TUTORIAL DOPLANO DE AÇÃO PARTICIPATIVO    PARA ESCOLAS 2012             VOLUME 2    APOIO AO DIAGNÓSTICO E    À FORMULAÇÃO...
Governo do Estado de São PauloGovernadorGeraldo AlckminVice-GovernadorGuilherme Afif DomingosSecretaria da Educação       ...
Para dúvidas, sugestões, críticas e propostas de melhoria, envie umamensagem para o e-mail infoeducacao@educacao.sp.gov.br...
SumárioInformações sobre a Escola ................................................................. 7Parte I – Diagnóstico...
16.    Participação de pais, mães e responsáveis ...................................4217.    Protagonismo juvenil ...........
Análise      da     Dimensão         Escolar       Gestão       de     Resultados    Educacionais do Ensino e da Aprendiza...
Informações sobre a EscolaNome da Unidade EscolarEndereçoCidade                                CEPDiretoria de Ensino (Reg...
Parte I – Diagnóstico e Formulação de Ações        As fichas apresentadas abaixo têm a função    de auxiliar a escola na r...
Análise da Dimensão Escolar Gestão              Pedagógica   Avalia o trabalho pedagógico realizadona escola: atualização ...
1. Planejamento da Escola    O planejamento das práticas pedagógicas e daorganização        da     escola       é    reali...
Prioridade                               Dimensão Gestão Pedagógica                                             Foco      ...
2. Proposta Pedagógica e Plano de Gestão  definidos e conhecidos por todos    A Proposta Pedagógica é periodicamentereaval...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Pedagógica                                              ...
3. Currículo Oficial     Os princípios estabelecidos no Currículo Oficial,bem      como         a     Proposta      Pedagó...
Prioridade                                                         Dimensão Gestão Pedagógica                             ...
4. Planejamento das aulas articuladas entre si,  com Proposta Pedagógica e Currículo     A prática docente, o processo de ...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Pedagógica                                              ...
5. Professor Coordenador    A atividade docente e o processo de ensino sãoacompanhados de modo eficaz pelos gestores daesc...
Prioridade                                                         Dimensão Gestão Pedagógica                             ...
6. Formas            variadas          e       transparentes              de  avaliação dos alunos     O processo de avali...
Prioridade                                                         Dimensão Gestão Pedagógica                             ...
7. Dificuldades de ensino (professores) e de  aprendizagem (alunos)    As dificuldades de ensino (professores) e deaprendi...
Prioridade                                                         Dimensão Gestão Pedagógica                             ...
8. Recuperação     A      recuperação           dos        alunos          é       plenamentedesenvolvida, articulada com ...
Prioridade                                                         Dimensão Gestão Pedagógica                             ...
9. Utilização            dos        recursos      pedagógicos              e  tecnológicos     Os recursos pedagógicos e t...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Pedagógica                                              ...
10. Respeito       às     diferenças        individuais         e   à  promoção da diversidade    A     escola   desenvolv...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Pedagógica                                              ...
11. Funcionamento da HTPC     A HTPC é um momento que de fato propicia aformação continuada dos docentes com reuniõesplane...
dos conteúdos a serem trabalhados em sala de aula, da propostapedagógica da escola, dos procedimentos metodológicos e dosm...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Pedagógica                                              ...
Análise da Dimensão Escolar Gestão              Participativa   Avalia   o   nível   de   envolvimento   doconjunto da esc...
12. Informação democratizada    A       escola       possui         canais      de       comunicaçãosuficientes para favor...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Participativa                                           ...
13. Conselho Escolar e APM atuantes    Todos     os   segmentos       da    comunidade       escolarparticipam      efetiv...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Participativa                                           ...
14. Formação para os membros dos Colegiados    Os    membros       dos    Colegiados      têm    todas     asinformações n...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Participativa                                           ...
15. Proposta Pedagógica, Plano de Gestão e  Plano de Recursos Financeiros    A Proposta Pedagógica, o Plano de Gestão e oP...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Participativa                                           ...
16. Participação de pais, mães e responsáveis     Os   pais,   mães      e    responsáveis          pelos     alunoscompar...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Participativa                                           ...
17. Protagonismo juvenil    Os    alunos     são    efetivamente       estimulados       eapoiados      a    organizarem-s...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Participativa                                           ...
18. Reflexão            sobre          temas        potencialmente  geradores de conflitos     A escola promove debates, p...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Participativa                                           ...
19. Parcerias com outras instituições    A escola procura discutir propostas e realizarações         conjuntas      com   ...
Prioridade                                        Dimensão Gestão Participativa                                           ...
50
Análise da Dimensão Escolar Gestão        dos Recursos Humanos   Avalia o trabalho de gestão tendo porreferência o    comp...
20. Professor Coordenador    O Professor Coordenador (PC) possui todas ascondições     necessárias       para    desempenh...
Prioridade                                        Dimensão Gestão dos Recursos Humanos                                    ...
21. Reunião da Equipe Gestora    A    Equipe     Gestora     tem    um     cronograma      dereuniões estabelecido e reúne...
Prioridade                                        Dimensão Gestão dos Recursos Humanos                                    ...
22. Assiduidade, suficiência e estabilidade da  equipe escolar    Os professores e os funcionários da escola sãoassíduos, ...
Prioridade                                        Dimensão Gestão dos Recursos Humanos                                    ...
23. Rotinas de trabalho e responsabilização       Os docentes e funcionários da escola conhecemsuficientemente bem suas ro...
Prioridade                                        Dimensão Gestão dos Recursos Humanos                                    ...
24. Formação externa    A escola possui critérios claros de rodízio paraformações      externas,     de    tal   modo     ...
Prioridade                                        Dimensão Gestão dos Recursos Humanos                                    ...
62
Análise da Dimensão Escolar Gestão   dos Recursos Físicos e Financeiros   Avalia os serviços prestados pela escolaem relaç...
25. Instalações,                  equipamentos,                       recursos  tecnológicos e materiais pedagógicos      ...
Prioridade                                        Dimensão Gestão dos Recursos Físicos e Financeiros                      ...
26. Conservação da Escola    A   escola    promove     ações   eficazes  deconscientização, orientação e monitoramento qua...
Prioridade                                        Dimensão Gestão dos Recursos Físicos e Financeiros                      ...
