Relatório de Redes IIRotas estáticas                  CEFET – UnED Maria da Graça                  Aluno: Luiz Filippi Gra...
Rotas dinâmicas   Página 2
Sumário1. Introdução .........................................................................................Página 42. O...
IntroduçãoObjetivo: Montar e configurar a rede da Imagem 1, definindo os IPs paraserem usados em um roteamento estático, e...
Organizando a rede Para a montagem dessa rede foi necessário os seguintes materiais:       6 Computadores (PC-PT);      ...
Serguei - PC                            IP                     180.4.1.1                      Máscara                   25...
Melissa – PCIP8.7.6.6Máscara255.0.0.0Gateway8.7.6.100                  Anna – PC                           IP             ...
Agora que os PCs estão devidamente configurados, a ligação dos cabosfoi feita. O cabo direto para ligar os PCs aos switche...
Configurando os roteadoresAdicionando as portas seriais:      Primeiramente devemos comprar as portas para a comunicação, ...
Nomeando o roteador:       Para nomear o roteador pelo simulador Cisco     Packet    Tracer    énecessário ir a Settings (...
Router(config)#hostname Nova      Nova(config)#exit      Nova#exitRoteador ‘Barnaul’:      Router>enable      Router#confi...
Configuração FastEthernet0/0:      Para fazermos a comunicação entre os roteadores e os switches énecessário configurar o ...
Gorno(config-ip)#exit      Gorno(config)#exit      Gorno#exitRoteador ‘Nova’:      Nova>enable      Nova#configure termina...
Configuração Serial0/3/0 e Serial0/3/1:       Para fazer a comunicação entre dois roteadores foi usado o serial0/3/0 eseri...
Gorno(config-ip)#exit      Gorno(config)#interface Serial0/3/1      Gorno(config-ip)#ip address 150.3.2.4 255.255.0.0     ...
Configurando os roteadores para rotas estáticas       Para configurar o roteamento estático pelo simulador Cisco PacketTra...
Gorno(config)#ip route 120.0.0.0 255.0.0.0 180.4.1.100      Gorno(config)#exit      Gorno#exitRoteador ‘Nova’:      Nova>e...
Salvando configurações:       Ao terminar de cofigurar todos os IPs, gateways, máscaras, rotas,devemos salvar a configuraç...
Comandos Adicionais       Um comando muito utilizado é o clock set, que serve para alterar a horae a data do roteador.Exem...
Conclusão      Após os computadores, roteadores, rotas e IPs configurados, os pacotesforam transferidos com sucesso!      ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Relatorio redes estática

4.048 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.048
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.553
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatorio redes estática

  1. 1. Relatório de Redes IIRotas estáticas CEFET – UnED Maria da Graça Aluno: Luiz Filippi Graf Figueiredo Professor: Félix do Rego Barro Turma: 4A-ATMI
  2. 2. Rotas dinâmicas Página 2
  3. 3. Sumário1. Introdução .........................................................................................Página 42. Organizando a rede ......................................................................... Página 5 2.1. Demonstração individual de cada PC ................................... Página 63. Configurações básicas dos roteadores..............................................Página 9 3.1. Adicionar portas seriais...........................................................Página 9 3.2. Nomear os roteadores...........................................................Página 10 3.3. Configurar FastEthernet0/0...................................................Página 12 3.4. Configurar serial0/3/0............................................................Página 14 3.5. Configurar serial0/3/1............................................................Página 144. Configuração das rotas estáticas....................................................Página 16 4.1. Salvando configurações........................................................Página 185. Comandos adicionais......................................................................Página 19 6. Conclusão ..................................................................................... Página 20Rotas dinâmicas Página 3
