Horizontal interacionista virtualização

1.175 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.175
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Horizontal interacionista virtualização

  1. 1. Modelo Horizontal-interacionista: Virtualização
  2. 2. Virtualização da vida
  3. 3. <ul><li>Estamos na era da digitalização do signo </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Nova aliança entre som, imagem e texto. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Pierre Levy aposta no surgimento de novos modos na escrita . </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Pierre Levy </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Possui esperanças no advento de uma “inteligência coletiva”. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Pierre Levy é o principal pensador do modelo horizontal-interacionista </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Ele retoma os principios de McLuham. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>o computador e a internet como meio de comunicação estão transformando os estudos da comunicação em tempos pós-modernos </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Esse modelo de comunicação é interacional , permite a intervenção do usuário. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Levy, faz referência a três momentos históricos ligados à virtualização, são eles: </li></ul>Modelo da Virtualização
  13. 13. História da comunicação
  14. 14. <ul><li>Tempo da sociedade oral: </li></ul><ul><li>Oralidade nas grandes narrativas; </li></ul><ul><li>Recria-se a realidade; </li></ul><ul><li>Tempo cíclico, retorno, vida cotidiana pela tradição. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>2) O tempo da sociedade escrita: </li></ul><ul><li>O registro das ações humanas garante a sua permanência; </li></ul><ul><li>Aquisição e acumulo de conhecimento pelo próprio registro; </li></ul><ul><li>É o tempo do surgimento das “grandes” teorias; </li></ul><ul><li>A imprensa escrita consolidou o entendimento da verdade. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>3) O tempo tecnológico: </li></ul><ul><li>Verifica-se a perda da capacidade de referenciação do real; </li></ul><ul><li>Passa-se a realidade virtual; </li></ul><ul><li>Esta sociedade muda as formas de pensar e de comunicar; </li></ul><ul><li>Virtualização da realidade é uma realidade (ex.: filme matrix). </li></ul>
  17. 17. <ul><li>o tempo tecnológico é acelerado, imediatista e mutante. </li></ul>
  18. 18. (Mundo virtual)
  19. 19. <ul><li>A informação disponível está em permanente adaptação, mudança, recomposição e atualização. </li></ul>
  20. 20. <ul><li>A comunicação em tempo real; </li></ul><ul><li>Não sustentada pela estabilidade; </li></ul><ul><li>saber lidar operacionalmente com ela em tempo real. </li></ul>
  21. 21. <ul><li>O pensador francês Lucien Sfez avalia a comunicação na pós-modernidade. </li></ul>Modelo crítico da fissura tecnológica
  22. 22. <ul><li>Lucien Sfez </li></ul>
  23. 23. <ul><li>O que é fissura tecnológica? </li></ul>
  24. 24. <ul><li>Fissura tecnológica? </li></ul><ul><li>A tecnologia de hoje gera confusão </li></ul>
  25. 25. <ul><li>Para ele, o sujeito agora só pode existir pelo objeto técnico. </li></ul>
  26. 26. <ul><li>o conhecimento torna-se fragmentado . </li></ul>
  27. 27. <ul><li>é enfraquecido pelos instrumentos da comunicação tecnológica. </li></ul>
  28. 28. <ul><li>Sfez recomenda saber selecionar e interpretar as informações (espírito crítico). </li></ul>
  29. 29. <ul><li>um paradoxo é estabelecido: </li></ul><ul><li>“ na sociedade da comunicação os seres humanos se comunicam mal e mal comunicam” </li></ul>
  30. 30. <ul><li>na era tecnológica aparece o conceito de cibercultura (convergência entre o social e o técnico). </li></ul>
  31. 31. Cibercultura em nossas vidas
  32. 32. <ul><li>Maffesoli é otimista ao afirmar que a cibercultura potencializa as situações lúdicas, comunitárias e imaginárias da vida social. </li></ul>
  33. 33. <ul><li>Michel Maffesoli </li></ul>
  34. 34. <ul><li>já Baudrillard , diz que a comunicação é vítima de excesso de comunicação </li></ul><ul><li>Para ele, o excesso produz a perda do real , reino dos simulacros . </li></ul>
  35. 35. <ul><li>Jean Baudrillard </li></ul>

×