27. Uso dos ambientes da Escola     A    escola        possui          ambientes          suficientementeadequados        ...
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Pap2
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pap2

1.147 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.147
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
327
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pap2

  1. 1. TUTORIAL DOPLANO DE AÇÃO PARTICIPATIVO PARA ESCOLAS 2012 VOLUME 2 APOIO AO DIAGNÓSTICO E À FORMULAÇÃO DE AÇÕES São Paulo, fevereiro de 2012
  2. 2. Governo do Estado de São PauloGovernadorGeraldo AlckminVice-GovernadorGuilherme Afif DomingosSecretaria da Educação Secretaria de Gestão PúblicaSecretário da Educação Secretária de Gestão PúblicaHerman Voorwald Cibele FranzeseSecretário-AdjuntoJoão Cardoso Palma FilhoChefe de Gabinete Chefe de GabineteFernando Padula Novaes Nelson Raposo de Mello JuniorSubsecretário de Articulação RegionalRubens Antonio Mandetta de SouzaCoordenadora de Gestão da Educação BásicaLeila Aparecida Viola MallioCoordenador de Gestão de Recursos HumanosJorge SagaeCoordenadora de Informação, Monitoramento e Avaliação EducacionalMaria Lúcia Azambuja GuardiaCoordenadora de Infraestrutura e Serviços EscolaresAna Leonor Sala AlonsoCoordenadora de Orçamento e FinançasCláudia Chiaroni AfusoCoordenadora da Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos ProfessoresVera Lúcia Cabral CostaPrograma Educação - Compromisso de São PauloValeria de Souza
  3. 3. Para dúvidas, sugestões, críticas e propostas de melhoria, envie umamensagem para o e-mail infoeducacao@educacao.sp.gov.br e mencione noassunto de sua mensagem a expressão “Plano de Ação Participativo paraEscolas”. É permitida a cópia, distribuição e transmissão deste material, bem como a criação deobras derivadas, desde que sejam atribuídos os créditos de autoria, não seja utilizada para finscomerciais, e que alterações, transformações ou criações derivadas deste material sejamcompartilhadas pela mesma licença, nos termos da CC BY-NC-SA 3.0.
  4. 4. SumárioInformações sobre a Escola ................................................................. 7Parte I – Diagnóstico e Formulação de Ações ...................................... 8 Análise da Dimensão Escolar Gestão Pedagógica ............................ 9 1. Planejamento da Escola .............................................................10 2. Proposta Pedagógica e Plano de Gestão definidos e conhecidos por todos ........................................................................12 3. Currículo Oficial ........................................................................14 4. Planejamento das aulas articuladas entre si, com Proposta Pedagógica e Currículo ......................................................................16 5. Professor Coordenador ..............................................................18 6. Formas variadas e transparentes de avaliação dos alunos ..............20 7. Dificuldades de ensino (professores) e de aprendizagem (alunos) ..........................................................................................22 8. Recuperação ............................................................................24 9. Utilização dos recursos pedagógicos e tecnológicos .......................26 10. Respeito às diferenças individuais e à promoção da diversidade ......................................................................................28 11. Funcionamento da HTPC ............................................................30 Análise da Dimensão Escolar Gestão Participativa .........................33 12. Informação democratizada .........................................................34 13. Conselho Escolar e APM atuantes ................................................36 14. Formação para os membros dos Colegiados .................................38 15. Proposta Pedagógica, Plano de Gestão e Plano de Recursos Financeiros ......................................................................................40
  5. 5. 16. Participação de pais, mães e responsáveis ...................................4217. Protagonismo juvenil .................................................................4418. Reflexão sobre temas potencialmente geradores deconflitos ..........................................................................................4619. Parcerias com outras instituições ................................................48Análise da Dimensão Escolar Gestão dos RecursosHumanos .......................................................................................5120. Professor Coordenador ..............................................................5221. Reunião da Equipe Gestora ........................................................5422. Assiduidade, suficiência e estabilidade da equipe escolar................5623. Rotinas de trabalho e responsabilização .......................................5824. Formação externa .....................................................................60Análise da Dimensão Escolar Gestão dos Recursos Físicose Financeiros .................................................................................6325. Instalações, equipamentos, recursos tecnológicos emateriais pedagógicos .......................................................................6426. Conservação da Escola ..............................................................6627. Uso dos ambientes da Escola ......................................................6828. Recursos financeiros ..................................................................7029. Acessibilidade ...........................................................................7230. Ambiente escolar ......................................................................7431. Atendimento prestado pela Escola ...............................................7632. Equipamentos e materiais pedagógicos ........................................7833. Acessa Escola ...........................................................................8034. Espaço para a prática de esportes ...............................................8235. Espaço para refeições e merenda ................................................84