  4. 4. IntroduçãoObjetivo: Montar e configurar a rede da Imagem 1, definindo os IPs paraserem usados em um roteamento estático, e por fim, transferir dados entretodos os PCs usados. Imagem 1Onde:Nome (PC) Endereço de IP Máscara Endereço de Gateway Serguei 180.4.1.1 255.255.0.0 180.4.1.100 Tonya 180.4.1.14 255.255.0.0 180.4.1.100 Grigory 8.7.6.5 255.0.0.0 8.7.6.100 Melissa 8.7.6.6 255.0.0.0 8.7.6.100 Anna 180.4.3.10 255.255.0.0 180.4.3.100 Ivan 180.4.3.3 255.255.0.0 180.4.3.100 Nome (Router) Endereço Serial 0/3/0 Serial 0/3/1 Barnaul 180.4.1.100 120.4.2.4 130.1.2.3 Nova 180.4.3.100 130.1.2.4 150.3.2.3 Gorno 8.7.6.100 120.4.2.3 150.3.2.4Rotas dinâmicas Página 4
  5. 5. Organizando a rede Para a montagem dessa rede foi necessário os seguintes materiais:  6 Computadores (PC-PT);  3 Switches (switch-PT);  3 Roteadores (2811);  Cabo direto (Straight-Through);  Cabo Serial DCE. Primeiramente foi organizada a posição de cada componente usado na rede. Confira na Imagem 2: Imagem 2 Antes de conectar todos os componentes, foi configurado os IPs de cada PC usados nas redes criadas. Confira abaixo os endereços de IP, Máscara e gateway de cada PC individualmente: Rotas dinâmicas Página 5
  6. 6. Serguei - PC IP 180.4.1.1 Máscara 255.255.0.0 Gateway 180.4.1.100 Tonya - PC IP 180.4.1.14 Máscara 255.255.0.0 Gateway 180.4.1.100 Grigory - PC IP 8.7.6.5 Máscara 255.0.0.0 Gateway 8.7.6.100Rotas dinâmicas Página 6
  7. 7. Melissa – PCIP8.7.6.6Máscara255.0.0.0Gateway8.7.6.100 Anna – PC IP 180.4.3.10 Máscara 255.255.0.0 Gateway 180.4.3.100Ivan – PCIP180.4.3.3Máscara255.255.0.0Gateway180.4.3.100Rotas dinâmicas Página 7
  8. 8. Agora que os PCs estão devidamente configurados, a ligação dos cabosfoi feita. O cabo direto para ligar os PCs aos switches e os switches aoroteador. E para interligar os roteadores, foi usado o cabo serial. Confira na Imagem 3 a situação da rede já cabeada: Imagem 3Rotas dinâmicas Página 8
  9. 9. Configurando os roteadoresAdicionando as portas seriais: Primeiramente devemos comprar as portas para a comunicação, no casofoi usado o serial WIC-2T (em vermelho na imagem 4). Para colocá-lo noroteador foi necessário desliga a chave (em verde na imagem 4) e ligar emseguida. Imagem 4Rotas dinâmicas Página 9
  10. 10. Nomeando o roteador: Para nomear o roteador pelo simulador Cisco Packet Tracer énecessário ir a Settings (em azul na Imagem 5), e digitar o nome desejado nacaixa de texto chamada Hostname (em vermelho na Imagem 5). Imagem 5Segue o código para fazer a aplicação anterior em cada roteador:Roteador ‘Gorno’: Router>enable Router#configure terminal Router(config)#hostname Gorno Gorno(config)#exit Gorno#exitRoteador ‘Nova’: Router>enable Router#configure terminalRotas dinâmicas Página 10
  11. 11. Router(config)#hostname Nova Nova(config)#exit Nova#exitRoteador ‘Barnaul’: Router>enable Router#configure terminal Router(config)#hostname Barnaul Barnaul(config)#exit Barnaul#exitRotas dinâmicas Página 11
  12. 12. Configuração FastEthernet0/0: Para fazermos a comunicação entre os roteadores e os switches énecessário configurar o meio de comunicação, no caso o FastEthernet0/0. Na imagem 6 encontra-se a forma de configuração por intermédio dosimulador Cisco Packet Tracer. Em vermelho o botão para acioná-lo, em azulestá o endereço do gateway e sua máscara, em verde o botão para ativar omeio. Imagem 6Agora os códigos usados para fazer essas aplicações em todos os roteadores:Roteador ‘Gorno’: Gorno>enable Gorno#configure terminal Gorno(config)#interface FastEthernet0/0 Gorno(config-ip)#ip address 8.7.6.100 255.0.0.0 Gorno(config-ip)#no shutdownRotas dinâmicas Página 12
  13. 13. Gorno(config-ip)#exit Gorno(config)#exit Gorno#exitRoteador ‘Nova’: Nova>enable Nova#configure terminal Nova(config)#interface FastEthernet0/0 Nova(config-ip)#ip address 180.4.3.100 255.255.0.0 Nova(config-ip)#no shutdown Nova(config-ip)#exit Nova(config)#exit Nova#exitRoteador ‘Barnaul’: Barnaul>enable Barnaul#configure terminal Barnaul(config)#interface FastEthernet0/0 Barnaul(config-ip)#ip address 180.4.1.100 255.255.0.0 Barnaul(config-ip)#no shutdown Barnaul(config-ip)#exit Barnaul(config)#exit Barnaul#exitRotas dinâmicas Página 13
