Elisabete Santos , João Henriques,Manuel Lousa, Rute Antunes
Devido à crescente importância doensino online, as instituições deensino têm refletido e aumentado asferramentas de avalia...
Segundo a Australian Nacional TrainingAuthority (2002), há uma necessidade real deencontrar métodos efetivos de avaliaçãoa...
Vonderweel, Liang e Alderman, realizaramestudos com alunos do "Colleges ofEducation of Two Midwestern" e chegaram àconclus...
Adaptado de: JACOBSOHN, Liliana Vasconcelos, A contribuição do Forúm de discussão para o aprendizado doaluno: Uma experiên...
Nos fóruns, o papel do professorou tutor é de um facilitador,mentor ou orientador dasaprendizagens.
Quanto ao papel dos professores os alunosconsideram que:• O feedback é essencial, nomeadamentequando respondem a questões ...
Os fóruns apresentam aspetos fundamentaispara a avaliação e aprendizagem dos alunos:o A sua estrutura;o Auto regulação das...
Para os alunos a estrutura, é um dosaspetos fundamentais dos fóruns,segundo eles:• A aprendizagem será afetada se umdos tó...
• As reflexões dos colegas são essenciaispara a construção da sua própriaaprendizagem;• Para que os alunos se sintam confi...
• As discussões são resultado do trabalhode grupo, todos são responsáveis pelaparticipação e contribuição na discussão;• U...
Quanto à auto regulação das atividadescognitivas:• A discussão nos fóruns faz com que todosos alunos sejam mais responsáve...
Os fóruns estimulam a aprendizagem autónoma:• Quando um tópico surge num fórum é daresponsabilidade do aprendente procurar...
Utilizando os forúns como Comunidade deAprendizagem e tirando partido dasdiferentes perspetivas apresentadas pelosseus par...
Segundo Robles e Braathen, 2002, atecnologia de discussão online, dá umacapacidade, a cada aprendente, deresponder a quest...
Um elemento essencial de comunicação,feedback, interação e processo de avaliaçãonuma turma online é a competência ao nível...
Adaptado de: Uso de fóruns no ensino, em http://www.geoescola.org
Os fóruns podem ser utilizados comoinstrumento de avaliação sumativa mastambém como instrumento de avaliaçãoformativa, poi...
Segundo Nisbet, enquanto que numa sala deaula tradicional é difícil ter uma noção exatada participação dos alunos, nos fór...
Mais importante do que saber quantas vezeso aluno participou na discussão, é saber queestádios deve o aluno passar e queev...
Salmon, 2002, apresentou uma tabela,onde distinguia três aspetos essenciais:1. O estádio em que o aprendente seencontrava;...
Neste mesmo esquema, eram distinguidas 5etapas:• Em relação ao estádio:o Acesso e motivação;o Socialização online;o Troca ...
• Em relação às evidências:• Como aceder e fazer o primeiro post;• Auto apresentação e partilha com osoutros;• Troca de fl...
• Relativamente ao papel do tutor:o Resolver problemas de acesso e encorajar aparticipação de todos;o Criar uma atmosfera ...
Segundo Wee e Abrizah (2011) os critérios deavaliação devem servir como orientação clarapara a quantidade e qualidade da d...
Existem duas abordagens para a avaliação dasrespostas colocados pelos alunos (posts) nosfóruns.• A abordagem de classifica...
Na abordagem de classificação holística, os “posts”dos estudantes são avaliados como um todo.Toda a contribuição do aluno ...
A avaliação da participação, utilizando aabordagem holística, só pode ser realizada depoisde a discussão terminar.Enquanto...
A abordagem de classificação analítica é maisdetalhada. É realizada com base nas múltiplasdimensões do desempenho e não co...
A abordagem de classificação analítica tem avantagem de ajudar a identificar os “pontosfracos” e “pontos fortes” dos estud...
A aplicação deste tipo de abordagem avaliativacentra-se nos diferentes aspetos ou dimensões dadiscussão, fazendo com que r...
Os critérios a serem avaliados através daabordagem de classificação analítica podem ser,por exemplo:o Frequência/padrões d...
Jacobsohn, L. & Fleury, M. (2005, Março). A contribuição do fórum dediscussão para o aprendizado do aluno: Uma experiência...
Vonderwell, S., Liang, X., & Alderman, K. (2007). Asynchronous discussionsand assessment in online learning. Journal Of Re...