  6. 6. Análise da Dimensão Escolar Gestão de Resultados Educacionais do Ensino e da Aprendizagem ...................................87 36. Avaliação do rendimento escolar .................................................88 37. Taxas de aprovação e de retenção ..............................................90 38. Acompanhamento dos resultados da Escola ..................................92 39. Análise dos resultados das diversas avaliações internas e externas ..........................................................................................94 40. Faltas de alunos, evasão e abandono ...........................................96Parte II – Plano de Ação Consolidado .................................................99 Dimensão: Gestão Pedagógica .......................................................... 100 Dimensão: Gestão Participativa ........................................................ 101 Dimensão: Gestão dos Recursos Humanos ......................................... 102 Dimensão: Gestão dos Recursos Físicos e Financeiros ......................... 103 Dimensão: Gestão de Resultados Educacionais do Ensino e da Aprendizagem ................................................................................ 104Parte III – Painel de Acompanhamento do Plano de Ação ................ 105 Dimensão: Gestão Pedagógica .......................................................... 106 Dimensão: Gestão Participativa ........................................................ 112 Dimensão: Gestão dos Recursos Humanos ......................................... 118 Dimensão: Gestão dos Recursos Físicos e Financeiros ......................... 124 Dimensão: Gestão de Resultados Educacionais do Ensino e da Aprendizagem ................................................................................ 130Fichas Avulsas .................................................................................. 136Material de Referência ...................................................................... 139Equipe Técnica .................................................................................. 140Colaboradores .................................................................................. 141
  7. 7. Informações sobre a EscolaNome da Unidade EscolarEndereçoCidade CEPDiretoria de Ensino (Região) Pessoas envolvidas na elaboração Cargo Nome Início __ /__ /201__Data doPreenchimento Término __ /__ /201__ Orientação Geral O presente diagnóstico e plano de ação deve ser preenchido e construído da forma mais colaborativa possível (respeitando o contexto de cada escola), preferencialmente envolvendo a Comunidade Escolar (Funcionários, Professores, Equipe Gestora, Alunos e Pais) e deve ser aprovado pelo Conselho da Escola. 7
  8. 8. Parte I – Diagnóstico e Formulação de Ações As fichas apresentadas abaixo têm a função de auxiliar a escola na reflexão sobre sua própria realidade, e devem ser preenchidas apenas nos casos em que isto seja útil para a escola. Entretanto, é importante a reflexão sobre todas as perguntas avaliativas propostas. Devem ser preenchidos necessariamente os campos: Nível de Importância; Nível de Satisfação; Fatos. Os demais campos deverão ser aprofundados em todos os casos em que um problema, simultaneamente: Revelar-se importante para a Escola, e Apresentar um diagnóstico considerado desconhecido ou insatisfatório. 8
  9. 9. Análise da Dimensão Escolar Gestão Pedagógica Avalia o trabalho pedagógico realizadona escola: atualização e enriquecimento doseu currículo, pela adoção de processoscriativos e inovadores, implementação demedidas pedagógicas que levem em contaos resultados de avaliação dos alunos e aatuação dos professores articulada àProposta Pedagógica e com asnecessidades de melhoria do rendimentoescolar. 9
  10. 10. 1. Planejamento da Escola O planejamento das práticas pedagógicas e daorganização da escola é realizado de formasistemática, contínua e coletiva levando emconsideração os dados/diagnósticos e as açõesrealizadas no ano anterior enquanto elementosimprescindíveis? Em todo início de ano letivo deve ser elaborado o planejamentodas práticas pedagógicas e o da organização da escola, com apreocupação de que o planejamento do ano anterior sejaconsiderado para o do ano seguinte, e com o maior esforço possívelpara que haja a colaboração efetiva de todos os segmentos dacomunidade escolar. Ao longo do ano letivo devem ocorrer asatividades de revisão do planejamento já realizado. O planejamentodeve contemplar a elaboração do plano de disciplinas, a definição domaterial didático e dos livros de apoio, o cronograma das atividadesextraclasse, a organização do calendário, etc. É importante que severifique se o planejamento elaborado no começo do ano temconseguido dar conta das atividades pedagógicas e organizacionaisque são demandas durante o ano letivo. A fim de garantir a construção coletiva do planejamento eacompanhamento da equipe gestora, devem ser considerados nesseprocesso os conhecimentos prévios dos alunos, o respeito àsindividualidades e à diversidade cultural. No final de cada ano deveser feita uma Avaliação Institucional, que seja referência para oplanejamento e aponte as prioridades para o ano seguinte. 10
  11. 11. Prioridade Dimensão Gestão Pedagógica Foco Planejamento da Escola Nível de Importância Nível de Satisfação Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioResultados Objetivos Problemas FatosDesejados Situação Valor Data Atual Indicador __/__/201__ Meta __/__/201__ Ação 11
  12. 12. 2. Proposta Pedagógica e Plano de Gestão definidos e conhecidos por todos A Proposta Pedagógica é periodicamentereavaliada em reuniões com todos os segmentos dacomunidade escolar? A equipe gestora utilizaferramentas eficazes para acompanhar aimplementação da Proposta Pedagógica e do Planode Gestão? A escola deve possuir uma Proposta Pedagógica escrita (emforma de documento), de conteúdo conhecido por todos e disponívelpara livre acesso, em cuja elaboração tenham participadoativamente todos os segmentos da comunidade escolar. A PropostaPedagógica deve explicitar a visão de sociedade, de educação e deescola e indicar a concepção de ensino e de aprendizagem,constituindo-se como o documento norteador das discussões, açõese decisões da escola. O Plano de Gestão, por sua vez, deve serformulado a partir da Proposta Pedagógica contemplando aoperacionalização da mesma. É importante que o Plano de Gestãocontenha a descrição do conteúdo mínimo; das expectativas deaprendizagem para cada ano/série; as atividades a serem realizadasdurante as aulas; as estratégias de avaliação; análise dos resultadosde aprendizagem; planos de trabalho de todos os setores; etc.Devem também ser incluídas outras indicações, como odesenvolvimento de projetos interdisciplinares. É importante a participação efetiva de todos os segmentos dacomunidade escolar em debates e reavaliações frequentes acerca daProposta Pedagógica e do Plano de Gestão, com registros eevidências dos resultados obtidos e das metodologias utilizadas. 12
  13. 13. Prioridade Dimensão Gestão Pedagógica Proposta Pedagógica e Plano de Gestão definidos e Foco conhecidos por todos Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Situação Atual Indicador __/__/201__ Meta __/__/201__ Ação 13
