Cooperativismo - Desafios

1.663 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada em 12 07 2008

Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.663
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
74
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cooperativismo - Desafios

  1. 1. COOPERATIVISMO
  2. 2. SURGIMENTO – Primeira cooperativa <ul><li>Criada em 1844, por 28 operários - 27 homens e 1 mulher -, em sua maioria tecelões, no bairro de Rochdale-Manchester, na Inglaterra </li></ul><ul><li>. </li></ul><ul><li>Período da revolução industria </li></ul><ul><li>Difundiu-se pelo resto do mundo </li></ul>
  3. 3. - Formação de um capital social para emancipação dos trabalhadores, viabilizado pela poupança resultante da compra comum de alimentos; - Construção ou aquisição de casas para os cooperados; Princípios da Primeira Cooperativa
  4. 4. - Criação de estabelecimentos industriais e agrícolas voltados à produção de bens indispensáveis à classe trabalhadora, de modo direto e a preços módicos, assegurando, concomitantemente, trabalho aos desempregados ou mal-remunerados ; Princípios da Primeira Cooperativa
  5. 5. - Educação e campanha contra o alcoolismo; - Cooperação integral, com a criação gradativa de núcleos de comunidades piloto de produção e distribuição, que seriam multiplicados através da propaganda e do exemplo, visando a fundação de novas cooperativas. Princípios da Primeira Cooperativa
  6. 6. COMO SURGEM AS COOPERATIVAS <ul><li>DOR </li></ul><ul><li>ou </li></ul><ul><li>ALEGRIA </li></ul>
  7. 7. NO BRASIL <ul><li>Iniciou em 1847 - Paraná </li></ul><ul><li>RS – Padre Theodor Amstadt – 1900 </li></ul><ul><li>SC – Primeira em Itapiranga – Crédito – 1933 </li></ul><ul><li>SC – Primeira de Produção – Palmitos </li></ul><ul><li>A Igreja teve papel fundamental </li></ul>
  8. 8. OBJETIVOS <ul><li>Econômicos </li></ul><ul><li>Sociais </li></ul><ul><li>CONTRADIÇÕES NESTE PROCESSO </li></ul><ul><li>PRECISA SER COMPETITIVO </li></ul>
  9. 9. DESAFIO DAS COOPERATIVAS <ul><li>Como evoluir de organizações DEFENSIVAS para AGRESSIVAS no mercado </li></ul>
  10. 10. VANTAGENS <ul><li>Ganhos de coordenação </li></ul><ul><li>Economia de escala </li></ul><ul><li>Redução dos riscos </li></ul><ul><li>Complementação de competências </li></ul>
  11. 11. DIFICULDADES DAS COOPERATIVAS <ul><li>Acesso ao Capital </li></ul><ul><li>Demora na tomada de decisões </li></ul><ul><li>Internacionalização das operações </li></ul><ul><li>Parcerias entre cooperativas </li></ul><ul><li>Profissionalização do cooperado </li></ul><ul><li>Apagar a visão social dos cooperados </li></ul><ul><li>Pressão do capitalismo selvagem </li></ul>
  12. 12. DESAFIOS PARA MANTER VIVO <ul><li>Educação sobre cooperativismo </li></ul><ul><li>Formação de lideranças </li></ul><ul><li>Pensar no coletivo e menos no individualismo </li></ul><ul><li>Preparar dirigentes comprometidos </li></ul><ul><li>Melhorar a imagem </li></ul>
  13. 13. <ul><li>BOA TARDE </li></ul>

×