Aula da 5ª série efeito estufa 2008

11.149 visualizações

Publicada em

Apresentação em slide para aula de Ciências sobre Efeito estufa - Colégio Império: Professor Silvio

0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.149
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
343
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula da 5ª série efeito estufa 2008

  1. 1. Ciências . Aula 01 Efeito Estufa Poluição do ar
  2. 2. Ciências . Aula 01 Definição de Efeito Estufa Poluição do ar O efeito estufa é um processo que faz com que a temperatura da Terra seja maior do que a que seria na ausência de atmosfera. O efeito estufa dentro de uma determinada faixa é de vital importância pois, sem ele, a vida como a conhecemos não poderia existir.
  3. 3. Ciências . Aula 01 Compreendendo melhor a definição Poluição do ar O mecanismo de retenção de calor na Terra é semelhante ao de uma estufa de plantas com teto de vidro, permitindo que a energia luminosa penetre na atmosfera e impedindo que a radiação proveniente da superfície aquecida do planeta se dissipe.
  4. 4. Ciências . Aula 01 Compreendendo melhor a definição Poluição do ar
  5. 5. Ciências . Aula 01 Os gases causadores do efeito estufa Poluição do ar Os gases estufa (que impedem a dispersão dos raios solares aquecendo o planeta) de maior concentração na Terra são o dióxido de carbono (CO 2 ), o metano (CH 4 ), o óxido nitroso (N 2 O) e compostos de clorofluorcarboneto (CFC). A maioria deles é proveniente da queima de combustíveis fósseis (carvão, petróleo e derivados), florestas e pastagens. Muitas pessoas acham, erradamente, que o CFC e o gás metano são responsáveis apenas pela destruição da camada de ozônio.
  6. 6. Ciências . Aula 01 Principais causas da intensificação do efeito estufa Poluição do ar O ritmo acelerado de industrialização e poluição, porém, aumentou a quantidade desses gases e afetou o equilíbrio ecológico. O simples crescimento demográfico, junto com o aumento do número de animais criados para alimentação e a decomposição dos dejetos orgânicos produzidos são outra causa do problema. O desmatamento de florestas também é um fator agravante, uma vez que as árvores absorvem dióxido de carbono.
  7. 7. Ciências . Aula 01 Conseqüências da intensificação do efeito estufa Elaboração Prof. Santer Matos Poluição do ar <ul><li>Recuo da camada de gelo : Derretimento de geleiras afeta ecossistemas e contribui para elevar o nível do mar. </li></ul><ul><li>Nível do mar : O aumento previsto é de até 88 cm, em 2100. Ilhas e áreas litorâneas de baixa altitude podem desaparecer. </li></ul><ul><li>Seca : Possível decréscimo da produção agrícola nos trópicos e sub-trópicos podendo levar à fome. A degradação do solo irá piorar e regiões equatoriais poderão dar lugar a desertos. Maior incidência de chuva nas latitudes ao norte poderá aumentar a erosão do solo </li></ul>
  8. 8. Ciências . Aula 01 Conseqüências da intensificação do efeito estufa Elaboração Prof. Santer Matos Poluição do ar 4. Doenças : População de insetos deve aumentar, à medida que as latitudes ao norte se tornam mais quentes e úmidas. Doenças como malária e dengue podem aparecer em países temperados. 5. Temperatura : A temperatura do ar e da superfície do oceano já subiu entre 0,3°C e 0,6°C desde o século 19. 6. Chuva e neve : Acréscimo de 1% a 2% em altitudes mais elevadas, diminuindo nos outros lugares
  9. 9. Ciências . Aula 01 Protocolo de Kyoto Poluição do ar O Protocolo de Kyoto é um acordo internacional, estabelecido em 1997 em Kyoto, Japão, para reduzir as emissões de gases-estufa dos países industrializados e para garantir um modelo de desenvolvimento limpo aos países em desenvolvimento. O documento prevê que, entre 2008 e 2012, os países desenvolvidos reduzam suas emissões em 5,2% em relação aos níveis medidos em 1990. O protocolo foi assinado por 84 países. Destes, cerca de 30 já o transformaram em lei. O pacto entrará em vigor depois que isso acontecer em pelo menos 55 países.