  14. 14. 3. Currículo Oficial Os princípios estabelecidos no Currículo Oficial,bem como a Proposta Pedagógica da escola,orientam de fato a prática docente, o ensino e aaprendizagem na escola? Caso o currículo oficial ainda não esteja plenamenteimplementado na escola, ou caso seja possível melhorar suaconsolidação, pode ser interessante fazer um estudo coletivo domaterial fornecido pela Secretaria da Educação para apropriação dasmatrizes metodológicas (como Caderno do Aluno, Caderno doProfessor, livros didáticos, recursos audiovisuais, estudos em HTPC,entre outros). Uma possibilidade é pesquisar quanto a equipeescolar de fato conhece sobre o currículo oficial e qual é a aceitaçãodos professores em relação ao mesmo. É importante também que seidentifiquem os resultados concretos para o ensino e aaprendizagem conquistados em sintonia com as diretrizes apontadasno currículo oficial. Deve-se avaliar a qualidade do materialfornecido e a sua real funcionalidade para a implementação docurrículo oficial. Deve-se também verificar se o currículo oficial estáadequado ao contexto atual da escola. É recomendável que serealizem debates e definições, com toda a equipe escolar, sobre aspossíveis articulações entre o Currículo Oficial do Estado de SãoPaulo e a Proposta Pedagógica da escola. É imprescindível que aEquipe Escolar busque compreender as causas dasdificuldades de ensino e, a partir de uma reflexão crítica,proponha ações concretas para superá-las. 14
  15. 15. Prioridade Dimensão Gestão Pedagógica Foco Currículo Oficial Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Situação Indicador Atual __/__/201__ Meta __/__/201__ Ação 15
  16. 16. 4. Planejamento das aulas articuladas entre si, com Proposta Pedagógica e Currículo A prática docente, o processo de ensino e daaprendizagem, são sistematicamente planejados,acompanhados e avaliados e estão suficientementecontextualizados com os princípios da PropostaPedagógica, com o Currículo Oficial e articuladosentre as diferentes áreas do conhecimento? É importante que todos os professores elaborem e realizemseus planos de aula considerando as orientações da PropostaPedagógica, e que tenham a oportunidade de trocar idéias entre sipara planejar as aulas. Isso colabora para um planejamentoarticulado das aulas entre professores tanto de disciplinas damesma área como de áreas diferentes. Um bom planejamento podeprever o uso de diferentes recursos pedagógicos (Internet, jornais,revistas, livros diversos, obras de arte, filmes) em sala de aula eincluir as opiniões e sugestões dos alunos. É importante tambémverificar se os princípios do currículo oficial estão presentes e sãoidentificados nas atividades realizadas com os alunos da escola,pelos professores, em sala de aula, e por todos os segmentos daequipe escolar. 16
  17. 17. Prioridade Dimensão Gestão Pedagógica Planejamento das aulas articuladas entre si, com Foco proposta pedagógica e currículo Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Situação Atual Indicador __/__/201__ Meta __/__/201__ Ação 17
  18. 18. 5. Professor Coordenador A atividade docente e o processo de ensino sãoacompanhados de modo eficaz pelos gestores daescola e, especialmente, pelo Professor Coordenador,incluindo-se o acompanhamento de aulas, pelosegundo, com propositura de intervenção ? O Professor Coordenador, além de conhecer o que foi planejadopelo professor, deve acompanhar a gestão da sala de aula, comvisitas às classes e posterior devolutiva aos professores a respeitodos aspectos didáticos que poderiam melhorar o processo de ensinoe de aprendizagem. Além disso, o Professor Coordenador develiderar o trabalho de formação continuada dos professores daescola, a partir de um diagnóstico dos saberes dos professores, afim de possibilitar situações para estudo e reflexão sobre a práticapedagógica, e procurando-se motivar os professores a investiremem seu próprio desenvolvimento profissional. 18
  19. 19. Prioridade Dimensão Gestão Pedagógica Foco Professor Coordenador Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Situação Atual Indicador __/__/201__ Meta __/__/201__ Ação 19
  20. 20. 6. Formas variadas e transparentes de avaliação dos alunos O processo de avaliação da aprendizagem doaluno é eficaz e realmente contribui para promover odesenvolvimento de suas competências? No processo de avaliação do aluno o professor deve procurarentender a avaliação como parte de um processo mais amplo deaprendizagem, realizada em vários momentos e de diversas formas(provas, trabalhos, seminários, chamadas orais, auto-avaliaçãoetc.). A partir dos resultados obtidos deve-se replanejar sempre quepossível as ações e as intervenções pedagógicas. É importantetambém que os alunos recebam uma devolutiva e comentáriosedificantes, em tempo hábil, sobre todos os trabalhos e provasrealizados, além de que sejam informados sobre todas asoportunidades de melhoria possíveis. Dessa forma, os alunos terão apossibilidade de conhecer os conteúdos nos quais progrediram eaqueles que precisam ser melhor desenvolvidos. Deve-se procuraraprimorar o processo de avaliação, de modo que se definamcoletivamente instrumentos, formas de registro e critérios paraavaliar as competências comuns a todas as áreas do currículo. Deve-se procurar aprimorar o processo de avaliação, de modoque se definam coletivamente instrumentos, formas de registro ecritérios para avaliar as competências comuns a todas as áreas docurrículo. É imprescindível que a equipe escolar busquecompreender as causas das dificuldades de ensino e, a partir deuma reflexão crítica, proponha ações concretas para superá-las. 20
  21. 21. Prioridade Dimensão Gestão Pedagógica Formas variadas e transparentes de avaliação dos Foco alunos Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Situação Atual Indicador __/__/201__ Meta __/__/201__ Ação 21
  22. 22. 7. Dificuldades de ensino (professores) e de aprendizagem (alunos) As dificuldades de ensino (professores) e deaprendizagem (alunos) são sistematicamenteacompanhadas pelos gestores da escola ao longo detodo o ano letivo e conta com o apoio necessário dosProfessores Coordenadores da Oficina Pedagógica(PCOPs)? É missão da escola fazer com que todos os alunos aprendam eadquiram o desejo de aprender cada vez mais e com autonomia.Para isso, é preciso observar os alunos de perto, conhecê-los,compreender suas diferenças, demonstrar interesses por eles,conhecer suas dificuldades e incentivar suas potencialidades. Omesmo deve se dar com o professor: as dificuldades de ensinodevem ser identificadas e sanadas por meio de formações e deestudos orientados. Por outro lado, os professores devem conhecerquais foram os conteúdos trabalhados com os alunos, bem como ashabilidades e competências desenvolvidas no ano anterior, o que jásabem e o que necessitam saber, para preparar o planejamento doano letivo e de cada aula. O conhecimento prévio das defasagens deaprendizagem dos alunos é condição necessária para oplanejamento de atividades aderentes às reais necessidades dosmesmos. 22
