no menu System Included Projects. No diálogo apresentado, complete com as informações necessárias.
  60. 60. Gerenciamento de projetos 66660000 Exercício 3-5 1. Incluir o projeto CES_Include no seu projeto Milk_Treatment 2. Restaure o projeto CES_Include 3. Seu instrutor lhe fornecerá um arquivo de cópia de segurança do projeto denominado CES_Include. Restaure o projeto seguindo os passos indicados no exercício 3-4. 4. Inclua o projeto CES_Include em seu projeto Milk_Treatment 5. Selecione o projeto Milk_Treatment na lista de projetos do Citect Explorer. 6. Abra o Editor de Projetos do Vijeo Citect. 7. Selecione no menu SystemIncluded Projects. 8. O seguinte diálogo sera apresentado: 9. Digite CES_Include no campo Project Name e pressione Add. 10. O projeto CES_Include contem Templates predefinidos e gráficos para este curso de formação. Exercício 3-6 Incluir o projeto CSV_InstantTrend no seu projeto Milk_Treatment 1. Selecione o projeto Milk_Treatment na lista de projetos do Citect Explorer. 2. Abra o Editor de Projetos do Citect. 3. Selecione no menu System Included Projects. 4. O seguinte diálogo sera apresentado: 5. Digite CSV_InstantTrend no campo Project Name e pressione Add.
  61. 61. 66661111 CAPÍTULO 4 Setup de Comunicação
  62. 62. Setup de Comunicação 66662222
  63. 63. Setup de Comunicação O Vijeo Citect pode-se comunicar com qualquer dispositivo de I/O de controle ou monitoração que tenha uma porta de comunicação ou uma via de dados de alta velocidade (data highway), incluindo-se C.L.P.’s, Controladores de Malha, Leitores de código de barras, analisadores científicos, Unidades Terminais Remotas (RTU’s) e Sistemas de Controle Distribuídos (DCS’s) O Citect se comunica diretamente com os dispositivos de I/O localizados no chão de fábrica. 66663333 Cabo Communicacoes Dispositivo de Entradas / Saidas (C.L.P., etc) Computador Entradas Saidas Objetivos do Capítulo Neste capítulo você aprenderá: · A trabalhar com o Assistente de comunicações rápido. · A trabalhar com os quadros de diálogo de comunicação. · Como configurar Tags de variáveis. · Sobre os Formulários. · Como testar e comprovar as comunicações. Wizard de Setup de Comunicação Expresso O Wizard (facilitador) expresso de comunicação permite que você rapidamente faça o setup da comunicação de um novo dispositivo de entrada e saída ou ainda de um dispositivo existente (edição). Todo projeto no Vijeo Citect necessitará ter pelo menos um Servidor de I/O definido para ele de forma a se comunicar com dispositivos de entrada e saída (I/O). Todo dispositivo de I/O necessita ser configurado no Vijeo Citect com um driver apropriado de comunicação e este devidamente parametrizado. É necessário, da mesma forma, definir e parametrizar placas de interface e portas de comunicação. Com auxílio do Wizard, iremos definir: - nomes I/O Servers – (servidores de Entrada/Saída); - placas de interface (Boards) no computador; - portas (Ports) de comunicação nas placas; - dispositivos de Entrada e Saída (I/O Devices) conectados as portas. Cada computador pertencente a um sistema do Vijeo Citect somente pode operar como um único I/O Server. Se um projeto comum for executado em uma rede de computadores, com mais de um servidor conectado aos dispositivos de entrada e saída, então mais de um I/O Server pode ser definido em um projeto.
  64. 64. Setup de Comunicação Para executar o Wizard Expresso de Comunicação: 1. No Citect Explorer selecione o projeto que você está trabalhando. 2. Clique na pasta Communications na Lista de Projetos. 3. Clique duplo no item Express I/O Device Setup na área de conteúdo. O Wizard Expresso também pode ser acessado via Editor de Projeto (Project Editor) CommunicationExpress Wizard. 4. O seguinte diálogo será apresentado: O Wizard Expresso o guiará através dos diálogos, bastando para isso que você preencha os detalhes relevantes e clique no botão Next sempre que finalizar a entrada dos dados. 66664444 Introdução ao OPC O OFS Server atua com ponte entre o dispositivo de campo e a aplicação. Dispositivo de campo OFS Server Vijeo Citect O software que se conecta com OPC Server é o OPC Client:
  65. 65. Setup de Comunicação 66665555 Dispositivo de campo OFS Server OPC Client Configuração do OPC 1. Abra o software OFS Configuration Tool: 2. Crie um novo Device Alias em File New Device Alias: 3. Defina um nome para o equipamento em (1) ou (2):
  66. 66. Setup de Comunicação 4. Defina o IP (1) do equipamento que você deseja comunicar-se. Clique no botão 66666666 para definir o IP. 1 2 1
  67. 67. Setup de Comunicação 5. Nesta tela você deve selecionar o tipo de comunicação (2) e o software do CLP utilizado na opção PLCs (3). Neste exemplo selecione Direct TCP IP e Unity, pois está sendo utilizado o CLP M340. Neste exemplo, defina o IP 10.0.0.1 6. Clique em OK (4) para finalizar a configuração. 7. Selecione o arquivo do Unity Pro (.STU), para buscar a base de dados. Para isso, clique em na linha “Symbol Table File” e selecione o arquivo: 66667777 2 3 4
  68. 68. Setup de Comunicação 8. Salve as configurações em , conforme figura abaixo: 66668888