  14. 14. Configuração Serial0/3/0 e Serial0/3/1: Para fazer a comunicação entre dois roteadores foi usado o serial0/3/0 eserial0/3/1. Segue na Imagem 7 a forma de configuração por intermédio dosimulador Cisco Packet Tracer do serial0/3/0. Em vermelho o botão paraacionar o serial0/3/0, em azul o endereço do caminho S0 e sua respectivamáscara, em preto o botão que determina o tempo de comunicação (clockrate) e em verde o botão liga/desliga do meio. O exemplo abaixo foi usado para o serial0/3/0 (o serial0/3/1 éconfigurado da mesma maneira): Imagem 7Segue os códigos usados em cada roteador:Roteador ‘Gorno’: Gorno>enable Gorno#configure terminal Gorno(config)#interface Serial0/3/0 Gorno(config-ip)#ip address 120.4.2.3 255.0.0.0 Gorno(config-ip)#no shutdown Gorno(config-ip)clock rate 9600Rotas dinâmicas Página 14
  15. 15. Gorno(config-ip)#exit Gorno(config)#interface Serial0/3/1 Gorno(config-ip)#ip address 150.3.2.4 255.255.0.0 Gorno(config-ip)#no shutdown Gorno(config-ip)#clock rate 9600 Gorno(config-ip)#exit Gorno(config)#exit Gorno#exitRoteador ‘Nova’: Nova>enable Nova#configure terminal Nova(config)#interface Serial0/3/0 Nova(config-ip)#ip address 130.1.2.4 255.255.0.0 Nova(config-ip)#no shutdown Nova(config-ip)clock rate 9600 Nova(config-ip)#exit Nova(config)#interface Serial0/3/1 Nova(config-ip)#ip address 150.3.2.3 255.255.0.0 Nova(config-ip)#no shutdown Nova(config-ip)#clock rate 9600 Nova(config-ip)#exit Nova(config)#exit Nova#exitRoteador ‘Barnaul’: Barnaul>enable Barnaul#configure terminal Barnaul(config)#interface Serial0/3/0 Barnaul(config-ip)#ip address 120.4.2.4 255.0.0.0 Barnaul(config-ip)#no shutdown Barnaul(config-ip)clock rate 9600 Barnaul(config-ip)#exit Barnaul(config)#interface Serial0/3/1 Barnaul(config-ip)#ip address 130.1.2.3 255.255.0.0 Barnaul(config-ip)#no shutdown Barnaul(config-ip)#clock rate 9600 Barnaul(config-ip)#exit Barnaul(config)#exit Barnaul#exitRotas dinâmicas Página 15
  16. 16. Configurando os roteadores para rotas estáticas Para configurar o roteamento estático pelo simulador Cisco PacketTracer, é necessário ir ao botão Static (em vermelho na Imagem 8), colocar oendereço da rede do roteador atual (em azul na Imagem 8), a máscara desseendereço (em verde na Imagem 8), e o endereço da rede do roteador dopróximo passo (em cinza na Imagem 8) e clicar em Add (em roxo na Imagem6) para adicionar essa rota. Para remover alguma rota já adicionada, é só clicarem Remove (em preto na Imagem 8). Imagem 8Segue os códigos usados em todos os roteadores:Roteador ‘Gorno’: Gorno>enable Gorno#configure terminal Gorno(config)#ip route 150.3.0.0 255.255.0.0 180.4.3.100Rotas dinâmicas Página 16
  17. 17. Gorno(config)#ip route 120.0.0.0 255.0.0.0 180.4.1.100 Gorno(config)#exit Gorno#exitRoteador ‘Nova’: Nova>enable Nova#configure terminal Nova(config)#ip route 150.3.0.0 255.255.0.0 8.7.6.100 Nova(config)#ip route 130.1.0.0 255.0.0.0 180.4.1.100 Nova(config)#exit Nova#exitRoteador ‘Barnaul’: Barnaul>enable Barnaul#configure terminal Barnaul(config)#ip route 120.0.0.0 255.255.0.0 8.7.6.100 Barnaul(config)#ip route 130.1.0.0 255.0.0.0 180.4.3.100 Barnaul(config)#exit Barnaul#exit Caso alguns desses endereços fossem apagados, o comando seria, porexemplo: Barnaul(config)#No ip route 130.1.0.0 255.0.0.0 180.4.3.100 Existe duais formais de configurar a rota estática pela linha de comando: Barnaul(config)#ip route 130.1.0.0 255.0.0.0 180.4.3.100 Barnaul(config)#ip route 130.1.0.0 255.0.0.0 serial0/3/1Rotas dinâmicas Página 17
  18. 18. Salvando configurações: Ao terminar de cofigurar todos os IPs, gateways, máscaras, rotas,devemos salvar a configuração na memória VRAM do roteador para quando omesmo for desligado, o administrador não perca todas as informações deconfiguração. Segue, como examplo, os comandos para fazer tal coisa: Gorno>enable Gorno#show running-config (Todas as configurações iram aparecer na tela) Gorno#copy running-config startup-config Gorno#exitRotas dinâmicas Página 18
  19. 19. Comandos Adicionais Um comando muito utilizado é o clock set, que serve para alterar a horae a data do roteador.Exemplo: Gorno#Clock set 11:15:47 23 November 2012 Outro comando utilizado nos roteadores é para configurar a largura debanda.Exemplo: Gorno(config-ip)#Bandwidth 128Rotas dinâmicas Página 19
  20. 20. Conclusão Após os computadores, roteadores, rotas e IPs configurados, os pacotesforam transferidos com sucesso! Confira na Imagem 9 o processo realizado com sucesso entre o Melissa-PC e Ivan-PC: Imagem 9Rotas dinâmicas Página 20

×