  23. 23. Prioridade Dimensão Gestão Pedagógica Dificuldades de ensino (professores) e de Foco aprendizagem (alunos) Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Atual Indicador __/__/201__ __/__/201__ Ação 23
  24. 24. 8. Recuperação A recuperação dos alunos é plenamentedesenvolvida, articulada com os demais professoresem HTPC e acompanhada com eficácia pela equipeescolar? Deve ser garantida a realização de diagnósticos e dereavaliações, numa periodicidade adequada, dos alunos comdificuldades de aprendizagem, de modo a assegurar oencaminhamento criterioso do aluno com dificuldade para que tenhaa possibilidade de melhorar seu desempenho. É essencial, ainda,que haja articulação entre o professor auxiliar e o professor dasaulas regulares. Um bom caminho para que isso seja atingido é aexistência de momentos para que a recuperação seja planejadaconjuntamente entre os professores das aulas regulares e oprofessor auxiliar. As aulas devem ser diversificadas e desenvolvidasa fim de que se alcance o máximo de aproveitamento possível dasatividades destinadas à recuperação contínua em sala de aula, alémdo atendimento a classes de recuperação intensiva. É fundamental,ainda, a realização do acompanhamento sistemático por parte doProfessor Coordenador, de modo que sejam avaliadoscontinuamente e registrados os resultados e as atividades derecuperação, replanejando as ações e desenvolvendo novasestratégias. 24
  25. 25. Prioridade Dimensão Gestão Pedagógica Foco Recuperação Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Atual Indicador __/__/201__ __/__/201__ Ação 25
  26. 26. 9. Utilização dos recursos pedagógicos e tecnológicos Os recursos pedagógicos e tecnológicos (internet,jornais, revistas, livros, obras de arte, filmes,documentários, computadores, etc.) e outros espaçosde aprendizagem, além da sala de aula, sãoefetivamente utilizados de modo a contribuir com oprocesso de ensino e da aprendizagem? É importante que os professores possuam formação adequadapara aproveitar tanto quanto possível as possibilidades oferecidaspelos recursos pedagógicos. No processo de formação contínuapromovido nas HTPCs, é importante que os ProfessoresCoordenadores articulem ações para troca de experiências e deconhecimentos sobre recursos pedagógicos. Deve ser fomentado,também, o compartilhamento de experiências da prática doprofessor na própria escola, além da busca por desenvolver-seatividades inseridas no contexto atual e que estimulem o interessedos alunos. Pode ser solicitado ao PCOP de Tecnologia, por exemplo,que oriente o PC e os professores da escola. Recursos pedagógicos e tecnológicos disponíveis: vídeo aulas,Internet, Acessa Escola, TV, radio, softwares educacionais, filmes,blogs, redes sociais, além dos materiais disponibilizados porprogramas como Sala de Leitura, Sala de Vídeo, Ler e Escrever, SãoPaulo Faz Escola, etc. 26
  27. 27. Prioridade Dimensão Gestão Pedagógica Foco Utilização dos recursos pedagógicos e tecnológicos Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Atual Indicador __/__/201__ __/__/201__ Ação 27
  28. 28. 10. Respeito às diferenças individuais e à promoção da diversidade A escola desenvolve ações para fomentar orespeito às diferenças individuais e à promoção dadiversidade, efetivamente, visando odesenvolvimento pleno da pessoa humana? A escola deve promover, efetivamente, o respeito às diferençasindividuais e à cultura da diversidade. A promoção do respeito àdignidade da pessoa humana é condição necessária para que aescola crie um ambiente onde todos os alunos (indígenas, negros,brancos, pessoas com limitações físicas, pobres, ricos, mulheres,homens, homoafetivos e heteroafetivos) recebam a atençãonecessária na sala de aula, além de que se valorize o fato de quecada aluno precisa de um tempo diferente para aprender. 28
  29. 29. Prioridade Dimensão Gestão Pedagógica Respeito às diferenças individuais e à promoção da Foco diversidade Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Atual Indicador __/__/201__ __/__/201__ Ação 29
  30. 30. 11. Funcionamento da HTPC A HTPC é um momento que de fato propicia aformação continuada dos docentes com reuniõesplanejadas e organizadas de modo a garantir amelhoria da prática docente? Para potencializar o momento da HPTC o ideal é que o horáriodo cumprimento das HTPCs, a ser organizado pelo ProfessorCoordenador, assegure que todos os professores do respectivosegmento de ensino participem num único dia da semana, emreuniões de, no mínimo, duas horas consecutivas; naimpossibilidade das reuniões das HTPCs serem organizadas emapenas um dia da semana, a escola deverá organizá-las em, nomáximo, dois dias, distribuindo todos os professores em dois grupospermanentes para cada dia. As reuniões devem ser organizadas,com pauta pré-definida e que trate de assuntos relevantes para aescola, capazes de contribuir de fato para a melhoria das práticasescolares, de modo que a HTPC cumpra plenamente cada uma desuas funções - formativa, informativa, organizativa, reflexiva,temáticas, de resolução de conflitos e de problemas, de divulgaçãode experiências bem-sucedidas, de planejamento(acompanhamento, discussão e adequação de ações), depreparação e orientação para os Conselhos de Classe, etc. Para isso,os temas de formação para as HTPC devem ser definidoscoletivamente e estar contextualizados às necessidades dosdocentes, a partir das observações do PC no acompanhamento dasaulas. É importante também, sempre que possível, a participaçãoefetiva do PCOP da Diretoria de Ensino nas HTPC. Alguns assuntos que podem ser desenvolvidos nas reuniões deHTPC são: avaliação do processo de aprendizagem dos alunos;reflexão sobre assuntos relativos ao cumprimento do planejamento, 30
  31. 31. dos conteúdos a serem trabalhados em sala de aula, da propostapedagógica da escola, dos procedimentos metodológicos e dosmateriais a serem utilizados; reflexão sobre alternativasmetodológicas na prática de ensino; análise crítica das experiênciasdos professores; construção de alternativas de integração deexperiências e de projetos inovadores implementados pela própriaescola; análise dos resultados do desempenho escolar, dosprocedimentos e dos diferentes instrumentos utilizados para aavaliação dos alunos; avaliação do trabalho realizado pelosprofessores; elaboração e seleção de materiais pedagógicosalternativos; formulação de propostas de integração entre a escola ea comunidade; desenvolvimento de formas de atendimento aos paisou responsáveis; leitura e reflexão sobre textos com fundamentosteóricos conceituais inerentes ao processo educativo; multiplicaçãode ações de formação continuada, realizadas pelos ProfessoresCoordenadores ou Docentes, em Cursos e Orientações Técnicaspromovidos pela SEE/DE; entre outros. 31
