Tec idol1a

219 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
219
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tec idol1a

  1. 1. FEPPHA Fundação Estrada para o estudo e preservação do património histórico-arqueológico colecções de arte e arqueologia
  2. 2. edição FEPPHA concepção manuel de castro nunes texto manuel de castro nunes realização manuel de castro nunes maria do rosário gamito fotografia maria do rosário gamito
  3. 3. FEPPHA Secção 1 Antropomorfismo e idolografia
  4. 4. Temas de inserção
  5. 5. Neolítico final e Cultura Megalítica. IV e III Milénios AC. Representações idolográficas antropomórficas em lâmina de xisto recortada e incisa
  6. 6. Neolítico final, Cultura Megalítica e Calcolítico. Fins do V, IV e III Milénios AC. Representações idolográficas antropomórficas de tradição millarense, em osso ou pedra, cilíndrcas, paracilíndricas ou de perfil recortado
  7. 7. Neolítico final e Calcolítico, cultura estremenha das lapas e sepulturas escavadas na rocha, estuários do Sado e Tejo. III Milénio AC. Representações idolográficas antropomórficas do horizonte do Neolítico final e Calcolítico estremenho, predominantemente cilíndricos ou hemicónicos, em calcário ou mármore
  8. 8. Neolítico final e Calcolítico, cultura estremenha das lapas e sepulturas escavadas na rocha, estuários do Sado e Tejo. III Milénio AC. Pressupostas representações idolográficas antropomórficas mediadas por corpus diversificado de formas alegóricas, ditos pesos de balança, esferas, alcachofras
  9. 9. Neolítico final e Calcolítico, cultura estremenha das lapas e sepulturas escavadas na rocha, estuários do Sado e Tejo. III Milénio AC. Representações votivas de artefactos, utensílios de uso trivial ou objectos de adorno, taças, enxós, pentes, peitorais
  10. 10. Neolítico final e Cultura Megalítica, predominantemente no Alto Alentejo. Fins do IV e III Milénios AC. Objecto de uso indeterminado, em lâmina de xisto recortada e incisa, correntemente denominado báculo
  11. 11. Idade do Ferro, horizonte predominante ibérico e celtibérico, com extravasão para todo o horizonte castrejo. Do Século VI ao estabelecimento romano. Representações votivas de votantes, animais sacrificados e votados, membros sarados, denominados ídolos ibéricos e celtibéricos
  12. 12. Ambiente castrejo do Sudoeste e Noroeste peninsular. Séculos III, II e I AC. Representações rituais e votivas, horizonte castrejo, galaico-lusitano

×