Centro de Pós-graduação e Extensão - CPGE/FUCAPI




                    PMBOK
                Estudo de Caso

           ...
PMBOK


        O PMBOK ou Project Management Body of Knowledge (Conjunto de
Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos), ...
processos são: Iniciação, Planejamento, Execução, Controle e Monitoração e
Fechamento.
       As nove áreas do conheciment...
As nove áreas do conhecimento


      Ao elaborarmos um projeto, devemos atentar para as nove áreas do
conhecimento.
   As...
Escopo, Tempo, Custos e Qualidade são os principais focos para o objetivo de
um projeto: entregar um resultado de acordo c...
Escopo
       O gerenciamento do escopo do projeto inclui os processos necessários para
garantir que o projeto inclua todo...
Riscos
       O gerenciamento de riscos do projeto inclui os processos que tratam da
realização de identificação, análise,...
Exemplos da utilização do PMBOK



―Aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do
proje...
   FUCAPI

   INDT

   Fundação Des. Paulo Feitoza

   Algumas outras empresas do PIM (Pólo Industrial de Manaus)
Estudo de caso



      Com a chegada do verão, o calor aumenta e a sede também. Por se tratar de
uma companhia bem concei...
Elaborado e aprovado o projeto inicial, a equipe entrou em ação para dar
continuidade às próximas fases.
       Com a util...
Bibliografia



      Engenharia de Software, Gerência de Projetos, Prof. Laudelino Cordeiro Bastos.
      Vários autore...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estudo De Caso Pmbok

16.299 visualizações

Publicada em

O que é o PMBOK - uma breve introdução à metodologia e um pequeno estudo de caso.

Publicada em: Negócios, Tecnologia
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.299
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
722
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudo De Caso Pmbok