  32. 32. Prioridade Dimensão Gestão Pedagógica Foco Funcionamento do HTPC Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 32
  33. 33. Análise da Dimensão Escolar Gestão Participativa Avalia o nível de envolvimento doconjunto da escola na tomada de decisões,a real participação no Conselho de Escola,Associação de Pais e Mestres, GrêmioEstudantil e o grau de socialização dasinformações. 33
  34. 34. 12. Informação democratizada A escola possui canais de comunicaçãosuficientes para favorecer a troca de ideias e deinformações, entre os membros da comunidadeescolar, de maneira rápida e eficaz? Um dos princípios da gestão democrática é garantir a circulaçãode informações com fluidez, rapidez e transparência, de modo apermitir que toda a comunidade escolar conheça previamente todosos eventos da escola. Outro princípio é promover uma participaçãomais consciente da comunidade escolar no cotidiano da própriaescola. Contribui para isso um mural em local visível no qualestejam contidas as principais informações relacionadas àsatividades da escola (datas dos eventos festivos e culturais;prestações de contas sobre as despesas realizadas; datas dereuniões; agenda escolar do ano letivo, editais, projetos eprogramas desenvolvidos pelas escola; etc.), assim como adivulgação atualizada das ações da escola (planejadas, realizadas enão realizadas) na Internet. É importante que toda a comunidadeescolar conheça a „Proposta Pedagógica‟ e o „Plano de Gestão‟ daescola, tendo acesso à missão, às metas buscadas, aos gráficos deresultados, ao desempenho dos alunos, aos resultados de avaliaçõesinternas e externas, ao „Plano de Ensino‟ de cada disciplina, bemcomo aos resultados das reuniões da APM, do Conselho deClasse/Série e do Conselho de Escola e do Grêmio Estudantil. 34
  35. 35. Prioridade Dimensão Gestão Participativa Foco Informação democratizada Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 35
  36. 36. 13. Conselho Escolar e APM atuantes Todos os segmentos da comunidade escolarparticipam efetivamente das atividades, e dasreuniões promovidas pelos Colegiados e pela APM?Os Colegiados e a APM têm garantida a paridade emsuas composições? A realização das reuniões ocorrecom uma periodicidade adequada? A participação efetiva pressupõe não apenas a presença físicanos espaços e atividades voltados para isso, mas especialmente amanifestação de opiniões, o compartilhamento de responsabilidadese a participação efetiva nos processos de tomadas de decisões portoda a comunidade escolar. Para tanto, há que se garantirambientes propícios à reflexão, respeito às decisões tomadas e avalorização das contribuições de todos os participantes do processo.O Conselho de Escola deve ser formado por representantes de todaa comunidade escolar (pais, alunos, professores, funcionários,especialistas), sua composição deve ser paritária, e suas normas defuncionamento devem ser bem definidas e conhecidas por todos. Quando todos os segmentos da comunidade escolar sãoincluídos nos processos de tomada de decisões sobre o que deve sercomprado com os recursos financeiros da escola, sobre as açõesvoltadas à melhoria da escola e dos processos de ensino e deaprendizagem, as responsabilidades são compartilhadas e a chancede sucesso são bem maiores. 36
  37. 37. Prioridade Dimensão Gestão Participativa Foco Conselho Escolar e APM atuantes Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 37
  38. 38. 14. Formação para os membros dos Colegiados Os membros dos Colegiados têm todas asinformações necessárias sobre a escola, bem comoconhecem as legislações específicas, para melhorqualificarem os processos de tomada de decisão dosquais façam parte? A qualidade das decisões tomadas e das ações realizadas pelosmembros dos colegiados pode ser enriquecida com estudos e comreflexões produzidas em reuniões na própria escola, além deatividades como formações, cursos, participação em seminários, etc.Deve ser garantida também a disponibilização, aos membros dosColegiados, de informações sobre a escola em quantidade equalidade suficientes para que possam tomar decisões conscientes.. 38
  39. 39. Prioridade Dimensão Gestão Participativa Foco Formação para os membros dos Colegiados Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 39
  40. 40. 15. Proposta Pedagógica, Plano de Gestão e Plano de Recursos Financeiros A Proposta Pedagógica, o Plano de Gestão e oPlano de Trabalho e Aplicação de RecursosFinanceiros da escola foram elaborados com aparticipação da APM e do Conselho de Escola? AComunidade Escolar é informada e acompanhaefetivamente a execução das ações planejadas? Quando documentos importantes como esses são construídos emonitorados participativamente, ganham legitimidade e acabam portornarem-se norteadores e orientadores mais efetivos das açõesrealizadas no cotidiano escolar. Além do método participativo deconstrução, é importante que esses documentos explicitem osvalores e os objetivos da escola, além de que sejam coerentes às„Diretrizes Curriculares‟. Registrar o percurso de construção destesdocumentos em livros próprios dá transparência ao processo e é útilpara o aprendizado da comunidade escolar. 40
  41. 41. Prioridade Dimensão Gestão Participativa Proposta Pedagógica, Plano de Gestão e Plano de Foco Recursos Financeiros Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 41
  42. 42. 16. Participação de pais, mães e responsáveis Os pais, mães e responsáveis pelos alunoscomparecem e participam ativamente das atividadese das reuniões promovidas pela escola? Para que as reuniões contem com a presença e a participaçãoativa dos pais, mães e responsáveis pelos alunos deve-se considerarsua realização em dias e horários que atendam a real disponibilidadedas famílias, com o agendamento prévio das reuniões de tal modoque o maior número possível de pessoas poderão se programar paraparticipar. Além disso, é importante que se elabore e se divulguepreviamente pautas significativas para as reuniões, no intuito dereforçar sua importância. O registro das contribuições dos pais, oacolhimento e o respeito às diferentes opiniões, além da criação deestratégias motivadoras à participação são essenciais. Oenvolvimento de toda a comunidade escolar em reflexões e emencaminhamentos sobre as dificuldades de gestão e definanciamento da escola, bem como sobre os resultados dedesempenho dos alunos, incentiva a participação nas iniciativasvoltadas à solução desses problemas. 42
  43. 43. Prioridade Dimensão Gestão Participativa Foco Participação de pais, mães e responsáveis Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 43
