Escada

9.726 visualizações

Publicada em

0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.726
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
276
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escada

  1. 1. 2e + p = 63np = ne – 1 REPGRAF 1 - FAUMACKL = np.p Hppa p e Hppa/2 L
  2. 2. REPGRAF 1 - FAUMACK
  3. 3. REPGRAF 1 - FAUMACK
  4. 4. REPGRAF 1 - FAUMACK
  5. 5. REPGRAF 1 - FAUMACK
  6. 6. REPGRAF 1 - FAUMACK
  7. 7. REPGRAF 1 - FAUMACK
  8. 8. REPGRAF 1 - FAUMACK
  9. 9. Escada.Tipo de Uso Espelho máx. Piso min. Largura min. Patamar min.Privativo 0.19 0.25 0.60 0.80Privativo restrito 0.20 0.20 0.60Público 0.18 0.27 1.20 1.20 É obrigatório a colocação do patamar quando o Hppa for superior a 3.25. Quando houver mudança no sentido em escada coletiva. A altura livre em uma escada ou rampa é de 2.00 Corrimão: A altura deve estar entre 0.80 a 1.00 Obrigatório quando: 1. apenas de um dos lados quando a largura da escada for inferior a 1.20 e parede do outro lado. 2. em ambos os lados quando a largura for maior ou igual a 1.20 3. possuir corrimão intermediário quando a largura for superior ou igual a 2.40 DIMENSIONAMENTO DE ESCADAS. Para se calcular uma escada devemos saber: a) Altura de Piso a piso acabado (Hppa) b) Uso da escada (Privativo, público, etc.) c) Tipo físico dos usuários no caso de privativa. 1. Para determinar o número de espelhos: (ne) Hppa x 6 = número de espelhos Quando o N. de espelhos for fracionado devemos fazer conforme o ex. abaixo. Ex.: Hppa = 2.65 1.65 x 6 = 15.9 adota-se n.esp.= 16 se o valor for menor que .50 arredonda-se para baixo. Umas vez adotado o n. de espelhos calculamos o tamanho do espelho. 2. Cálculo do tamanho do espelho (e) Dividimos outra vez o Hppa agora pelo número de espelhos, assim achamos o tamanho do espelho Ex.: Hppa / ne = e OBS.: NUNCA SE ARREDONDA O TAMANHO DO ESPELHO REP GRAF 1 FAU MACK   
  10. 10. 3. Cálculo do tamanho do piso.Para pessoas com um biofísico menor adota-se um passo de 0.63m, semaior 0.65m.Tomaremos então a média entre os dois valores, 0.64m2e + p = 0.64 onde "e" é o espelho e "p" o pisoDeterminado o tamanho do piso deve-se saber qual o tamanho da escada. 4. Cálculo do comprimento da escada.Sabendo-se que n. de pisos é :n.p.= n.esp. - 1Teremos que:c = n.p. x p dará o quanto a escada ocupará no meu projeto.OBS.: quando o número de espelhos for superior a 19 será obrigatório acolocação de um patamar.O PATAMAR. Quando teremos um patamar para mudança de sentido da escada, ou seja, umaescada em “U” ou em “L” devemos adotar como se fossem duas escadasseparadas.Ex.: Digamos que o Hppa é 2.00 E você deseja colocar o patamar no meio dela,usa-se como Hppa= 1.00 e depois repetimos a mesma escada no outro sentido,assim ela ficará igual visualmente e nos cálculos.O comprimento do patamar deve ter no mínimo 0.80 em escada privativa e 1.20quando em coletiva.IMPORTANTENUNCA DEVE-SE DEIXAR UMA ESCADA COM DIFERENTES VALORES DEPISO E ESPELO. ELA DEVE SER CONSTANTE EM TODO O PERCURSO E EMDOS PAVIMENTOS.Não se estipula um valor de piso ou de espelho, ele deve ser calculadosempre e depois verificado se esta conforme a norma.(fonte: Código de Obras e Edificações do Município de São Paulo. Capítulo 12 – Circulação e Segurança)  REP GRAF 1 FAU MACK  

×