  10. 10. Ciências . Aula 01 Protocolo de Kyoto Poluição do ar Os Estados Unidos da América (EUA) abandonaram o Protocolo de Kyoto. O presidente Bush disse que o protocolo prejudicaria a economia dos EUA e seria injusto por não fixar metas de emissão de gases causadores do efeito-estufa para alguns países, como a China. O documento foi assinado pelo governo Clinton, quando os EUA se comprometeram a diminuir suas emissões em 7% até 2012, em relação aos níveis de 1990. Os EUA e a China são os principais emissores de gases estufa do mundo.
  11. 11. Ciências . Aula 01 Camada de Ozônio Poluição do ar
  12. 12. Ciências . Aula 01 Definição de camada de ozônio Poluição do ar O ozônio é um gás, invisível, formado de oxigênio concentrado. Ele é tão leve que paira acima da Terra, na atmosfera. A muitos quilômetros de altura existe um manto desse gás chamado camada de ozônio . A camada de ozônio é um filtro de proteção que o planeta Terra tem lá em cima para proteger a vida aqui embaixo. Ela deixa passar o calor e a luz solar, mas impede que os raios ultravioleta do Sol cheguem até a superfície do planeta.
  13. 13. Ciências . Aula 01 Buracos na camada de ozônio Poluição do ar O CFC (clorofluorcarboneto) destrói o ozônio, e é liberado pelas latinhas de spray aerossol (de desodorantes e inseticidas, por exemplo), geladeiras, aparelhos de ar condicionado e extintores de incêndio. O buraco formado na camada de ozônio permite a passagem dos raios ultravioleta do Sol gerando várias conseqüências.
  14. 14. Ciências . Aula 01 Buracos na camada de ozônio Poluição do ar A solução para o buraco da camada de ozônio é simples: impedir a produção e liberação do CFC e substituí-lo por outro gás. Isso já está acontecendo, principalmente nos países desenvolvidos. Muitos fabricantes já trocaram o CFC por outro gás em seus produtos. Mas o CFC não é o único vilão dessa história: a poluição do ar também contribui para aumentar o buraco! Se o homem não controlar os índices de poluição do planeta, os raios nocivos do Sol poderão fazer um verdadeiro estrago em um futuro próximo.
  15. 15. Ciências . Aula 01 Os buracos na camada de ozônio Poluição do ar
  16. 16. Ciências . Aula 01 Conseqüências dos buracos na camada de ozônio Poluição do ar A principal conseqüência da destruição da camada de ozônio será o grande aumento da incidência de câncer de pele. Além disso, existe a hipótese segundo a qual a destruição da camada de ozônio pode causar desequilíbrio no clima, resultando no aumento do efeito estufa. De qualquer forma, a maior preocupação dos cientistas é mesmo com o câncer de pele, cuja incidência vem aumentando nos últimos vinte anos.
  17. 17. Ciências . Aula 01 Chuva ácida Poluição do ar
  18. 18. Ciências . Aula 01 Definição de chuva ácida Poluição do ar A chuva ácida é causada pelo enxofre proveniente das impurezas da queima dos combustíveis fósseis, pelas indústrias e pelo nitrogênio do ar. Estes espalham pela atmosfera e reagem com a água das nuvens para formar o ácido sulfúrico e ácido nítrico. Os ácidos formados também caem com as chuvas gerando a chuva ácida.
  19. 19. Ciências . Aula 01 Conseqüências da chuva ácida Poluição do ar <ul><li>Saúde : a chuva ácida libera metais tóxicos que estavam no solo. Esses metais podem alcançar rios e serem utilizados pelo homem causando sérios problemas de saúde. </li></ul><ul><li>Materiais : a chuva ácida também ajuda a corroer os materiais das construções e monumentos históricos. </li></ul><ul><li>Lagos : podem ser os mais prejudicados com o efeito da chuva ácida, pois podem ficar totalmente acidificados, perdendo toda a sua vida. </li></ul>
  20. 20. Ciências . Aula 01 Conseqüências da chuva ácida Poluição do ar 4. Desmatamentos : a chuva ácida faz clareiras, matando duas ou três árvores. Isso pode destruir uma floresta. 5. Agricultura : a chuva afeta plantações quase do mesmo jeito que das florestas, só que é destruída mais rápido já que as plantas são do mesmo tamanho, tendo assim mais áreas atingidas.

×