Slide 1              AS PINTURAS                GREGAS                 As pinturas           desapareceram em sua         ...
ou de cordas, sendo osfavoritos a lira, a cítara e o aulo, um tipo de flauta. Ocanto era muito apreciado, e, por isso, esc...
Renda-se ao sabor da culinária gregaA cozinha grega é uma das mais saudáveis, saborosas e perfumadas do mundo. É recheada ...
Os doces gregos são também muito apreciados e entre muito podemos destacar o kourabié, umamanteigado com recheio de amêndo...
Pepino                                              TomateNo café da manhã, o iogurte grego, que é suave e encorpado, pode...
OuzoOs vinhos gregos são de ótima qualidade e diferem-se a cada região. Entre os brancos, são famosos os eSantorini, algun...
O Renascimento Grego.Um oásis de civilização, formado pela Fenícia (v.), Palestina, Síria eChipre, conseguiu sobreviver a ...
A Macedônia e os Estados Gregos(323-224 A.C.) As conquistas de Alexandre na Ásia trouxeram grande prosperidadeao Mediterrâ...
DOMINIO DE ROMA De 224 a 205 A.c., os macedônios prosseguiram em sua tentativa defirmar-se no mundo grego, mas sem qualque...
Mitologia Grega           Características da Mitologia         Grega, principais mitos e lendas,            deuses gregos,...
Conheça os principais deuses gregosZeus - deus de todos os deuses, senhor do Céu.Afrodite - deusa do amor, sexo e beleza.P...
OS PRINCIPAIS SERES MITOLÓGICOS DA GRÉCIAANTIGA ERAM :- Heróis : seres mortais, filhos de deuses com seres humanos.Exemplo...
SOCIALISMO-DEMOCRATA   (Atual sistema de Governo na Grécia)Em construçãoBibliografia BARSA.           TRABALHO DE GEOGRÁFI...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slide 1

296 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
296
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide 1

  1. 1. Slide 1 AS PINTURAS GREGAS As pinturas desapareceram em sua grande maioria, podendo ser vistas apenas em alguns vasos que foram preservados. Vaso grego, 500-490 a.C., Louvre, Paris. Detalhe de um vaso grego. A música era executada por um só instrumento de sopro
  2. 2. ou de cordas, sendo osfavoritos a lira, a cítara e o aulo, um tipo de flauta. Ocanto era muito apreciado, e, por isso, escreveram-semuitos poemas em forma de canção paraacompanhamento com lira.Conjunto grego tocando harpa, cítara e lira
  3. 3. Renda-se ao sabor da culinária gregaA cozinha grega é uma das mais saudáveis, saborosas e perfumadas do mundo. É recheada de grãos,azeite, legumes, vegetais, iogurtes e mel, comporta elementos doces e salgados e todos os pratos eainda tem nas oleaginosas, como nozes e gergilim, um ingrediente comum a muitas receitas. Salada Gergilim MelAlho, ervas frescas, como o orégano, alecrim, tomilho e louro, peixes, frutos do mar, pães, cereais e acarne de carneiro também são elementos fortemente presentes na cozinha da Grécia, um país que fica noSudeste da Europa e tem cerca de 11 milhões de habitantes. Frutos do marOs gregos têm o costume de oferecer os mezédes, que são porções de antepastos diversos servidospara acompanhar uma bebida antes das refeições. Eles são saboreados com pão sírio, lá chamado depão grego.Se você for à Grécia, certamente será servido com mezédes de patê de berinjela, coalhada com pepino ealho ou de ovas de peixe; bolinhos de carne; queijo grelhado e flambado; frutos do mar (lula, camarões,polvo, marisco) ; charutinhos de folhas de uva, a salada grega chamada de horiátiki (tomates, pepinos,finas fatias de cebola, azeitonas, pimentão verde) e uma fatia de um forte queijo de ovelha, o queijo feta,temperado com orégano, e as azeitonas gregas, que nunca faltam numa mesa.Dos pratos clássicos e mais tradicionais, se destacam o carneiro assado ao forno com batatas e omoussaká gratinado de berinjelas e carne moída.
