Verbos 2 ano em

2.148 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.148
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
36
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Verbos 2 ano em

  1. 1. Verbos: noções gerais
  2. 2. Verbo é a palavra que• Do ponto de vista semântico: expressa ação, estado, mudança de estado, fenômeno;• Do ponto de vista sintático: organiza as orações;• Do ponto de vista morfológico: possui flexões para indicar pessoa, número, tempo, modo, voz, aspecto.
  3. 3. Flexões• O verbo é uma palavra que indica pessoa, número, tempo, modo, voz e aspecto. Essas categorias verbais expressam-se de maneiras diferentes por desinências (pessoa, número, tempo, modo), por auxiliares (voz, aspecto), por afixos (aspecto), por meio de um pronome (voz passiva sintética, voz reflexiva).• Número - Indica se a ação é praticada por uma ou mais de uma pessoa.• Pessoa - Indica se quem pratica a ação é o emissor da mensagem, o destinatário ou uma terceira pessoa.• Tempo - Tendo como refêrencia o momento em que se fala, essa categoria pode indicar se a ação ocorreu antes, depois ou concomitantemente à fala.• Modo - Indica a maneira como a ação é vista: como real, como possível, como uma ordem a ser cumprida.• Voz - Indica se a ação é praticada pelo sujeito, sofrida pelo sujeito ou praticada e sofrida pelo sujeito.• Observação:Expressa não apresentam flexão dea ação exceto uma das formas Aspecto - Os verbos o momento em que gênero, é representada (seu início, seu nominais: o particípio, seu também varia em número. desenrolar ou que final) ou acrescenta-lhe algum sentido especial, como a ideia de repetição da ação. O animal ferido foi levado ao veterinário. As crianças estavam esfomeadas.
  4. 4. • Número• O verbo admite singular e plural, de acordo com o sujeito a que se refere.• A filhinha do pescador brincava na praça.• As filhinhas do pescador brincavam na praça, de mãos dadas.
  5. 5. PessoaO verbo varia também de acordo com a pessoa gramatical do sujeito.• 1ª pessoa: quem pratica a ação é o emissor da mensagem.• Do singular: representada pelo pronome pessoal eu Eu cantava na praça• Do plural; representada pelo pronome pessoal nós João e eu cantávamos na praça.• 2ª pessoa: quem pratica a ação é o receptor da mensagem.• Do singular: representada pelo pronome pessoal tu. Tu brincavas na praça• Do plural: representada pelo pronome pessoal vós. Vós brincáveis na praça.• 3ª pessoa: quem pratica a ação é alguém de quem se fala (nem emissor, nem receptor).• Do singular: representada pelo pronome pessoal ele, ela. Ele cantava e ela sorria.• Do plural: representada pelo pronome pessoal eles, elas. Eles cantavam e elas sorriam.
  6. 6. ModoO modo indica as diversas maneiras como o fato pode se realizar. São três modos verbais: indicativo, subjuntivo e imperativo.• Indicativo: expressa o fato como certo: As meninas brincavam na praça.• Subjuntivo: expressa o fato como incerto, duvidoso ou apenas de possível realização: Talvez as meninas brinquem na praça.• Imperativo: expressa o fato como uma ordem, um conselho ou uma súplica: Meninas, cantem lá na praça hoje à noite. Além desses modos verbais, há formas nominais que apresentam o fato de modo vago e impreciso. São assim chamadas por exercerem a função de nomes. São três: o infinitivo, o gerúndio e o particípio.• Formas nominais• Infinitivo: impessoal – brincar (terminação –r)/ pessoal – brincares etc• Gerúndio: brincando (terminação –ndo)• Particípio: brincado (terminação –do)
  7. 7. Tempo O tempo do verbo serve para situar a ocorrência do fato em relação ao momento em que se fala. Esta é uma distinção importante: não se pode confundir o momento em que ocorre o fato com o momento em que esse fato é narrado. Os tempos verbais básicos com seus respectivos usos mais gerais são:Presente: o fato ocorre simultaneamente ao momento em que se fala.• É preciso que todos saiam.• Os alunos dormem profundamente durante a meditação.Pretérito: o fato ocorreu antes do momento da fala.• Cinco minutos antes, as filhas dos pescadores cantaram na praça.I – Imperfeito: indica que o fato está inacabado, não totalmente concluído.• As filhas dos pescadores ainda brincavam na praça.II – Perfeito: indica que o fato está totalmente concluído, acabado no momento em que se fala:• As crianças já brincaram lá na praça.III – Mais-que-perfeito: indica um fato que já concluído e anterior a outro também acabado no momento da fala.• Aquela menina brincou na praça onde, momentos antes, estivera com as irmãs.• A menina voltou com as mãos limpas, embora tivesse brincado na praça.
  8. 8. Futuro: o fato deverá ocorrer depois do ato da fala.• Dentro de alguns minutos, as filhas dos pescadores chegarão aqui.• I – Futuro do presente: indica um fato que, em relação ao momento da fala, se realizará no futuro.• Hoje você brinca aqui; amanhã você brincará na praça.• II – Futuro do pretérito: indica um fato futuro em relação a outro já ocorrido.• Ontem eu lhe disse que você não brincaria naquela praça hoje.
  9. 9. Os tempos verbais são simples quando formados por um só verbo; são compostos quando formados com o auxílio do verbo ter e haver.Modo indicativoPresente: aprendoPretérito• Imperfeito: aprendia• Perfeito: simples – aprendi / composto – tenho aprendido• Mais-que-perfeito: simples – apredera / composto – tinha aprendidoFuturo• Do presente: simples – aprenderei / composto: terei aprendido• Do pretérito: simples – aprenderia / composto: teria aprendido•
  10. 10. VozVoz do verbo é a forma que este assume para indicar a relação entre o verbo e o sujeito. São três: ativa, passiva e reflexiva.Ativa - o sujeito é o agente, isto é, exerce a ação expressa pelo verbo.• Em sonho, os pescadores sorriam.Passiva - o sujeito é paciente, ou seja, sofre ou recebe a ação expressa pelo verbo.• Cantigas de sol e de água eram cantadas pelas filhinhas dos pescadores.• Analítica: formada pelo verbo auxiliar ser seguido do particípio do verbo principal.• As meninas eram conduzidas pelos pescadores.• Seriam cantadas novas canções.• Sintética ( ou pronominal): o verbo principal apresenta-se conjugado na 3ª pessoa, acompanhado do pronome apassivador se. O verbo estará no singular ou no plural, concordando com o sujeito.• Consertam-se barcos de pescadores.• Cantam-se canções de ninar.• Cantou-se uma canção de ninar.Reflexiva - o sujeito é agente e paciente ao mesmo tempo, ou seja, ele pratica e sofre a ação.• A filha do pescador feriu-se.• As meninas pentearam-se• Adoram-se como namorados.
  11. 11. Aspecto• Essa categoria verbal está intimamente ligada ao sentido expresso pelo verbo e pode ser indicada de várias formas:• 1 – Por prefixos e sufixos:• esbravejar, retorcer, bebericar, choramingar.• 2 – Pelo tempo em que o verbo é empregado ou pelo uso de locuções verbais:• Chora sempre que sente fome.• Continuava chorando, apesar de alimentado.• 3 – Pelo próprio sentido que o verbo apresenta: Quando sente sono, pestaneja sem parar.• 4 – Por um verbo auxiliar:• Começo a entender o que você me diz.• Terminei de fazer a lição.

×