  1. 1. Centro de Pós-graduação e Extensão - CPGE/FUCAPI PMBOK Estudo de Caso André Malagueta Cícero Paes Luiz Montenegro Neto Mário da Conceição Trabalho solicitado pelo professor Fredson Andrade da disciplina de Governança de TI do curso de pós-graduação em Gestão da Segurança da Informação da FUCAPI
  2. 2. PMBOK O PMBOK ou Project Management Body of Knowledge (Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos), é um conjunto de melhores práticas em gerência de projetos, pesquisado, definido pelo PMI - Project Management Institute (Instituto de Gerenciamento de Projetos) que são a base da metodologia de gerência de projetos do PMI. O PMI foi fundado nos Estados Unidos e atualmente está difundido em mais de 120 países, o PMI é distribuído geograficamente pelo mundo em Capítulos. Existe o Capítulo Brasil do PMI e capítulos em diversos estados brasileiros, inclusive no Amazonas. Duas das principais iniciativas do PMI na difusão do conhecimento em gerenciamento de projetos são: a certificação profissional em gerência de projetos — Project Management Professional (PMP) e Certified Associate in Project Management (CAPM) — e a publicação de um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK® - Project Management Body of Knowledge). Este guia do conjunto de conhecimentos em gerenciamento de projetos foi publicado pelo PMI, pela primeira vez em 1987, como um ―white paper‖, documentando e padronizando informações e práticas de gerência de projetos, geralmente aceites. A primeira edição do PMBOK como livro foi publicada em 1996, seguida da segunda edição em 2000. Em 2004, foi publicada a terceira edição do PMBOK, incluindo mudanças significativas em relação à primeira edição. A quarta versão do PMBOK Guide, em língua inglesa, foi publicada em 31 de Dezembro de 2008. Hoje existem versões traduzidas em diversas línguas. O Guia PMBOK é o guia que baseado em processos, e identifica um subconjunto do conjunto de conhecimentos em gerenciamento de projetos que seria amplamente reconhecido como boa prática na maioria dos projetos, não importando sua natureza. Uma boa prática não significa que o conhecimento e as práticas devem ser aplicadas uniformemente a todos os projetos sem considerar se são ou não apropriados conforme sua área de atuação, abrangência ou peculiaridades. A equipe de gerenciamento de projetos é a responsável por determinar o que é adequado para um projeto específico. Os processos descritos no guia PMBOK se relacionam e interagem durante a condução do trabalho, a descrição de cada um deles é feita em termos de: • Entradas (documentos, planos, desenhos etc.); • Ferramentas e técnicas (que se aplicam as entradas); • Saídas (documentos, produtos etc.). O Guia reconhece 44 processos em cinco grupos de processos básicos e nove áreas de conhecimento, que são típicos da maioria dos projetos. Os cinco grupos de
  3. 3. processos são: Iniciação, Planejamento, Execução, Controle e Monitoração e Fechamento. As nove áreas do conhecimento (Gestão do Projeto) são: Integração, Escopo, Tempo, Custo, Qualidade, Recursos Humanos, Comunicações, Risco, Aquisições. Cada uma das nove áreas do conhecimento contém os processos que precisam ser realizados para gestão dos projetos. Cada processo pode ser relacionado a uma área do conhecimento e a um grupo de processos.
  4. 4. As nove áreas do conhecimento Ao elaborarmos um projeto, devemos atentar para as nove áreas do conhecimento. As nove áreas de conhecimento abordam, respectivamente, o gerenciamento dos seguintes aspectos do projeto:  Integração  Escopo  Tempo  Custos  Qualidade  Recursos humanos  Comunicações  Riscos  Aquisições Cada área de conhecimento abrange diversos processos de gerenciamento de projetos, sendo ao todo 44, como podemos verificar na figura abaixo. Fig. 1 - Processos de gerenciamento de projetos
  5. 5. Escopo, Tempo, Custos e Qualidade são os principais focos para o objetivo de um projeto: entregar um resultado de acordo com o escopo, o prazo e o custo definidos, com qualidade adequada. Recursos Humanos e Aquisições são os insumos que movem um projeto. Comunicações e Riscos são elementos aos quais deve haver sempre atenção e tratamento constantes em um projeto. E Integração abrange a orquestração de todos estes aspectos A figura abaixo ilustra o comentário acima. Fig. 2 – Integração entre as áreas de conhecimento Cada uma das nove áreas é responsável por uma parte do gerenciamento de projetos. Integração A área de conhecimento em gerenciamento de integração do projeto inclui os processos e as atividades necessárias para identificar, definir, combinar, unificar e coordenar os diversos processos e atividades de gerenciamento de projetos dentro dos grupos de processos de gerenciamento de projetos.
  6. 6. Escopo O gerenciamento do escopo do projeto inclui os processos necessários para garantir que o projeto inclua todo o trabalho necessário, e somente ele, para terminar o projeto com sucesso. O gerenciamento do escopo do projeto trata principalmente da definição e controle do que está e do que não está incluído no projeto. Tempo O gerenciamento de tempo do projeto inclui os processos necessários para realizar o término do projeto no prazo. Definição da atividade, seqüenciamento de atividades, estimativas de recursos da atividade, estimativa de duração da atividade, desenvolvimento do cronograma e controle do cronograma, são alguns dos processos do gerenciamento do tempo. Custos O gerenciamento de custos do projeto inclui os processos envolvidos em planejamento, estimativa, orçamentação e controle de custos, de modo que seja possível terminar o projeto dentro do orçamento aprovado. Qualidade Os processos de gerenciamento da qualidade do projeto incluem todas as atividades da organização executora que determinam as responsabilidades, os objetivos e as políticas de qualidade, de modo que o projeto atenda às necessidades