  44. 44. 17. Protagonismo juvenil Os alunos são efetivamente estimulados eapoiados a organizarem-se e a participaremautonomamente do cotidiano da escola? A existência de condições e de espaços adequados para que osalunos atuem em ações coletivas e solidárias é fundamental para odesenvolvimento de suas potencialidades e a formação de suacidadania. Algumas ações podem favorecer o protagonismo juvenil eampliar a organização e participação autônoma dos alunos, como osgrêmios estudantis, a representação dos alunos nas reuniões dosConselhos de Classe e Série, a criação de meios de comunicação(rádio comunitária, jornal comunitário) e de espaços para os alunosse manifestarem sobre o processo de ensino e de aprendizagem, aformação de outros grupos juvenis, e o incentivo à participação nastomadas de decisão e nas ações desenvolvidas na escola são bonsexemplos nesse sentido. 44
  45. 45. Prioridade Dimensão Gestão Participativa Foco Protagonismo juvenil Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 45
  46. 46. 18. Reflexão sobre temas potencialmente geradores de conflitos A escola promove debates, palestras e reuniõespara a reflexão dos temas potencialmente geradoresde conflitos em seu interior, envolvendo,efetivamente, toda a comunidade escolar? Propiciar momentos de reflexão coletiva sobre questõesconflituosas como preconceito, bullying, drogas, gravidez naadolescência, violência, diversidade cultural e religiosa etc., edifica oprocesso de socialização e de convivência em comunidade, fortalecea compreensão de conceitos como o de cidadania e de respeito àdignidade da pessoa humana, além de contribuir para a redução dosconflitos em seu interior. 46
  47. 47. Prioridade Dimensão Gestão Participativa Reflexão sobre temas potencialmente geradores Foco de conflitos Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 47
  48. 48. 19. Parcerias com outras instituições A escola procura discutir propostas e realizarações conjuntas com outras instituições(universidades, bibliotecas, ONGs, postos de saúde,empresas, fundações, rede de proteção escolar, etc.)? O estabelecimento de ações colaborativas com a comunidadedo entorno escolar, para que desenvolvam ações utilizando-se daestrutura física da própria escola, é uma alternativa para envolvermais pessoas no propósito de oferecer uma formação de qualidadeaos alunos. 48
  49. 49. Prioridade Dimensão Gestão Participativa Foco Parcerias com outras instituições Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 49
  50. 50. 50
  51. 51. Análise da Dimensão Escolar Gestão dos Recursos Humanos Avalia o trabalho de gestão tendo porreferência o compromisso das pessoas(gestores, professores, funcionários, paise alunos) com a Proposta Pedagógica,levando em conta as formas de incentivo aessa participação, o desenvolvimento deequipes e lideranças, a valorização emotivação das pessoas, a formaçãocontinuada e a avaliação de seudesempenho. 51
  52. 52. 20. Professor Coordenador O Professor Coordenador (PC) possui todas ascondições necessárias para desempenhar comqualidade as atribuições pedagógicas decorrentesdesta função? A escola deve organizar-se de modo a garantir que o PC tenhacondições de exercer seu papel de formador e de articuladorpedagógico, garantindo que sua função não sofra desvio definalidade. Nesse sentido, sempre que necessário, a escola deveidentificar e demandar, por meio da Equipe de Supervisão, junto àDiretoria de Ensino, a formação necessária para que o PCdesempenhe com qualidade sua função pedagógica. 52
  53. 53. Prioridade Dimensão Gestão dos Recursos Humanos Foco Professor Coordenador Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 53
  54. 54. 21. Reunião da Equipe Gestora A Equipe Gestora tem um cronograma dereuniões estabelecido e reúne-se com a regularidadenecessária para refletir e encaminhar decisões sobreas questões do cotidiano escolar? É importante a existência de canais de retroalimentação(feedback) sobre o trabalho realizado pelo Diretor, Vice-Diretor,Professor Coordenador, Professor Mediador, representante dosfuncionários e gerente, numa periodicidade semanal ou quinzenal,de modo a planejar e reorientar ações tanto pedagógicas comoadministrativas do cotidiano escolar. Os funcionários da escoladevem receber orientações suficientes sobre como bem atenderpais, alunos e professores. Além disso, é importante que sejampromovidas ações para desenvolver equipes e lideranças, mediarconflitos, favorecer a integração e a organização dos segmentosescolares, em um clima de compromisso ético e solidário. 54
  55. 55. Prioridade Dimensão Gestão dos Recursos Humanos Foco Reunião da Equipe Gestora Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Atual Indicador __/__/201__ __/__/201__ Ação 55
  56. 56. 22. Assiduidade, suficiência e estabilidade da equipe escolar Os professores e os funcionários da escola sãoassíduos, pontuais e em número suficiente? Arotatividade da equipe da escola é baixa o suficientepara não prejudicar o processo de aprendizagem? Quando passam a prejudicar o aprendizado e o andamento dasatividades educativas, é importante que as faltas de diretor,professores ou funcionários sejam um problema discutido por toda acomunidade escolar (incluindo pais e alunos). Da mesma forma, desubstituições de professores e demais profissionais da escola devemser calculados a cada semestre e discutidos por toda a comunidadeescolar. Os professores devem começar e terminar as aulaspontualmente, e também os demais profissionais da escola cumprirsua jornada com pontualidade. No caso de falta de professores e de funcionários, a escoladeve acionar a Diretoria de Ensino, oficializar o responsável pelaatribuição de funcionários e solicitar os funcionários de quenecessita. A escola deve, ainda, enviar semanalmente o saldo deaulas para a DE, além de fazer uma ampla divulgação das vagasdisponíveis para atrair professores para admissão. Nos casos emque professores ou funcionários da escola faltam muito, a escoladeve rapidamente procurar identificar as causas e encontrarsoluções efetivas (aplicando a cada caso o disposto na legislaçãoespecífica vigente) para assegurar que as funções da escola ocorramadequadamente. Uma prática importante nesse sentido é o controlesistemático e transparente da frequência da equipe. Outra sugestãorelacionada ao tema que pode motivar os professores eventuais é aelaboração de um banco de aulas estruturadas e a relação dosmateriais de apoio disponibilizados pela escola, sob a orientação doProfessor Coordenador. 56
  57. 57. Prioridade Dimensão Gestão dos Recursos Humanos Assiduidade, suficiência e estabilidade da equipe Foco escolar Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Atual Indicador __/__/201__ __/__/201__ Ação 57