Fóruns grupo 1
Fóruns grupo 1
Fóruns grupo 1
Fóruns grupo 1
Fóruns grupo 1
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fóruns grupo 1

359 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
359
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
92
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fóruns grupo 1

  1. 1. Elisabete Santos , João Henriques,Manuel Lousa, Rute Antunes
  2. 2. Devido à crescente importância doensino online, as instituições deensino têm refletido e aumentado asferramentas de avaliação emcontexto online.
  3. 3. Segundo a Australian Nacional TrainingAuthority (2002), há uma necessidade real deencontrar métodos efetivos de avaliaçãoapropriados ao ensino online e umanecessidade de perceber como este tipo deensino muda a seleção, monitorização egestão das atividades avaliativas.
  4. 4. Vonderweel, Liang e Alderman, realizaramestudos com alunos do "Colleges ofEducation of Two Midwestern" e chegaram àconclusão que os fóruns facilitam oprocesso de aprendizagem e de avaliaçãodos alunos.
  5. 5. Adaptado de: JACOBSOHN, Liliana Vasconcelos, A contribuição do Forúm de discussão para o aprendizado doaluno: Uma experiência com estudantes de administração, Caderno de Pesquisas em Administração, S. Paulo,
  6. 6. Nos fóruns, o papel do professorou tutor é de um facilitador,mentor ou orientador dasaprendizagens.
  7. 7. Quanto ao papel dos professores os alunosconsideram que:• O feedback é essencial, nomeadamentequando respondem a questões individuais dosalunos mas também quando se dirigem à turmaem geral, quer sumariando ideias chave querintervindo quando a discussão está a tornar-serepetitiva ou quando os alunos estão a fugir dotema em discussão.
  8. 8. Os fóruns apresentam aspetos fundamentaispara a avaliação e aprendizagem dos alunos:o A sua estrutura;o Auto regulação das atividades cognitivas;o Processo de autonomia;o Comunidade de aprendizagem;o Competências de escrita.
  9. 9. Para os alunos a estrutura, é um dosaspetos fundamentais dos fóruns,segundo eles:• A aprendizagem será afetada se umdos tópicos não estiver bemestruturado
  10. 10. • As reflexões dos colegas são essenciaispara a construção da sua própriaaprendizagem;• Para que os alunos se sintam confiantespara partilhar as suas opiniõesnecessitam de estabelecer um ambientede confiança e de comunidade com oscolegas;
  11. 11. • As discussões são resultado do trabalhode grupo, todos são responsáveis pelaparticipação e contribuição na discussão;• Um dos aspetos mais difíceis de controlarserá o equilíbrio entre uma participaçãoativa e a monopolização da discussão.
  12. 12. Quanto à auto regulação das atividadescognitivas:• A discussão nos fóruns faz com que todosos alunos sejam mais responsáveis;• A comunicação assíncrona permite aoestudante ter tempo para compor o seupensamento e as suas questões;
  13. 13. Os fóruns estimulam a aprendizagem autónoma:• Quando um tópico surge num fórum é daresponsabilidade do aprendente procurar maisinformação sobre o mesmo;• Em relação aos professores os alunos afirmamque estes deveriam fornecer mais questões parao fórum, pois não faz sentido continuar com amesma questão quando já nada de novo há adizer sobre ela.
  14. 14. Utilizando os forúns como Comunidade deAprendizagem e tirando partido dasdiferentes perspetivas apresentadas pelosseus pares, o seu aprendizado é maior.
  15. 15. Segundo Robles e Braathen, 2002, atecnologia de discussão online, dá umacapacidade, a cada aprendente, deresponder a questões, com igualdade deoportunidade de participação, oferecendo umpotencial suporte para a co-construção doconhecimento, através de discussõessignificativas (Gilbert e Debbagh, 2005).
  16. 16. Um elemento essencial de comunicação,feedback, interação e processo de avaliaçãonuma turma online é a competência ao nívelda escrita (Liang e Creasy, 2004, Speck, 2002)..
  17. 17. Adaptado de: Uso de fóruns no ensino, em http://www.geoescola.org
  18. 18. Os fóruns podem ser utilizados comoinstrumento de avaliação sumativa mastambém como instrumento de avaliaçãoformativa, pois permite adaptar o ensino e aaprendizagem às reais necessidades dosalunos.
  19. 19. Segundo Nisbet, enquanto que numa sala deaula tradicional é difícil ter uma noção exatada participação dos alunos, nos fóruns existesoftware capaz de contabilizar a quantidadede intervenções que um aluno faz no fórum.