  4. 4. Os doces gregos são também muito apreciados e entre muito podemos destacar o kourabié, umamanteigado com recheio de amêndoas, melomakárono, biscoito com canela e mel, e os folhadosbaklavá e kadaífi, massas folhadas recheadas com nozes. As sobremesas incluem saborosos docesfeitos em geral no próprio restaurante como as Loukoumádes ( bolinhos tipo sonho, fritos, com mel ecanela) Rizogalo (arroz doce) , Galaktobúrika (bolo de leite). Arroz doceO churrasco grego, que tem versão bastante popular pelas ruas das grandes cidades brasileiras, existe eé um prato muito apreciado. Geralmente é feito com carnes sobrepostas e de diversos animais, comoporco, frango e carneiro. Churrasco gregoAs frutas são também muito importantes na mesa grega. Seja em forma natural ou seca, elas fazem partede todas as refeições e compõem muitos pratos típicos. Em destaque estão as uvas, melancias, melões,pêssegos e figos.Graças ao seu clima e à sua posição geográfica, típicamente mediterrânea, a Grécia tem o privilégio deproduzir ingredientes excepcionais: as frutas e verduras amadurecem em todo o seu esplendor, semumidade, com toda a intensidade de aromas, cores e nuances. As frutas obedecem às estações e sevocê estiver andando pelas ilhas em Agosto e Setembro, sentirá o tempo tal o cheiro dos figos, doces,maduro, que nascem por todos os lugares.Os tomates são muito doces, os pepinos crocantes e as frutas...um uma capítulo à parte. Frutas
  5. 5. Pepino TomateNo café da manhã, o iogurte grego, que é suave e encorpado, pode ser apreciado com o maravilhoso meproduzido na Grécia. Outras especialidades são as massas folhadas para tortas ou pitas, com diversosrecheios: de vários tipos de queijos isolados ou misturados.A culinária grega basea-se em ingredientes frescos. Carne ou peixe, são simplesmente grelhadosservidos com ervas ou molho de limão.Da culinária tradicional destacam-se, ainda o Mussakás, que é uma espécie de lasanha de berinjela e opasticcio, com macarrão, carme e molho bechamel. Moussaka“As bebidas preferidas dos gregos são o ouzo, aguardente de uva com essência de anís, vinhos tintos ebrancos, cerveja e retsina, vinho branco com seiva de pinheiro”.
  6. 6. OuzoOs vinhos gregos são de ótima qualidade e diferem-se a cada região. Entre os brancos, são famosos os eSantorini, alguns premiados na Europa, com suas uvas assirtico, atiri e aidani, cultivadas em solovulcânico. Os tintos mais famosos são de Nemea, Creto, Naussa, Rodes, Paros e todo o Norte da Grécia.Os doces, para aperitivo ou sobremesa, também chamados de vinho Santo. História AntigaO período inicial da história grega abrange três fases: (1) a Idade doBronze (c.3000-c1200 A.C.), durante a qual floresceram ascivilizações minoana e miceniana; (2) a Idade Média grega (c.1100-c.900 A.C.), quando se registraram vários surtos migratórios noMediterrâneo; e (3) o Renascimento (séc. IX-VIII- séc. I A.C.), queassinala o triunfo da civilização helênica e a colonização, pelos povosdaHélade, de quase todo o mundo mediterrâneo e das costasocidentais da Ásia Menor.