que motivaram sua realização. Eles implementam o sistema de gerenciamento da qualidade através da política, dos procedimentos e dos processos de planejamento da qualidade, garantia da qualidade e controle da qualidade, com atividades de melhoria contínua dos processos conduzidas do início ao fim, conforme adequado. Recursos humanos O gerenciamento de recursos humanos do projeto inclui os processos que organizam e gerenciam a equipe do projeto. A equipe do projeto é composta de pessoas com funções e responsabilidades atribuídas para o término do projeto. Embora seja comum falar-se de funções e responsabilidades atribuídas, os membros da equipe devem estar envolvidos em grande parte do planejamento e da tomada de decisões do projeto. Comunicações O gerenciamento das comunicações do projeto é a área de conhecimento que emprega os processos necessários para garantir a geração, coleta, distribuição, armazenamento, recuperação e destinação final das informações sobre o projeto de forma oportuna e adequada.
  7. 7. Riscos O gerenciamento de riscos do projeto inclui os processos que tratam da realização de identificação, análise, respostas, monitoramento e controle e planejamento do gerenciamento de riscos em um projeto. A maioria desses processos é atualizada durante todo o projeto. Os objetivos do gerenciamento de riscos do projeto são aumentar a probabilidade e o impacto dos eventos positivos e diminuir a probabilidade e o impacto dos eventos adversos ao projeto. Aquisições O gerenciamento de aquisições do projeto inclui os processos para comprar ou adquirir os produtos, serviços ou resultados necessários de fora da equipe do projeto para realizar o trabalho.
  8. 8. Exemplos da utilização do PMBOK ―Aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de alcançar seus objetivos.‖ PMBOK® GUIDE Como o texto citado PMBOK® GUIDE nos fala, as melhores práticas contempladas no PMBOK podem ser utilizadas em uma ampla área de projetos. Seja em negócios ou na área tecnológica e até em nossas vidas. O PMBOK ilustra as competências gerenciais necessárias para que possamos obter sucesso no produto final de nossos projetos. Possíveis usos do PMBOK:  Projetos de Construção Civil;  Projetos de Engenharia de Software;  Projetos de Desenvolvimento de Segurança da Informação;  Projetos de ampliação de Fábrica;  Etc; Existem N possibilidades de utilização do PMBOK. Empresas que Utilizam PMBOK no Brasil  Volkswagen  Telemar  Oi  Andrade Gutierrez  HP  Microsoft  TIM
  9. 9.  FUCAPI  INDT  Fundação Des. Paulo Feitoza  Algumas outras empresas do PIM (Pólo Industrial de Manaus)
  10. 10. Estudo de caso Com a chegada do verão, o calor aumenta e a sede também. Por se tratar de uma companhia bem conceituada no mercado e com o aumento no consumo de seus produtos a empresa de bebidas Tabajara sabia que nesta época do ano os pedidos crescem bastante e sua atual linha de produção que já esta quase que em sua capacidade máxima, teria que ser ampliada. Para isso o Departamento de Produção da empresa chamou o Departamento de Projetos para analisar e realizar a ampliação da capacidade de sua linha. O gerente de projetos da empresa, que já possui grande experiência na área, optou pela metodologia PMBOK por ser uma cultura bastante difundida em sua equipe (inclusive já receberam treinamentos no assunto) e por já haver vários projetos de sucesso realizados pelo departamento. Com base nessa premissa, a equipe selecionada para o projeto não teve dificuldades pra iniciar os trabalhos. Durante a elaboração do projeto foram realizadas pesquisas para verificar novas formas de produção e o que poderia ser feito para reduzir custos de implantação e/ou produção. Foi encontrado um projeto de embalagens retornáveis de vidro que se comparado ao processo de produção utilizando matéria virgem, permite economizar 4% da energia consumida no processo de produção e uma redução de 5% das emissões de CO2. Redução dos níveis 60 50 40 30 Energia 20 CO2 10 0 Antes Depois Fig. 3 – Redução dos níveis de consumo de energia e emissão de CO2 Além disso, o vidro e um material 100% reciclável, o que permite economizar os recursos naturais. A garrafa pode durar ate cinco anos no mercado e ser reutilizada cerca de quarenta vezes.
  11. 11. Elaborado e aprovado o projeto inicial, a equipe entrou em ação para dar continuidade às próximas fases. Com a utilização do PMBOK o projeto pode ser implantado com custo prazo e qualidade mais próximo possível do planejado, antecipações a situações de risco e time to market. Os principais riscos identificados foram:  Variação cambial;  Atrasos de fornecimento relativos a prazos do fornecedor;  Preparação do terreno coincidiu com período de chuvas;  Mudanças na gerência do projeto. No entanto, houve um imprevisto, o que levou a um atraso em uma das etapas do projeto, que foi a construção de um muro, o qual o terreno não suportou o estaqueamento especificado. O projeto do muro assim como o fornecedor foram substituídos. O projeto foi finalizado com sucesso e dentre os resultados obtidos com a utilização da metodologia pode-se citar que em termos de custos foi de um slip rate de 130% e em prazo um slip rate de 140%. Que para a qualidade, atendeu os requisitos inicialmente traçados. Finalizado e entregue, o projeto foi ainda documentado em meio eletrônico e meio físico. O dossiê encontra-se arquivado para futuras consultas.
  12. 12. Bibliografia  Engenharia de Software, Gerência de Projetos, Prof. Laudelino Cordeiro Bastos.  Vários autores, A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK ® Guide), terceira edição, Editora do Project Management Institute, Four Campus Boulevard, Newton Square, PA 19073-3299 USA.  PMBOK e Gerenciamento de Projetos - d'Ávila, Márcio, 8 de agosto de 2006 - Revisão 1, 6 de Maio de 2007 - Acessado em: 25/08/2009 – Endereço: http://www.mhavila.com.br/topicos/gestao/pmbok.html

×