  20. 20. Mais importante do que saber quantas vezeso aluno participou na discussão, é saber queestádios deve o aluno passar e queevidências poderemos ter dessa situação.
  21. 21. Salmon, 2002, apresentou uma tabela,onde distinguia três aspetos essenciais:1. O estádio em que o aprendente seencontrava;2. A evidências apresentadas;3. O papel que o professor deviadesempenhar:
  22. 22. Neste mesmo esquema, eram distinguidas 5etapas:• Em relação ao estádio:o Acesso e motivação;o Socialização online;o Troca de informação;o Construção do conhecimento;o Desenvolvimento.
  23. 23. • Em relação às evidências:• Como aceder e fazer o primeiro post;• Auto apresentação e partilha com osoutros;• Troca de fluxo informativo;• Formulação de ideias através dacolaboração e discussão;• Responsabilidade pela própriaaprendizagem e construção da mesma.
  24. 24. • Relativamente ao papel do tutor:o Resolver problemas de acesso e encorajar aparticipação de todos;o Criar uma atmosfera de mútuo respeito e dediferentes opiniões;o Organizar discussões produtivas;o Construir e sustentar o processo grupal deaprendizagem;o Apoiar e responder quando necessário
  25. 25. Segundo Wee e Abrizah (2011) os critérios deavaliação devem servir como orientação clarapara a quantidade e qualidade da discussão, emfóruns, assim como um meio de alinhar aatividade e objetivos de alunos e tutores.
  26. 26. Existem duas abordagens para a avaliação dasrespostas colocados pelos alunos (posts) nosfóruns.• A abordagem de classificação holística.• A abordagem de classificação analítica.
  27. 27. Na abordagem de classificação holística, os “posts”dos estudantes são avaliados como um todo.Toda a contribuição do aluno é recolhida e avaliadapelos tutores. Os critérios iniciais são estabelecidosantes da classificação e esses critérios são tomadoscomo um todo.
  28. 28. A avaliação da participação, utilizando aabordagem holística, só pode ser realizada depoisde a discussão terminar.Enquanto a discussão está a decorrer, os alunosnão têm conhecimento do seu desempenho.
  29. 29. A abordagem de classificação analítica é maisdetalhada. É realizada com base nas múltiplasdimensões do desempenho e não com base naparticipação como um todo.A avaliação é estabelecida através de ummétodo de atribuição de pontos a vários critérios.A soma dos pontos, dos diferentes critérios, irárepresentar a nota final.
  30. 30. A abordagem de classificação analítica tem avantagem de ajudar a identificar os “pontosfracos” e “pontos fortes” dos estudantes.Este tipo de abordagem tem a desvantagem deprecisar de mais tempo para a sua aplicação.
  31. 31. A aplicação deste tipo de abordagem avaliativacentra-se nos diferentes aspetos ou dimensões dadiscussão, fazendo com que resulte uma melhortroca de ideias e um aumento da qualidade geralda discussão.
  32. 32. Os critérios a serem avaliados através daabordagem de classificação analítica podem ser,por exemplo:o Frequência/padrões de interação.o Tamanho da mensagem e a sua análise deconteúdo.o Utilização de palavras-chave.
  33. 33. Jacobsohn, L. & Fleury, M. (2005, Março). A contribuição do fórum dediscussão para o aprendizado do aluno: Uma experiência com estudantes deadministração. Caderno de Pesquisas em Administração, 12(1), 69-80.Retirado de http://www.ead.fea.usp.br/cad-pesq/arquivos/v12n1art6.pdf(n.d.). Uso de fóruns no ensino. GeoEscola, Retirado dehttp://www.geoescola.org/index.php?view=article&catid=143:conceito&id=219:uso-de-foruns&option=com_content&Itemid=137Nisbet, D. (2004). Measuring the quantity and quality of online discussiongroup interaction. Journal of eLiteracy, 1((2004)), 122-139. Retirado dehttp://www.jelit.org/42/01/JeLit_12.pdf
  34. 34. Vonderwell, S., Liang, X., & Alderman, K. (2007). Asynchronous discussionsand assessment in online learning. Journal Of Research On Technology InEducation, 39(3), 309-328. Retirado dehttp://www.fp.ucalgary.ca/maclachlan/EDER_679.06_Fall_2009/Assessment_Discussions.pdfWee, M., & Abdullah, A. (2011). An analysis of an assessment model forparticipation in online forums.ComSIS, 8(1), 121-140. Retirado dehttp://www.doiserbia.nb.rs/img/doi/1820-0214/2011/1820-02141000036C.pdf

×