  69. 69. Setup de Comunicação Exercício 4.1 Repita os procedimentos acima para definir um terceiro IO Device externo (real), porém agora utilizando um servidor OPC e o recurso de Unity SpeedLink, para facilitar a criação de variáveis. Unity SpeedLink O SpeedLink é uma ferramenta que permite a importação e exportação de tags (variáveis) de uma aplicação desenvolvida com o Unity Pro. É possível definir dois tipos de troca de dados do Vijeo Citect com o Unity Pro, sendo: - Estática: Unity SpeedLink Static - Dinâmica: Unity SpeedLink Dinamic (sincronização) O recurso de Unity SpeedLink pode ser utilizado também com uma comunicação com driver direto. Para configurar a comunicação, utilizando um servidor OPC Schneider e o Unity SpeedLink siga os passos abaixo: a. Abra o Citect Explorer e selecione o projeto; b. Acesse o Project Editor, clicando no botão na barra de ferramentas; c. Abra o Express Communications Wizard clicando em Communication Express Wizard, conforme tela abaixo: d. A tela abaixo aparecerá. Clique em Avançar, para continuar: 66669999
  70. 70. Setup de Comunicação e. Nesta tela é possível você criar um novo IO Server ou utilizar um já existente. Neste caso será utilizado o IO Server já existente. Clique em Avançar, para continuar a configuração. f. Essa tela permite você criar um novo IO Device. Selecione Create a new IO Device e defina um nome “MilkDev1”. Clique em Avançar, para continuar. g. A tela abaixo permite você selecionar o tipo do seu IO Device. Sendo: 77770000
  71. 71. Setup de Comunicação - External IO Device Esta opção permite que você conecte em uma base de dados externa, ou seja, a qualquer equipamento que você deseje comunicar. Por exemplo, um CLP, um medidor, etc. - Disk IO Device Esta opção permite você comunicar-se com um arquivo, 77771111 armazenado no disco rígido. Neste exemplo, selecione External IO Device. h. Selecione o driver de comunicação. Neste caso o OPC e clique em Avançar: i. Defina o endereço do servidor OPC. O endereço do servidor OPC Schneider Electric é Schneider-Aut.OFS
  72. 72. Setup de Comunicação j. Nesta tela permite você conectar-se a um banco de dados externo de variáveis, para importá-las ou configurar uma sincronização. Para isso, selecione a opção Link I/O Device to an external tag database type. Defina a comunicação Unity SpeedLink via OFS:. A opção Automatic refresh of tags permite atualizar as tags do Vijeo Citect, sempre que ocorre uma mudança no banco de dados de tags externo. A opção Live Update atualiza ambos os bancos de dados de tags sempre que ocorre alguma mudança. k. Clique em Browse (1) para escolher a base de dados. Aparecerá a tela dos devices OPC e selecione o device desejado: 77772222
  73. 73. Setup de Comunicação 77773333 1
  74. 74. Setup de Comunicação l. Clique em Avançar e a tela abaixo aparecerá com um resumo da configuração de comunicação. Clique em Concluir (1) para finalizar a configuração. 77774444 Exercício 4.2 1 Abra o Citect Explorer e selecione o projeto “Milk_Treatment”. Selecione o Editor de Projeto (Project Editor) clicando no botão na barra de ferramentas ou no menu ToolsProject Editor. Selecione então CommunicationExpress Wizard. A seguinte figura será mostrada: Pressione o botão Next. O seguinte diálogo será mostrado:
  75. 75. Setup de Comunicação Pressione Next. Utilize o Express Communications Wizard para configurar o dispositivo de Entrada e Saída conforme mostrado a seguir. m. Este quadro de diálogo permite criar e designar um nome para o novo servidor de E/S. Designe Milk como nome para o servidor. Pressione Next para continuar. n. Este quadro de diálogo permite criar um dispositivo de E/S ou editar um existente. Selecione a opção “Create a new I/O Device” e designe o nome “MilkDev2” como nome do novo dispositivo de E/S e pressione Next para continuar. o. Este quadro de diálogo permite selecionar o tipo de dispositivo de E/S que será utilizado no projeto. Se seu PC de treinamento está conectado a um dispositivo real de E/S, selecione a opção “External I/O Device”. Se não, 77775555
  76. 76. Setup de Comunicação selecione a opção “Disk I/O Device”. Se não estiver seguro, seu instrutor lhe indicará que tipo de dispositivo deve criar. Os dados do Disk I/O Device são armazenados em um arquivo no disco rígido em uma localização específica. Se o Vijeo Citect é reinicializado, os dados ainda estarão disponíveis. De fato, estes dados podem inclusive ser compartilhados com outros computadores Vijeo Citect. Por outro lado, os dados do tipo Local Variables são perdidos quando o Vijeo Citect é reinicializado. p. Selecione em seguida Manufacture, Model e Communications Method da lista apresentada. Selecione Schneider-Electric, depois M340, depois MODBUS/TCP (Ethernet). Pressione o botão Next. A figura abaixo ilustra. 77776666
  77. 77. Setup de Comunicação q. Insira o IP indicado, mantenha o Port default assim como TPC como protocolo. Pressione o botão Next. A figura abaixo ilustra. r. Este quadro de diálogo permite que seja definido um Link do dispositivo de E/S para uma base de dados externa, assim como o refresh automático e o Live Update. No nosso curso estaremos fazendo uso desta opção posteriormente. Mantenha as opções default e pressione Next. 77777777

×