  58. 58. 23. Rotinas de trabalho e responsabilização Os docentes e funcionários da escola conhecemsuficientemente bem suas rotinas de trabalho? Elessentem-se de fato comprometidos pelos resultadosesperados decorrente de suas funções? É importante que sejam apresentadas as expectativas dedesempenho e a postura desejada para o exercício da funçãoprofissional dos docentes e demais funcionários, assim como asregras e as normas que organizam o cotidiano escolar, para todosos profissionais que atuam no ambiente escolar, com foco nodesenvolvimento da proposta pedagógica. Nesse sentido, éimportante a descrição das rotinas de trabalho dos docentes(diárias, semanais, mensais e bimestrais); da equipe gestora; e decada agente de organização escolar e de serviços (limpeza emerenda). Podem ser organizadas reuniões para que cadatrabalhador tenha a oportunidade de compreender suas respectivasrotinas de trabalho e a importância de suas ações em todo oprocesso educativo. Além disso, é importante o acompanhamentosistemático da prática docente e a avaliação dos resultados dotrabalho desenvolvido por cada servidor. As reuniões do Conselho deClasse pode ser uma importante oportunidade para a reflexão e abusca por novos caminhos para o desenvolvimento profissional decada professor, inclusive por contar com a presença derepresentação discente. 58
  59. 59. Prioridade Dimensão Gestão dos Recursos Humanos Foco Rotinas de trabalho e responsabilização Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 59
  60. 60. 24. Formação externa A escola possui critérios claros de rodízio paraformações externas, de tal modo que toda acomunidade escolar possa delas participar? A escoladivulga e incentiva suficientemente as formaçõesexternas disponíveis? A escola é capaz de receber asdemandas por formação procedentes da comunidadeescolar e encaminhá-las com efetividade? O ideal é que todos os profissionais da escola tenham ahabilitação (formação inicial) necessária para o exercício de suafunção. É importante que a escola, a DE e a Secretaria de Educaçãoofereçam cursos ou ações de formação para os professores e osdemais funcionários da escola, com oportunidades para que todospossam participar. A escola deve desenvolver, ainda, ações efetivaspara potencializar a motivação, a autoestima e a capacidade deliderança dos membros da comunidade escolar. 60
  61. 61. Prioridade Dimensão Gestão dos Recursos Humanos Foco Formação externa Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 61
  62. 62. 62
  63. 63. Análise da Dimensão Escolar Gestão dos Recursos Físicos e Financeiros Avalia os serviços prestados pela escolaem relação ao atendimento ao público, àmanutenção do prédio, dos equipamentos,bem como a utilização e aplicação dosrecursos financeiros. 63
  64. 64. 25. Instalações, equipamentos, recursos tecnológicos e materiais pedagógicos As decisões relacionadas a instalações,equipamentos, recursos tecnológicos e materiaispedagógicos são tomadas a partir dos debatesrealizados pelos órgãos colegiados? Essas açõesatendem plenamente à Proposta Pedagógica daescola e às demandas explicitadas no Plano deGestão? A disponibilidade de material, o acesso a espaços eequipamentos, bem como o uso eficiente e flexível de tudo o que aescola possui, deve constar em um plano de otimização de recursosmateriais e financeiros (anexo ao Plano de Gestão), coerente com aProposta Pedagógica e o próprio Plano de Gestão, a serviço doprocesso de ensino e aprendizagem dos alunos. Da mesma forma,as informações sobre localização, condições e cronograma de usodos materiais didáticos e equipamentos, a necessidade demanutenção, reparos e reposições, devem estar disponíveis para acomunidade escolar por meio de um inventário, no qual estejamrelacionados todos os recursos físicos, materiais e didáticosdisponíveis. 64
  65. 65. Prioridade Dimensão Gestão dos Recursos Físicos e Financeiros Instalações, equipamentos, recursos tecnológicos Foco e materiais pedagógicos Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Indicador Atual __/__/201__ __/__/201__ Ação 65
  66. 66. 26. Conservação da Escola A escola promove ações eficazes deconscientização, orientação e monitoramento quantoa temas voltados à conservação da escola? A conservação e valorização das instalações, equipamentos(patrimônio público) estão relacionadas, por um lado, àconscientização dos alunos e comunidade escolar quanto ao usoadequado dos mesmos e, por outro lado, de ações demonitoramento, que assegurem a higiene, limpeza e manutençãoadequada do ambiente escolar e seus equipamentos pelosfuncionários responsáveis. A conservação da escola envolve, ainda,ações preventivas de manutenção e preservação do patrimônioescolar, das instalações, dos equipamentos e dos materiaispedagógicos. Iniciativas como a indicação de um responsável porrealizar a cada 15 dias uma lista de verificação (checklist) quesinalize o bom andamento da limpeza por empresas terceirizadas ouequipes responsáveis; a identificação das necessidades de reparos ereposições, estabelecendo prioridades, verificando recursosfinanceiros disponíveis e organizando solicitações, se couber, aosórgãos superiores competentes; e outras, como o uso compartilhadode banheiros por alunos, funcionários e professores, contribuempara que a escola esteja sempre limpa e em boas condições de uso. O trabalho pedagógico sobre a destinação adequada do lixo eações como coleta seletiva e reciclagem do lixo produzido pelaescola podem, também, colaborar com a limpeza e organização doambiente interno e externo da escola, assim como para a formaçãodos alunos. 66
  67. 67. Prioridade Dimensão Gestão dos Recursos Físicos e Financeiros Foco Conservação da Escola Nível de Importância Nível de SatisfaçãoResultados Objetivos Problemas Fatos Diagnóstico ( ) Alta importância ( ) Totalmente insatisfatório ( ) Média importância ( ) Insatisfatório ( ) Não sabe ou tem dúvidas ( ) Baixa importância ( ) Satisfatório ( ) Não se aplica ( ) Totalmente satisfatórioDesejados Valor Data Meta Situação Atual Indicador __/__/201__ __/__/201__ Ação 67
  68. 68. 27. Uso dos ambientes da Escola A escola possui ambientes suficientementeadequados para atender todas as atividades deaprendizagem dos alunos? As salas de aula devem ser organizadas de acordo com adiversidade das atividades realizadas (rodas de discussão, aulasexpositivas, etc.). O espaço da escola deve procurar contemplartambém os outros ambientes necessários, como sala para estudosde recuperação, sala de leitura, sala de informática, espaço paraatividades esportivas, sala de professores, para a secretaria daescola, para HTPC, sala de vídeo, brinquedoteca - ciclo I,laboratórios de ciências físicas e biológicas equipados, alémdaqueles destinados a outros projetos desenvolvidos. A escola podetomar iniciativas que busquem otimizar o espaço disponível, assimcomo solicitar reformas e ampliações sempre que necessárias, talqual previsto no projeto arquitetônico oficial da SEE. 68

×