Resum oditaduramilitar

2.414 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.414
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
55
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resum oditaduramilitar

  1. 1. RESUMO: Ditadura Militar 1964-1985
  2. 2. • Fase da história brasileira em que os militares estiveram no poder e não houve democracia. • Sob o pretexto de defender a democracia, acabar com a corrupção e evitar a instalação do socialismo no país, os militares derrubaram o presidente João Goulart.
  3. 3. O presidente João Goulart (Jango) durante sua visita aos Estados Unidos, em 1962.
  4. 4. • Após sua chegada ao poder, os militares suspenderam eleições para os cargos mais importantes (presidente, governador, etc) e eliminaram a oposição. • Para se manter por tanto tempo no poder, os militares reprimiram violentamente todos aqueles que se opunham a ditadura. Os métodos utilizados envolviam perseguição, prisão, tortura, assassinatos e expulsão do país.
  5. 5. O GOLPE • Para conseguir se estabelecer no Brasil, os militares necessitavam conquistar a opinião publica. Os golpistas procuram mobilizar a opinião publica principalmente a classe média, contra o governo. • Apelaram para a ameaça do comunismo, que haveria de desmanchar as famílias, acabar com a propriedade privada e proibir a prática religiosa.
  6. 6. • Em 19 de março de 1964, MARCHA DA FAMÍLIA, uma grande marcha contra as reformas de João Goulart foi realizada na cidade de São Paulo. • Com o aumento dos protestos contra o governo de João Goulart, na noite do dia 31 de março, tropas comandadas pelo general Olímpio Mourão começaram a marchar sobre o Rio de Janeiro. Era o início do Golpe, que teve adesão de outros militares. João Goulart não teve como resistir e, na noite de 1º de abril, deixou o poder.
  7. 7. Olympio Mourão Filho (1900 - 1972) •
  8. 8. Manifestantes na Marcha da Família com Deus pela Liberdade em 19 de março de 1964 na Praça da Sé, em São Paulo
  9. 9. Tanques em frente ao Congresso Nacional patrulham a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, após o golpe militar de 1964.
  10. 10. GOVERNO HEBERTO ALENCAR CASTELO BRANCO (1964-1967) 26º Presidente
  11. 11. • Teve como primeira medida a anulação das reformas de base de João Goulart. Ao mesmo tempo, iniciou a repressão contra os opositores do regime militar. • O presidente retribuiu o apoio das empresas multinacionais ao golpe militar liberando remessas de lucro para o exterior. Ele criou também o FGTS(fundo de garantia). • Castelo Branco também controlou o movimento operário, intervindo em sindicatos e proibindo greves.
  12. 12. ATOS INSTITUCIONAIS • O controle do país era realizado pelos Atos Institucionais, que eram decretos validados pelo presidente sem que houvesse a aprovação do poder legislativo. • Entre o anos de 1964 e 1969, o Brasil teve 17 Atos Institucionais. Os mais conhecidos foram o AI-1 de 1964, que dava ao governo militar o direito de alterar a constituição, caçar mandatos, suspender direitos políticos, etc. Por sua vez, o AI-5 de 1968, proibia manifestações políticas.
  13. 13. GOVERNO ARTHUR DA COSTA E SILVA (27º Presidente do Brasil) 1967-1969
  14. 14. • Assumiu o governo com uma nova constituição promulgada em 1967, que dava amplos poderes ao presidente. • Seu governo foi palco de inúmeras manifestações do operariado e do meio estudantil como, por exemplo, a Passeata dos 100 mil no Rio de janeiro( contra a morte do estudante Edson Luís). • Após adoecer, Costa e Silva é impedido de exercer a presidência.
  15. 15. Vladimir Palmeira, o líder do movimento civil, discursando durante a Passeata dos Cem Mil, em 1968
  16. 16. Estudantes velam corpo de Edson Luis
  17. 17. GOVERNO EMÍLIO MÉDICI 1969-1974 (28º Presidente do Brasil)
  18. 18. Médici com o presidente dos Estados Unidos Richard Nixon, em dezembro de 1971.
  19. 19. • Quando Médici assumiu o poder , grupos armados já atuavam nas grandes cidades. Dentre estes, destacou-se o MR-8 (movimento revolucionário 8 de outubro), liderado pelo ex- militar Carlos Lamarca. • Este grupo armado ficou mundialmente conhecido pelo seqüestro do embaixador norte- americano Charles Elbrick em 1969. • Ao mesmo tempo que eliminou a resistência armada ao regime militar , Médici estabeleceu forte censura a imprensa e a produção cultural (música, cinema,etc). A censura era organizada pelo Serviço Nacional de Informações (SNI).
  20. 20. Carlos Lamarca 1937-1971 (um dos líderes do MR-8)
  21. 21. Caçados pelo governo, membros do MR-8 aparecem em cartazes de 'Terroristas Procurados' por todo o Brasil.
  22. 22. Charles Burke Elbrick (embaixador americano no brasil que foi seqüestrado em 1969)
  23. 23. MILAGRE ECONÔMICO • Durante o governo Médici ocorreu o chamado milagre econômico. De 1968 a 1973, o Brasil cresceu em média 11% ao ano. Por outro lado, os salários ficaram em média mais baixos, a mortalidade infantil e a miséria cresceram. • Outros acontecimentos importantes que marcaram o governo Médici foram: 1-Ponte Rio Niterói e Rodovia Transamazônica; 2- Copa de 70; 3- “Brasil ame-o ou deixe-o”, ou seja, quem não aceitasse o país como ele estava deveria deixá-lo.
  24. 24. Ponte Rio-Niterói
  25. 25. Construção da ponte
  26. 26. Tratores fazem terraplanagem em trecho da Rodovia Transamazônica ainda em construção
  27. 27. Distância e localização
  28. 28. trecho da estrada atualmente
  29. 29. GOVERNO ERNESTO GEISEL 1974-1979 (29º Presidente do Brasil)
  30. 30. Ernesto Geisel, durante jantar oferecido a Jimmy Carter (presidente dos EUA), 29 de março de 1978.
  31. 31. • Durante o governo Geisel há uma diminuição da censura. Em 1974, houve eleições livres para senadores, deputados e vereadores. O MDB (movimento democrático brasileiro) ligado a oposição, venceu facilmente a ARENA (aliança renovadora nacional) ligada ao governo. • Para evitar novas derrotas, Geisel decretou um conjunto de medidas conhecido como Pacote de Abril (em abril de 1977). Dentre essas medidas, destaca-se o fechamento do Congresso Nacional.
  32. 32. GOVERNO JOÃO FIGUEIREDO 1979-1785 (30º Presidente do Brasil)
  33. 33. • Neste período, as manifestações populares e os movimentos operários que pediam a redemocratização do país foram crescendo. • A primeira grande campanha popular foi a Campanha da Anistia, que exigia a anulação das condenações daqueles que tinham sido expulsos do país.
  34. 34. • Em março de 1983, assumiram novos governadores dos estados, os primeiros escolhidos por eleições diretas após 18 anos. O povo passa a exigir eleições diretas também para presidente. • Em 1985, após 21 anos de militarismo, o presidente volta a ser um civil, após as manifestações populares conhecidas como “Diretas Já”.
  35. 35. Manifestação em Brasília, diante do Congresso Nacional.
  36. 36. Passeata no centro de São Paulo, em 16 de abril de 1984

×