O cinema faz 120 anos

445 visualizações

Publicada em

exposição sobre os inícios do cinema

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
445
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
186
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O cinema faz 120 anos

  1. 1. http://bibliotecaesfh.blogspot.pt/ 1 O CINEMA FAZ 120 ANOS IRMÃOS LUMIÈRE Antoine Lumière nasceu na região da Haute- Saône, em 1840. Casou-se aos 19 anos e estabeleceu-se em Besançon, primeiro como pintor, depois como fotógrafo. É em Besançon que nascem os seus dois primeiros filhos: Auguste, em 1862, e Louis em 1864. Em 1870, perante a ameaça dos prussianos, a família foge para o Este da França, instalando-se em Lyon. Antoine Lumière (1840-1911) Irmãos Lumière
  2. 2. http://bibliotecaesfh.blogspot.pt/ 2 IRMÃOS LUMIÈRE Antoine abre, então, um estúdio de fotografia, no centro da cidade. Acompanha de perto o progresso das invenções no domínio das imagens em movimento, sem nunca se distanciar da educação dos seus filhos Louis e Auguste, estudantes da La Martiniere, a maior escola técnica de Lyon. O filho mais novo, Louis, desenvolverá uma placa fotográfica seca ( processo de impressão) batizada de Rótulo azul que irá garantir fama e sucesso financeiro ao negócio da família. Para fabricar e comercializar as placas, Antoine Lumière compra um grande terreno em Monplaisir, nos subúrbios de Lyon. Louis Lumière (1864-1948) Auguste Lumière (1862-1954)
  3. 3. http://bibliotecaesfh.blogspot.pt/ 3 IRMÃOS LUMIÈRE No Outono de 1894, Antoine Lumière pede aos seus filhos, Louis e Auguste, para se interessarem pelas imagens animadas que Thomas Edison e vários outros pioneiros magníficos investigavam, na altura. Este incentivo levou à invenção do “Cinematógrafo Lumière”. A 26 de dezembro de 1894, um artigo no Lyon Republicano refere que " les frères Lumière [...] travaillent actuellement à la construction d’un nouveau kinétographe, non moins remarquable que celui d’Edison et dont les Lyonnais auront sous peu, croyons-nous, la primeur." O cinematógrafo era, ao mesmo tempo, uma máquina de filmar e um projetor de cinema. Na verdade, é um público parisiense e restrito que, a 22 de março, assiste à primeira demonstração deste dispositivo com o qual Louis Lumière projeta “Sortie d’usine” nas instalações da Sociedade Francesa para o Incentivo à Indústria Nacional. Pela primeira vez, graças ao cinematógrafo Lumière, um filme é exibido ao público. Sortie d'Usine (o primeiro filme)
  4. 4. http://bibliotecaesfh.blogspot.pt/ 4 A PRIMEIRA SESSÃO PÚBLICA PAGA O primeiro programa do "Cinematógrafo" no Salão indiano, no Grand Café, em Paris (28 de dezembro de 1895) Cartaz "Premier film" (1896) (multidão de espectadores no Grand Café)
  5. 5. http://bibliotecaesfh.blogspot.pt/ 5 MUSEU LUMIÈRE “O cinema diverte o mundo inteiro. O que poderíamos ter feito de melhor e que nos poderia dar mais orgulho Louis Lumière
  6. 6. http://bibliotecaesfh.blogspot.pt/ 6 INSTITUTO LUMIÈRE
  7. 7. http://bibliotecaesfh.blogspot.pt/ 7 O CINEMATÓGRAFO DOS IRMÃOS LUMIÈRE O primeiro protótipo da máquina de Auguste e Louis foi criado em 1894. O invento é constituído por uma câmara que fotografa e projeta as imagens uma velocidade de 16 quadros por segundo – contra 40 a 48 quadros por segundo do kinetoscópio de Edison e Dickson (o que torna a ação mais natural).
  8. 8. http://bibliotecaesfh.blogspot.pt/ 8 O CINEMATÓGRAFO DOS IRMÃOS LUMIÈRE Brevet de 1895 (corte do Cinématografo) Primeiro protótipo Segundo protótipo
  9. 9. http://bibliotecaesfh.blogspot.pt/ 9 O CINEMATÓGRAFO DOS IRMÃOS LUMIÈRE O protótipo permitiu rapidamente a captura de imagens, como evidenciam os testes realizados, presumivelmente, em janeiro de 1895 (o chão está com neve). Comparação de películas Lumière: da esquerda para a direita: primeiro protótipo; segundo protótipo; aparelho-modelo
  10. 10. http://bibliotecaesfh.blogspot.pt/ 10 O FOTORAMA LUMIÈRE A 29 de dezembro de 1900, Louis Lumière regista o brevet do Fotorama. Trata-se de um procedimento de fotografia panorâmica que permite a reprodução completa do horizonte, isto é, 360º, num único cliché e, sobretudo, a projeção integral desse cliché num écran cilíndrico. O sistema de luz dos irmãos Lumière é o primeiro a permitir um disparo fotográfico perfeito, sem alterações da visão geral. Vista obtida com o fotorama, tirada em Dinard, 1901 Vista parcial da sala do Fotorama Lumière
  11. 11. http://bibliotecaesfh.blogspot.pt/ 11 PRÉ-CINEMA: BRINQUEDOS ÓTICOS Flip book/ Folioscópio Criado em 1868 por John Barns Linnet os flipbooks são pequenos livros “animados”. Muito popular nos finais do século XIX e início do século XX, sendo ainda fabricados hoje. Taumatropo Inventado por Willian Fitton em 1825, o aparelho era constituído por um disco de papelão onde num dos lados se encontrava o desenho de uma gaiola e, no outro, o de um passarinho. Ao fazê-lo rodar sobre um fio esticado, as duas imagens fundiam-se, dando a impressão de que o pássaro estava dentro da gaiola.
  12. 12. http://bibliotecaesfh.blogspot.pt/ 12 PRÉ-CINEMA: BRINQUEDOS ÓTICOS Fenaquistoscópio Inventado em 1832, pelo físico belga Joseph Antoine Plateau. O Fenaquistoscópio consiste num disco preso pelo centro com um arame ou uma agulha grossa de forma a ser possível fazê-lo girar rapidamente. Nas extremidades do disco, e entre as ranhuras, são desenhadas 16 figuras em posições diferentes, mas sequenciais. Zootropo Inventado em 1834 por William George Horner, partindo dos estudos de Simon Stampfer, trata-se de mais um dos brinquedos ópticos que permite visionar um movimento contínuo ou em ação cíclica.

×