  7. 7. O Renascimento Grego.Um oásis de civilização, formado pela Fenícia (v.), Palestina, Síria eChipre, conseguiu sobreviver a êsse período caótico. Os feníciosfundaram Cartago e outras colônias e, juntamente com Chipre,renovaram o contato com as ilhas do Egeu, do Peloponeso Oriental eAtenas. Importante legado da Idade do Bonze foi a poesia épica,transmitida oralmente, e que tinha na Jônia seu maior reduto. Orenascimento do espírito grego nos séc. IX a VIII A.C. foi um processogradual, no qual a religião desempenhou papel preeminente. Astradições políticas do mundo miceniano mantiveram-se na Àtica, ondetodos os cidadãos pertenciam a quatro tribos jônicas. Mais tarde,refugiados continentais organizaram seus pequenos Estados nas ilhase na costa da Àsia Menor. Os dórios desenvolveram outro tipo deEstado em Creta e na Lacônia. Na planície do Rio Eurotas, cincoaldeias uniram-se polìticamente para formar Esparta (v.), à qual ligou-se ìntimamente o nome do reformador Licurgo e que rapidamentedominou seus vizinhos mais próximos. Dois outros Estadosdóricos, Corinto (v.) e Mégara, formaram-se da mesma forma, nodecorrer do séc. VIII A.C.
  8. 8. A Macedônia e os Estados Gregos(323-224 A.C.) As conquistas de Alexandre na Ásia trouxeram grande prosperidadeao Mediterrâneo Ocidental. O acúmulo de capitais permitiu a Atenasequipar uma poderosa frota e fortalecer as defesas da cidade; comisso, os demais Estados da Grécia continental usufruíram muitos anosde paz. As notícias da morte do grande chefe, entretanto,restabeleceram o clima de insegurança, abalando assim as bases daaliança com a Macedônia. Mais uma vez o mundo helênico dividiu-seem dois campos opostos: de um lado, Atenas; de outro, sua tradicionalinimiga – Esparta. Os sucessores de Alexandre não herdaram suavisão política de integração dos impérios grego e persa, o queocasionou graves perturbações na própria política interna da Hélade.As cidades-Estados gregas, já emancipadas, voltaram à luta fratricida.Diversas ligas ou federações foram então criadas visando à unidadenacional, mas todas, a curto ou longo prazo, terminaram por fracassar.Do lado macedônio constituíra-se a mornaquia selêucida, que se viuenvolvida, entre 275-224 A.C., na guerra contra o Rei Pirro, de Epiro,e pelas intrigas de Ptolomeu ll do Egito, além de várias outrasmonarquias helênicas. Quantos aos gregos europeus, pode-se dizerque seu mais sério ensaio federalista foi a Liga Aquéia (280-146 A.C.),que reuniu quase todos os Estados do Peloponeso e algumas cidadesde outras áreas, logo seguida da Liga Etólica, cujo período de faustose estendeu de 245 a 213 A.C. Enquanto isto, com os macedôniosdisputando os despojos do Império Persa e os gregos ainda lutandopor sua já esfacelada hegemonia interna, Roma congregava toda aItália ao sul dos Apeninos, constituindo uma nova comunidade queseria, em breve, o novo poder dentro do mundo helênico.
  9. 9. DOMINIO DE ROMA De 224 a 205 A.c., os macedônios prosseguiram em sua tentativa defirmar-se no mundo grego, mas sem qualquer êxito significativo. Operíodo de 205-146 A.C. marca o avanço dos romanos, que em 148,anexaram a Macedônia como província, esmagando dois anos depoisas forças da Liga Aquéia. Posteriormente, todas as demais ligas foramabolidas e a democracia grega substituída por uma oligarquia deEstados sob a égide de Roma. Com o colapso da Liga Aquéia e aderrota de Corinto, principal foco de resistência, a Grécia passou àcondição de província do Império Romano. Alguns Estados porém,como Atenas e Esparta, continuavam a manter seus direitoscomo civitates liberae. Os distúrbios no Império Romano passaram,todavia, a repercutir intensamente dentro do mundo grego, comoaconteceu quando da primeira guerra contra Mitridates (88-85 A.C.) edo conflito entre Júlio César e Pompeu (48 AC.). Finalmente asrequisições feitas à Grécia por Marco Antônio, em 31 A.C., parasustentar a sua campanha contra Otávio (futuro Augusto), constituíramo golpe de misericórdia para o país.
  10. 10. Mitologia Grega Características da Mitologia Grega, principais mitos e lendas, deuses gregos, Minotauro, Medusa, Hércules, a influência da religião na vida política, econômica e social dos gregos Minotauro: figura da mitologia gregaDeuses gregosDe acordo com o gregos, os deuses habitavam o topo do MonteOlimpo, principal montanha da Grécia Antiga. Deste local,comandavam o trabalho e as relações sociais e políticas dosseres humanos. Os deuses gregos eram imortais, porémpossuíam características de seres humanos.Ciúmes, inveja, traição e violência também eram característicasencontradas no Olimpo. Muitas vezes, apaixonavam-se pormortais e acabavam tendo filhos com estes. Desta união entredeuses e mortais surgiam os heróis.
  11. 11. Conheça os principais deuses gregosZeus - deus de todos os deuses, senhor do Céu.Afrodite - deusa do amor, sexo e beleza.Poseidon - deus dos maresHades - deus das almas dos mortos, dos cemitérios e dosubterrâneo.Hera - deusa dos casamentos e da maternidade.Apolo - deus da luz e das obras de artes.Ártemis - deusa da caça e da vida selvagem.Ares - divindade da guerra.Atena - deusa da sabedoria e da serenidade. Protetora da cidadede Atenas.Cronos - deus da agricultura que também simbolizava o tempo.Hermes - mensageiro dos deuses, representava o comércio e ascomunicações.Hefesto - divindade do fogo e do trabalho. Aspectos principais da cultura grega: artes plásticas, filosofia, Olimpíadas, teatro, democracia, mitologia e esportes. Influência da cultura da Grécia Antiga no Império Romano e Renascimento Cultural Teatro Grego
  12. 12. OS PRINCIPAIS SERES MITOLÓGICOS DA GRÉCIAANTIGA ERAM :- Heróis : seres mortais, filhos de deuses com seres humanos.Exemplos : Herácles ou Hércules e Aquiles.- Ninfas : seres femininos que habitavam os campos e bosques,levando alegria e felicidade.- Sátiros : figura com corpo de homem, chifres e patas de bode.- Centauros : corpo formado por uma metade de homem e outrade cavalo.- Sereias : mulheres com metade do corpo de peixe, atraíam osmarinheiros com seus cantos atraentes.- Górgonas : mulheres, espécies de monstros, com cabelos deserpentes. Exemplo: Medusa- Quimera : mistura de leão e cabra, soltavam fogo pelasventas. Medusa: mulher com serpentes na cabeçaO MinotauroÉ um dos mitos mais conhecidos e já foi tema de filmes,desenhos animados, peças de teatro, jogos etc. Esse monstrotinha corpo de homem e cabeça de touro. Forte e feroz, habitavaum labirinto na ilha de Creta. Alimentava-se de sete rapazes esete moças gregas, que deveriam ser enviadas pelo rei Egeu aoRei Minos, que os enviavam ao labirinto. Muitos gregostentaram matar o minotauro, porém acabavam se perdendo nolabirinto ou mortos pelo monstro.Certo dia, o rei Egeu resolveu enviar para a ilha de Creta seufilho, Teseu, que deveria matar o minotauro. Teseu recebeu dafilha do rei de Creta, Ariadne, um novelo de lã e uma espada. Oherói entrou no labirinto, matou o Minotauro com um golpe deespada e saiu usando o fio de lã que havia marcado todo ocaminho percorrido.
  13. 13. SOCIALISMO-DEMOCRATA (Atual sistema de Governo na Grécia)Em construçãoBibliografia BARSA. TRABALHO DE GEOGRÁFIAALUNAS: INGRID.JOSIELE E DANIELEDATA: 09/03/2012

×